Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Um ano sem o eterno Michael Jackson

Por Fabian Chacur

Impressionante como o tempo voa.  Já faz um ano que Michael Jackson saiu do mundo dos vivos e viajou rumo à eternidade. Na verdade, ele já estava nesse nível há muito, graças à obra musical maravilhosa que construiu em seus 50 anos de vida.

Nesses 12 meses, calcula-se que o Rei do Pop tenha rendido algo em torno de um bilhão de dólares, somando-se venda de discos, DVDs, blu-rays, downloads legalizados, licenciamentos, direitos autorais etc. E tome etc!

Para que vocês possam ter uma ideia, 6.5 milhões de dólares foram arrecadados com os 50 shows que o genial cantor e compositor americano faria na O2 Arena, em Londres. Mas como isso seria possível, se nenhum desses espetáculos foi concretizado?

Simples: milhares de fãs preferiram não pedir o seu dinheiro de volta em relação aos ingressos que haviam adquirido antecipadamente, como forma de preservar os tíquetes como lembrança.

E mais material inédito de Michael Jackson virá por aí. Em novembro, está previsto para sair um CD com faixas inéditas. 2011 verá uma nova reedição do clássico Off The Wall. E pelo menos mais oito outros ítens virão até 2017, ano em que se encerrará o contrato assinado por seus herdeiros com a Sony.

Revi This Is It na semana passada, pois enfim comprei a minha cópia em DVD. Ainda não conferi os extras, que certamente comentarei por aqui, até como desculpa para escrever sobre esse ídolo imortal de novo. Arrepia.

Escrevi bastante nos dias que se seguiram à morte prematura do astro aqui em Mondo Pop. Hoje, o que posso expressar é o óbvio: nunca deixaremos de ouvir as canções deixadas por esse gênio musical.

Esse ser humano ingênuo, crédulo, confuso, mas artista brilhante e criativo, capaz de gravar álbuns seminais como Off The Wall, Thriller, Bad e Destiny (com os Jacksons). Aliás, que tal ouvir o Rei do Pop agora?

1 Comment

  1. Claudio Romano

    July 21, 2010 at 9:20 pm

    Sou privilegiado. Tive a tremenda sorte de ter ido a um show do “Genio” aqui em Londres, em 1996/1997, nao lembro direito o ano (cabeca de velho).
    Realmente deslumbrante, um show cheio de energia, proporcionado por alguem nada mais nada menos que um perfeccionista.
    Realmente, sinto como se fosse mes passado que ele nos deixou.
    O mais gozado nisso tudo eh que suas musicas, tocam nas radios constantemente, seus videos passam nos canais de musica tambem com bastante frequencia e as vezes, sem prestarmos atencao, curtimos suas musicas e esquecemos que ele nao estah mais aqui………………

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*

© 2020 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑