Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: jazz anos 2000

Norah Jones aparece de peruca loira no clipe de Flame Twin

norah jones flame twin clipe-400x

Por Fabian Chacur

Em seu novo clipe, feito para divulgar o single Flame Twin, Norah Jones aparentemente resolveu ver como ficaria loira. A morena que ficou famosa inicialmente com cabelos longos e que, há uns dez anos, passou a variar entre cortes mais curtos e médios, usa em seu novo vídeo uma longa peruca loira que a deixa com um visual bastante diferente. Com sua beleza, no entanto, a moça pode fazer o que quiser em termos capilares, pois o resultado sempre será bom. Ou quase sempre, obviamente, pois errar é humano…

Flame Twin é uma balada introspectiva, com belos timbres de teclados, ótima melodia e uma interpretação envolvente por parte da estrela americana, que se incumbe dos vocais e também do piano.

O consagrado baixista John Patitucci, que gravou mais de 10 discos-solo e já tocou com gente do naipe de Wayne Shorter, Chick Corea, Al Di Meola e Dave Gruisin, é o destaque dos músicos que a acompanham aqui, com o time também incluindo Brian Blade (bateria) e Pete Remm (guitarra, sintetizador e órgão).

No clipe, a filha do saudoso músico indiano Ravi Shankar (com quem ela nunca se deu bem, por sinal) aparece contracenando com ela própria graças a efeitos especiais, em meio à natureza, com um clima bem compatível com a atmosfera intimista e meio soturna dessa bela canção.

Lançado em junho pelo selo Capitol (hoje parte do conglomerado Universal Music), o álbum que inclui este single, Pick Me Up Off The Floor está indo mal nas paradas de sucesso, tendo atingido até o momento o 87º lugar nos EUA e o 47º lugar no Reino Unido. Seria efeito da pandemia do novo coronavírus? Vale dizer que a imprensa em geral está elogiando bastante este trabalho, centrado em composições da própria Norah.

Flame Twin (clipe)- Norah Jones:

Gregory Porter disponibiliza single e lançará álbum em abril

gregory porter-400x

Por Fabian Chacur

O ano de 2020 mal começou e já temos uma grande canção inédita para celebrar. Trata-se da deliciosa e impactante Revival, do cantor, compositor e ator americano Gregory Porter. Com forte influência de gospel e jazz, a faixa é a primeira a ser divulgada do que será o sexto álbum de estúdio desse incrível artista, All Rise. A Blue Note Records, célebre selo hoje vinculado à Universal Music, promete lançá-lo no dia 17 de abril.

Revival tem um belo clipe dirigido por Douglas Bernardt que mostra um garoto que se sente oprimido e com medo do realmente assustador mundo atual. No entanto, ele descobre uma forma de superar essa pressão toda e dar a volta por cima: a dança e o canto. O resultado em termos visuais se mostra perfeito para ilustrar uma canção que nasce com clima de clássico.

Nascido em Sacramento, Califórnia, em 4 de novembro de 1971, Gregory Porter lançou dois álbuns independentes (Water, em 2010, e Be Good, em 2012) que tiveram boa repercussão e atraíram as atenções da Blue Note. Desde então, cativa fãs nos quatro cantos do mundo com sua voz deliciosa. Sua fama é maior no Reino Unido, onde emplacou três álbuns no Top 10 dos charts de lá.

Vencedor de dois troféus Grammy, o Oscar da música, Porter também tem no currículo dois álbuns ao vivo e gravações ao lado de nomes importantes da música, entre os quais Buddy Guy, Jools Holland, Dianne Reeves, Till Bronner, Jamie Cullum e Renée Fleming. Além de ótimo compositor, ele também sabe reler com classe canções alheias, como prova seu álbum Nat King Cole & Me (2017), que traz clássicos do repertório do célebre astro americano.

Revival (clipe)- Gregory Porter:

© 2020 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑