Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: clipe 2021

Billie Eilish lança o clipe dirigido por ela para a faixa Male Fantasy

billie eilish-400x

Por Fabian Chacur

Com apenas 20 anos de idade (completados no último dia 18 de dezembro), Billie Eilish se firma cada vez mais como um dos nomes mais importantes da música pop no momento. No dia 31 de janeiro, por exemplo, ela concorrerá a sete troféus Grammy, sendo cinco deles nas principais categorias: Gravação do Ano, Álbum do Ano, Música do Ano, Melhor Álbum Pop Vocal e Melhor Performance Solo. Ela é a artista mais jovem a ser indicada duas vezes nessas mesmas categorias em um mesmo ano, desta vez graças a seu segundo álbum, Happier Than Ever.

Mais uma prova da sua versatilidade: Billie Eilish é a diretora de seu novo clipe, que divulga uma das faixas mais densas do seu mais recente trabalho, a bela e melancólica Male Fantasy. As cenas se passam dentro de um apartamento, e as imagens ilustram bem o conteúdo da letra. Vale registrar que ela também assinou, com o irmão Finneas (seu parceiro musical), a música-tema do mais recente filme da franquia James Bond, No Time To Die (veja o clipe aqui).

Male Fantasy (clipe)- Billie Eilish:

Zélia Duncan lança clipe de Medusa usando tecnologia 3D

zelia duncan 2021

Por Fabian Chacur

Lançado em 2019, o álbum Tudo É Um (leia a resenha de Mondo Pop aqui) flagra Zélia Duncan mergulhando de novo na sonoridade folk que a consagrou, e com muita inspiração . O clipe para a canção Medusa, que era para ter sido gravado de forma presencial, tomou outros rumos devido à pandemia do novo coronavírus, mas enfim está sendo disponibilizado. E valeu a espera.

A canção, parceria da cantora, compositora e musicista com Zeca Baleiro, tem um clima meio percussivo, meio eletrônico, e é um dos destaques do álbum. O clipe foi dirigido por Clarissa Ribeiro e Lorre Mota e se vale do trabalho em 3D da artista gráfica Bárbara Kani. Zélia fala um pouco sobre o processo todo:

“O roteiro do clipe sugere uma espécie de heroína, que passa por uma saga, por caminhos, portas e saídas que precisa inventar, sem se deixar paralisar. Descobri durante esses meses que a medusa da letra mora dentro de mim, tanto quanto a heroína. Só quem nos paralisa somos nós mesmos, não podemos delegar a ninguém o poder que é só nosso, de seguir adiante, sendo quem somos. A comunidade LGBT sabe muito bem o que é esse caminho que dói, mas liberta. Este clipe tem a ver com nossa luta, antes de mais nada. E com todas as lutas que enfrentamos dentro e fora de nós”.

Medusa (clipe)- Zélia Duncan:

© 2022 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑