Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: 1987

Marillion tem relançado o seu álbum Clutching At Straws

marillion capa álbum-400x

Por Fabian Chacur

Os anos 1980 presenciaram alguns revivals em termos estilísticos, no universo do rock. Um deles foi o neoprogressivo, no qual algumas bandas, especialmente britânicas, reliam com uma pegada um pouco mais concisa e pop o rock progressivo da década de 1970. O Marillion foi quem conseguiu o melhor resultado comercial entre elas. Em seus anos iniciais, sua sonoridade era comparada de forma insistente à fase do Genesis com Peter Gabriel.

Ainda na ativa, embora sem a mesma popularidade, eles celebram 40 anos de estrada com o relançamento pela Warner de seu quarto álbum, Clutching At Straws, em duas versões, uma simples, que chegará ao mercado brasileiras no formato CD, e outra Deluxe, disponível apenas nas plataformas digitais por aqui.

Lançado originalmente em 1987, Clutching At Straws é um marco na discografia deste grupo britânico surgido em 1979 por ter sido o último trabalho de estúdio com a presença do carismático vocalista Fish, que sairia do time no final de 1988 rumo a uma carreira-solo, substituído por Steve Hogart.

Este trabalho atingiu o segundo lugar na parada britânica, impulsionado por três ótimas faixas: o rockão Incommunicado, cujo riff é bem semelhante ao de Fé Cega Faca Amolada (clássico do repertório de Milton Nascimento), a cativante balada rock Sugar Mice e a envolvente Warm Wet Circles.

A edição em CD simples brasileira traz a versão remasterizada e remixada do álbum original, trabalho feito por Andy Bradfield e Avril Mackintosh. A Deluxe Edition inclui CDs adicionais com gravações de um show realizado na Escócia, no Edinburgh Playhouse, em dezembro de 1987 e demos de faixas do álbum. Temos também um Blu-ray contendo um documentário de 60 minutos de duração com entrevistas sobre o álbum e os clipes das três faixas citadas acima.

Eis as faixas de Clutching At Straws: Deluxe Edition:

Disco um: 2018 Andy Bradfield & Avril Mackintosh Re-mix (versões digital e física)

Hotel Hobbies
Warm Wet Circles
That Time of the Night (The Short Straw)
Going Under (Alternate Version)
Just or the Record
White Russian
Incommunicado
Torch Song
Slàinte Mhath
Sugar Mice
The Last Straw
Happy Ending

Disco dois: Live at the Edinburgh Playhouse 1987 (2018 Michael Hunter Mix) (apenas versão digital)

La Gazza Ladra
Slàinte Mhath
“Assassing”
White Russian
Incubus
Sugar Mice
Fugazi
Hotel Hobbies
Warm Wet Circles
That Time of the Night (The Short Straw)

Disco três: Live at the Edinburgh Playhouse 1987 (2018 Michael Hunter Mix) (apenas versão digital)

Pseudo Silk Kimono (Intro)
Kayleigh
Lavender
Bitter Suite
Heart of Lothian
The Last Straw
Incommunicado
Garden Party
Market Square Heroes (incompleta, com trechos de My Generation, Margaret e Let’s Twist Again)

Disco quatro: 1999 Remaster Demos (apenas versão digital)

Beaujolais Day (Demo)
Story From A Thin Wall (Demo)
Shadows On The Barley (Demo)
Exile On Princes Street (Demo)
Sunset Hill (Demo)
Tic-Tac-Toe (Demo)
Voice In The Crowd (Demo)
White Russians (Demo)
Sugar Mice In The Rain (Demo)
Hotel Hobbies/ Warm Wet Circles (The Mosaic Demos)*
“Just for the Record” (Demo)*
“Torch Song” (Demo)*
“Slàinte Mhath” (Demo)*
*= nunca lançadas anteriormente

Ouça a nova versão de Clutching At Straws:

Marilyn Manson lança o cover de música do filme Lost Boys

marilyn manson-400x

Por Fabian Chacur

Lost Boys (1987), filme estrelado por Kiefer Sutherland e exibido no Brasil como Garotos Perdidos, é um dos mais bacanas da época inspirado em vampiros. Sua trilha sonora, contendo gravações de Echo & The Bunnymen, Roger Daltrey e Inxs, entre outros, marcou época por sua qualidade. E uma de suas músicas, a mágica Cry Little Sister, cuja gravação original foi feita pelo cantor e compositor Gerard McMann, acaba de merecer uma releitura bem bacana.

O resgate coube a Marilyn Manson, que seguiu o espírito da primeira gravação dessa música, acrescentando um pouco mais de peso. O resultado, se não supera o registro do autor, merece elogios e já está obtendo ótima repercussão nas principais plataformas digitais, onde já está disponível desde o último dia 15 (sexta-feira).

Marilyn Manson vive uma ótima fase em sua carreira. O álbum mais recente, Heaven Upside Down, chegou ao mercado musical em 6 de outubro de 2017, e atingiu o 8º lugar na parada americana. Em julho, ele irá iniciar uma turnê ao lado de outro artista de som pesado e soturno, o cantor, compositor e cineasta Rob Zombi. A tour será realizada na América do Norte e é intitulada Twins Of Evil.

Cry Little Sister– Marilyn Manson:

Humberto Gessinger tocará o Revolta dos Dândis em turnê

humberto gessinger-400x

Por Fabian Chacur

Em seu blog oficial, Humberto Gessinger divulgou detalhes de como será a sua turnê 2017. Com o título Desde Aquele Dia, a série de shows terá início no dia 17 de março no Vivo Rio, no Rio de Janeiro. A boa surpresa fica por conta de que a parte inicial dos shows será dedicada à execução na íntegra de A Revolta dos Dândis, álbum dos Engenheiros do Hawaii que completa 30 anos de lançamento. Humberto (vocal e baixo) terá consigo Rafael Bisogno (bateria) e Nando Peters (guitarra).

O cantor, compositor e músico gaúcho promete aos fãs que o material de A Revolta… não seguirá exatamente os arranjos originalmente gravados em 1987, nos estúdios da gravadora BMG em São Paulo. Eventuais teclados devem aparecer aqui e ali. Considerado por alguns o melhor álbum dos Engenheiros, o disco traz maravilhas do naipe de Infinita Highway, Revolta dos Dândis I e II, Refrão de Bolero, Terra de Gigantes e Filmes de Guerra Canções de Amor.

O repertório dos shows também trará canções de outras eras da carreira de Gessinger, e também as faixas de seu novo single, Desde Aquela Noite, que será lançado nos formatos digitais e físico (em vinil). O trabalho reúne três faixas compostas pelo artista gaúcho em parcerias com outros artistas e que ainda não haviam sido gravadas por ele.

O Que Você Faz à Noite, por exemplo, foi escrita com o baixista Dé Palmeira e gravada em 1988 pelo Barão Vermelho no álbum Carnaval. Olhos Abertos, uma parceria dele com os integrantes de então do Capital Inicial, saiu no disco Todos os Lados (1989), da banda oriunda de Brasília. Completa o repertório Alexandria, escrita em dupla com Tiago Iorc e registrada no álbum Troco Likes, do badalado nome do folk-pop-MPB-rock brasileiro atual.

Vale lembrar que A Revolta dos Dândis foi tocada ao vivo na íntegra pela primeira vez em 2013, no estúdio da Mix FM, em São Paulo, como parte do excelente projeto Álbuns Clássicos, no qual bandas importantes do rock brasileiro como RPM, Paralamas do Sucesso, Capital Inicial, Ultraje a Rigor e Skank tocavam de cabo a rabo as canções de trabalhos marcantes em suas trajetórias.

A Revolta dos Dândis– Engenheiros do Hawaii (ouça em streaming):

Inxs lança edição especial do álbum Kick

Por Fabian Chacur

Para comemorar os 25 anos do lançamento de Kick (1987), seu trabalho mais bem-sucedido em termos comerciais e artísticos, o Inxs está lançando uma edição especial do álbum em três formatos diferentes e de luxo, todos à venda apenas no site oficial da banda, o www.inxs.com .

O trabalho pode ser adquirido em três formatos diferentes: CD duplo, que inclui o álbum original remasterizado mais um disco com 13 faixas-bônus, CD triplo (inclui disco adicional de faixas-bônus) com DVD e livro de capa dura com 80 páginas e uma edição em vinil de cor vermelha com capa especial.

Entre as faixas extras, temos Move On, I’m Coming (Home), On The Rocks e Jesus Was a Man, além de remixes e versões ao vivo de músicas de Kick. O DVD traz um documentário sobre o disco, depoimentos dos integrantes da banda australiana, gravações da época e videoclipes.

Kick, que foi resenhado em Mondo Pop (leia aqui), atingiu o terceiro posto na parada americana e inclui quatro singles que atingiram o Top 10 na Terra de Barack Obama. São eles Need You Tonight, New Sensation, Devil Inside e Never Tear Us Apart.

Ouça a versão original do álbum Kick na íntegra:

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑