Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: música mineira

Duo Aduar lança seu sublime álbum com show em São Paulo

duo aduar 400x

Por Fabian Chacur

Sublime. Essa palavra resume minha opinião acerca de Riachinho das Pedras, álbum de estreia do Duo Aduar e também de um novo selo discográfico, o Lobo Kuarup, fruto de parceria entre o consagrado violeiro mineiro Chico Lobo e a gravadora Kuarup. O álbum será lançado em luxuoso formato CD em São Paulo com pocket show nesta sexta (13) às 19h na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (avenida Paulista, nº 2.073- Cerqueira César- fone 0xx11-3170-4062), com entrada gratuita.

Gabriel Guedez (violão e voz) e Thobias Jacó (viola e voz) deram início ao Duo Aduar em 2017, pouco depois de se conhecerem nas escadarias da escola de música da Universidade Federal de São João Del Rei, histórica cidade mineira. Não demorou para que se tornassem figurinhas carimbadas nos principais festivais de música realizados pelo Brasil afora, tendo conquistado o primeiro lugar em sete edições dos mesmos. Merecidamente.

Seu trabalho de estreia traz oito músicas, sendo seis autorais e duas releituras, a lírica Matança, de Augusto Jatobá, e a icônica A Vida do Viajante (Hervê Cordovil e Luiz Gonzaga), que se encaixa feito luva no espírito estradeiro da dupla.

Valendo-se apenas de suas vozes e de violão e viola, o Duo Aduar construiu tapeçarias sonoras envolventes e de uma doçura mágica. Nas letras, trazem belíssimas e cada vez mais necessárias mensagens ecológicas, protestando de forma incisiva contra a devastação da natureza em nosso país sem, no entanto, jamais perder a ternura. As vocalizações merecem um capítulo à parte, de tão perfeitas, tocantes e bem concatenadas.

A audição do álbum é prazerosa demais, ganhando o ouvinte logo de primeira e tornando-se viciante a partir da segunda. O Silêncio do Rio, Terra Nossa, Sentinela, Riachinho das Pedras, Índia Tuíra e De Que Depende o Perdão? formam, ao lado dos dois covers, um conjunto conciso e tocante de melodias inspiradas na música rural brasileira com muita inspiração e originalidade.

Em tempos tão áridos como os que vivemos atualmente, a audição deste álbum equivale a uma forma encantadora de instigar a consciência das pessoas em torno da importância que a natureza tem para que possamos permanecer vivos de forma saudável e encantadora. Que seja apenas o marcante início de uma bela trajetória desse incrível Duo Aduar.

Veja o clipe de Riachinho das Pedras, do Duo Aduar:

Vânia Bastos, Túlio Mourão e Rafa Castro em Tons de Minas

Vânia Bastos, Túlio Mourão e Rafa Castro por Vinicius Campos-400x

Por Fabian Chacur

Em seus mais de 30 anos de carreira-solo, Vânia Bastos tem se especializado em reler de forma personalizada e repleta de classe alguns dos mais importantes songbooks da música popular brasileira. Em seu novo projeto, Tons de Minas, a cantora paulista se reúne aos músicos mineiros Túlio Mourão e Rafa Castro para um espetáculo que promete ser inesquecível. O trio se apresenta nesta segunda (30) às 19h30 em São Paulo no Sesc Carmo (rua do Carmo, nº 147- Sé- fone 0xx11-3111-7000), com ingressos de R$ 6,00 a R$ 20,00.

A sementinha que deu origem ao novo show da cantora oriunda de Ourinhos (SP) é o elogiado disco Vânia Bastos Canta Clube da Esquina (2008). Desta vez, ela resolveu ampliar o leque de escolha, mergulhando de forma mais abrangente no rico cancioneiro da música feita em Minas Gerais.

O repertório traz maravilhas do porte de Cais (Milton Nascimento-Ronaldo Bastos), Nascente (Flávio Venturini- Murilo Antunes), Choveu (Beto Guedes), Resposta (Samuel Rosa), Românticos (Wander Lee) e Fronteira (Rafa Castro).

O time escalado para este projeto não poderia ter sido melhor escalado. Túlio Mourão ficou conhecido inicialmente nos anos 1970 ao integrar os Mutantes em sua fase rock progressivo. Posteriormente, tocou com Milton Nascimento, Maria Bethânia, Chico Buarque, Caetano Veloso e Ney Matogrosso, além de ter feito a incrível trilha do filme Jorge, Um Brasileiro (1988).

Em 2014, Túlio gravou o DVD/CD Teias, em parceria com o jovem músico Rafa Castro. A enorme qualidade artística dessa obra mostrou que estes dois tecladistas e compositores tinham muitas afinidades positivas. Rafa é também cantor dos bons, e se radicou em São Paulo em 2017, tendo lançado recentemente seu terceiro trabalho, o ótimo CD Fronteira.

No show, Rafa também fará alguns duetos vocais com Vânia, que foi revelada ao integrar as bandas de Arrigo Barnabé e Itamar Assumpção. Como artista-solo, traz como marca um timbre vocal delicado e delicioso, sempre dedicado a repertórios impecáveis e sem concessões ao comercialismo excessivo ou ao popularesco. Bom gosto é uma expressão que nos vem imediatamente à mente ao pensar na forma como ela desenvolve seus shows e álbuns.

O Trem Azul– Vânia Bastos:

Lô Borges lança single Em Outras Canções, amostra de novo álbum

lo borges-400x

Por Fabian Chacur

Em 2018, Lô Borges deu um belíssimo mergulho no seu passado de glórias ao reler, ao vivo, as músicas de seu primeiro álbum solo (o célebre “Disco do Tênis”) e também a sua parte no antológico Clube da Esquina, gravado em parceria com Milton Nascimento. O resultado, o DVD Tênis+Clube- Ao Vivo No Circo Voador (leia a resenha aqui) foi um dos melhores lançamentos de 2018. Mostrando que não está a fim de dormir em cima das glórias já conquistadas, o astro mineiro nos oferece uma nova música, Em Outras Canções.

Trata-se da terceira parceria de Lô com Nelson Angelo, conhecido como autor da maravilhosa Fazenda, eternizada na voz de Milton Nascimento. A canção foi viabilizada na base do WhatsApp, com Angelo mandando a letra e o autor de Um Girassol da Cor do Seu Cabelo a colocando no papel e musicando. Com mensagem positiva e o melhor clima de balada pop, Em Outras Canções equivale a uma bela amostra do que será o novo disco de inéditas do astro mineiro.

O álbum, por sinal, já tem título definido pelo artista: Rio da Lua, com lançamento programado já para abril, via gravadora Deck, a mesma do trabalho anterior. As gravações tiveram como local a cidade de Belo Horizonte (MG), e Lô coproduziu o álbum em parceria com Henrique Matheus. Por esse primeiro momento apresentado, a expectativa em torno desse trabalho é das melhores.

Em Outras Canções– Lô Borges:

Lô Borges vai gravar um DVD com o Disco do Tênis ao vivo

lo borges-400x

Por Fabian Chacur

Nesta sexta (23), a partir das 22h, o público carioca terá um belíssimo programa musical. Trata-se do show no qual Lô Borges irá apresentar, na íntegra, o repertório de seu álbum de estreia como artista-solo, autointitulado e apelidado de Disco do Tênis pelo fato de ter um par deles em sua capa. A apresentação será no Circo Voador (Rua dos Arcos, s/nº- Lapa- fone 0xx21-2533-0354), com ingressos custando R$ 60,00 (meia) e R$ 120,00 (inteira).

Lançado em 1972, quando o cantor, compositor e músico mineiro era ainda muito jovem, o álbum é considerado um dos grandes clássicos da MPB e da produção do chamado Clube da Esquina, grupo de talentosos amigos musicais que trazia em seu elenco nomes do porte de Milton Nascimento, Beto Guedes, Toninho Horta e os irmãos Borges, entre os quais Lô. Aliás, o álbum Clube da Esquina, dividido por ele e Milton Nascimento, saiu naquele mesmo ano mágico.

Lô será acompanhado por uma banda que traz em sua formação Pablo Castro (piano, guitarra, violão e vocal), Guilherme de Marco (violão, guitarra e vocal), Marcos Danilo (violão, guitarra, percussão e vocal), Alê Fonseca (teclados), Paulim Sartori (baixo, bandolim, percussão e vocais) e D’Artagnan Oliveira (bateria, percussão e vocais).

O show será gravado, e traz em seu repertório as 15 faixas do célebre álbum, entre elas Você Fica Bem Melhor Assim, Canção Postal, Como o Machado e Pra Onde Vai Você?, e também quatro faixas de autoria de Lô que fazem parte do Clube da Esquina, entre as quais Um Girassol da Cor do Seu Cabelo, Nuvem Cigana e O Trem Azul. O DVD está previsto para sair em julho pela gravadora Deck. A abertura do show do Circo Voador ficará a cargo de Roberta Campos.

Lô Borges (disco do tênis)- Lô Borges (em streaming):

© 2020 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑