Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: kylie minogue

Kylie Minogue e Dua Lipa lançam parceria que é pura disco music

kylie e dua lipa single capa

Por Fabian Chacur

Em 11 de novembro de 2020, Kylie Minogue lançou o álbum Disco, que atingiu logo em sua primeira semana o topo da parada britânica e também o 26º posto nos EUA. Uma de suas faixas, Real Groove, ganhou uma versão remix que leva o subtítulo Studio 2054 Remix e outro atrativo bacana, a participação especial da estrelinha pop britânica Dua Lipa. A nova releitura pegou na veia, e está sendo lançada no formato single nas plataformas digitais pela Warner Music-BMG.

A boa repercussão teve como base a apresentação das duas em um evento ocorrido em novembro do ano passado e intitulado Studio 2054, uma evidente homenagem ao lendário Studio 54, a mais badalada casa noturna americana na segunda metade dos anos 1970 e que ajudou a solidificar a disco music em termos de sucesso. Não por acaso, trata-se de uma versão escancaradamente influenciada por esse estilo musical.

Trata-se de mais uma prova de que, pela enésima vez, estamos vivendo um revival da disco music, estilo musical que chegou a ser banido das prateleiras do “bom gosto” no finalzinho dos anos 1970-início dos 1980, mas que posteriormente se mostrou uma das influências mais fortes no setor da dance music, volta e meia retornando às paradas de sucesso ou nas versões originais ou na reciclagem. Aguarde texto em breve sobre isso em Mondo Pop!

Real Groove (Studio 2054 Remix)- Kylie Minogue & Dua Lipa:

O delicioso novo baile pop de Kylie Minogue

Por Fabian Chacur

Kylie Minogue pode ser considerada como integrante da primeira geração de seguidoras musicais de Madonna. A cantora e compositora australiana surgiu no cenário pop em 1988, aos 20 anos, esbanjando beleza, apelo pop e hits alegres e descartáveis como I Should Be So Lucky e Got To Be Certain.

Muitos céticos achavam que a loirinha não iria muito longe, incluindo este que vos tecla. Pois bem. Vinte e dois anos depois da estreia, a moça está aí, firme e forte, vencendo até mesmo um câncer de mama que a afligiu em 2005. Melhor: mostra ótima forma artística, como prova Aphrodite, seu novo CD, lançado no Brasil pela EMI.

Sempre antenada, Kylie soube se cercar de bons profissionais para a ajudarem no novo trabalho, o de número 11 em sua discografia. O produtor, não por acaso, é o mesmo Stuart Price, que assinou o excepcional Night Work, dos Scissor Sisters. Por sinal, o vocalista da banda, Jake Shears, é coautor da ótima faixa Too Much.

Alternando composições próprias em parceria com seu produtor e também musicas de vários outros autores, a estrela australiana montou um repertório certeiro, que no geral é impecável e que consegue algo difícil, que é equilibrar apelo pop, boas melodias, batidas dançantes bem concatenadas e criatividade.

All The Lovers, o primeiro single do disco e com clima eletro, é bem legal. Algumas músicas já soam como clássicas, entre as quais a empolgante Get Outta My Way, Can’t Beat The Feeling, Everything Is Beautiful e a faix-título.

Aphrodite soa como um daqueles discos da melhor fase de Madonna, especialmente True Blue (1986) e Like a Prayer (1989), só que sem baladas. É clima dançante de ponta a ponta.

Se você está naquele momento de apenas curtir um som dançante, pop até a medula e muito bem feito, pode ouvir esse Aphrodite sem contra-indicações. Um dos melhores discos pop do ano, e certamente o melhor da carreira de Kylie Minogue, que sabe usar bem a pouca extensão de sua voz de forma inteligente e eficiente.

© 2021 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑