Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: teago oliveira

Teago Oliveira mostra as canções do CD Boa Sorte em São Paulo

teago oliveira 400x

Por Fabian Chacur

Como forma de apresentar um outro lado de sua musicalidade, Teago Oliveira, integrante da banda baiana Maglore, nos oferece o seu primeiro álbum solo. Trata-se de Boa Sorte, lançamento do selo Natura Musical em parceria com a gravadora Deck e apoio do projeto Faz Cultura do governo do estado da Bahia. O cantor, compositor e músico mostrará o novo repertório ao vivo neste sábado (29) às 21h e domingo (1º/3) às 18h em São Paulo no Sesc 24 de Maio (rua 24 de maio, nº 109- Centro- fone 0xx11-3350-6300), com ingressos custando de R$ 12,00 a R$ 40,00.

Boa Sorte flagra Teago interpretando oito composições solo, uma em parceria com Luiz Gabriel Lopes e outra com Marceleza de Castilho, que por sua vez é o autor da única faixa não escrita neste CD por Teago, Azul Amarelo. O disco navega por um clima sonoro influenciado pela MPB dos anos 1970, com direito a baladas, samba, bossa e folk amalgamados por letras líricas e a sua belíssima voz.

O show terá o vocalista do Maglore se acompanhando na guitarra e violão, em alguns momentos com o apoio de Ícaro Reis (baixo) e Bruno Marques (percussão e MPC). Atualmente radicado em São Paulo, Teago integra o Maglore há 11 anos, com o qual lançou até o momento cinco álbuns. Sua saudade da Bahia gerou um dos pontos altos do CD, Longe da Bahia, enquanto Belchior é homenageado em outra pérola do álbum, Corações em Fúria (Meu Querido Belchior).

Corações em Fúria (Meu Querido Belchior) (clipe)- Teago Oliveira:

Show homenageia Belchior no palco do Sesc Pinheiros em SP

belchior-400x

Por Fabian Chacur

Para infelicidade geral dos fãs da melhor música brasileira, Belchior sumiu das manchetes referentes a esse tema e mergulhou de cabeça nas páginas policiais, de uns sete anos para cá. Já que ele não nos proporciona a chance de vê-lo interpretar seus clássicos ao vivo, um paliativo rola no próximo dia 25 de fevereiro às 21h no Sesc Pinheiros (rua Paes Leme, nº 195- Pinheiros – fone 0xx11-3095-9400), com ingressos a R$30,00 e R$ 15,00 (meia). Trata-se do show coletivo Velha Roupa Colorida, homenagem ao genial artista cearense.

Concebido pelo músico Teago Oliveira, da banda baiana Maglore, e com direção a cargo do experiente músico Xuxa Levy, o show traz como vocalistas o próprio Teago (que se incumbirá guitarra e violão), Hélio Flanders (do grupo Vanguart), Dani Black e Pélico. A banda de apoio inclui Xuxa Levy (teclados), Davi Gomes (bateria), Dudinha Lima (baixo), Regis Damasceno (guitarra e violão), Denílson Martins (sax e flauta) e Will Bone (trombone, trompete, synths etc).

O mote do espetáculo é o aniversário de 40 anos do lançamento de Alucinação, o melhor e mais bem-sucedido álbum em termos comerciais do cantor, compositor e músico cearense, que de quebra ainda fará 70 anos no próximo dia 26 de outubro. O repertório contém maravilhas do porte de Medo de Avião, Apenas Um Rapaz Latino-Americano, Divina Comédia Humana, A Palo Seco e Como Nossos Pais, entre outras. E fica a torcida para que, em breve, possamos novamente ouvir essas e outras na voz de seu próprio criador.

Alucinação- Belchior (CD em streaming):

© 2021 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑