Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Duo campineiro S.E.T.I. lança um ótimo EP de synth pop

seti capa extase-400x

Por Fabian Chacur

Se as grandes gravadoras de origem internacional andam limitando e muito seus lançamentos em termos de novos artistas de pop-rock brasileiros, isso não significa que esses artistas não existam e não tenham talento. Melhor: não significa que eles não saiam por aí, batalhando e mostrando seus trabalhos. O duo S.E.T.I. é um bom exemplo dessa nova safra brazuca.

Oriundos de Campinas (SP), eles (cuja sigla significa Search For Extraterrestrial Intelligence- busca por inteligência extraterrestre) são Roberta Artiolli (vocal e synths) e Bruno Romani (baixo, guitarra, synths e programações). Na estrada desde 2012, lançaram anteriormente o EP Inviolável Fim, divulgado por uma turnê com 35 datas, incluindo participações nos festivais Grito Rock e Ponta Urbana e divisão de palco com Guilherme Arantes e Ultraje a Rigor.

A dupla acaba de lançar seu segundo EP, Êxtase, que está disponível nos formatos físico e digital pelo selo Motim Records (ouça em streaming e/ou compre sua cópia aqui ). Gravado, mixado e masterizado no estúdio Minster (Campinas) durante aproximadamente dois meses, o trabalho traz seis faixas, com produção dividida por eles com Ric Palma.

O som do S.E.T.I. é definido por eles próprios como synth pop, e se trata de um rótulo abrangente e compatível com o que eles fazem. As melodias são agradáveis e acessíveis, enquanto o clima instrumental é viajante e de ambiência espacial, ora mais balançada e roqueira, ora quase progressiva, mas sempre com um apelo pop evidente.

A voz suave e insinuante de Roberta conduz o processo, capitaneando um som com pegada roqueira em alguns momentos e influências bacanas de Yazoo, Depeche Mode, A-ha, Portishead e Massive Attack, só para citar alguns nomes internacionais, e também de alguns brasileiros, entre os quais Rita Lee fase anos 80 e o grupo Metrô.

Arte da Guerra e Gravidade Zero tem uma quase sutil pegada rock. Benjamim é uma bela homenagem ao saudoso guitarrista Benjamin Curtis, da banda americana School Of Seven Bells e morto de forma precoce em 2013 aos 35 anos vítima de câncer. Dias Mudos possui tempero oriental. Extra Estelar tem cara de hit pop estiloso, enquanto Sinta-se/Perca-se é o momento mais balada romântica do trabalho.

Se ainda investissem em pop brasileiro de qualidade, as majors sediadas no Brasil deveriam estar disputando a tapa a S.E.T.I., pois seu apelo sonoro e visual é dos melhores. Como isso não ocorre atualmente, sorte de quem pode adquirir esse delicioso e divertido Êxtase, sem nenhuma injunção de ninguém além dos próprios envolvidos. Que bom!

Eu e Você (ao vivo na Fnac de Ribeirão Preto 21.11.14):

2 Comments

  1. Muito bom o som, bela dica mais uma vez e um post detalhado sobre o bom trabalho deles. Valeu Fabian!

  2. admin

    September 11, 2015 at 12:18 am

    Opa, Jorge P. , muito obrigado pelos elogios. O trabalho do S.E.T.I. é bem legal mesmo e merece espaço na mídia. Grande abraço, tudo de bom e volte sempre!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*

© 2017 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑