Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: contrato

Lulu Santos celebrará Rita Lee em álbum via Universal Music

lulu-santos-400x

Por Fabian Chacur

Após ler Rita Lee- Uma Autobiografia, Lulu Santos sentiu-se disposto a gravar um álbum só com releituras de clássicos do repertório da cantora e compositora paulistana. Arregaçou as mangas, começou a preparar o material e, agora, anuncia a parceria com a Universal Music, que lançará ainda este ano esta obra, provavelmente em CD e digital.

O repertório ainda não foi divulgado, mas uma música certamente estará no trabalho. Trata-se de Desculpe o Auê, pois segundo o informativo da gravadora foi exatamente a releitura desta música apresentado por Lulu que entusiasmou a Universal a querer participar do projeto. Como a influência de Rita aparece desde sempre no trabalho do cantor, compositor e guitarrista carioca, a expectativa é de que esse seja um álbum bem interessante e popular.

Vale lembrar que Lulu teve uma passagem anterior pela Universal, nos tempos em que esse selo ainda atendia pelo nome Polygram. Nesse curto período (entre 1992 e 1993), ele lançou o ótimo álbum Mondo Cane (1992), que trazia a belíssima Apenas Mais Uma de Amor, e o single Autoestima (1993), com a faixa-título então inédita e três faixas do álbum anterior. Os discos passaram batidos, e Lulu em 1994 iria para a BMG, na qual veria o ressurgimento de sua carreira em formato dance.

Curiosamente, Apenas Mais Uma de Amor e Autoestima se tornariam grandes sucessos ao serem regravadas em versões acústicas em 2000 no álbum Acústico MTV, que vendeu mais de 600 mil cópias na época. Em 2013, Lulu lançou outro trabalho de releituras de obras alheias, Lulu Canta & Toca Roberto e Erasmo, dedicado ao repertório de Roberto e Erasmo Carlos e um grande êxito de vendas.

Autoestima– Lulu Santos (clipe 1993):

Morrissey assina com a Harvest Records

Por Fabian Chacur

Há não muito tempo, Morrissey andou chorando as pitangas na imprensa por aparentemente nenhuma gravadora estar querendo contratá-lo. Verdade ou não, o fato é que a razão para os resmungos acabou. Foi anunciada oficialmente a contratação do ex-vocalista dos Smiths pela Harvest Records, selo do Capitol Music Group, que por sua vez agora integra o poderoso conglomerado da Universal Music.

O cantor já arregaçou as mangas e irá para a França, onde gravará o sucessor de Years Of Refusal (2009), seu mais recente trabalho de estúdio. A produção ficará a cargo de Joe Chicarelli, que já atuou como produtor e técnico de som com nomes do alto calibre de Frank Zappa, Oingo Boingo, The White Stripes, The Strokes e Jason Mraz, entre outros.

Ele será acompanhado nas gravações pela banda que já está a seu lado há bastante tempo, composta por Boz Boorer (guitarra), Jesse Tobias (guitarra), Solomon Walker (baixo), Matthew Walker (bateria) e Gustavo Manzur (teclados). Seu mais recente lançamento é o filme Morrissey 25: Live, que o flagra ao vivo em um show intimista realizado em 2013 e no qual dá uma geral nos seus grandes hits.

Após quatro anos com os Smiths, uma das bandas mais influentes surgidas na década de 1980, Morrissey iniciou sua carreira solo e 1988 com o álbum Viva Hate, que impulsionado pelo single Suedehead obteve muito sucesso. A partir daí, ele conseguiu um sucesso comercial e de público ainda maior do que com a célebre banda britânica, lotando shows até no Brasil, onde foi incensado pelos fãs em 2000.

Embora tenha recentemente cancelado diversos shows, incluindo alguns que seriam realizados no Brasil, Morrissey garante que em breve irá anunciar as datas de sua turnê 2014. O cantor e compositor também curte o sucesso de Autobiography, sua polêmica autobiografia lançada pelo selo Penguin Classics e se que se tornou rapidamente um best seller em diversos países.

The Boy With The Thorn In His Side, com Morrissey (de Morrissey 25: Live):

Alma Matters, com Morrissey (de Morrissey 25: Live) :

Djavan faz parceria com a Universal Music

Por Fabian Chacur

Djavan acaba de assinar um contrato de parceria entre o seu selo, a Luanda Records, e a gravadora Universal Music, que passará a distribuir os seus álbuns a partir de agora no mercado fonográfico nacional.

O compromisso será inaugurado no início de setembro com o lançamento de um novo álbum de inéditas do cantor, compositor e violonista alagoano. Será o sucessor de Ária (2011), disco no qual o astro pela primeira vez na carreira investiu apenas em releituras de obras alheias e que divulgou com uma turnê nacional.

Com 13 faixas compostas, arranjadas, produzidas e interpretadas pelo próprio Djavan, trata-se do primeiro disco composto apenas por composições inéditas que o autor de Meu Bem Querer disponibiliza ao público em cinco anos.

Na foto que ilustra este post, tirada no dia da assinatura do contrato, temos (da esquerda para a direita) Márcia Santos (diretora de market ing da Universal Music), Djavan e José Éboli (presidente da Universal Music).

Com 62 anos de idade, Djavan tornou-se conhecido nacionalmente a partir da metade dos anos 70. Desde então, lançou 22 álbuns e vendeu mais de seis milhões de cópias dos mesmos, firmando-se como um dos grandes nomes da MPB, graças a hits como Meu Bem Querer, Álibi, Flor de Lis, Você Bem Sabe, Oceano e Samurai.

Ouça Você Bem Sabe, com Djavan:

© 2020 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑