Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: mês da cultura independente

Evento traz grandes músicos ao Edifício Martinelli (SP)

trevor_veryan_1_1_mobile

Por Fabian Chacur

Dizem que a boa música pode nos levar às alturas. No caso do evento Música nas Alturas, parte integrante da nona edição do Mês da Cultura Independente em São Paulo, isso irá ocorrer nos dois sentidos. Ótimos instrumentistas irão tocar, entre os dias 16 e 30 de setembro, no terraço do histórico Edifício Itália, situado no centro histórico de São Paulo. E o melhor: a entrada para todos os shows será gratuita.

O elenco inclui feras de vários países. Abre a festança no dia 16 o compositor minimalista holandês Jozef Van Wissen, que já lançou 26 discos solo e é conhecido pela ótima trilha sonora do filme Only Lovers Left Alive (Amantes Eternos, de 2013), de Jim Jarmush, com a qual ganhou o prêmio de melhor trilha sonora no Festival de Cannes.

Oriundo de Recife (PE), o pianista Vitor Araújo surpreendeu a todos ao estrear em 2008 com apenas 19 anos com o CD/DVD Toc Ao Vivo No Teatro Santa Isabel, em 2008. Em 2012, lançou seu segundo CD, A/B, com participações de Naná Vasconcelos, Yuri Queiroga, Rivotrill e Macaco Bong. Seus shows de piano solo misturam composições próprias e obras de Radiohead, Luiz Gonzaga, Chico Buarque e Ray Charles.

A dupla britânica Trevor Watts (sax alto) e Veryan Weston (piano) (FOTO) toca junto há mais de 20 anos, e possui em seu currículo quatro CDs, além de participação em trabalhos ao lado de grandes músicos do jazz. O clarinetista e saxofonista dinamarquês Lars Greve fecha a programação com seu som imprevisível, ele que toca em vários grupos e tem um elogiado CD solo, Breidablik.

Com 130 metros de altura, o Edifício Martinelli foi inaugurado em 1929 e chegou aos 30 andares em 1934, sendo durante algum tempo o maior prédio do país. Um local histórico, no qual grandes nomes viveram e conviveram, e que hoje abriga eventos importantes, além de ser alvo de visitas programadas por quem deseja saber um pouco de sua história.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO MÚSICA NAS ALTURAS:

Dia 16 (quarta-feira) 19h30- JOZEF VAN WISSEM (HOLANDA)

Dia 19 (sábado) 16h30- VITOR ARAUJO (BRASIL)

Dia 23 (quarta-feira) 19h30 e Dia 26 (sábado) 16h30 TREVOR WATTS E VERYAN WESTON (INGLATERRA)

Dia 30 (quarta-feira) 19h30 LARS GREVE (DINAMARCA)

Local: Edifício Martinelli-avenida São João, nº 35-terraço-SP-(80 lugares) – ingressos gratuitos- retirar 30 minutos antes do espetáculo.

A/B- Vitor Araújo- ouça em streaming:

Jozef Van Wissem & SQÜRL – The Taste Of blood (Only Lovers Left Alive Soundtrack):

Grant Hart,ex-Husker Du, tocará em SP!

Por Fabian Chacur

Nem bem havia me recuperado da notícia de que Bob Mould tocará no Brasil em outubro (leia aqui), e tome uma nova bomba: outro integrante do Husker Du também estará em nosso país, e ainda mais cedo! Trata-se de Grant Hart, ex-baterista e vocalista da seminal banda americana. E melhor: seu show será gratuito, e vai rolar no dia 15 de setembro às 18h na Galeria Olido- Sala Olido (SP), do lado da Galeria do Rock. Totalmente imperdível. O show faz parte do evento Mês da Cultura Independente, da Secretaria Municipal de Cultura de SP.

Grant Hart nasceu em 18 de março de 1961 e criou o Husker Du ao lado dos amigos Bob Mould e Greg Norton (baixo) em 1979. Embora baterista de um power trio, ele dividia os vocais com Mould, o guitarrista, com um timbre um pouco mais melódico do que o do parceiro. Um era a contrapartida do outro, e a soma dessas duas forças gerou uma banda excepcional.

Durante sua carreira, o Husker Du conseguiu misturar com rara qualidade a energia do punk hardcore com o psicodelismo, o hard rock, o folk rock e o pop, gerando desta forma uma sonoridade criativa e inovadora que influenciaria posteriormente bandas como Pixies, Nirvana, Pearl Jam e tantas outras. Álbuns como Zen Arcade (1985) e Candy Apple Grey (1986) fazem parte da discografia básica do rock.

Depois do fim do Husker Du, em 1988, Hart montou outro o trio, o Nova Mob, com o qual gravou dois álbuns, e também investiu em uma carreira solo que rendeu vários títulos, sendo o primeiro Intolerance (1989) e os mais recentes os consistentes Hot Wax (2009) e o recém-lançado The Argument (2013). Com este último, um álbum duplo, o roqueiro procurou mostrar uma abrangência musical capaz de surpreender fãs e crítica.

Vale lembrar que, desde a separação do Husker Du, Grant Hart e Bob Mould só se apresentaram ao vivo novamente em uma ocasião, em 2005, durante show beneficente em prol do baixista Karl Mueller (1963-2005), integrante da banda Soul Asylum e que na época lutava contra um câncer que acabou por vitimá-lo. Infelizmente, parece difícil um retorno do grupo, então, vale curtir as duas carreiras solo.

Ouça Don’t Wanna Know If You Are Lonely, com o Husker Du:

Ouça Shine Shine Shine, com Grant Hart, do álbum The Argument:

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑