Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: vince clarke

Erasure lança single encantador, uma amostra do álbum The Neon

erasure 2020 400x

Por Fabian Chacur

Três anos após seu trabalho mais recente, o álbum World Be Gone (2017), o Erasure está de volta em grande estilo. O duo formado por Vince Clarke (teclados e composições) e Andy Bell (vocal) acaba de disponibilizar um novo single, Hey Now (Think I Got a Feeling), que traz as marcas registradas de sua obra: refrão contagiante, belas passagens de teclados eletrônicos e a voz sacudida de Bell.

A faixa é a primeira amostra disponível de The Neon, álbum que a Mute Records pretende lançar internacionalmente no dia 21 de agosto. Os formatos são variados: vinil neon laranja, fita cassete verde e CD com capa dobrável e livreto repleto de fotos, além da versão digital disponível para downloads pagos e também nas plataformas digitais. Saiba mais aqui.

O álbum foi gravado no início deste ano em Atlanta, Georgia, e mixado em Londres. As fotos para sua divulgação e encarte foram registradas no Gods Own Junkyard, uma galeria londrina que abriga uma fascinante coleção de luzes neon vintage. Andy falou sobre as sessões fotográficas: “Eu senti como se estivesse dentro de um jogo de realidade virtual. Eu amei que parecia estar em um mundo diferente. É isso que eu quero que nosso novo álbum transmita.”

O Erasure surgiu em 1985, quando Vince Clarke, após ter estourado nas paradas de sucesso como integrante dos grupos Depeche Mode e Yazoo, resolveu montar um novo projeto e foi em busca de um vocalista novato e talentoso. A escolha por Bell não poderia ter sido melhor, pois nesses 35 anos eles se firmaram na cena pop com deliciosos hits eletrônicos do porte de A Little Respect, Stop!, Blue Savannah, Chains of Love e Love To Hate You, só para citar alguns.

Eis as faixas de The Neon:

• Hey Now (Think I Got A Feeling)
• Nerves of Steel
• Fallen Angel
• No Point in Tripping
• Shot a Satellite
• Tower of Love
• Diamond Lies
• New Horizons
• Careful What I Try to Do
• Kid You’re Not Alone

Hey Now (Think I Got A Feeling)– Erasure:

Vince Clarke e Martin Gore gravam álbum

Por Fabian Chacur

Um reencontro histórico acaba de ser concretizado no cenário do pop mundial. Trata-se da reunião dos tecladistas e compositores Vince Clarke e Martin Gore. Eles irão lançar, no dia 13 de março, sob o nome VCMG, o álbum Ssss.

Os músicos britânicos não trabalhavam juntos desde 1981, quando chegou ao mercado fonográfico Speak And Spell, álbum de estreia de uma das bandas mais bem-sucedidas da história da música eletrônica, o Depeche Mode.

Pouco depois do lançamento daquele disco, Clarke saiu da banda para criar o Yazoo e, na segunda metade dos anos 80, o Erasure, enquanto Gore se manteve no time que ajudou a fundar.

Segundo matéria publicada no site da edição americana da Billboard, Martin Gore disse que tudo começou ao receber um inesperado e-mail de Clarke (“nem sabia que ele tinha o meu e-mail!”, afirmou o tecladista do Depeche Mode), convidando-o para participar de um álbum de música techno.

O que mais atraiu Gore, segundo ele, estava na forma como Clarke propôs a colaboração: “sem pressão, nem deadlines”. “Soa divertido. Vamos fazer isso!”, respondeu Gore. Aceito o convite, a parceria rolou de maneira típica da nova era.

Os músicos compuseram e gravaram as 10 faixas de Ssss via internet, sem nem ao menos se comunicarem via fone, que dirá um encontro pessoal em algum lugar.

O primeiro telefonema só rolou quando o álbum já estava pronto, e eles precisavam discutir detalhes como título, parte visual, forma de lançamento etc. E o encontro pessoal, logo depois.

Músicas como Spock e Single Blip já estão sendo divulgadas, sendo que o trabalho é instrumental. Single Bip é excelente, com forte beat e dançante até a medula.

Nenhum show da dupla está previsto. Eles pensam em lançar novos trabalhos nesses moldes, mas só quando a agenda de seus grupos permitir. Gore diz que o Depeche Mode deve lançar um novo álbum provavelmente em 2013, enquanto Clarke pretende compor em breve novas canções para um novo álbum do Erasure.

Ouça Single Blip, com o VCMG:

Após 14 anos, duo Erasure voltará ao Brasil

Por Fabian Chacur

Um dos mais bem-sucedidos grupos da história do pop eletrônico voltará ao Brasil, após 14 anos longe de nossos palcos, no mês de agosto.

Trata-se do Erasure, verdadeira usina de hits pop entre a segunda metade dos anos 80 e meados dos anos 90, e ainda na ativa.

Os shows estão programados para 4/8 (Brasília), 6/8 (Rio), 7/8 (Belo Horizonte), 9/8 (São Paulo) e 11/8 (Porto Alegre).

Em São Paulo, o show será realizado no Credicard Hall (avenida das Nações Unidas, 17.981)  os ingressos custarão entre R$ 70 a R$ 180, com o fone de informações 4003-5588.

O Erasure foi criado por Vince Clarke (teclados, guitarra e composições), um dos grandes nomes do chamado synthpop, pois criou duas bandas de grande sucesso, o Depeche Mode e o Yazoo, antes de criar o Erasure, lá pelos idos de 1986.

A seu lado, o carismático Andy Bell, ótimo cantor. Juntos, criaram hits como A Little Respect, Blue Savannah Song, Stop! e dezenas de outros.

Mais: com o EP Abba-Esque, (1992)ajudaram a resgatar a música do Abba nos anos 90, quando o célebre quarteto sueco estava mais esquecido do que paquera de carnaval na praia após um porre homérico.

O duo nos visitou em 1990 e em 1997, sendo que na primeira ocasião eu participei da entrevista coletiva deles (muito simpáticos, por sinal), e na segunda, vi o competente e digno show deles em um festival pop (Close Up) no qual, sabe-se Deus o porquê, foram vaiados pelo público. Eles pouco ligaram e esbanjaram profissionalismo.

© 2020 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑