Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Alice Cooper grava com a sua antiga banda em Paranormal

alice-cooper-400x

Por Fabian Chacur

Alice Cooper voltará a lançar um álbum de estúdio após seis anos. Seu novo trabalho, intitulado Paranormal, chegará às lojas físicas e virtuais a partir do dia 28. No Brasil, sairá em parceria do selo nacional Shinigami Records com a Ear Music. Será uma versão em formato de CD duplo, e um dos grandes atrativos é a participação de músicos de sua antiga banda, com a qual atuou entre 1969 e 1974.

O primeiro CD traz músicas inéditas gravadas em Nashville e produzidas por Bob Ezrin, que trabalhou com Alice em álbuns clássicos de sua bela discografia, entre eles Welcome To My Nightmare (1975), o primeiro que ele gravou como artista-solo. O álbum conta com faixas como Paranormal e Paranoiac Personality, e inclui participações especiais de Billy Gibbons (guitarrista do ZZ Top), Larry Mullen (baterista do U2) e Roger Glover (baixista do Deep Purple).

O segundo CD tem duas canções inéditas gravadas em estúdio, nas quais Cooper é acompanhado por Dennis Dunaway (baixo), Neal Smith (bateria) e Michael Bruce (guitarra), integrantes de sua banda original. As músicas são Genuine American Girl e You And All Of Your Friends. Também estão neste CD seis gravações ao vivo realizadas em 2016 nos EUA com sua banda atual de clássicos como School’s Out, Feed My Frankenstein, Billion Dólar Babies e No More Mr. Nice Guy.

Alice tocou recentemente ao vivo com seus ex-colegas de banda, e está programada para este ano turnê com eles no Reino Unido. Um único músico daquela formação estará de fora, o guitarrista Glen Buxton, que infelizmente nos deixou em 1997. A atual banda do roqueiro americano inclui Ryan Roxie (guitarra), Glen Sober (bateria), Chuck Garric (baixo), Nita Strauss (guitarra) e Tommy Henriksen (guitarra).

Paranormal– Alice Cooper:

2 Comments

  1. vladimir rizzetto

    July 19, 2017 at 2:29 am

    Alice Cooper é meu artista solo preferido. Minha admiração por ele, ás vezes beira as raias da incoerência… coisa de fã.
    O que mais me deixou empolgado é o fato dos velhos companheiros de banda participarem de algumas músicas e se o disco for do mesmo nível do anterior, Welcome to my Nightmare II, a coisa promete!

    Abraço, Fabian

  2. Fabian Chacur

    July 19, 2017 at 2:48 am

    Vladimir, na pior das hipóteses você incensa um artista digno dessa admiração toda. Um cara com uma discografia repleta de bons momentos e que, de quebra, é gente fina demais. Tive a honra de entrevista-lo lá pelos idos de 1994, e o curioso é que boa parte dos jornalista levou o Killer para ele autografar (eu incluso). A amostra me pareceu interessante, vamos ver como é o resto. Grande abraço e muito obrigado pela visita mais do que qualificada!!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑