Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: stevie wonder

Paul McCartney grava CD com Diana Krall e a banda dela; Clapton e Wonder participam

Por Fabian Chacur

Paul McCartney, em seu site oficial, deu uma bela notícia aos fãs nesta segunda (19). O ex-beatle lançará no dia 7 de fevereiro de 2012 um novo álbum em parceria pelos selos Hear Music e Concord Records (distribuídos no Brasil pela Universal Music).

Mas, como diriam aqueles informeciais pentelhos, “não é só isso”. Intitulado Kisses On The Bottom, o álbum trará participações especialíssimas. Uma das faixas, My Valentine, ficou disponível por 24 horas para membros premium do site para audição em streaming (sem poder ser baixada).

A canção foi escrita em parceria com Eric Clapton e conta com a participação do guitarrista. Outra inédita do álbum é Only Your Hearts, escrita por McCartney com Stevie Wonder, que também marca presença.

Essas são as duas inéditas do trabalho, que trará standards da música americana gravadas originalmente por nomes como Bing Crosby e escritas por autores consagrados do naipe de Cole Porter e Harold Arlen.

“São músicas nas quais eu e John (Lennon) nos baseamos para fazer muitas das músicas que escrevemos”, comentou o astro em seu site. Ele também garante que não são standards óbvios, e que muitos certamente irão conhecer essas músicas apenas agora, embora sejam clássicos do cancioneiro popular americano.

O álbum foi gravado em estúdios em Los Angeles, Nova York e Londres durante este ano, e trazem pelo menos mais dois fatos importantíssimos: será a primeira vez que McCartney apenas cantará em um de seus álbuns. É o que você leu: ele não tocou baixo, violão, guitarra, nada. Só interpretou.

E aqui temos outro fato bem interessante. A banda que o acompanhou é a que grava e faz shows com a consagrada cantora e pianista Diana Krall, incluindo a própria no piano. Ou seja, músicos de jazz de primeiríssimo gabarito. Não há informações ainda de se ela também cantou no CD.

Não é de se estranhar a parceria, pois o marido de Krall é Elvis Costello, que entre 1987 e 1993 compôs e gravou várias músicas com Paul, entre as quais My Brave Face, Veronica e You Want Her Too.

A produção ficou a cargo do experiente Tommy LiPuma, conhecido por seus trabalhos com George Benson e a própria Diana.

Macca promete mais informações em seu site nos próximos dias. Quando pintar mais alguma coisa, a gente também repercute por aqui.

Ouça Honey Pie, com os Beatles, no estilo standard de jazz:

O que ficará da edição 2011 do Rock in Rio?

Por Fabian Chacur

Acabou por volta das 5 da manhã (?) desta segunda (3) a quarta edição nacional do Rock in Rio, evento que em sua estreia, em janeiro de 1985, literalmente abriu as portas do melhor (e do pior) do pop/rock internacional para nós.

A coisa ficou tão boa para o circuito rocker por aqui que temos uma incrível oferta de artistas todos os anos, desde gênios com carreiras sacramentadas até novatos que acabaram de atingir a crista da onda, ou que estão nesse rumo.

O que fica do Rock in Rio 2011? Vou dar meus pitacos abaixo, e que venha 2013, para que a festa musical role novamente.

Assaltos e arrastões não podem ocorrer novamente

Parece óbvio, mas é inaceitável que alguém saia da sua casa/cidade/estado/país, rume ao Rio, fique horas para chegar à Cidade do Rock para, na cara do gol, ser assaltado e não ver rock algum. Só de ler isso já me tira a vontade de encarar essa maratona novamente.

Nomes onipresentes sempre estarão na programação

Não adianta chiar. Em 2013, certamente boa parte das atrações escaladas para a quinta edição nacional do festival já terão passado por aqui, sendo algumas por diversas vezes. Isso também ocorre no exterior. É o preço para quem virou mercado constante para o pop/rock gringo.

Rock in Rio significa rock, pop, axé, samba etc

Não adianta chiar 2- a missão. Festival de música no Brasil é sinônimo de misturança. Só mesmo os eventos de menor porte conseguem escalar apenas artistas de uma única praia. Você acha ruim? Não vá. Não tem jeito, é assim que funciona. Portanto, reze para que seu artista favorito não seja incluído em programação com outros que não lhe agradem. Ou veja só o que lhe interessa.

Ivete Sangalo é a primeira atração confirmada para 2013

Sou capaz de apostar: em 2013, Ivete Sangalo, a Grande Irmã da música brasileira, estará de novo no lineup do Rock in Rio. E quer saber? Ela merece. Sabe fazer show para grandes públicos com muito profissionalismo e talento. Eu não gosto e não vou, mas milhares de pessoas gostam e irão. Logo, podem me cobrar. Só se ela não quiser, ou se suas datas não coincidirem com a do festival. E vai rolar a festa de novo, vai rolar…

Venha quem vier, pode ter certeza de casa cheia

Impressionante como os Medina sabem organizar esses eventos monumentais. 700 mil pessoas no total, durante sete dias, com ingressos esgotados meses antes dos shows é coisa que mesmo lá fora fica difícil de rolar. Ou seja, não adianta torcer contra. É só anunciar a marca mágica Rock in Rio que o povo vai, toque quem tocar.

Sempre vão rolar furos na programação, faz parte

Será que alguém conseguirá me explicar o que levou os programadores a escalar Joss Stone e o Sepultura no palco secundário e o grupo Glória no principal? Certamente ninguém. Sempre teremos umas vaciladas assim. Também fazzz parrrte!

Veja o clipe com o hino do Rock in Rio 2011:

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑