Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: felipe machado

Viper lança clipe e fará um show no Rio de Janeiro após 7 anos

viper 400x

Por Fabian Chacur

O Viper continua a mil por hora. Eles acabam de disponibilizar uma segunda amostra de Timeless, seu primeiro álbum de inéditas desde All My Life (2007) e que será lançado em breve. A faixa, Freedom Of Speech, esbanja energia e elaboração, e conta com um clipe dirigido pelo cineasta Caio Cobra (diretor de Intervenção e Virando a Mesa).

Não satisfeitos, eles voltarão a se apresentar ao vivo no Rio de Janeiro após sete longos anos. O show será realizado neste sábado (30) a partir das 21h no Rock Experience (rua Riachuelo, nº 20- Lapa), com ingressos custando R$ 80,00 (meia) e R$ 160,00 (meia).

A escalação da banda trará os fundadores Felipe Machado (guitarra) e Pit Passarel (baixo) e também Kiko Shred (guitarra) e Leandro Caçoilo (vocal), sendo que neste show as baquetas estarão a cargo de Marcelo Campos, conhecido por seu trabalho com a banda Salário Mínimo, entre outras.

Além de dar uma prévia de músicas do novo álbum, como Under The Sun e a já citada Freedom Of Speech, o quinteto paulistano também investirá em clássicos dos seus 37 anos de carreira, entre os quais Rebel Maniac, Living For The Night e Evolution. Timeless contou com a produção de Marcelo Cersosimo, que já trabalhou com Paul McCartney e Avril Lavigne.

Freedom of Speech (clipe)- Viper:

Viper divulga Under The Sun, uma faixa do álbum Timeless

viper 400x

Por Fabian Chacur

Acaba de ser disponibilizada nas plataformas digitais Under The Sun (Pit Passarell-Guilherme Martin), poderoso power metal que é a primeira canção inédita lançada pelo grupo brasileiro de heavy metal Viper nos últimos 15 anos. Trata-se da primeira (e ótima) amostra de Timeless, álbum que a banda paulistana promete lançar ainda no primeiro semestre deste ano.

Com a produção de Mauricio Cersosimo, que já trabalhou com Paul McCartney e Avril Lavigne, Timeless é o registro inicial de estúdio da atual formação do Viper, que inclui Leandro Caçoilo (vocais), Felipe Machado e Kiko Shred (guitarras), Pit Passarell (baixo e vocais) e Guilherme Martin (bateria). Ele sucede All My Life (2007), sendo que, nesse meio tempo, eles também lançaram o DVD To Live Again: Live in São Paulo, com a participação do saudoso André Matos, 1º vocalista do grupo.

Na ativa desde 1985, o Viper é uma das bandas brasileiras de heavy metal com maior sucesso no exterior, especialmente no Japão. Fizeram shows nos quatro cantos do mundo e lançaram álbuns marcantes como Soldiers of Sunrise (1987) Theatre of Fate (1989) e Coma Rage (1994), além do excelente ao vivo Maniacs Live in Japan (1993), gravado ao vivo no Japão.

Under The Sun– Viper:

Felipe Machado regrava 15 Anos para o seu 2º álbum-solo, Primata

felipe machado 400x

Por Fabian Chacur

Quinze Anos, o novo single de Felipe Machado, equivale ao que os americanos intitulam “down on memory lane”, ou seja, uma deliciosa viagem ao passado. Logo de cara por ser a releitura de uma faixa gravada originalmente pela banda que o consagrou no cenário rock nacional e internacional, a Viper, em seu álbum Tem Pra Todo Mundo. Para reforçar esse clima, o clipe foi gravado no auditório do tradicional e emblemático Colégio Sion, situado no bairro paulistano de Higienópolis, local que possui forte ligação afetiva com o cantor, compositor, músico escritor e jornalista.

Foi nesse local que Felipe, ao lado do irmão Nando e dos futuros parceiros de Viper Yves e Pit Passarell, fez uma apresentação ao vivo com sua banda de então, a Rock Migration, em 1982, quando ele tinha apenas 12 anos de idade. Na plateia, estava o saudoso André Matos, que se tornaria posteriormente o vocalista do Viper e também do Angra, Shaman e outros projetos de muito sucesso no heavy rock nacional e internacional.

As cenas atuais foram mescladas com fotos daquele show emblemático, e também temos a presença marcante de Isabel, filha de Felipe que completou 15 anos de idade exatamente neste 2021. A regravação conta com a participação especial de Yves Passarell, ex-Viper e hoje guitarrista do Capital Inicial. Eis como Machado define esta canção, que fará parte de seu 2º álbum solo, Primata, com lançamento futuro da ForMusic em parceria com a FMLabs:

“A música fala sobre a ingenuidade da adolescência, por isso achei que seria uma boa metáfora voltar ao palco onde o VIPER nasceu. Éramos apenas crianças, mas já sonhávamos em seguir a carreira musical”.

Quinze Anos (clipe)- Felipe Machado:

Viper relança CD Coma Rage com diversas faixas bônus inéditas

viper coma rage 400x

Por Fabian Chacur

Da geração de bandas brasileiras de heavy metal surgidas nos anos 1980 cantando em inglês, o Viper é uma das que conseguiu marcar o seu nome na história desse gênero musical tão popular e tão fielmente seguido por seus fãs. Um de seus álbuns mais bem-sucedidos, Coma Rage (1995), acaba de ser relançado em uma caprichada versão remasterizada e repleta de faixas-bônus. O trabalho está disponibilizado em CD físico e também nas plataformas digitais pela Warner Music, com seu selo Rhino.

Para vocês terem uma ideia da moral que o grupo paulistano tem até hoje, esse relançamento do trabalho lançado na época pelo mitológico selo americano especializado em heavy rock Roadrunner integra a série Heavy Metal Legends,ao lado de banda como Black Sabbath e Metallica. A produção do álbum ficou a cargo do badalado Bill Metoyer (Slayer, Testament), enquanto a remasterização atual é assinada por Mauricio Gargel.

Entre as faixas bônus, temos versões demo das canções do álbum e também uma canção inédita, País do Futuro, a primeira composta em português pela banda, que em 1996 lançaria um álbum completo em sua língua natal, Tem Pra Todo Mundo. Felipe Machado, guitarrista do Viper, explica o cenário das gravações deste marcante álbum da carreira de sua banda:

“O tempo que passamos em Los Angeles contribuiu para o som de Coma Rage. Já éramos influenciados por heavy metal, mas também passamos a ter contato e fazer amizade com outras bandas de punk, grunge e até hardcore. Os anos 1990 foram um caldeirão e Coma Rage é o resultado disso”.

Eis as faixas da versão CD de Coma Rage:

1. Coma Rage (Pit Passarell)
2. Straight Ahead (Felipe Machado)
3. Somebody Told me You’re Dead (Pit Passarell)
4. Makin Love (Pit Passarell)
5. Blast! (Pit Passarell)
6. God Machine (Felipe Machado)
7. Far and Near (Yves Passarell)
8. The Last Song (Pit Passarell)
9. If I Die by Hate (Felipe Machado)
10. Day Before (Yves Passarell)
11. 405 South (Renato Graccia)
12. A Face in the Crowd (Felipe Machado)
13. I Fought the Law (S. Curtis)
14. Keep the Words (Pit Passarell)

BONUS
15. Coma Rage – DEMO (Pit Passarell)
16. Straight Ahead – DEMO (Felipe Machado)
17. Somebody Told me You’re Dead – DEMO (Pit Passarell)
18. Makin Love – DEMO (Pit Passarell)
19. Blast! – DEMO (Pit Passarell)
20. God Machine – DEMO (Felipe Machado)
21. País do Futuro – DEMO (Felipe Machado / Pit Passarell)
22. A Face in the Crowd – DEMO (Felipe Machado)
23. Keep the Words – DEMO (Pit Passarell)

Coma Rage (versão remasterizada)- Viper:

Felipe Machado, do Viper, nos apresenta sua boa faceta solo

capa_felipemachado

Por Fabian Chacur

Durante 30 anos (entre idas e vindas), Felipe Machado foi no mundo musical o guitarrista da Viper, uma das bandas mais bem-sucedidas do heavy metal brasileiro, com fãs mundo afora. Agora, chegou a vez de o também jornalista e escritor mostrar como se vira sozinho. FM Solo (FM Labs-Wikimetal Music), seu primeiro trabalho como artista solo, esbanja elementos positivos e surpreendentes em suas 10 faixas.

A primeira observação a se fazer após audições atentas de FM Solo é de que se trata de um álbum no qual as composições estão no centro das atenções. Tudo gira em torno delas. Felipe não perde tempo em demonstrações inúteis de virtuosismo como guitarrista, usando seu talento em prol das músicas. Seguiu, guardadas as devidas proporções, a “escola Eric Clapton” de disco solo de guitarrista de banda famosa.

Outro ponto interessante é o fato de ele investir em sonoridades que não caberiam, ou ficariam estranhas, em um disco do Viper. Embora tenha elementos de heavy rock aqui e ali, este é um trabalho de, digamos assim, “rock de combate”, com canções vibrantes e ora agressivas, ora mais reflexivas. Influências de pós punk, britpop, punk anos 1990 e glitter rock também surgem em cena, bem misturadas e bem dosadas.

O vocal de Felipe, uma boa surpresa, é influenciado por vocalistas como Liam e Noel Gallagher (do Oasis), aproveitando bem as melodias bacanas do álbum sem exageros. Além dele nos vocais, guitarras e violões, temos apenas o versátil Val Santos (Toyshop e ex-colega de Viper), que investe em programação de bateria, teclados, guitarra, baixo e vocais, além de assinar a coprodução do álbum.

Três das músicas são releituras. The Shelter, momento mais heavy do álbum, já havia sido gravada pelo Viper no álbum Evolution (1992). O rock melódico Speedway é a faixa que encerra o álbum Vauxhall And I (1994), de Morrissey, enquanto a balada com ênfase no violão Tourist (2005) é da não muito conhecida banda britânica Athlete. Três escolhas incomuns e muito bem realizadas.

FM Solo tem uma dinâmica muito boa, dividindo-se entre rocks energéticos como Perfect One, So Much In Love e Dark Angel (esta última parceria e bom dueto com Giovanna Cerveira), funk rocks com guitarras rítmicas irresistíveis como Take a Chance e Unnatural Feelings, a quase balada Someday e a introspectiva e instrumental Iceland, que fecha o CD.

Conciso, repleto de alternativas e boas surpresas em todo o seu decorrer, além das boas letras em inglês de quem domina bem a língua, FM Solo mostra que Felipe Machado não poderia ter iniciado melhor a carreira solo. No dia 10 de setembro, ele inicia a turnê de lançamento no Na Mata Café, em São Paulo, e a expectativa é das melhores.

Living For The Night– Viper:

Documentário Viper 20 Years Living For The Night:

© 2022 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑