Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: anastacia

Gilberto Gil-Duetos 2 reúne colaborações raras e preciosas

FACA Nr 051 DPAC 286X267

Por Fabian Chacur

Durante a sua longa e bem-sucedida carreira musical, Gilberto Gil sempre esteve aberto a colaborações com outros artistas. Várias delas ficaram restritas aos discos dos outros artistas, sendo que algumas se transformaram em raridades. Como forma de resgatar 16 desses momentos tão especiais e de também homenagear os 80 anos deste genial artista baiano, a Warner vai disponibilizar nas plataformas digitais no dia 22 de julho e lançar em CD físico a compilação Gilberto Gil Duetos 2.

As gravações, lançadas originalmente entre 1980 e 2013, flagram o autor de Aquele Abraço trocando preciosas figurinhas musicais com luminares do porte de Joyce Moreno, Dominguinhos, Milton Nascimento, Maria Rita, Quarteto em Cy, Pepeu Gomes, Pery Ribeiro, Johnny Alf e Maria Bethânia, só para citar alguns deles. A seleção do repertório ficou por conta do jornalista e pesquisador musical Renato Vieira.

Eis as músicas incluídas em Gilberto Gil Duetos 2:

1) Abri a Porta – com Dominguinhos (gravação de 1980)

2) Imagine – com Milton Nascimento (gravação de 2001)

3) Amor Até o Fim – com Maria Rita (gravação de 2009)

4) Monsieur Binot – com Joyce Moreno (gravação de 1994)

5) Ilha da Ilusão – com Pery Ribeiro (gravação de 1991 – inédita em CD e nas plataformas)

6) Tempo Rei – com Quarteto em Cy (gravação de 1994)

7) Meu Coração – com Pepeu Gomes (gravação de 2004)

8) Mané João – com Erasmo Carlos (gravação de 1980)

9) Mancada – com Beth Carvalho (gravação de 2007)

10) Eu e a Brisa – com Johnny Alf (gravação de 1990)

11) Se eu Morresse de Saudade – com Maria Bethânia (gravação de 2001/lançada em 2013)

12) Um Carro de Boi Dourado – com Francis Hime (gravação de 1984)

13) Eu Só Quero um Xodó – com Anastácia (gravação de 1985 – inédita em CD e nas plataformas)

14) Vida – com Obina Shok e Gal Costa (gravação de 1986)

15) Marcha da Tietagem – com Trio Dodô e Osmar e As Frenéticas (gravação de 1980)

16) A Força Secreta Daquela Alegria – com Jorge Mautner (gravação de 1981)

Monsieur Binot– Joyce Moreno e Gilberto Gil:

Dominguinhos é homenageado com série de shows em Sampa

Dominguinhos 400x foto Katia Gardin 1

Por Fabian Chacur

Entre os grandes discípulos do icônico Luiz Gonzaga, Dominguinhos (1941-2013) foi sem sombra de dúvidas o maior. Apadrinhado artisticamente pelo genial Lua, este cantor, compositor e sanfoneiro pernambucano nos deixou um belo legado artístico. Que será devidamente celebrado de 12 de maio a 16 de junho, na programação intitulada Toda Quinta, criada pelo Projeto Memória Brasileira. O elenco traz músicos de diversas gerações, e todos tocarão músicas do rico repertório desse saudoso mestre.

A abertura ficará a cargo de Mariana Aydar, cantora e compositora que teve forte ligação com Dominguinhos, incluindo a realização de um documentário sobre o artista. Anastácia, que foi esposa e parceira musical dele, terá a missão de encerrar a programação, interpretando iluminadas canções que compôs com o artista pernambucano, incluindo Eu Só Quero um Xodó e Tenho Sede. E a ótima cantora Liv Moraes é filha do homenageado.

Embora fortemente ligado às raízes da cultura brasileira, Dominguinhos sempre teve a mente aberta, e incorporou elementos de jazz e outros estilos musicais ao seu jeito de tocar, tornando-se dessa forma um músico respeitado internacionalmente, tanto na carreira individual como acompanhando artistas do calibre de Gal Costa e Gilberto Gil, só para citar dois deles. E era uma simpatia de pessoa, sempre alegrando a todos com suas histórias de uma trajetória vivida com muita intensidade e amor.

A programação de Toda Quinta(shows sempre às 20h):

Mariana Aydar – dia 12 de maio.
Liv Moraes e Cosme Vieira – dia 19 de maio.
Mestrinho e Lulinha Alencar – dia 26 de maio.
Tiganá Santana e Luisa Maita – dia 2 de junho
Elba Ramalho e Toninho Ferragutti – dia 9 de junho.
Anastácia – dia 16 de junho.

Sanfona Sentida (ao vivo)- Dominguinhos, Mariana Aydar e Duani:

Cantora americana Anastacia volta com o álbum Evolution

anastacia-evolution-album-cover-400x

Por Fabian Chacur

Caught In The Middle é o novo single da cantora e compositora americana Anastácia, que viveu o auge de sua popularidade no início dos anos 2000. A música, que traz forte tempero de reggaeton, é a primeira a ser divulgada do álbum Evolution, o primeiro que lança desde Resurrection, que saiu em 2014. O clipe traz a intérprete investindo em coreografias e em um clima dançante próximo do pop atual.

Evolution tenta misturar apostas em uma sonoridade mais próxima das cantoras pop atuais, como o primeiro single denota muito bem, com faixas nas quais a fusão soul-disco-funk que tornou mundialmente conhecida a artista nascida em 17 de setembro de 1968 se mantém presentes, entre as quais Stamina, Reckless, Not Coming Down e Pain.

Anastácia Lyn Newkirk batalhou bastante até conseguir maior visibilidade para o seu trabalho. Ela trabalhou como dançarina em vídeos de grupos como o trio de hip hop Salt-N-Pepa, fez vocais de apoio em discos de artistas como a cantora pop Tiffany e atuação em grupos de pouco destaque. Ela se tornou conhecida do grande público ao participar em 1998 do programa The Cut, da MTV americana, no qual apresentou sua composição Not That Kind pela primera vez.

Sua interpretação poderosa impressionou astros do porte de Elton John e Michael Jackson, além dos jurados do programa, o produtor David Foster e a cantora Faith Evans. Não foi a vencedora, mas conseguiu um contrato para gravar um álbum-solo, Not That Kind, que saiu em 2000 e lhe valeu fãs na Europa, América do Sul e Oceania, vendendo mais de 7 milhões de cópias. Curiosamente, fracassou em sua terra natal.

Até 2005, Anastácia se manteve com bastante popularidade. Posteriormente, continuou lançando novos trabalhos, mas com repercussão um pouco inferior. E nunca conseguiu emplacar nos EUA. De quebra, ela teve (e ainda tem) de lutar contra constantes problemas de saúde, entre eles a doença de Crohn (que não tem cura) e câncer em duas ocasiões diferentes. Felizmente, esta verdadeira guerreira conseguiu seguir em frente, como prova com este novo trabalho.

Caught In The Middle (clipe)- Anastacia:

© 2022 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑