Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: cooking vinyl

Don Letts assina com a Cooking Vinyl e prepara seu 1º disco solo

don letts-400x

Por Fabian Chacur

Don Letts é um daqueles nomes seminais para a música britânica, e em várias frentes. Como músico, criou ao lado de Mick Jones (ex-The Clash) em 1984 o Big Audio Dynamite, um dos grupos mais criativos dos anos 1980. Ele dirigiu clipes para o The Clash (This is Radio Clash, Rock The Casbah, Should I Stay Or Should I Go) e Bob Marley (Waiting In Vain e One Love) e foi o diretor do icônico documentário The Punk Rock Movie (1978). Pois ele não tinha lançado ainda um álbum solo. Isso virá em 2023.

Para esse intuito, ele acaba de assinar contrato com o selo britânico Cooking Vinyl, e nesse momento está preparando sua estréia como artista solo. Em comunicado enviado à imprensa, ele dá uma prévia do que virá:

“Demorou um pouco de tempo para criar esta trilha sonora, mas com a ajuda de alguns amigos, algumas linhas de baixo pesado e uma boa gravadora, o bom gosto permanece firme”

Com 66 anos de idade, Don Letts é uma cara extremamente simpático, como tive a oportunidade de conferir ao vivo, tanto no show que o Big Audio Dynamite (também conhecido como B.A.D.) realizou em São Paulo em 1987 como em entrevista coletiva concedida à imprensa na sede da produtora que trouxe a banda para cá, a Poladian. Nunca vou me esquecer de ele apontando uma tarja (escrita New Rock Colletion) incluída na capa da versão brasileira do álbum de estreia do B.A.D. e me perguntando: “o que é isso?”.

Como diretor e roteirista, Letts também tem em seu currículo documentários sobre artistas importantes como Gil Scott-Heron, Sun Ra e George Clinton. Rebel Dread, documentário lançado no exterior há pouco e sobre ele próprio e sua trajetória, foi bastante elogiado em resenha no jornal britânico The Guardian e está disponível nas plataformas de streaming.

E=MC2 (clipe)- Big Audio Dynamite:

The Darkness divulga clipe e vai lançar novo álbum em novembro

the darkness 2021

Por Fabian Chacur

O novo álbum do The Darkness já tem data certa para sair. Será no dia 19 de novembro via Cooking Vinyl, nas plataformas digitais e também em diversos formatos físicos, incluindo fitas-cassete. Como forma de saciar a curiosidade dos fãs dessa ótima banda britânica, a faixa que dá nome ao trabalho, Motorheart, já está disponível, com direito a um clipe bem divertido. Trata-se de um rockão que equivale a uma mistura do Queen da fase inicial com o Motorhead, e é bem simpático.

Justin Hawkins, vocalista e guitarrista da banda, dá umas dicas acerca do material desse que será o seu 7º álbum de estúdio: “Motorheart balança mais forte do que qualquer coisa que já fizemos antes. Fico feliz e orgulhoso por colocá-lo no mundo e literalmente sacudir a estrutura do meu chalé suíço. Dan fez um trabalho incrível na produção, vai arrancar seu rosto, mas seu crânio estará sorrindo de ponta a ponta. Por favor, aproveite.”

Com quase 20 anos de carreira, o grupo que atualmente traz Justin, seu irmão Dan Hawkins (guitarra), Frankie Poullain (baixo) e Rufus Taylor (bateria) estourou logo com seu ótimo álbum de estreia, Permission To Land (2003), que liderou a parada do Reino Unido e emplacou singles como I Believe In a Thing Called Love, Growing On Me e Love Is Only a Feeling. Seu som é um hard rock vigoroso com ares pop.

Eis as faixas do álbum Motorheart:

– Welcome Tae Glasgae
– It’s Love, Jim
– Motorheart
– The Power And The Glory Of Love
– Jussy’s Girl
– Sticky Situations
– Nobody Can See Me Cry
– Eastbound
– Speed Of The Nite Time

– You Don’t Have To Be Crazy About Me… But It Helps *
– It’s A Love Thang (You Wouldn’t Understand) *
– So Long *

* – faixas bônus deluxe

Motorheart (clipe)- The Darkness:

© 2022 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑