Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Page 4 of 350

Elton John e Ed Sheeran fazem parceria em um single natalino

elton john ed sheeran 400x

Por Fabian Chacur

Amigos há mais de dez anos, dois grandes astros da música pop resolveram se unir para lançar um single beneficente. São eles Elton John e Ed Sheeran. A canção natalina Merry Christmas, composta e gravada em dueto por eles, já está nas plataformas digitais, e os royalties obtidos com ela durante este período do ano serão revertidos à Ed Sheeran Suffolk Music Foundation e a The Elton John Aids Foundation. A produção ficou por conta do produtor e compositor britânico Steve Mac, conhecido por seus trabalhos com Pink, Westlife, Il Divo e o próprio Ed Sheeran, entre outros.

Dançante e com uma leve semelhança com um grande hit de Elton John nos anos 1970, Don’t Go Breaking My Heart (gravado em 1976 em dueto com Kiki Dee), Merry Christmas é divulgada por um clipe colorido e bem divertido, com participações especiais de Mr. Blobby, Jonathan Ross, Big Narstie, Michael McIntyre e dos integrantes do grupo The Darkness e citação de clipes natalinos de outros artistas, como Wham! e Shakin Stevens.

Merry Christmas (clipe)- Elton John & Ed Sheeran:

Bryan Adams oferece mais uma amostra de seu futuro álbum

Bryan Adams por Bryan Adams

Por Fabian Chacur

No dia 11 de março de 2022, Bryan Adams lançará seu novo álbum, So Happy It Hurts (saiba mais e veja o clipe da faixa-título aqui). Para dar uma ideia do que está por vir, ele acaba de divulgar mais uma faixa, On The Road, composta em parceria com o célebre produtor Robert Mutt Lange, que já trabalhou com ele, Shania Twain (com quem foi casado), AC/DC e Deff Leppard, entre muitos outros.

O rockão pesado tem um clipe no qual o cantor, compositor e músico canadense aparece sozinho, em uma fábrica abandonada. A canção foi feita para ser o tema do Calendário Pirelli 2022, cujas fotos foram feitas por ele. Para quem por ventura não sabe, Adams há muitos anos desenvolve uma carreira paralela e muito bem-sucedida como fotógrafo, tendo registrado celebridades como Amy Winehouse e mesmo o nosso saudoso Oscar Niemeyer, só para citar dois nomes.

On The Road (clipe)- Bryan Adams:

Bela lança clipe com cenas gravadas na Ilha Grande (RJ)

bela cantora 400x

Por Fabian Chacur

A cantora e compositora Bela (leia entrevista com ela aqui) está em vias de lançar um EP. Como forma de dar uma prévia do novo trabalho (Ecoar), ela acaba de disponibilizar nas plataformas digitais uma de suas faixas. Trata-se da singela e gostosa balada folk Sal e Sol, com direito a um clipe dirigido por Gabriel Margato e Luci Ortega e gravado na Ecoboat House, uma moderna e criativa casa sustentável situada no meio do mar da Ilha Grande, no Rio de Janeiro.

Fortemente ligada à natureza, Bela fala sobre a inspiração que gerou Sal e Sol: “A música fala muito sobre a clausura e sobre poder respirar de novo. A pandemia foi um gatilho para escrever essa música, porque realmente eu me senti muito enclausurada em casa. Senti muita falta de poder estar perto da natureza. Quando pude estar, eu senti um poder de cura forte, ao entrar no mar, sentir o sal na minha pele, sentir o sol na minha pele.”

Sal e Sol (clipe)- Bela:

Tears For Fears lança o 2º single do seu álbum The Tipping Point

tears for fears 2021 400x

Por Fabian Chacur

Em 25 de fevereiro de 2022, o Tears For Fears lançará o seu primeiro álbum de inéditas desde o excelente Everybody Loves a Happy Ending (2004). Como forma de ir atiçando os ouvidos de seus milhões de fãs mundo afora, disponibilizaram nas plataformas digitais e também em clipe no ultimo dia 7 de outubro a faixa título do trabalho, que se intitula The Tipping Point (veja o clipe aqui). Agora, chega a vez de No Small Thing, bem distinta da anterior, por sinal.

Enquanto a inspirada The Tipping Point nos mostrava uma sonoridade fortemente linkada ao habitual do duo formado por Roland Orzabal e Curt Smith, com o clipe estrelado por eles, desta vez temos outros elementos em cena. A receita aqui é centrada no folk, com elementos de psicodelia sendo inseridos durante o desenvolvimento da canção. O clipe foi feito com uma compilação de cenas de várias épocas que mostram conflitos envolvendo multidões e pessoas buscando a felicidade, com o tema liberdade individual x responsabilidade coletiva em foco. Curt Smith fala sobre ela:

No Small Thing parece que poderia ter sido uma música de um álbum folk acústico dos anos setenta ou sessenta, da maneira como ela começa. O fato de nos sentirmos confiantes o suficiente para irmos do começo até o final da canção, até onde tudo é apenas um caos absoluto fala dessa sensação de liberdade, e essa é a nossa zona de conforto musicalmente”.

No Small Thing (clipe)- Tears For Fears:

Marcos Valle mostra seu álbum Cinzento em show em São Paulo

Marcos Valle por Jorge Bispo 2

Por Fabian Chacur

No início de 2020, Marcos Valle se preparava para fazer a turnê de lançamento de seu novo álbum, Cinzento, quando a pandemia do novo coronavírus adiou os shows presenciais pelo mundo afora. Mesmo com a situação ainda não totalmente normalizada, as apresentações ao vivo estão voltando, e enfim o lendário cantor, compositor e músico mostrará o novo trabalho com shows em São Paulo nesta sexta e sábado (3 e 4), às 21h, no teatro do Sesc Pompeia (rua Clélia, nº 93- Pompeia- mais informações aqui).

Cantando e tocando teclados, o incrível músico com fãs nos quatro cantos do mundo irá apresentar na íntegra o repertório do novo álbum, acompanhado por uma banda afiadíssima composta por Patricia Alvi (vocal), Jessé Sadoc (trompete, flugel e teclado), Jefferson Lescowich (baixo), Guilherme Lirio (guitarra) Renato Massa Calmon (bateria) e Dudu Viana (teclados).

Dois de seus parceiros nas canções de Cinzento marcarão presença nos dois shows. São eles Bem Gil (filho de Gilberto Gil), que escreveu com ele Se Proteja, e Moreno Veloso (filho de Caetano Veloso), coautor de Redescobrir. Como não poderia ser diferente, o show também incluirá alguns dos inúmeros clássicos do repertório de Marcos Valle, entre eles Estrelar e Parabéns.

Ouça Cinzento, de Marcos Valle, em streaming:

Felipe Machado regrava 15 Anos para o seu 2º álbum-solo, Primata

felipe machado 400x

Por Fabian Chacur

Quinze Anos, o novo single de Felipe Machado, equivale ao que os americanos intitulam “down on memory lane”, ou seja, uma deliciosa viagem ao passado. Logo de cara por ser a releitura de uma faixa gravada originalmente pela banda que o consagrou no cenário rock nacional e internacional, a Viper, em seu álbum Tem Pra Todo Mundo. Para reforçar esse clima, o clipe foi gravado no auditório do tradicional e emblemático Colégio Sion, situado no bairro paulistano de Higienópolis, local que possui forte ligação afetiva com o cantor, compositor, músico escritor e jornalista.

Foi nesse local que Felipe, ao lado do irmão Nando e dos futuros parceiros de Viper Yves e Pit Passarell, fez uma apresentação ao vivo com sua banda de então, a Rock Migration, em 1982, quando ele tinha apenas 12 anos de idade. Na plateia, estava o saudoso André Matos, que se tornaria posteriormente o vocalista do Viper e também do Angra, Shaman e outros projetos de muito sucesso no heavy rock nacional e internacional.

As cenas atuais foram mescladas com fotos daquele show emblemático, e também temos a presença marcante de Isabel, filha de Felipe que completou 15 anos de idade exatamente neste 2021. A regravação conta com a participação especial de Yves Passarell, ex-Viper e hoje guitarrista do Capital Inicial. Eis como Machado define esta canção, que fará parte de seu 2º álbum solo, Primata, com lançamento futuro da ForMusic em parceria com a FMLabs:

“A música fala sobre a ingenuidade da adolescência, por isso achei que seria uma boa metáfora voltar ao palco onde o VIPER nasceu. Éramos apenas crianças, mas já sonhávamos em seguir a carreira musical”.

Quinze Anos (clipe)- Felipe Machado:

Licorice Pizza, filme com uma das trilhas mais interessantes do ano

licorice pizza capa trilha

Por Fabian Chacur

Programado para estrear nos cinemas nos EUA no final de dezembro, Licorice Pizza foi escrito e dirigido por Paul Thomas Anderson, e tem a sua trama situada no início dos anos 1970 em San Fernando Valley, Califórnia (EUA). O centro das atenções é o romance entre dois adolescentes feiosos, papeis vividos por Alana Haim e Cooper Hoffman. Sean Penn, Tom Waits, Bradley Cooper e Bennie Safdie também marcam presença no elenco. E a trilha sonora, já disponível nas plataformas digitais, chama e muito a atenção dos mais atentos.

De cara, o trailer divulgado (veja aqui) cativa e emociona por ter como música de fundo nada menos do que Life On Mars, um dos grandes clássicos do repertório de David Bowie. E a trilha nos oferece grandes canções das décadas de 1940 aos 1970 (com ênfase nesta última), de nomes como Paul McCartney & Wings, Seals & Crofts, The Doors, Chuck Berry, Bing Crosby & The Andrew Sisters, Donovan e Nina Simone, em um total de 20 faixas.

Além desses clássicos todos, o tema principal do filme, também intitulado Licorice Pizza, é de autoria de Jonny Greewood, do grupo Radiohead, uma belíssima e delicada faixa instrumental das mais sedutoras. Outro item interessante é o fato de o filme homenagear uma famosa loja de discos californiana, o que acrescenta um elemento a mais aos fãs dos discos de vinil. A grande Ana Maria Bahiana já viu e fez bons elogios ao filme. Fiquemos na espectativa.

Eis as faixas da trilha sonora de Licorice Pizza:

1-July Tree- Nina Simone

2-Stumblin’ In-Chris Norman & Suzi Quatro

3- Sometimes I’m Happy- Johnny Guarnieri

4- Ac-Cent-Tchu-Ate The Positive (Single Version) [feat. Vic Schoen & His Orchestra]-Bing Crosby & The Andrews Sisters

5-Blue Sands [feat. Buddy Collette]- Chico Hamilton Quintet

6-But You’re Mine- Sonny & Cher

7- My Ding-A-Ling (Live At Fillmore Auditorium, San Francisco, CA/1967) [feat. Steve Miller Band]- Chuck Berry

8- Peace Frog- The Doors

9-Let Me Roll It- Paul McCartney And Wings

10- Life On Mars? David Bowie

11- Slip Away- Clarence Carter

12- Diamond Girl (Album Version)- Seals and Crofts

13- Greensleeves- Mason Williams

14- Barabajagal- Donovan

15- Softly Whispering I Love You- The Congregation

16- Licorice Pizza- Jonny Greenwood

17- If You Could Read My Mind- Gordon Lightfoot

18- Walk Away- The James Gang

19- Lisa, Listen To Me- Blood Sweat & Tears

20- Tomorrow May Not Be Your Day- Taj Mahal

Licorice Pizza- Jonny Greenwood:

Adele quebra recordes e lidera a parada de sucessos da Billboard

adele 2021

Por Fabian Chacur

Como todos os fãs de música pop já sabem, Adele está com novo álbum no mercado musical. Trata-se de 30, seu 4º trabalho, que marca o retorno da cantora e compositora após seis anos do lançamento de 25 (2015). E que retorno. Em sua estreia na parada americana (com dados da Billboard), o trabalho largou na 1ª posição, atingindo 839 mil “equivalent album units” (unidades equivalentes a álbum, em tradução livre), que engloba os vários formatos com que consumimos música atualmente. É a maior marca em quatro anos nos EUA.

Desse número total, 487 mil foram consumidos em formatos físicos, sendo 378 mil CDs, 108 mil LPs de vinil e, acredite, 2 mil fitas-cassete. Os outros números são referentes a streaming em dois tipos de formatos (Track Equivalent Albums- TEA e Streaming Equivalent Albums- SEA) e também a venda de álbuns digitais (foram comercializados 205 mil nessa configuração, por sinal). Essa performance foi divulgada na última sexta (26) pela Billboard.

O álbum está sendo impulsionado, inicialmente, pela impactante balada Easy On Me (que atingiu o 1º lugar em vários países), no melhor estilo da cantora. 30 tem tudo para seguir o ótimo resultado comercial de seus trabalhos anteriores. 21 (2011) permaneceu por 24 semanas no topo da parada americana, enquanto seu sucessor, 25 (2015), liderou os charts ianques por 10 semanas. A indústria fonográfica agradece.

Easy On Me (lyric video)- Adele:

Lô Borges e Milton Nascimento juntos em um novo e belo single

Lô e Milton - crédito Marcelo Pianetti

Por Fabian Chacur

Há certas dobradinhas que nunca dão errado, ocorram onde e quando ocorrerem. A que envolve Milton Nascimento e seu afilhado artístico Lô Borges se encaixa feito luva nessa descrição. E novamente equivaleu a uma bola no ângulo do goleiro adversário. Os dois colegas do lendário Clube da Esquina estão juntos em Veleiro, primeiro single a ser divulgado do novo projeto de Lô que incluirá parcerias dele com sua esposa, a letrista Patricia Maês. A balada roqueira com teor psicodélico já está nas plataformas digitais via gravadora Deck e também é divulgada por um belo lyric video.

A nova música, e por tabela o álbum como um todo, trará como novidade o fato de Lô ter deixado a guitarra e o violão de lado por enquanto para investir em um órgão, no qual compôs e tocou as canções. Trata-se de uma novidade em sua carreira. Além dele, participaram das gravações Henrique Matheus (guitarra, violão e bandolim), Thiago Corrêa (baixo, teclados e percussão) e Robinson Matos (bateria). O novo álbum ainda não tem data de lançamento divulgada.

Veleiro (lyric video)- Lô Borges e Milton Nascimento:

ABBA volta após 40 anos com um belo exercício de estilo, Voyage

abba-voyage-c-041121

Por Fabian Chacur

Outro dia, um grande amigo meu, o talentosíssimo crítico musical (ele vai me matar ao ler isso!) Zeca Azevedo definiu o álbum de estreia do supergrupo de r&b Silk Sonic como um “exercício de estilo”, ou seja, um trabalho que não nos oferece novidades e gira em torno de uma determinada sonoridade pré-existente, o que pode gerar álbuns bem legais. Bem, Voyage, o álbum que nos traz de volta o Abba após quatro longas décadas, é basicamente isso: um grupo histórico mergulhando em seu próprio jeitão de fazer música. E como deu certo!

A coisa começa bem logo na opção que Benny Andersson e Bjorn Ulvaeus, os músicos, compositores e produtores do seminal grupo sueco, tiveram de reunir um total de dez músicas no álbum, com uma duração total que equivale a de um LP de vinil de antigamente. Nem mais, nem menos, na medida certa, sem gorduras ou aquilo que na língua inglesa se define como “filler”, ou, em português mais avacalhado, de “encher linguiça”. Voyage não faz você perder o seu tempo.

A coisa começa com tudo, com a balada épica I Still Have Faith In You, de início mais contido e com uma explosão de emoções logo a seguir. Nela, uma marca registrada do Abba se mostra mais afiada do que nunca: os arranjos vocais, sempre precisos tanto nas intervenções solo das cantoras Agnetha Faltskog e Anni-Frid Lyngstad como nos sempre categóricos corais, capazes de cativar os ouvintes com rara facilidade. E as vozes do quarteto estão ótimas!

O lado mais folk-pop do quarteto aparece em When You Danced With Me. Uma marca do grupo, aquelas canções pop com leve influência erudita, surge em Little Things e Bumblebee. Don’t Shut Me Down mescla pop eletrônico com orquestra, enquanto I Can Be That Woman traz como marcas um romantismo mais denso também com adereços orquestrais bastante delicados e elogiáveis.

Just a Notion investe bem naquele estilo pop-rock nostálgico e dançante que o quarteto usou em hits anteriores. Ainda na esteira do rock, mas com umas guitarras um pouquinho mais ardidas, No Doubt About It pega na veia, enquanto Keep An Eye On Dan mostra a habilidade da banda na área do pop eletrônico, com uma discreta citação do hit S.O.S. no seu finalzinho.

O álbum é encerrado com outra canção de teor épico, a deliciosa Ode To Freedom, com direito a arranjo orquestral enxuto e ótimos vocais. O álbum atingiu o topo da parada britânica e o 2º lugar nos EUA, este último o melhor desempenho de um álbum do Abba no mercado norte-americano. Sem flertar com modernidades, mas sem soar empoeirado ou repetitivo, Voyage é certamente um retorno à altura para este grupo que tanto nos encantou em eras passadas.

Ouça o álbum Voyage, do Abba, em streaming:

« Older posts Newer posts »

© 2022 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑