Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: ringo 2012

Ringo 2012 soa como Starr nos anos 1970

Por Fabian Chacur

Ringo Starr é um daqueles artistas que sempre se deixou levar pelo bom humor e astral bacana, além de nunca se levar tão a sério. Tanto que há aqueles que insistem em rejeitar a importância do seu trabalho artístico. Um erro crasso.

De cara, ele figura entre os melhores bateristas de rock de todos os tempos. Fica difícil imaginar outro músico em seu lugar nos Beatles, pois Richard Starkey (seu nome de batismo) não só se encaixava feito luva na sonoridade dos Fab Four como também era versátil, talentoso e extremamente bem entrosado com seus colegas de bandas, aqueles célebres John, Paul e George.

Na carreira solo, sempre investiu em uma sonoridade roqueira sem grandes firulas, apostando em canções simples e agradáveis. Quando acertou a mão, nos proporcionou maravilhas como os álbuns Ringo (1973), Goodnight Vienna (1974) e Stop And Smell The Roses (1981), além de emplacar sucessos bacanas como Back Off Boogaloo, Photograph e Wreck My Brain.

Embora já tenha passado dos 70 anos de idade, Ringo felizmente continua mais na ativa do que nunca, como os felizardos que puderam ver seus shows no Brasil em 2011 (eu não fui um deles, buá!) tiveram a chance de conferir. Ao vivo e nos estúdios, pois ele está mantendo uma excelente média de um novo disco a cada dois anos há duas décadas.

Seu novo álbum, Ringo 2012, saiu há pouco no Brasil pela Universal Music. Nos EUA, chegou às lojas em janeiro e teve como posição mais alta a de número 80, enquanto no Reino Unido a coisa foi pior ainda, com o CD ocupando o posto de número 181.

Uma injustiça, pois o novo trabalho do ex-beatle é uma bela profissão de fé no velho e bom rock and rol.

São aproximadamente 29 minutos (distribuídos por nove músicas) sem um único acorde jogado fora.

Marcam presença no álbum um elenco de músicos de primeira linha, entre os quais Joe Walsh (dos Eagles), Richard Page (ex-Mr. Mister, veio ao Brasil com Ringo em 2011), Edgar Winter, Don Was, Dave Stewart (ex-Eurythmics), Benmont Tench (do grupo Tom Petty And The Heartbreakers) e Kenny Wayne Shepherd.

O repertório inclui um belíssimo cover de Think It Over, do mestre do rock and roll Buddy Holly e um novo arranjo para o clássico folk Rock Island Line, gravada nos anos 50 por Lonnie Donegan, músico que influenciou bastante os Beatles em seus anos iniciais como músicos.

Step Lightly, gravada originalmente no álbum Ringo (1973), surge aqui com novo e mais interessante arranjo.

As inéditas, todas tendo Ringo como coautor, são bem bacanas, e destaco a belíssima balada rock In Liverpool, na qual o astro relembra os tempos iniciais de sua trajetória de sucesso com os Beatles, além dos rocks Anthem, Wings e Slow Down.

O momento mais divertido fica por conta da leve e bem-humorada Samba, que fala de um namoro e de um cara tentando aprender a dançar o mais brasileiro dos ritmos.

Ringo 2012 soa como o Ringo dos anos 70: solto, cantando bem, descompromissado e oferecendo aos fãs um rock and roll delicioso de se ouvir, curtir e dançar.

Ouça In Liverpool, com Ringo Starr:

Ouça e veja o clipe de Think It Over, com Ringo Starr:

Veja o novo clipe de Ringo Starr, Think It Over

Por Fabian Chacur

Sai no dia 30 de janeiro Ringo 2012, novo álbum de Ringo Starr. O trabalho traz 9 faixas e conta com participações especiais de Joe Walsh, dos Eagles, que já havia gravado com o ex-beatle nos anos 80, Benmont Tench, tecladista do grupo Tom Petty & The Heartbreakers, e Dave Stewart, ex-Eurythmics.

O repertório inclui dois covers. São eles Think It Over, clássico do roqueiro americano Buddy Holly e Rock Island Line, que fez sucesso na Inglaterra nos anos 50 com Lonnie Donegan, músico que influenciou toda uma geração de músicos britânicos, incluindo os Beatles.

O álbum também traz a regravação de Step Lightly, composição de Ringo gravada originalmente por ele em 1973 em seu clássico álbum Ringo, que inclui clássicos como Photograph, I’m The Greatest e Six O’Clock e a participação especial de seus ex-colegas de Beatles.

Ringo também compôs para o álbum canções em parceria com o velho amigo Vinny Poncia, Glenn Ballard (que lançou Alanis Morissette), Joe Walsh, Dave Stewart e Van Dyke Parks (parceiro de Brian Wilson, dos Beach Boys).

Ringo 2012 sai menos de dois anos após o trabalho anterior do cantor, compositor e baterista britânico, Y Not (2010).

Saiba quais são as músicas de Ringo 2012 e seus autores:

1. Anthem (Richard Starkey/Glen Ballard)
2. Wings (Richard Starkey/Vinny Poncia)
3. Think It Over (Buddy Holly/Norman Perry)
4. Samba (Richard Starkey/Van Dyke Parks)
5. Rock Island Line (Arrangement by Richard Starkey)
6. Step Lightly (Richard Starkey)
7. Wonderful (Richard Starkey/Gary Nicholson)
8. In Liverpool (Richard Starkey/Dave Stewart)
9. Slow Down (Richard Starkey/Joe Walsh)

Veja o clipe de Think It Over, com Ringo Starr:

© 2020 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑