Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Baiano e os Novos Caetanos -Baiano e os Novos Caetanos (1974/CID)

Por Fabian Chacur

A essa altura dos acontecimentos, Chico Anysio (1931/2012) deve estar batendo o maior papo ao lado de Arnaud Rodrigues (1942/2010) lá no céu. A razão é simples. Além de terem trabalhado em programas humorísticos geniais como Chico City, eles também foram parceiros musicais de primeira linha.

Para quem não sabe, Chico Anysio mergulhou em várias áreas culturais além do humor, tendo sido escritor, comentarista esportivo e compositor. Ele foi parceiro de outro cara que se foi há pouco, Wando, e teve músicas gravadas por muita gente, entre os quais (e tome saudade de novo!) o também humorista e músico Mussum.

Mas seu grande momento musical, para mim, foi o álbum Baiano & Os Novos Caetanos, gravado em 1974 tendo como inspiração os personagens Baiano (Chico Anysio) e Paulinho (Arnaud), de Chico City.

O quadro tirava um sarro do jeito ripongão de Caetano Veloso, Gilberto Gil e do grupo Os Novos Baianos naquela primeira metade dos anos 70, mas sem cair na ofensa ou na grosseria. Tanto que, quando resolveram fazer músicas inspiradas naquilo, se deram muito bem.

Com o auxílio de feras como Orlandivo, Geraldo Nunes e Sebastião Valentim, Chico e Arnaud compuseram e gravaram 11 músicas misturando samba rock, forró, xaxado, rock e o que mais pintasse de forma bem-humorada, balançada e até lírica em alguns momentos.

O irresistível samba rock Vô Batê Pa Tu é provavelmente a faixa mais conhecida, assim como a balada Folia de Rei, mas o balanço de Urubu Tá com Raiva do Boi e Véio Zuza e o forró pé de serra Aldeia também merecem destaque.

Na verdade, o CD é bom como um todo, e pode ser curtido e dançado até por quem nem tiver ideia de quem foram Anysio e Rodrigues, pois a linguagem musical é universal e atemporal.

Para quem curtia tanto Chico Anysio como eu, ouvir Baiano & Os Novos Caetanos é sempre uma ótima oportunidade de não só relembrar um tempo maravilhoso que não volta mais, como (e principalmente) ganhar forças para encarar o duro dia a dia de sempre. Que discaço!

Vô Batê Pa Tu – Baiano e os Novos Caetanos:

Veio Zuza – Baiano e os Novos Caetanos:

Folia de Rei – Baiano e os Novos Caetanos:

Urubu Tá Com Raiva do Boi – Baiano e os Novos Caetanos:

2 Comments

  1. Alexandre Damiano

    March 28, 2012 at 1:55 am

    ” o que é que eu tô fazendo nesse disco…”

    hahaha sensacional.

    genial mesmo.

    e o cara era palestrino ainda por cima.

    abs

  2. É, Alexandre, essa frase, que rola no finalzinho do Vô Batê Pa Tu, é uma das grandes tiradas humorísticas do disco, que tem várias delas. E as músicas são muito legais! Disco sempre usado em bailes decentes de samba rock. E você tem razão, o cara ainda era palestrino…genial!!!! Grande abraço e volte sempre com sua presença qualificada!!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*

© 2020 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑