Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

EMI vai relançar as clássicas coletâneas 1962-66 e 1967-70 dos Beatles em outubro

Por Fabian Chacur

A gravadora EMI, dona do acervo dos Beatles, promete para os dias 18 e 19 de outubro versões remasterizadas das célebres coletâneas The Beatles 1962-1966 (a vermelha) e The Beatles 1967-1970 (a azul).

Lançadas em 1973 em dois álbuns duplos de vinil, essas compilações foram a porta de acesso para a obra dos Beatles para a minha geração. The Beatles 1962-1966 foi o primeiro álbum duplo que comprei na vida (tinha 12 anos na época), e me tornou um beatlemaníaco para o resto da vida.

O outro eu só comprei em 1993, quando a EMI disponibilizou os dois pela primeira vez no formato CD, com encarte contendo letras e seguindo os padrões dos lançamentos originais em vinil.

Desta vez, a gravadora promete remasterizações feitas pela equipe de engenheiros dos estúdios Abbey Road e uma versão expandida do encarte, com texto do premiado jornalista Bill Flanaghan e fotos raras.

Quanto à tal remasterização, vou esperar o lançamento e a opinião da única pessoa em que confio 100% para dar um parecer sobre isso, que é o produtor, músico e amigo Raul Bianchi.

Ele não viu melhoras significativas nas novas versões dos discos de carreira dos Beatles, lançadas em 2009. É aguardar para ver o que ele vai achar do trabalho nas coletâneas. Mas que esses discos são um fetiche, ah, lá isso são.

3 Comments

  1. vladimir rizzetto

    August 14, 2010 at 1:34 pm

    Fabian, assim como vocês, eu também comprei esses últimos lançamentos remasterizados dos Beatles.
    Na minha humilde opinião, eu gostei muito da qualidade, embora, reconheça que também não era tudo isso que foi alardeado.
    Antes de comprá-los eu só tinha dois cds do Beatles, o Rubber Soul e o With the Beatles, e toda o restante da discografia, em vinis.
    A minha vida toda eu me recusei a comprar aqueles lançamentos anteriores, os quais eram caríssimos e tinham um tratamento, eu diria, um tanto pobre. Só quebrei o juramento, nos dois casos citados.
    Enfim, ano passado, tomei conhecimento dos remasterizados, aqui no Mondo Pop, e tratei de comprar todos, bem rapidinho!
    Fabian, para finalizar e repetindo o que já disse anteriormente, eu gostei dos remasterizados. Sempre que os coloco para tocar no meu sonzão “véio de guerra”, uma sonoridade potente e cristalina invade o meu quarto.
    Sobre a coletânea, embora, seja como você disse, um fetiche, não sei se compraria, pois, tenho todas as músicas na discografia normal e o preço, com certeza, será bem salgado.
    E o Raul, hein, cornetando até os lançamento dos Beatles!
    hahahahahahaha

    Grande abraço, Fabian
    E Beatles é fodíssimo de qualquer jeito, seja em fita cassete, disco de vinil, cd , DVD, Blue Ray…

  2. admin

    August 15, 2010 at 12:20 am

    Eu também curti os relançamentos, Vladimir, como escrevi aqui em 2009. As embalagens são sensacionais e finalmente fazem justiça à qualidade excepcional da música dos Beatles. Só coloquei essa opinião técnica do Raul na matéria porque nessa praia ele é do ramo, já ouviu esses discos um milhão de vezes cada um, sempre com muita atenção. Mas eu também curtios remasters. Só comprei três deles até agora (Revolver, Let It Be e Abbey Road) por absoluta falta de grana, mas minha ideia é ter todos, pois os CDs anteriores (que eu tenho) são uma vergonha internacional…..rsrsrsrsrs Grande abraço e obrigado pela presença qualificada de sempre!

  3. admin

    August 15, 2010 at 12:21 am

    Obs.: e os Beatles, foram, são e serão sempre o melhor grupo musical de todos os tempos, em qualquer categoria e estilo. Fab Four Forever!!!!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑