Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: cantoras cariocas

Anna Ratto relê composições alheias no ótimo CD Tantas

Annaratto@NANAMORAES.50805c-400x

Por Fabian Chacur

Desde que lançou seu primeiro álbum de fato, Do Zero (2006), a cantora, compositora e musicista carioca Anna Ratto (conhecida até 2009 como Anna Luisa) batalha para se consolidar no competitivo cenário musical brasileiro com sua bela e delicada voz e um som próximo do que se rotulou como nova MPB. Com seu quinto CD, Tantas, lançado pela gravadora Biscoito Fino, ela investe essencialmente em canções alheias, e se dá bem.

Após Anna Ratto Ao Vivo (2015), a artista inicia um novo ciclo de sua trajetória ao lado de novos parceiros, os produtores Jr.Tostoi e Marcelo Vig. O fato de os dois atuarem com desenvoltura entre o rock e a MPB deu a ela os instrumentos para fazer um disco no qual a mistura entre esses dois gêneros musicais se apresenta delicada, criativa e com nuances capazes de proporcionar uma identidade própria.

O repertório do álbum traz apenas uma canção autoral, Frevolenta, parceria com Jam da Silva. As outras nove levam a assinatura de nomes talentosos das novas gerações da MPB, como Rodrigo Maranhão, Bruna Caram, Duda Brack e Caio Prado. Temos também Aviéntame, do excepcional grupo mexicano de indie rock mexicano Café Tacvba.

A voz doce, delicada e bem treinada de Anna se mostra bastante adequada para dar uma unidade ao álbum, que nos oferece samba com timbres roqueiros (Pode Me Chamar), levadas pop africanas eletrônicas mescladas ao nordeste brasileiro (Frevolenta), puro funk rock (Inemurchecível), balada blues com tempero rocker (Dom) e até uma espécie de valsa com teor erudito e arranjo idem (Ana Luisa).

Tantas esbanja bom gosto, detalhismo, doçura, uma pimentinha aqui e ali e versatilidade rítmica, tudo amarrado pelo vocal de Anna, cujo timbre nos lembra Marisa Monte, Roberta Sá e Gal Costa, mas sem nunca soar como cópia. É uma questão de semelhança de timbre, nada além disso, que ela certamente ignora, pois desenvolve bem seu próprio rumo. Eis um disco maduro, estiloso e cativante.

Pode Me Chamar– Anna Ratto:

Monique Kessous mostra seu novo álbum com show em SP

monique kessous credito Mariama Lemos de Moraes-400x

Por Fabian Chacur

Foram seis longos anos de espera para um novo álbum de Monique Kessous. Mas valeu a pena. Dentro de Mim Cabe o Mundo mostra as novidades quentes da cantora, compositora e musicista carioca, que já teve cinco músicas incluídas em trilhas de novelas globais. Ela mostra o novo filhotinho fonográfico e também músicas da carreira em show em São Paulo nesta terça-feira (12) no Teatro Porto Seguro (alameda Barão de Piracicaba, nº 740- Campos Elíseos-SP- fone 0xx11-3226-7310), com ingressos custando de R$ 30,00 a R$ 80,00.

Dentro de Mim Cabe o Mundo é o terceiro CD da carreira de Monique. Anteriormente, ela nos proporcionou os elogiados Com Essa Cor (2008) e Monique Kessous (2010). Cinco de suas canções entraram nas trilhas de atrações globais. Foram elas Com Essa Cor (Ciranda de Pedra, 2009), Pitangueira (2010, Paraíso), Coração (Cordel Encantado, 2011), Calma Aí (Sangue Bom, 2013) e Volte Pra Mim (2014, Geração Brasil).

Em seu novo álbum, a jovem cantora esbanja delicadeza, sensibilidade e uma diversidade sonora dentro desta suavidade. Além de canções de sua autoria, várias em parceria com o irmão Denny, como Aonde Eu For e A Lei é Deixar Fluir, temos também obras de Paulinho Moska (Por Causa do Seu Pensamento), do uruguaios Kevin Johansen (O Círculo, com versão de Moska) e a parceria da cantora com Chico Cesar, Meu Papo é Reto, que no CD tem participação especial de Ney Matogrosso.

No show, Monique cantará e tocará violão, synths, guitarra e programação, e terá a seu lado uma banda composta por Denny Kessous (guitarra, teclados e vocais), João Arruda (guitarra e vocais), Bicudo (bateria e vocais) e Vini Lobo (baixo, synths e voais). Além das canções do novo CD, o repertório também trará sucessos dos anteriores.

Meu Papo é Reto (clipe)- Monique Kessous e Ney Matogrosso:

Ouça o CD Dentro de Mim Cabe o Mundo em streaming:

Frio– Monique Kessous:

© 2022 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑