Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: marie fredriksson

Roxette lança clipe para divulgar o primeiro single de Bag Of Trix

roxette 400x

Por Fabian Chacur

Marie Fredriksson nos deixou no dia 9 de dezembro de 2019 com apenas 61 anos. Como forma de homenagear a cantora e compositora do Roxette, sairá até o final deste ano via Warner Music Bag Of Trix, uma reunião de material inédito do duo sueco que ela integrava ao lado do cantor, compositor e guitarrista Per Gessle. Trata-se de Let Your Heart Dance With Me, faixa inicialmente cogitada para o último álbum de estúdio deles, Good Karma (2016), mas que no fim das contas ficou de fora daquele trabalho.

“Eu queria escrever uma música clássica e simples do tipo ‘bata palmas e bata os pés’, e Let Your Heart Dance With Me saiu dessa vontade. Já gostei dela no estúdio, mas como de costume já tínhamos tantos concorrentes fortes que tive que esperar por uma segunda chance. E quando surgiu a ideia para este projeto foi um presente”, disse Gessie acerca da faixa.

Como forma de divulgar a canção inédita, foi criado um clipe a partir de uma montagem de gravações feitas durante as turnês da banda pelo mundo nos anos 1980 e 1990, com flagrantes em estúdios, bastidores, entrevistas e shows, com um resultado que certamente irá emocionar os milhões de fãs da banda.

Let Your Heart Dance With Me (clipe)- Roxette:

Roxette lança versão acústica de Help! gravada em Abbey Road

roxette single 400x

Por Fabian Chacur

Marie Fredriksson infelizmente nos deixou aos 61 anos no dia 9 de dezembro de 2019. Seu trabalho musical, especialmente o realizado ao lado de Per Gessle no grupo sueco Roxette, felizmente permanecerá sempre vivo na memória de seus inúmeros fãs. E são eles que irão vibrar com uma boa notícia. Em breve, teremos o lançamento de Bag Of Trix- Music From The Roxette Vaults. Será uma série de álbuns que sairão em breve através da gravadora Warner Music, contendo material inédito oriundo de gravações nunca antes lançadas.

A primeira amostra foi disponibilizada nesta sexta-feira (8). Trata-se de uma releitura acústica, com Marie no vocal e Per no violão, de um grande clássico dos Beatles. Trata-se de Help!, música lançada originalmente em 1965 que intitulou seu segundo filme e também a trilha sonora do mesmo. A gravação ocorreu em novembro de 1995, e teve como local nada menos do que o Abbey Road Studios, onde os Beatles fizeram quase todas as suas lendárias gravações.

Help!– Roxette:

Marie Fredriksson, do Roxette, a cantora que não gostava de tédio

Por Fabian Chacur

Swedish pop duo Roxette and their June 2001 album, Room Service.

Swedish pop duo Roxette and their June 2001 album, Room Service.

Don’t Bore Us- Get To The Chorus! (não nos entedie, vá direto ao refrão!, em tradução livre) é o título da primeira coletânea de hits do grupo sueco Roxette, lançada em 1995, e serve como uma boa definição da música que este bem-sucedido e talentoso duo fez durante sua carreira. Infelizmente, essa trajetória está encerrada, pois sua vocalista, Marie Fredriksson, nos deixou nesta segunda-feira (9), aos 61 anos, após ter lutado de forma corajosa durante quase 20 anos contra um câncer.

Nascida em 30 de maio de 1958, Marie se formou em música e se envolveu na cena pop musical sueca. Após integrar grupos sem grande repercussão, ela resolveu iniciar uma carreira-solo e teve o apoio de um amigo, o cantor, compositor e guitarrista Per Gessle, integrante da bem-sucedida banda de rock Gyllene Tider. Eles gravavam seus discos em sueco e cresciam em termos locais.

No entanto, o talento dos dois indicava possibilidades de uma carreira internacional, e o primeiro passo foi pegar uma música do guitarrista, vertê-la para o inglês e gravá-la em duo com Marie. O resultado, Neverending Love, foi a semente que gerou o surgimento do duo, batizado de Roxette, cujo primeiro álbum, Pearls Of Passion, saiu em 1986, sem atingir os objetivos desejados.

Sem desanimar, eles prosseguiram investindo no projeto. Nesse meio-tempo, Marie fez uma mudança radical no visual, cortando os longos cabelos e adotando um estiloso corte curtinho que virou sua marca registrada. Em 1988, veio o segundo álbum, Look Sharp!, que parecia se encaminhar para o mesmo destino do anterior. Só que não! O single The Look estourou de forma inesperada nos EUA em 1989, atingindo o número 1 na parada de lá.

Era o início de uma invasão no principal mercado musical mundial, que se espalhou pelos quatro cantos do mundo. Do mesmo álbum, Listen To Your Heart repetiu a performance de The Look, enquanto Dangerous atingiu o segundo posto. Em 1990, como parte da trilha sonora do filme Pretty Woman (Uma Linda Mulher), estrelado por Julia Roberts e Richard Gere, It Must Have Been Love também virou nº 1 nos EUA.

A fórmula azeitada era simples, mas muito bem executada: um misto de rocks com pegada dançante e power ballads compostas por Per e interpretadas com muita personalidade e categoria por Marie. De quebra, os clipes sempre bem elaborados e os shows calorosos e de um profissionalismo impecável, além da simpatia dos dois, tornou o Roxette um fenômeno de vendas e popularidade.

Joyride (1991) manteve os amigos nos charts, com sua festiva faixa-título sendo seu 4º número um no formato single e a balada Fading Like a Flower (Every Time You Leave) chegando ao 2º lugar. Era o auge do Roxette no mercado americano.

A partir daí, o sucesso do duo na terra de Barack Obama teria uma grande redução, mas isso não ocorreria no resto do mundo, onde os dois amigos permaneceram populares e requisitados.

Em 1995, sai a primeira coletânea de hits do grupo, Don’t Bore Us- Get To The Chorus!- Roxette’s Greatest Hits, incluindo 12 hits e quatro inéditas, entre as quais uma que estourou por aqui, a deliciosamente sessentista June Afternoon, com direito a um icônico clipe revivalista.

As coisas começaram a se complicar para o Roxette a partir do lançamento do álbum Room Service (2001). Pouco tempo depois, Marie foi diagnosticada com um tumor cerebral. Mesmo com essa séria dificuldade a ser enfrentada, a cantora não se entregou, lançando em 2004 seu primeiro disco solo em inglês, The Change, e voltando a se dedicar ao Roxette a partir do lançamento do álbum Charm School (2011).

O último álbum do Roxette, Good Karma, saiu em 2016, e nesse mesmo período a cantora anunciou que não faria mais turnês. Ela ainda lançou três singles solo entre 2017 e 2018. Foram oito discos solo (sete deles em sueco) e dez álbuns de estúdio com o Roxette.

Com grande sucesso no Brasil, Marie Fredriksson e Per Gessle fizeram sua primeira turnê por aqui em 1992, e tive a honra de participar da coletiva de imprensa concedida por eles em São Paulo, quando consegui o autógrafo do duo na capa da minha edição em vinil do álbum Joyride e ainda troquei umas palavras adicionais com o Per após a coletiva, na qual ele me falou sobre sua paixão pela marca Rickenbacker de guitarras e pelo som de Tom Petty e Jackson Browne.

O show em São Paulo, realizado no estacionamento do Parque Anhembi, foi simplesmente impecável, com gente pelo ladrão. Em 1995, eles voltaram, e estive de novo na entrevista coletiva. O duo voltou a tocar por aqui em 1999 e 2011, sempre atraindo um público significativo.

A simpática e talentosa guerreira Marie nos deixou de forma prematura, mas fica a certeza de que soube aproveitar bem essa sua passagem por essa coisa chamada vida. C’mon join the joyride!

June Afternoon (clipe)- Roxette:

Roxette voltará ao Brasil em maio

Por Fabian Chacur

O Roxette, um dos duos de maior sucesso de todos os tempos, retornará ao Brasil em maio de 2012. Os suecos já tem confirmadas as datas e as cidades em que se apresentará por aqui.

Os shows serão todos no mês de maio: 8 no Teatro Positivo (Curitiba); 10 no Credicard Hall (São Paulo); 12 no Citibank Hall (Rio de Janeiro); 15 no Ginásio Nilson Nelson (Brasília) e 18 no Chevrolet Hall (Recife).

O duo composto por Marie Fredricksson (vocal) e Per Gessle (guitarra e vocal) vendeu milhões de discos e fez sucesso no mundo inteiro com sua mistura de rock, pop e funk com muito romantismo no tempero.

Hits como Listen To Your Heart, The Look, It Must Have Been Love, Joyride e Spending My Time continuam tocando nas rádios, e seu mais recente álbum, Charm School, que marcou o retorno do duo após alguns anos de inatividade, provou que a química entre eles permanece inteira.

Aliás, a turnê de divulgação do novo álbum está indo de vento em popa, com 79 shows realizados em 2011 que passaram por 31 países, Brasil incluso.

Em março de 2012, deverá ser lançado um novo trabalho, T2-Tourism 2, que, se seguir o espírito de Tourism (1992), deverá reunir canções inéditas gravadas em diversos estúdios ao redor do mundo.

Veja o vídeo de Listen To Your Heart, com o Roxette:

© 2020 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑