Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Morre Trevor Bolder, do Uriah Heep e Spiders

Por Fabian Chacur

O mundo do rock perdeu nesta terça-feira (21) um de seus grandes baixistas. Trata-se do britânico Trevor Bolder, que nos deixou aos 62 anos após lutar contra um câncer que o obrigou a deixar os palcos e estúdios de gravação no início deste ano. A notícia foi divulgada pelo site oficial do grupo Uriah Heep.

Nascido em 9 de junho de 1950, Trevor Bolder começou no mundo do rock atuando nos grupos The Rats e Rono ao lado do guitarrista Mick Ronson. Ele e o amigo ficariam famosos ao integrar pouco tempo depois a banda Spiders From Mars, que entre 1972 e 1973 acompanharia David Bowie na fase glam rock/glitter rock de sua carreira.

Bolder tocou baixo nos álbuns Hunky Dory (1971), The Rise And Fall Of Ziggy Stardust And The Spiders From Mars (1972), Alladin Sane (1973) e Pin Ups (1973), além de ter participado das turnês que Bowie fez naqueles anos históricos.

Em 1976, o baixista entrou no Uriah Heep, célebre banda de heavy metal da qual fez parte até o início de 2013, com um pequeno hiato, entre 1981 e 1983, período no qual esteve em outro grupo bastante badalada no cenário roqueiro de então, os também britânicos Wishbone Ash.

Na primeira visita do Uriah Heep ao Brasil, ocorrida em julho de 1989, Trevor estava no time, ao lado de Mick Box (guitarrista e líder do grupo), Lee Kerslake (bateria), Bernie Shaw (vocal) e Phil Lanzon (teclados). Eles tocaram no Rio (4 e 5/7, no Canecão) e São Paulo (7, 8 e 9/7 no Olympia), atraindo as atenções dos fãs de rock pesado.

Tive a honra de participar da entrevista coletiva concedida pela banda, realizada no Hilton Hotel (então situado no centro de São Paulo) no dia 7 de julho de 1989, e consegui autógrafos dos músicos no então recém-lançado Live In Moscow, álbum gravado ao vivo na antiga União Soviética que saiu por aqui pela extinta gravadora RGE (Legacy Records na Inglaterra) e não incluído, sabe-se lá o porque, na discografia oficial da banda.

Após a coletiva, consegui conversar rapidamente com Trevor, que se mostrou muito simpático e respondeu duas perguntas adicionais sobre sua participação nos Spiders From Mars. Para ele, os registros ao vivo dos shows da banda não davam a exata medida de como aquelas apresentações foram excitantes. Gente fina. Que descanse em paz. Viverá para sempre nos discos de Bowie e do Uriah Heep de que participou com brilhantismo.

Ouça The Rise And Fall Of Ziggy Stardust And The Spiders From Mars, na íntegra:

2 Comments

  1. vladimir rizzetto

    May 23, 2013 at 5:33 pm

    Uma pena mesmo.
    Trevor Bolder tocou nas fases mais memoráveis de artistas que eu gosto muito, Bowie e o Uriah Heep. Ainda bem que suas linhas poderososas de baixo estão gravadas para sempre nas obras desses artistas e nas nossas mentes.
    Entre tantas coisas bacanas em que ele participou, cito uma pouco cultuada, Fools, do álbum Conquest, do Uriah Heep. Uma power balada de sua autoria.
    Bom, é isso, em pouco tempo perdemos Jon Lord, Alvin Lee, Ray Manzarek e agora, Trevor Bolder.
    Nossos ídolos estão partindo, fazer o quê, é a vida…

    Abraço, Fabian.

  2. É, Vladimir, a única certeza dessa tal de vida é que ela se acaba, mais cedo ou mais tarde, para todos nós, sem exceção. Mas no caso de músicos como o Trevor Bolder, ficam seus trabalhos, para a gente curtir. Ainda bem que é assim! Grande abraço, tuuuudo de bom e obrigado pela visita qualificada de sempre. Sinto-me orgulhoso de ter leitores com o seu (alto) nível!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*

© 2022 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑