Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

A Globo arrebentava nas trilhas das novelas!

por Fabian Chacur

Em 1971, surgia a gravadora Som Livre, cujo objetivo inicial era lançar os discos com as trilhas sonoras das novelas da Rede Globo de Televisão. Desde então, o selo se mantém firme, com altos e baixos.

Mas uma coisa é certa: no quesito trilhad de “telelágrimas”, termo usado pelos críticos de tevê nos anos 70, os discos lançados naquela década continuam sendo total e completamente imbatíveis.

Se você não tem idade para lembrar e gostaria de saber se o que estou escrevendo aqui é a mais pura verdade ou um montão de bobagens, vale uma dica, e daquelas quentes.

Em duas ocasiões, nos anos 2000 (2001 e 2007), a Som Livre colocou no mercado pela primeira vez no formato CD cerca de 40 das  melhores trilhas de novelas dos anos 70 e 80. Um pacote finíssimo.

Pois bem. Em uma loja de discos situada na rua Augusta, em São Paulo, na direção do centro e quase ao lado do finado hotel Caesars Park, você encontra vários títulos dessa coleção por um preço ridículo.

São maravilhas que valem muito mais. Loco-Motivas, por exemplo, reúne 14 faixas da atração exibida originalmente em 1977 e estrelada por Walmor Chagas, Lucélia Santos, Aracy Balabanian e Eva Todor.

O repertório é sublime. Tem soul music a brasileira com Cassiano (a certeira Coleção) e Cláudia Telles (Eu Preciso Te Esquecer), rock brasileiro finíssimo com Erasmo Carlos (Filho Único) e Rita Lee (Loco-Motivas)…

Pop brasileiro instrumental de altíssimo quilate com a Banda Black Rio (Maria Fumaça, o tema de abertura da novela) e Azimuth (Voo Sobre o Horizonte), MPB marcante com Gonzaguinha ( a lírica Espere Por Mim, Morena)…

Temos a versão original de Enrosca, com o autor Guilherme Lamounier. Sim, é aquela mesma depois regravada com bem menos competência por Fábio Jr. e Sandy & Júnior, entre outros menos cotados.

E tem também o sumido gaúcho Hermes Aquino (com a pop de tempero lusitano Desencontro de Primavera), Edu Lobo (a introspectiva Consideramos), César Costa Filho (o samba bem-humorado Consumatum Est) e Marília Pera (Alô Alô Brasil, do então desconhecido Eduardo Dussek).

Loco-Motivas é daquelas trilhas que você ouve de ponta a ponta, sem tirar uma única faixa, independente de ter visto ou não a tal novela. A música contida aqui se sustentou, depois de todos esses anos.

Outras dicas certeiras, sem entrar em detalhes de cada disco (faço isso outro dia): Te Contei?, O Bem-Amado, O Primeiro Amor, O Espigão, Cuca Legal… Compre logo, pois isso tudo já está fora de catálogo. Ou seja, quando sumir de vez das lojas, só pagando uma fortuna. Não digam que não avisei…

obs.: as trilhas internacionais também eram ótimas. Mas a Som Livre não pretende relançá-las, alegando ter problemas com a liberação dos direitos autorais. Ou seja, as dos anos 70 e 80, só em vinil, mesmo…

6 Comments

  1. Alexandre Damiano

    January 13, 2010 at 5:34 pm

    ahh…quem não curtiu um LP de trilha de novela que atire a primeira pedra rsss…

    nos anos 80 as trilhas internacionais eram muito bacanas….
    INXS, Madona, Depeche Mode, Culture Club, Housemartins…

    ahh..que legal!

    abraços
    Alexandre

  2. Oi, Fabian

    Realmente essas trilhas da Som Livre eram muito boas mas acho uma pena ela ter parado de reeditar discos de seu acervo. Alguns titulos que mereciam ser reeditados de maneira caprichada URGENTEMENTE:

    Lar de Maravilhas/Casa de Rock – Casa das Maquinas
    Identidad – Olivia Byington
    Em busca do ouro / Nem ouro, nem prata – Ruy Maurity
    Sandra Sá – os discos da fase da RGE
    Banda do Zé Pretinho/Salve Simpatia – Jorge Ben
    Festa Funk – Almir Ricardi

    Abraços
    André Luiz

  3. É, Alexandre, as trilhas internacionais dos anos 80 eram bem legais, também! E a sua lista de títulos que mereciam relançamento urgente é das melhores, meu caro André Luiz. Do Casa das Máquinas, só tivemos mesmo uma coletânea, que, por sinal, também já está fora de catálogo, assim como os CDs do Jorge Ben citados por você. Fazer o que? Torcer para que isso mude. Muito obrigado pela visita, e grande abraço aos dois!

  4. Chacur, agora você entrou em uma assunto que eu domino. Trilha de novela.Na década de 90 colecionei diversos K7 e LP!!!!!

    Nossa, Damiano, os Lps de novela internacionais tive vááááários.
    A que tem Depeche Mode, Inxs e o Housemartins era da novela Bebê-a-Bordo.
    (e encerrava o LP com Electrica Salsa – Off que confesso que dancei muito em baladas anos 80!!!!!)
    ERA MATADORA AQUELA TRILHA.

    A Locomotivas eu vi na reprise- lógico- em 1986 quando peguei catapora e minha avó sentava e dizia : SENTA AI, ESPERA PASSAR A FEBRE E VEJA LOCOMOTIVAS.
    A história me emociona até hoje.E a trilha eu A-DO-RO!!!!

    Existe um abaixo assinado e um povo que anda mobilizando na internet para reprises destas novelas mais antigas.Existia também, mas foi abortado uma proposta pela Globo de fazer no canal a cabo um canal só de reprises de novelas antigas.Acredito que isso alavancaria a questão das trilhas.

    Saudações, Chacur!

  5. Essa ideia de um canal de novelas antigas da Globo é sensacional. Tomara que se concretize um dia!!! E parabéns, mostrou que tem bom gosto e conhecimento de causa. Quantos anos você tem, para conhecer essas novelas todas? rsrsrsrs Valeu, Carla, apareça sempre!

  6. Eu tenho a maioria das trilhas internacionais dos anos 80. Espetaculares ! Gostaria que fossem remasterizadas, tudo em CD… aff…

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*

© 2018 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑