Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: elza soares

Elza Soares assina com a Deck e prepara um novo trabalho

elza soares-400x

Por Fabian Chacur

Ainda em meio à ótima repercussão de seu mais recente CD, A Mulher do Fim do Mundo (2016), Elza Soares prova mais uma vez que não é de ficar parada. A incrível diva da música brasileira anuncia que assinou com a gravadora Deck, após 21 anos atuando como artista independente. O primeiro trabalho na nova casa está previsto para sair em abril, e já possui título: Deus é Mulher.

As gravações do que virá a ser o 33º álbum de Elza estão sendo realizadas no Rio e em São Paulo, respectivamente nos estúdios Tambor e Red Bull. Com direção artística de Romulo Froes e produção musical de Guilherme Kastrup, marcam presença os músicos Marcelo Cabral (baixo e bass synth), Rodrigo Campos (cavaquinho e guitarra), Kiko Dinucci (guitarra, sintetizador e sampler), Mariá Portugal (bateria, percussão e MPC) e Maria Beraldo (clarinete e clarone).

No press release que divulgou as novidades de Elza, o álbum anterior da cantora é definido como propondo o fim de uma era essencialmente machista e preconceituosa. O novo, uma espécie de consequência do anterior, sugere o nascimento de uma nova era conduzida pela energia feminina. A sonoridade tem tudo para seguir essa instigante mistura de samba, MPB, soul, jazz e música eletrônica que tem marcado o trabalho da artista nos últimos anos e revigorou sua trajetória musical.

Mulher do Fim do Mundo– Elza Soares:

Baixe de forma legal/gratuita a nova música de Elza Soares

Elza MFM_10 23_foto Alexandre E+ºa-400x

Por Fabian Chacur

Há quase seis décadas na estrada, Elza Soares continua mais ativa do que nunca, para alegria de seus milhões de fãs mundo afora. Em breve ela lançará um novo álbum. Como forma de dar uma prévia, o portal Natura Musical disponibiliza o primeiro single a ser extraído desse trabalho, Maria da Vila Matilde (Porque Se a Da Penha é Brava, Imagina a da Vila Matilde!) para download legal e gratuito que você pode fazer aqui.

Maria da Vila Matilde é uma espécie de mistura de samba de breque com pegada roqueira, e tem como autor Douglas Germano. A música traz como tema a violência contra a mulher, com versos direto como “você vai se arrepender de levantar a mão para mim”, entre outros. Trata-se de uma das onze faixas do álbum A Mulher do Fim do Mundo, que está previsto para sair no mês de outubro.

O repertório traz apenas canções inéditas, e teve como núcleo criativo os músicos e compositores Kiko Dinucci, Marcelo Cabral e Rodrigo Campos, com direção artística de Celso Sim e Rômulo Fróes e produção a cargo de Guilherme Kastrup. São todos atuantes na atual cena musical paulistana, onde o CD foi gravado, nos estúdios da Red Bull Station.

Ousadia, forte assinatura própria e muito estilo são as marcas dessa grande intérprete. Além de canções do núcleo criativo, também foram selecionadas composições de Cacá Machado, Clima, Douglas Germano e José Miguel Wisnik. O álbum foi selecionado pelo primeiro edital exclusivo de São Paulo do Natura Musical, e os shows de lançamento de A Mulher do Fim do Mundo também terão apoio desse mesmo projeto.

Veja em streaming o DVD Beba-me, de Elza Soares:

Elza Soares homenageia Lupicinio em shows

Por Fabian Chacur

Lupicínio Rodrigues completaria cem anos de idade em 16 de setembro deste ano. Como forma de homenagear o histórico e genial compositor gaúcho, que nos deixou em 27 de agosto de 1974, Elza Soares preparou o show 100 Anos de Lupicínio Rodrigues, que apresentará no Teatro Rival, no Rio, e no Teatro Paulo Autran, no Sesc Pinheiros, São Paulo. Desde já, absolutamente imperdíveis.

Amiga do saudoso mestre da música popular brasileira, Elza escolheu uma de suas músicas para seu primeiro single, Se Acaso Você Chegasse, lançado em 1960. Um sucesso certeiro que certamente estreitou os lanços entre os dois em termos artísticos. No repertório do show, teremos, além desse primeiro sucesso, clássicos como Esses Moços e Nervos de Aço, só para citar dois do autor de Nunca, Felicidade e tantas outras pérolas musicais.

Elza Soares dispensa apresentações. Há mais de 50 anos na ativa, é uma de nossas mais originais e swingadas cantoras, com versatilidade e jogo de cintura para interpretar samba, bossa nova, boleros, marchinhas, blues, rock e até mesmo música eletrônica, nunca comprometendo sua musicalidade própria. Ela se recuperou de uma operação na coluna e está nova em folha, felizmente, no auge de seus 76 anos de idade muito bem vividos, por sinal.

Os shows no Rio serão nos dias 2 e 3 de maio, sempre às 19h, no Teatro Rival (rua Álvaro Alvim, 33/37-Cinelândia- fone 0xx21-2240-4469), com ingressos de R$ 40,00 a R$ 80,00. Em São Paulo, as apresentações terão como palco o Teatro Paulo Autran do Sesc Pinheiros (rua Paes Leme, 95-Pinheiros- 0xx11-3095-9400- www.sescsp.org,br ) nos dias 9 e 10/5 (às 21h) e 11/5 (às 18h), com ingressos de R$ 10,00 a R$ 50,00.

Se Acaso Você Chegasse, com Elza Soares (versão original):

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑