Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Baixista dos Eagles lançará novo CD solo

timothy b schmidtPor Fabian Chacur

Timothy B.Schmidt é baixista dos Eagles desde 1977, quando entrou no lugar de Randy Meisner. Curiosamente, ele também tinha substituído o mesmo músico anos antes, no grupo Poco. apidamente, encaixou-se feito luva na banda, tocando bem e sendo importantíssimo nas vocalizações. Ele também foi a voz principal em clássicos da banda como I Can’t Tell You Why e Love Will Keep Us Alive.

Paralelamente, ele sempre tocou uma carreira solo, especialmente de 1982 a 1994, quando os Eagles saíram de cena. gora, aproveitando uma brecha na agenda da milionária banda americana de country rock, Schmidt prepara-se para lançar seu primeiro trabalho individual em oito anos. Trata-se de Expando. Com 11 faixas, inclui participações especiais de músicos de várias origens.

Entre outros, estão no CD, que chega às lojas americanas no dia 20 de outubro, Graham Nash, Keb’ Mo, Kenny Wayne Shepherd, o grupo vocal The Blind Boys Of Alabama, Van Dyke Parks (célebre parceiro de Brian Wilson, dos Beach Boys, no álbum Smile), Dwight Yoakam, Gary Burton e Greg Leisz.

Ele afirmou ao site da revista americana Billboard que pela primeira vez se sentiu totalmente ele em um disco, pois desta vez gravou em seu estúdio caseiro, e produzindo por conta própria. Ele também disse que foi ótimo ter esses convidados todos, principalmente pelo fato de ter ligado diretamente para cada um deles, sem depender de acordos com gravadoras ou assessores de imprensa.

Destaques do disco são Parachute, da qual participam Graham Nash e Kenny Wayne Shepherd e Downtime, com Dwight Yoakam, Kid Rock e Gary Burton. O disco sai pelo selo Lost Highway, enão tem precisão de lançamento no Brasil.

I Can’t Tell You Why, com os Eagles, vocal de Timothy B. Schmidt:

http://www.youtube.com/watch?v=e70gT1unKPc&feature=PlayList&p=8DA32ACCB4D77B11&playnext=1&playnext_from=PL&index=7

2 Comments

  1. Bom , esse é um dos grandes no quesito baixistas . Agora , só ouvindo pra tentar dar mais crédito ao rapaz . Bons trabalhos prestados podem servir como indicador , mas invariavelmente , como comparação . O problema é que quando se chega alto demais … aliás , gosto muito do trabalho dele no Poco . Cara , eu adoro aquela fase até meados dos anos 70 dessa banda . Aqui na Rádio Covoes , tá sempre entre as mais pedidas .

  2. bom gosto, heim, Marcelo? O cara é bão. Vale o benefício da dúvida….

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*

© 2023 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑