Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: clipe (page 1 of 3)

Thiago Ramil lança videoclipe de Amora, do seu novo álbum

thiago ramil amora clipe-400x

Por Fabian Chacur

Amora, faixa do álbum Leve Embora, mais recente trabalho do cantor, compositor e músico gaúcho Thiago Ramil, já está disponível no Youtube. Trata-se de uma canção leve e quase hipnótica, levada pelo violão tocado pelo artista, e na qual é relatada de forma singela uma improvável e imaginária paixão de um pé de amora por uma bailarina.

Para quem achou o sobrenome familiar, vale lembrar que Thiago é sobrinho de Kleiton, Kledir e Vitor Ramil, artistas com belíssima reputação artística conquistada em décadas de trabalho sério e consistente. Pelo andar da carruagem, esse novo representante do clã musical gaúcho deve nos próximos anos pedir passagem para consolidar seu trabalho e também entrar nesse universo restrito de popularidade.

O videoclipe foi registrado na Praça Jornal do Comércio, situada no bairro Santo Antônio, em Porto Alegre. A presença de um grupo de crianças equivale a um desdobramento do projeto Acalanto, que une psicologia e música, as duas área em que Thiago (psicólogo formado) desenvolve trabalhos. A música fala sobre o amor partindo de outras perspectivas que vão muito além do mero amor romântico e envolvem a bela ingenuidade da infância.

“Dialogar musicalmente com as crianças abriu muitas perspectivas. Por isso, pensamos na montagem do clipe ampliando sentidos através do olhar de criança, que representa mais que uma fase do nosso desenvolvimento, mas uma forma de ver o mundo”, explica o artista.

Amora(clipe)- Thiago Ramil:

Uganga lança videoclipe com sua releitura de Motorhead

Uganga_2016-400x

Por Fabian Chacur

Às vésperas do início das gravações de seu novo álbum, a banda Uganga lança um videoclipe para ilustrar sua ótima releitura de Damage Case, clássico lançado pelo Motorhead em 1979 em seu segundo álbum, Overkill. A gravação faz parte do tributo Going To Brazil- The Brazilian Tribute To Motorhead, álbum duplo lançado pela gravadora britânica Secret Service Records que também traz bandas como Ratos de Porão, Distraught, Claustrofobia e Torture Squade, entre outras.

Gravado em Goiânia (GO) no estúdio Rocklab, a gravação mostra a banda integrada por Manu Joker (vocal), Rafael “Ras” Franco (baixo), Christian Franco (guitarra), Maurício “Murcego” Pergentino (guitarra), Thiago Soraggi (guitarra) e Marco Henrique (bateria) mais entrosada do que nunca. A edição do clipe ficou a cargo de Ras, que fez a montagem com cenas registradas durante as sessões.

Na estrada desde 1993 e oriunda de Uberlândia (MG), a Uganga se consolidou no Brasil e no cenário mundial do heavy metal. Boa prova disso é o fato de que seu próximo álbum terá como patrocinadora a Wacken Foundation, organização alemã sem fins lucrativos criada em 2008 pelos organizadores do Waken Open Air, um dos maiores e mais tradicionais festivais de heavy e hard rock do mundo, cujo objetivo é incentivar bandas de rock pesado do mundo todo.

Com um trabalho consistente e vigoroso, o grupo traz como destaque o vocalista Manu Joker, que foi baterista da histórica banda Sarcófago, pioneira do heavy rock mineiro ao lado do Sepultura. Sua discografia traz itens bacanas como Eurocaos Ao Vivo (2013), gravado ao vivo na Europa, e Opressor (2015, leia a resenha de Mondo Pop aqui).

Damage Case (clipe)- Uganga:

Banda Versalle lança um clipe gravado na incrível Rondônia

versalle cena clipe pedro margherito-400x

Por Fabian Chacur

Não são muitos os que podem afirmar que já foram a Rondônia, ou que conhecem alguma coisa daquele estado situado no norte do Brasil. Uma boa oportunidade para se conferir algumas belas cenas registradas por lá é o clipe de A Saudade é Algo Que Eu Não Quero, recém-lançado pela banda Versalle. A música foi lançada no álbum Distante Em Algum Lugar, lançado em 2015 pelo selo Slap, da Som Livre.

As locações não foram escolhidas por acaso. A banda Versalle foi criada em 2009 precisamente em Porto Velho, capital daquele estado. Fazem parte do quarteto Criston Lucas (vocal), Rômulo Pacifico (guitarra), Miguel Pacheco (baixo) e Igor Jodir (bateria).

“A música traz uma letra melancólica e nostálgica que fala sobre a partida de alguém em busca do sonho maior. O sentimento de saudade, apesar de ser algo não quisto, é real e deve ser vivido. É um pequeno poema musicado muito significativo para a banda”, explica Criston.

A Versalle se tornou conhecida nacionalmente ao ser uma das finalistas do reality show musical SuperStar, da Rede Globo. Desde então, participaram do Lollapalooza 2016 e lançaram, além do álbum Distante Em Algum Lugar, o EP Apenas (2016). Seu rock melódico traz bem assimiladas influências de The Smiths, Legião Urbana, Interpol, Artic Monkey e Mutantes, entre outras.

A Saudade é Algo Que Eu Não Quero (clipe)-Versalle:

Céu e Boogarins lançam vídeo e farão show no Rock in Rio

ceu boogarins videoclipe 2017-400x

Por Fabian Chacur

Uma das parcerias mais interessantes programadas para o Rock in Rio 2017 é a que reunirá o grupo goiano Boogarins e a cantora e compositora paulistana Céu. Em maio, eles se reuniram no Red Bull Studio em São Paulo para iniciar os ensaios de sua colaboração. De quebra, aproveitaram para gravar um clipe com a música Foi Mal, que acaba de ser divulgado. Você pode conferir o resultado no link que está aqui.

Foi Mal saiu em versão de estúdio no mais recente álbum do quarteto, Lá Vem a Morte, e equivale a uma boa amostra de como poderá ser intensa a performance desses talentos da cena musical brasileira atual. O show está programado para ocorrer no dia 15 (sexta-feira) no Palco Sunset, espaço do festival reservado para esse tipo de atração exclusiva.

Céu está na estrada há 15 anos, e se consolidou no cenário da música pop brasileira com sua mistura de reggae, rock, pop, folk e MPB na qual se destaca sua voz suave e melódica. Integrado por Fernandinho Dinho Almeida (vocal e guitarra), Benke Ferreira (guitarra), Raphael Vaz (baixo) e Ynaiã Benthroldo (bateria), o Boogarins está na estrada desde 2012, e já fez inúmeros shows por Brasil, América Latina, EUA e Europa, cativando fãs com sua versão abrasileirada da psicodelia.

Lá Vem a Morte- Boogarins (ouça em streaming):

Banda goiana Sã lança clipe e mostra seu heavy filosófico

sã banda de rock-400x

Por Fabian Chacur

Um heavy metal fortemente influenciado por sonoridades setentistas e com letras com elementos filosóficos e bem-humorados. Esta é uma definição possível do som feito pela Sã, banda goiana que acaba de lançar o seu primeiro videoclipe. A música em questão é Translação, que traz influências claras de Black Sabbath e Grand Funk Railroad em meio a um clima visual sombrio, nervoso e ameaçador bem convincente.

Integram esse trio oriundo de Goiânia o cantor e guitarrista Danilo Xidan, conhecido por sua atuação com as bandas Goldfish Memories e Soothing, e os irmãos Alexandre (baixo) e Bruno Sardelari (bateria), que também atuam no grupo Veementes. A produção de Translação ficou a cargo de Braz Torres, que toca guitarras adicionais. Também participou da gravação Rodrigo Andrade, tocando meia-lua e bongô.

A letra da canção do Sã reflete com profundidade sobre o que é viver, e é finalizada pelos versos “a vida, a vida é só uma viagem, a vida é uma viagem só”, incentivando o ouvinte a aproveitar melhor sua estada no planeta e também visualizando um possível sumiço do ser humano da face do planeta. Um papo cabeça muito interessante.

Translação (clipe)- Sã:

Banda The Rasmus lança clipe e volta à ativa após cinco anos

the-rasmus-400x

Por Fabian Chacur

Foram cinco longos anos fora de cena, mas enfim a banda The Rasmus dá sinais de vida. O quarteto finlandês que fez muito sucesso na década passada acaba de divulgar o clipe de uma nova canção, Paradise, primeiro single a ser divulgado do álbum Dark Matters, que coroará esse retorno à ativa e está previsto para ser lançado mundialmente no dia 22 de setembro.

Criada em 1994 na cidade de Helsinki, a banda tem como integrantes Lauri Ylonen (vocal), Pauli Rantasalmi (guitarra), Eero Heinonen (baixo) e Aki Hakala (bateria). Após muito sucesso na cena local da Finlândia, eles estouraram fora de seus domínios com o seu quinto álbum, Dead Letter (2003), que os tornou conhecido em diversos países europeus, incluindo o Reino Unido, onde este álbum atingiu o top 10. Eles venderam mais de 3 milhões de álbuns até hoje.

O som do The Rasmus é um rock alternativo que possui elementos de hard rock dos anos 80 e de música pop, trazendo como marcas refrões fortes, vocalizações melódicas e boa presença de palco. O quarteto se apresentou ao vivo em São Paulo em novembro de 2006, na extinta casa de shows Via Funchal (leia a resenha aqui ), e já iniciou uma turnê de retorno, com datas restritas inicialmente ao continente europeu.

O clipe de Paradise foi registrado na Suécia, sendo que o álbum foi produzido naquele mesmo país, na cidade de Estocolmo, pelo The Family. São 10 faixas, entre elas Something In The Dark, Wonderman e Dragons Into Dreams, além da música divulgada pelo clipe.

Paradise (clipe)- The Rasmus:

Emanuelle Araújo celebra em novo clipe Iemanjá e a Bahia

Emanuelle_Araújo_por_Ana_Cissa_Pinto-400x

Por Fabian Chacur

Dia 2 de fevereiro é a data reservada para celebrar Iemanjá, um dos orixás mais cultuados por candomblé e umbanda e considerada por seus seguidores como a rainha do mar. Como forma de homenageá-la, a cantora Emanuelle Araújo lançou nesta quinta-feira (2) o seu novo clipe, que ilustra a canção Céu Azul, de autoria de Marcio Mello e parte integrante de seu primeiro álbum solo, O Problema é a Velocidade (2016), lançado pela gravadora Deck.

O clipe foi gravado na praia de Moreré (BA), com direção a cargo de Felipe Flores, e ilustra de forma muito intensa a hipnótica canção, que encerra o elogiado álbum da cantora soteropolitana nascida em 21 de julho de 1976. Ela explica o porque fez o lançamento nesta data:

“Filmei esse clipe no ano passado e estava esperando o momento certo para lançá-lo. Tenho uma relação forte com Iemanjá, como boa baiana, e achei que realmente o 2 de fevereiro era um bom momento. Eu estava esperando uma hora que fosse oportuna, que tivesse uma energia que eu acho que a música tem e que o clipe tem também”.

Emanuelle começou a ficar conhecida do grande público em 1999, quando substituiu Ivete Sangalo na Banda Eva, na qual ficou até 2002. Depois, integrou o trio Moinho ao lado do guitarrista Toni Costa e da percussionista Lan Lan, com quem lançou três CDs. Ela também atua com destaque como atriz, e trabalhou em filmes como Ó Paí Ó e novelas como Pé Na Jaca, A Favorita, Três Irmãs e Malhação.

Céu Azul– Emanuelle Araújo:

Luciana Mello lança clipe para o ótimo samba-soul Joia Rara

foto-luciana-mello-por-ike-levy-400x

Por Fabian Chacur

Como ferramenta de divulgação de seu mais recente álbum, Na Luz do Samba, a cantora Luciana Mello acaba de lançar o segundo videoclipe com músicas desse trabalho. O primeiro foi Estrela Sorridente, em realidade virtual. Agora, é a vez de Joia Rara, canção de autoria do cantor, compositor e músico Walmir Borges. A direção ficou a cargo de Alexandre Sorriso, o mesmo responsável pelo ótimo documentário Quase Lindo (sobre o Premê).

A canção é extremamente swingada, e equivale a uma espécie de samba soul, pois tem o balanço típico do mais brasileiro dos ritmos e elementos melódicos bem característicos do gênero musical criado nos EUA. Uma delícia! Com arranjo assinado por Otávio de Moraes, a música é ilustrada por cenas captadas no show de lançamento do álbum, realizado em São Paulo no Theatro Net. Na Luz do Samba está disponível nas principais plataformas digitais.

Joia Rara– Luciana Mello:

Tony Babalu lança Cactus em estiloso clipe preto e branco

tony-babalu-400x

Por Fabian Chacur

Tony Babalu é um daqueles guitarristas que todo fã do rock brasileiro deveria conhecer. Sua classe como músico e compositor empolga, vide seus trabalhos solo instrumentais e também performances ao lado de outros artistas, especialmente da mítica banda Made In Brazil. Ele lançou recentemente um CD simplesmente arrebatador, Live Sessions At Mosh (leia a crítica de Mondo Pop aqui). E agora nos proporciona uma nova faixa, com direito a videoclipe e tudo.

A música em questão intitula-se Cactus. Trata-se de uma espécie de blues, tocada no violão acústico de cordas de aço com aquele tipo de timbre que marca o estilo de Babalu, classudo e repleto de disciplina e requinte. A partir de um riff simples e envolvente, ele vai brincando com harmônicos, sutilezas e pequenos solos com uma agilidade típica do craque que ele é. Sem exibicionismos nem arrogâncias instrumentais, e esbanjando sensibilidade e bom gosto.

O bacana é que a música tem a divulga-la um clipe em preto e branco, formato que dá ao som que já é legal uma aura mística e vintage que tem tudo a ver com o artista envolvido. Simples, sem exageros e registrando um momento de intimidade musical deste grande músico. Seria o prenúncio de um novo trabalho dedicado apenas ao violão? Saberemos nos próximos meses. Por enquanto, vale mesmo é curtir esse delicioso Cactus e ficar com gostinho de quero mais. Só pra variar…

Cactus– Tony Babalu:

Cantor e compositor Peu vem com clipe e prepara novo CD

peu cantor foto-400x

Por Fabian Chacur

A nova era da música popular brasileira se mostra repleta de gente aparecendo com novos lançamentos. A internet e o acesso às novas tecnologias, bem mais baratas do que as disponíveis em décadas passadas, possibilitam gravações rápidas e em quantidades quase industriais. Garimpar o que é bom em meio a toneladas de porcarias não é algo muito fácil. É por isso que vale louvar o lançamento de Alvejante Pra Mágoa, clipe da nova canção de Peu. Muito legal mesmo!

A música Alvejante Pra Alma é bem dançante e envolvente, e equivale a uma mescla de música nordestina, psicodelia e música pop latina moderna, com um temperinho meio Los Hermanos no meio. O clipe mistura animação e imagens em preto e branco e coloridas, com um resultado que simplesmente cativa o espectador. Boa forma de divulgar essa canção, e com quase 20 mil visualizações até o momento, belo número para um artista independente.

Peu é um músico, cantor e compositor que toca em casas noturnas desde os 17 anos. Debaixo do Lençol (também com clipe disponível), Cantar e Amar, Última Dose e Estação Zero são outras de suas canções, que costumam ser entremeadas por releituras de obras alheias como Praieira (Nação Zumbi), Feeling Good (Nina Simone) e ECT (Nando Reis, sucesso na voz de Cassia Eller). Ele em breve irá lançar seu primeiro CD, que gera boas expectativas em função dessas boas amostras.

Alvejante Pra Alma– Peu:

Por Debaixo do Lençol– Peu:

Older posts

© 2017 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑