Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: mtv unplugged

MTV Unplugged de Clapton em edição Deluxe

Por Fabian Chacur

Lançado originalmente em 1992, MTV Unplugged deu novo impulso em termos comerciais à carreira de Eric Clapton, atingindo o topo da parada americana e de inúmeros outros países, sendo provavelmente o álbum mais vendido de sua brilhante carreira. Este álbum está sendo relançado pela Warner Music em edição Deluxe com direito a vários conteúdos inéditos e exclusivos. Coisa fina e imperdível mesmo.

A festa começa com a embalagem luxuosa e no formato digipack, com direito a capa que abre em várias partes e repleta de fotos coloridas bem bacanas. O encarte traz ficha técnica e detalhes das gravações, e só peca pelo fato de não incluir textos contando as histórias e fatos importantes referentes às gravações, que foram realizadas no Bray Film Studios em Londres perante uma plateia seleta e muito, mas muito sortuda mesmo.

O primeiro CD contém a versão original do álbum devidamente remasterizada, com 14 faixas e clássicos como Before You Accuse Me, Tears In Heaven, Running On Faith, Rollin’ & Tumblin’ e a polêmica releitura de Layla. Essa repaginação de seu célebre hit com Derek & The Dominoes em 1970 lhe rendeu até um Grammy, mas há quem não goste (eu me incluo entre eles). Uma coisa, porém, é fato: uma versão não invalida a outra.

Com seis faixas, o segundo CD incluído no pacote traz versões alternativas de Running On Faith e Walkin’ Blues e três músicas que não entraram no álbum e no vídeo, Circus, Worried Life Blues e My Father Eyes. Esta última, por sinal, só seria lançada em versão oficial seis longos anos depois, no álbum de estúdio Pilgrim, e fala sobre o pai do roqueiro/blueseiro, com quem ele não teve contatos.

A cereja do bolo é o DVD que completa o pacote. Além da versão do programa que foi exibido pela MTV na época, temos nos extras o até então inédito ensaio para o show (com 62 minutos de duração), feito horas antes no mesmo local sem a presença de plateia, com apenas alguns técnicos e pessoas da equipe técnica por perto. O repertório tem pequenas diferenças do show oficial, incluindo as canções My Father’s Eyes e Circus.

A integração entre Clapton e a estelar banda de apoio que o acompanha no show se sobressai nesse ensaio. Integram o time Ray Cooper (percussão), Nathan East (baixo), Steve Ferrone (bateria), Chuck Leavel (teclados), Andy Fairweather Low (guitarra), Katie Kissoon (vocais de apoio) e Tessa Niles (vocais de apoio), gente que tem em seus currículos atuações ao lado de Elton John, Rolling Stones, Michael Jackson, Duran Duran e outros desse altíssimo gabarito.

A cumplicidade entre o Deus da Guitarra e seus parceiros se sobressai em alguns momentos, como em uma música na qual Ray Cooper solta a franga na percussão e Clapton manda a ele um recado bem-humorado, ou em San Francisco Bay Blues, quando Andy Fairweather Low sopra a gaita e o som não sai, provavelmente por problemas com o microfone. Eles tocam até o fim, e o intérprete de Cocaine fala algo tipo “espero que isso não ocorra no show”. Felizmente, na hora agá deu tudo certo.

MTV Unplugged Deluxe + DVD é indispensável não só para os mais fanáticos por Eric Clapton, mas também para quem curte rock e blues, ou é aficionado por gravações acústicas de alto gabarito. Eis um trabalho que você ouve e não se cansa, e que soa realmente feito pelo prazer artístico, e não só para garantir uns milhõezinhos a mais na conta bancária.

Veja MTV Unplugged, com Eric Clapton:

Juanes faz sua estreia em palcos brasileiros

Por Fabian Chacur

Juanes, um dos artistas de origem latina mais importantes da música pop contemporânea, finalmente fez seu primeiro show no Brasil. A apresentação, no entanto, ocorreu apenas para convidados (na verdade, grandes felizardos) na noite desta quarta-feira (27) no Teatro Geo, em São Paulo.

O cantor, compositor e músico colombiano esbanjou simpatia, carisma e muito talento em um show feito para iniciar a divulgação por aqui de seu novo lançamento, o DVD e CD MTV Unplugged, lançado no Brasil pela Universal Music e que traz releituras de 11 de seus maiores sucessos e três faixas inéditas (La Señal, Azul e Todo En Mi Vida Eres Tu).

Acompanhado por quatro músicos de sua banda (violão, teclados, baixo e percussão), Juanes cantou e tocou por aproximadamente uma hora, mostrando com categoria sua mistura de ritmos colombianos, rock e pop, com pitadas de jazz/blues aqui e ali. O show contou com a participação de Paula Fernandes, que interpretou o dueto que gravou com o astro latino, Hoy Me Voy, e dois de seus sucessos, entre os quais Pássaro de Fogo.

Antes, o cantor que está na estrada há mais de 20 anos concedeu uma entrevista coletiva à imprensa brasileira. Ele falou, por exemplo, da importância de ter sido produzido e dirigido musicalmente neste novo trabalho pelo lendário músico Juan Luis Guerra, oriundo da República Dominicana e conhecido no Brasil pela música Burbujas de Amor (Borbulhas de Amor, na versão de Raimundo Fagner).

“Conheci ele há oito anos, e há muito queríamos atuar juntos, mas só agora conseguimos conciliar nossas agendas. Trabalhar com Juan Luis Guerra foi um aprendizado, uma experiência incrível, aprendi muito com sua sobriedade. Gostaria que ele tivesse cantado no CD, também, mas ele se dedicou tanto a escrever os arranjos e a orientar os músicos que não teve tempo para isso”.

Hino pela paz encerra o CD/DVD

Guerra só aparece no palco para reger os músicos na música que encerra o repertório do CD/DVD, Odio Por Amor, por sinal a mais contundente e contagiante do trabalho, com sua mensagem de paz e a participação de um coral de 32 vozes.

“Compus Odio Por Amor há cinco anos e já a havia gravada em estúdio, mas essa música ganhou nova vida neste trabalho, é um canto pela paz, pela vida, e ficou com o seu arranjo ideal, cresceu muito”, comenta.

MTV Unplugged também conta com a participação do cantor e compositor espanhol Joaquín Sabina, na música inédita Azul. “O Sabina é um grande poeta, um grande letrista, gravar com ele foi um sonho realizado”.

Curiosamente, Juanes iniciou sua carreira como integrante da banda de heavy metal Ekhymosis, que esteve em cena do fim dos anos 80 ao fim dos 90. Ele relembra como se deu sua mudança de estilo musical.

“Quando criança, eu ouvia basicamente a música popular colombiana. Aos 13 anos, apaixonei-me pelo rock, e integrei a Ekhymosis durante oito anos. Aí, vi que seria importante misturar os dois mundos, o do rock e o da música do meu país, não poderia renunciar às minhas origens”.

Para quem não teve a sorte de ver seu show em São Paulo, uma boa notícia. Juanes iniciará uma turnê mundial em setembro, e pretende voltar ao Brasil em fevereiro ou março de 2013, desta vez para shows abertos ao público em geral. Ele disse que já havia sido convidado para tocar aqui, em um festival em 2011, mas não teve como aceitar devido à agenda lotada.

Em seus 13 anos de carreira solo, Juanes vendeu mais de 12 milhões de discos, além de ter ganho um Grammy da categoria principal e 17 Grammy Latinos. Ele considera MTV Unplugged um momento muito especial em sua trajetória.

“Este disco equivale a um resumo dos meus 13 anos de carreira, mostrando um pouco do que virá, também. Quero fazer novas experiências no futuro, tocar um pouco mais de rock, gravar em inglês e português, arriscar-me um pouco mais. Também quero estreitar meus laços com o público brasileiro e o de outros países, adoro esse intercâmbio”.

Veja La Paga, com Juanes, na versão incluída em MTV Unplugged:

© 2022 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑