Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Morre Peter Banks, da fase inicial do Yes

Por Fabian Chacur

Morreu no último dia 7 de março, em Londres, vítima de parada cardíaca, o músico britânico Peter Banks. Ele tinha 65 anos e ficou conhecido no universo do rock progressivo como o primeiro guitarrista do Yes, com o qual gravou os bons álbuns Yes (1969) e Time And a Word (1970).

Embora tenha saído do Yes ainda em sua fase inicial, quando o sucesso comercial da célebre banda inglesa ainda não era tão grande, Banks deixou sua marca na obra do grupo, e é considerado por especialistas como um dos músicos mais talentosos da história do rock progressivo. Seu desempenho no brilhante cover de Every Little Thing, dos Beatles, serve como boa prova dessa afirmação.

Depois de deixar Jon Anderson e sua turma, Peter Banks integrou bandas como a Flash e a Empire, além de investir em carreira solo razoavelmente produtiva, embora sem tanta repercussão. Ele nasceu em 15 de julho de 1947, e reza a lenda que foi dele a sugestão de que o grupo britânico até hoje na ativa fosse batizada como Yes, nomenclatura assumida de forma provisória pelo grupo em princípio, mas que logo se solidificou.

Every Little Thing, com o Yes:

2 Comments

  1. Grande Chacur (cê sumiu, hem? Onde esteve? Em Roma, cobrindo a eleição do papa? rsrs), lamento muito a perda do Peter Banks (e do Alvin Lee também). Acho o 1o. album do Yes uma obra-prima, para o qual ele muito contribuíu. E li nesses dias no Estadão que foi ele que desenhou “o famoso logotipo da banda”… evidentemente não foi aquele logo mais conhecido, que sabemos ser do Roger Dean, mas sim o símbolo que aparece nos 2 primeiros discos do Yes (e que está reproduzido nesse video de “Every Little Thing” que você postou). abção

  2. admin

    March 17, 2013 at 10:13 pm

    Fiquei seis dias sem internet, caro Cláudio, graças à “eficiência” da Vivo, que só enviou o glorioso técnico deles aqui em casa ontem (sábado-26), sendo que estava fora do ar desde domingo (20). Imagina na Copa rsrsrsrsrsrs Realmente ele era muito bom, mesmo, pois esses discos do Yes são bem bacanas, e ele tem participação destacada neles. Postei Every Little Thing para representá-lo porque acho um dos melhores covers de músicas dos Beatles já feitos. Grande abraço e tuuuuudo de bom!!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑