Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: roger waters

DVD traz bastidores de Wish You Were Here

Por Fabian Chacur

Wish You Were Here (1975) foi provavelmente o disco mais complicado de ser feito entre os títulos incluídos na discografia do Pink Floyd. E não é difícil entender o por quê essa gestação teve tanta dificuldade.

Como suceder The Dark Side Of The Moon (1973), um dos melhores, mais bem-sucedidos em termos artísticos e comerciais e até hoje um ícone do nosso amado rock and roll? Não era tarefa para qualquer zé mané da vida.

The Story Of Wish You Were Here, documentário que a ST2 acaba de lançar no Brasil, busca mostrar o processo que gerou este álbum, que se não tem o mesmo status e brilho do antecessor, certamente é repleto de qualidades, incluindo algumas canções que não saem dos set lists das rádios de todo o planeta.

O filme apresenta reveladoras entrevistas recentes feitas com Roger Waters (vocal e baixo), David Gilmour (guitarra e vocal) e Nick Mason (bateria), além de se valer de trechos de um papo levado com o saudoso tecladista Richard Wright lá pelos idos de 2001.

Do início do processo criativo, com um riff de guitarra feito por Gilmour que gerou a primeira música a ser composta para o álbum, Shine On You Crazy Diamond, homenagem direta ao fundador da banda, Syd Barrett, até a conclusão das gravações, o relato traz cenas da época, detalhes sobre as gravações e muita informação.

A participação do cantor e compositor Roy Harper no vocal principal da canção Have a Cigar, por exemplo, que Gilmour aprovou e do qual Waters revela não ter gostado. Essa música é uma forte estocada em cima dos executivos das grandes gravadoras e da forma como se relacionavam com os grupos que contratavam.

As entrevistas também falam da relação deles com Syd Barrett, e também do fato de a canção que dá nome ao álbum não ser uma homenagem explícita a ele. O relato da mítica visita de Barrett aos estúdios durante as gravações do álbum arrepia, com direito a uma foto do que havia restado do músico, antes boa pinta, naquele momento gordo, careca e patético. Triste.

As músicas são destrinchadas uma a uma, com detalhes muito interessantes sobre como foram criadas, além de depoimentos de pessoas que participaram das gravações, jornalistas e outras figuras com boas opiniões a dar sobre o álbum e a banda.

O DVD traz ainda 25 minutos adicionais de entrevistas que ajudam a explicar como Wish You Were Here surgiu para vender mais de 13 milhões de cópias no mundo todo. Tipo do ítem indispensável para quem é fã do velho e bom Floyd, e também para os estudiosos do rock.

Veja The Story Of Wish You Were Here:

Turnê The Wall é a nº 1 nos EUA e Canadá

Por Fabian Chacur

Roger Waters continua na estrada e rindo à toa, além de ver sua conta bancária se ampliar cada vez mais. Sua turnê The Wall Live marcou presença nos EUA e Canadá em junho, e atingiu o primeiro lugar entra as mais lucrativas naquele período.

Entre 3 e 29 de junho, o ex-baixista e vocalista do Pink Floyd fez 16 shows nos EUA e Canadá, e arrecadou a “bagatela” de 26.9 milhões de dólares, com aproximadamente 243 mil pessoas presentes aos espetáculos realizados.

A turnê, que passou pelo Brasil em março, traz como atrativo a interpretação ao vivo e na íntegra do álbum duplo The Wall, lançado pelo Pink Floyd em 1979 e um dos mais vendidos da história do rock, que também acabou inspirando um filme de muito sucesso.

Além desse repertório apreciado por milhões de pessoas nos quatro cantos do planeta, incluindo hits como Confortably Numb e Another Brick In The Wall (Part 2), o show é repleto de efeitos especiais e incrível qualidade técnica em termos de áudio e vídeo, com direito a telões gigantes de HD, além de ótimos músicos de apoio.

Em 2011, na parte europeia da turnê, Roger Waters contou com a participação de seu ex-colega de banda, o guitarrista David Gilmour, que repetiu com maestria seu inesquecível solo em Confortably Numb. Um momento considerado histórico pelos fãs fa extinga banda britânica.

Confortably Numb, com Roger Waters e participação especial de David Gilmour:

The Wall Live chega ao Brasil neste domingo

Por Fabian Chacur

Após passar pela Argentina com grande sucesso, a turnê The Wall Live, de Roger Waters, chega ao Brasil neste domingo (25), com show no estádio Beira Rio, em Porto Alegre.

O show, durante o qual o ex-baixista e cantor do Pink Floyd canta na íntegra o repertório do álbum The Wall, também passará pelo Rio (dia 29, no estádio do Engenhão) e São Paulo (dias 1º e 3 de abril, no estádio do Morumbi).

Waters iniciou essa tour em 2010, e conseguiu arrecadar a bagatela de 89,5 milhões de dólares nos EUA naquele ano, em 56 shows, sendo a turnê mais lucrativa realizada naquele país durante 2010.

O show é um espetáculo grandioso, com direito a um muro com mais de 137 metros de largura, cenários com bonecos infláveis gigantes (incluindo o célebre porco), um avião batido e som quadrafônico.

Um dos momentos que mais emocionaram o público durante os shows é o Fallen Loved Ones, após a canção Another Brick In The Wall, quando o telão exibe fotografias e histórias de pessoas que perderam a vida em guerras ao redor do mundo, entre os quais o pai de Waters.

Na turnê brasileira, será homenageado o brasileiro Jean Charles de Menezes, morto no metrô de Londres em 2005.

Além de Waters no vocal e baixo, temos uma banda composta por 12 músicos, entre os quais o tecladista Harry Waters, filho do ex-integrante do Pink Floyd.

Snowy White (guitarra) e Jon Carin (teclados) participaram de turnês do Pink Floyd nos anos 70, 80 e 90 como músicos de apoio, enquanto G.E. Smith integrou a banda do programa Saturday Night Live e também tocou e gravou discos com Bob Dylan e a dupla Daryl Hall & John Oates.

Também merecem destaque Mark, Pat e Kipp Lenon, vocalistas de apoio ao lado de John Joyce. Eles integram um grupo infelizmente desconhecido no Brasil, o Venice, que está na estrada há mais de 20 anos e faz um folk-country-pop-rock de primeiríssima linha, tendo entre seus fãs David Crosby e Graham Nash. A banda americana gravou belos discos, entre os quais Born And Raised (1997) e Spin Art (1999).

The Wall foi lançado pelo Pink Floyd em novembro de 1979, e se tornou um dos mais bem-sucedidos álbuns da história do rock em termos comerciais.

Ainda existem ingressos à venda para os quatro shows de Roger Waters no Brasil, segundo a empresa Time 4 Fun.

Shows de Rogers Waters no Brasil – Turnê The Wall Live

Porto Alegre (RS)
Quando: 25/3 (domingo) às 20h
Onde: Estádio Beira-Rio
Quanto: de R$ 180,00 a R$ 500,00
Informações: 4003-5588 e www.ticketsforfun.com.br

Rio de Janeiro (RJ)
Quando: 29/3 (quinta-feira às 21h)
Onde: Estádio do Engenhão
Quanto: de R$ 180,00 a R$ 600,00
Informações: 4003-5588 e www.ticketsforfun.com.br

São Paulo (SP)
Quando: 1º/4 (domingo às 19h30) e 3/4 (terça-feira às 21h)
Onde: Estádio do Morumbi
Quanto: de R$ 180,00 a R$ 600,00 (dia 1º/4) e de R$ 180,00 a R$ 900,00 (dia 3/4).
Informações: 4003-5588 e www.ticketsforfun.com.br

Another Brick In The Wall, com Roger Waters:

Datas de Roger Waters no Brasil vão mudar

Por Fabian Chacur

A paixão do público argentino por Roger Waters recebeu uma prova concreta mais do que absurda nesta semana.

Em função de ter esgotado os ingressos para seis apresentações no imenso estádio do River Plate, em Buenos Aires, os organizadores da turnê mundial do astro resolveram abrir uma sétima data.

Dois detalhes tornam o fato ainda mais impressionante: os shows só irão ser realizados em março de 2012 e a arena tem capacidade para abrigar mais de 50 mil pessoas. Ou seja, mais de 350 mil pessoas irão ver esses shows.

Em função disso, os espetáculos que vão ser realizados no Brasil com o ex-integrante do Pink Floyd, cujo destaque é a execução na íntegra do célebre álbum The Wall (1979), sofrerão alterações.

O primeiro show, que rolaria no dia 17 de março em Porto Alegre, teve a data cedida para os argentinos.

Em função disso, haverá um reescalonamento das datas, mas sem cancelamentos. Os shows ocorreriam inicialmente nos dias 17 (Porto Alegre), 22 e 23 (São Paulo) e 24 (Rio).

A produtora Time 4 Fun, responsável pela nova vinda do cantor, compositor e baixista britânico ao Brasil, promete divulgar nos próximos dias a nova configuração da turnê por aqui, assim como preços, dia em que os ingressos começarão a ser vendidos etc.

Confortably Numb, com Roger Waters e David Gilmour:

Conheça as 10 maiores turnês pop de 2011

Por Fabian Chacur

A popularidade do U2 parece não ter fim. Segundo informações da revista Billboard, a bíblia da indústria fonográfica mundial, a turnê 360º da banda irlandesa é a maior do mundo atualmente.

Valendo-se do critério arrecadação como desempate, Bono e seus amigos faturaram entre 1º/11/2010 a 31/5/2011 (período abordado pela pesquisa) a bagatela de 174 milhões de dólares, atraindo 1.642.282 fãs a seus 23 shows no período.

A título de comparação, o segundo colocado é Roger Waters, ex-Pink Floyd, que ganhou 114 milhões de dólares e contou com plateia total de 1.005.490 em seus 69 shows.

As surpresas na lista ficam por conta do cantor americano de r&b Usher (quinto colocado) e o maestro e violinista holandês Andre Rieu e sua orquestra (o sétimo).

Outra constatação bacana é que a grande maioria desses artistas já vieram ou estão para vir ao Brasil, prova de que de fato fomos incluídos de vez no roteiro das mais importantes turnês pop.

Veja quais são as maiores turnês de 2011 até agora:

1) U2 – faturou 174 milhões de dólares em 23 shows com público total de 1.642.282 pessoas

2) Roger Waters – faturou 114 milhões de dólares em 69 shows com público total de 1.005.490 pessoas

3) Bon Jovi – faturou 107 milhões de dólares em 45 shows com público total de 905.035 pessoas

4) Lady Gaga – faturou 71 milhões de dólares em 45 shows com público total de 745.735 pessoas

5) Usher – faturou 70 milhões de dólares em 70 shows com público total de 881.998 pessoas

6) The Eagles – faturou 48 milhões de dólares em 23 shows com público total de 280.654 pessoas

7) Andre Rieu – faturou 46 milhões de dólares em 75 shows com público total de 436.604 pessoas

8 ) Michael Bublé – faturou 36 milhões de dólares em 33 shows com público total de 345.546 pessoas

9) Kenny Chesney – faturou 25 milhões de dólares em 25 shows com público total de 370.572 pessoas

10) Iron Maiden – faturou 22 milhões de dólares em 19 shows com público total de 313.005 pessoas

fonte: revista Billboard (c)

Roger Waters tocará The Wall no Brasil

Por Fabian Chacur

Roger Waters tocará no Brasil pela terceira vez em 2012.

O cantor, compositor e baixista apresentará por aqui a turnê The Wall, iniciada em 2010 e na qual ele toca na íntegra o álbum homônimo, lançado em 1979 e um dos clássicos do Pink Floyd.

Os shows serão realizados nos dias 17 (Porto Alegre), 22 e 23 (São Paulo) e 25 (Rio) de março, sendo que os locais, preços de ingressos e outros detalhes serão divulgados em breve pela empresa Time 4 Fun, responsável pelos shows em nosso país.

A turnê teve 56 shows nos Estados Unidos em 2010, arrecadando o expressivo valor de 89,5 milhões de dólares.

Em 2011, está sendo a vez da Europa, com 64 shows realizados até agora, sendo seis deles na gigante O2 Arena, em Londres, sendo que nesta última tivemos a participação especial de David Gilmour, ex-guitarrista do Pink Floyd, na música Confortably Numb.

Em termos visuais, a grande atração do show é um muro com mais de 132 metros de largura, que também faz as funções de um telão gigante.

Veja Roger Waters e David Gilmour tocando Confortably Numb na O2 Arena em Londres:

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑