Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

iTunes lança coletânea roqueira dos Beatles

Por Fabian Chacur

Pela primeira vez um produto com músicas dos Beatles é lançado apenas no formato virtual. Trata-se da compilação Tomorrow Never Knows, que está desde ontem disponível para venda apenas na loja iTunes, com capa virtual simples e sem requinte.

Com aproximadamente 45 minutos de duração, equivalente a de um álbum de vinil, a coletânea traz 14 faixas que, no conceito criado pelos produtores, incluem basicamente canções sacudidas e com maior apelo roqueiro.

A seleção concentra basicamente material lançado entre 1966 e 1969, com os álbuns Revolver (1966) e The Beatles (1968, o célebre Álbum Branco) colaborando com o maior número de escolhas (3 de cada um, mais um single lançado na mesma época, no caso Paperback Writer e Revolution).

A sequência de músicas ficou muito interessante, embora quem tenha a coleção completa da banda e um gravador de CDs possa fazê-la em casa, sem precisar comprar o produto virtual da iTunes. Seja como for, equivale a uma boa oportunidade para se ouvir canções mais ardidas do repertório dos Fab Four em um só álbum.

Vale lembrar que uma compilação com teor semelhante, mas mais abrangente, saiu no formato álbum duplo no ano de 1976, com o título Rock And Roll Music, nunca lançada em CD e hoje uma raridade em vinil. O repertório inclui 28 músicas, sendo que cinco faixas constam desse Tomorrow Never Knows. A compilação atingiu o segundo posto na parada americana, ficando atrás, curiosamente, de Wings At The Speed Of Sound.

Conheça o repertório da compilação Tomorrow Never Knows:

01. Revolution – 3:25 (single-1968)
02. Paperback Writer – 2:19 (single – 1966)
03. And Your Bird Can Sing – 1:59 (álbum Revolver, 1966)
04. Helter Skelter – 4:31 (álbum The Beatles, 1968)
05. Savoy Truffle – 2:54 (álbum The Beatles, 1968)
06. I’m Down – 2:32 (single, 1965)
07. I’ve Got a Feeling (Let It Be… Naked version) – 3:38 (álbum Let It Be…Naked, 2003)
08. Back in the U.S.S.R. – 2:44 (álbum The Beatles, 1968)
09. You Can’t Do That – 2:35 (álbum A Hard Day’s Night, 1964)
10. It’s All Too Much – 6:26 (álbum Yellow Submarine, 1969)
11. She Said She Said – 2:36 (álbum Revolver, 1966)
12. Hey Bulldog – 3:11 (álbum Yellow Submarine, 1969)
13. Tomorrow Never Knows – 2:59 (álbum Revolver, 1966)
14. The End (Anthology 3 Version) – 2:52 (álbum Anthology 3, 1996)

Ouça She Said, She Said, com os Beatles:

6 Comments

  1. Alexandre Damiano

    July 26, 2012 at 2:33 pm

    Grande Fabian,

    Qualquer coletânea dos Beatles é tiro certo. Confesso não gostar desse sistemas “mudernos” de ouvir musicas, embora até faça uso do meu celular para ouvir…

    mas eu gosto mesmo é das antigas bolachas em vinil, das lojas de discos, da galeria do rock, de gravar fitas cassete…

    eu ando aborrecido com o rumo desse mundo.

    mas enfim, grande abraço Chacur
    Alexandre Damiano

  2. “It’s All Too Much” roqueira….?

  3. admin

    July 26, 2012 at 4:21 pm

    É, meu caro Alexandre, os rumos do mundo atual são meio confusos, não há como negar. Quando puder (se é que você não a conhece), confira a letra da música I Just Wasn’t Made For These Times, dos Beach Boys, parte integrante do clássico álbum Pet Sounds, de 1966, e veja como aqueles versos estão ainda mais atuais hoje do que na época…. Mas temos muitas vantagens em relação a antigamente, e vale aproveitar. Grande abraço, caro amigo!!!

    Caro Neder: It’s All Too Much se encaixa no formato indie rock atual, se você prestar atenção. Ou seja, em pleno 1968 os Beatles já faziam um tipo de som que se tornaria “trans vanguarda pós modernista” (como diria nosso amigo Ayrton Mugnaini Jr)” boas décadas depois… Mas eu teria colocado Dig a Pony nessa coletânea em seu lugar, daria um ar mais rocker mesmo à coisa….. Grande abraço e tuuuudo de bom!!!!

  4. admin

    July 26, 2012 at 4:25 pm

    Olha uma tradução da letra que citei acima, Alexandre:

    I Just Wasn’t Made For These Times (Tradução)

    Eu simplesmente não fui feito para estes tempos

    Eu continuo procurando um lugar pra me encaixar

    Onde eu possa falar o que vier na cabeça

    Eu tenho tentado tanto achar as pessoas

    Que eu não vou abandonar

    Eles dizem que eu sou inteligente

    Mas eles não estão me fazendo bem

    Eu queria que eles pudessem

    Cada vez que as coisas começam a acontecer de novo

    Eu acho que tem algo indo bem pra mim

    Mas o que dá errado

    Às vezes eu me sinto muito triste

    Às vezes eu me sinto muito triste

    (não consigo achar nada em que eu possa por meu coração e minha alma)

    Às vezes eu me sinto muito triste

    (não consigo achar nada em que eu possa por meu coração e minha alma)

    Acho que simplesmente não fui feito pra estes momentos

    Toda vez que eu tenho a inspiração

    Pra mudar as coisas ao redor

    Ninguém quer me ajudar a procurar lugares

    Onde coisas novas possam ser achadas

    Onde eu posso ir quando meus amigos “tiram o corpo fora”?

    Sobre o que é isso tudo?

    Cada vez que as coisas começam a acontecer de novo

    Eu acho que tem algo indo bem pra mim

    Mas o que dá errado

    Às vezes eu me sinto muito triste

    Às vezes eu me sinto muito triste

    (não consigo achar nada em que eu possa por meu coração e minha alma)

    Às vezes eu me sinto muito triste

    (não consigo achar nada em que eu possa por meu coração e minha alma)

    Acho que simplesmente não fui feito pra estes momentos

    (“fair-weather friends” são aqueles amigos que só estão nas horas boas e somem nas ruins)

  5. Daniel Mendes Domingues

    August 2, 2012 at 1:20 am

    Queria que lançassem esse album em formato de verdade hahahaha e não digital!!

    Rock!!

  6. Quer saber, Daniel? Eu também! Nada contra o formato digital, mas nada como pegar o CD físico (vale para o vinil também!), olhar a capa, ver o encarte etc. Enfim, coisas dos tempos modernos que não podem ser descartados. Mas acho mais fácil, nesse caso, montar a compilação em casa mesmo ehehehehe Grande abraço e tuuuudo de bom procê!!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*

© 2020 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑