Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: pop britânico anos 2000

Placebo relê Shout, clássico do grupo Tears For Fears de 1985

placebo 2022-400x

Por Fabian Chacur

O Placebo voltou com tudo a partir do final de 2021, após ficar cinco anos sem lançar novas canções (leia mais aqui). Depois de um álbum, agora o grupo liderado pelo vocalista, guitarrista e compositor britânico Brian Molko nos oferece um single no qual relê Shout, um dos grandes hits da carreira dos conterrâneos do Tears For Fears que tomou conta do mundo no ano em que foi lançada, 1985, conseguindo atingir o topo da parada americana naquele mesmo período.

O resultado ficou bem simpático, e se vale das convenções usadas na gravação original, com ênfase em sonoridades mais eletrônicas. O grupo já fez releituras anteriormente de hits dos anos 1980 de artistas como Sinead O’Connor (Jackie), The Smiths (Bigmouth Strikes Again), The Pixies (Where Is My Mind?) Kate Bush (Running Up That Hill).

Shout– Placebo:

Bastille disponibiliza um single e voltará ao Brasil para Rock in Rio

bastille capa single 400x

Por Fabian Chacur

Um dos destaques do Lollapalooza Brasil 2015, o grupo britânico Bastille é uma das atrações confirmadas para o Palco Mundo do Rock in Rio 2022 no dia 10 de setembro. De quebra, acabam de divulgar, com direito a um clipe de teor futurista, um novo single, No Bad Days, com clima do pop dos anos 1980 e predomínio de teclados na parte instrumental. Trata-se de uma amostra do álbum Give Me The Future, previsto para chegar às plataformas digitais e sair em formatos físicos (no exterior) em fevereiro de 2022.

Será o 4º álbum do grupo liderado pelo vocalista e compositor Dan Smith, que conseguiu atingir os primeiros postos das paradas britânicas e americanas com seus trabalhos anteriores. No Bad Days é o 2º single a ser antecipado do novo álbum da banda. O 1º, Telma + Louise (veja o clipe aqui), tem um clipe feito de animação e lamenta o clima entediante da vida moderna, propondo uma fuga em meio a animações incríveis. Give Me The Future, por suas amostras, promete.

No Bad Days (clipe)- Bastile:

SG Lewis lança single com a participação de Nile Rodgers

sg lewis 400x

Por Fabian Chacur

O cantor e compositor britânico SG Lewis, de 26 anos de idade, não poderia ter escolhido um parceiro melhor para o single que dá início à divulgação de Times, seu primeiro álbum. Trata-se de ninguém menos do que Nile Rodgers, líder do grupo Chic e um dos maiores compositores e produtores da história da música pop. A canção intitula-se One More e mescla a contagiante levada de guitarra do músico americano com uma melodia que traz ecos da melancolia eletrônica do grande Depeche Mode.

Em press release enviado à imprensa, Lewis, originário de Reading, Inglaterra, comenta sobre essa parceria:

One More foi a primeira música que escrevi para este álbum em LA, e uma que me colocou no caminho de fazer este álbum inteiro. Trabalhar com Nile Rodgers foi uma experiência que permanecerá comigo pelo resto da minha vida. Ter alguém que influenciou não só este álbum, mas toda a minha carreira tocando essa música é alucinante”.

One More– SG Lewis & Nile Rodgers:

Tom Speight mostra seu otimismo em Everything’s Waiting For You

tom speight 400x

Por Fabian Chacur

O nome de Tom Speight é familiar para quem segue as playlists e paradas de sucesso desde 2014. Em seu currículo, o cantor, compositor e músico britânico tem diversos EPs e um álbum completo, Collide (2019). No Brasil, sua música Little Love (ouça aqui), de 2015, conseguiu a façanha de atingir o primeiro posto em execuções nas plataformas digitais. E agora ele nos oferece o seu primeiro single de 2021, primeira prévia de seu segundo álbum, previsto para sair no segundo semestre deste ano via Nettwerk Records, com coprodução de Rich Turvey (Blossoms).

Em press release enviado à imprensa, o artista oriundo de Londres explica a origem e a inspiração por trás de Everything’s Waiting For You:

“Essa é uma música enorme para o álbum porque definiu qual é a principal mensagem do álbum em uma só canção. Eu escrevi sozinho na semana antes do confinamento no Reino Unido sem ter noção do que o mundo estava prestes a se tornar… é sobre enfrentar o mundo com quem você ama sem olhar para trás.”

Everything’s Waiting For You– Tom Speight:

Bastille lança Goosebumps, parceria com Kenny Beats

bastille 400x

Por Fabian Chacur

O grupo britânico Bastille, que teve participação de destaque na edição de 2015 do Lollapalooza Brasil, está com uma faixa nova nas plataformas digitais. Trata-se de Goosebumps, com uma hipnótica levada midtempo e participação especial do badalado produtor e compositor americano Kenny Beats. A canção, cujo clipe mescla imagens da banda com animação gráfica para divulgá-la, é a faixa-título de seu recém-lançado EP pela Universal Music.

O EP também inclui versões ao vivo de Goosebumps e Survivin’ e outra parceria bem bacana. Trata-se de What You Gonna Do??? (ouça aqui), rock energético com tempero pop que traz o guitarrista e cantor Graham Coxon, conhecido por seu trabalho com a icônica banda britânica Blur.

Com dez anos de carreira, o Bastille é liderado pelo cantor e compositor Dan Smith, e lançou até o momento os álbuns Bad Blood (2013), Wild World (2016) e Doom Days (2019), todos atingindo os primeiros postos nas paradas britânicas e dos EUA. Sua mistura de r&b, rock, pop eletrônico e pop dos anos 1980 já rendeu hits como Pompeii, Of The Night e Happier.

Goosebumps (clipe)- Bastille e Kenny Beats:

Jamie Cullum vence o importante prêmio Ivor Novello pela 1ª vez

jamie cullum ivor novello

Por Fabian Chacur

Um dos prêmios mais prestigiados da cena musical britânica e mundial é o Ivor Novello. Criado em 1956, teve como vencedores nomes como John Lennon e Paul McCartney, Adele, Bryan Adams, David Bowie, Eric Clapton, Elton John, Phil Collins e inúmeros outros desse mesmo alto calibre. Pois Jamie Cullum, figura frequente aqui em Mondo Pop (leia mais sobre ele aqui), é outro nome bacana a ser inserido na lista de vencedores, na categoria “melhor canção em termos de melodia e letra”.

A canção que proporcionou ao cantor, compositor e musico britânico o cobiçado troféu é The Age Of Anxiety, lançada em 2019 como parte do álbum Taller. Trata-se de uma boa amostra do que este ótimo artista concretizou em seus mais de 20 anos de estrada. Ele deu a seguinte declaração, após saber de sua vitória, em comunicado enviado à imprensa por sua assessoria de imprensa:

“Estou muito orgulhoso e feliz por receber este prêmio. Tenho me empenhado nisso há algum tempo e nem sempre fui levado a sério como compositor. Neste ponto da minha carreira, receber agora esse prêmio para esta música, na qual eu acredito ferozmente, me parece particularmente especial. Usei nela todo o meu conhecimento e amor pela escrita de música, que construí ao longo dos anos, e estou muito feliz que ressoou nas pessoas e em vocês, da Ivors Academy”.

The Age Of Anxiety (clipe)- Jamie Cullum:

Tom Speight e Mahmundi gravam dueto acústico em Willow Tree

tom speight e mahmudi 400x

Por Fabian Chacur

Em março deste ano, o jovem cantor, compositor e músico britânico Tom Speight deu uma rápida passada pelo Brasil, participando de uma apresentação esquema pocket no Rio de Janeiro. Por lá, conheceu e fez amizade com a cantora carioca Mahmundi. Juntos, eles gravaram uma versão acústica da canção Willow Tree, que acaba de ser divulgada nas plataformas digitais. O artista não esconde a alegria pela concretização dessa parceria.

“Eu sentia que devia um grande agradecimento ao Brasil por ter sido um dos primeiros lugares a ouvirem minhas músicas… Pareceu uma boa forma de mostrar minha felicidade dedicando uma versão à eles. Era um sonho meu gravar no Rio de Janeiro e trabalhar com a Mahmundi. Mal posso esperar para voltar e explorar mais ainda!”, afirmou, em press-release enviado à imprensa.

Speight lançou no primeiro semestre o seu primeiro álbum, Collide, que inclui a versão de estúdio de Willow Tree, gravada por ele em dueto com a cantora Jessica Staveley Taylor, integrante do grupo The Staves. Com gravações realizadas no célebre Abbey Road, em Londres, e também no Jam Hut, em Devon, o trabalho mostra um delicado e melódico som folk com elementos eletrônicos, com direito a canções como Little Love, o hit consagrado pelos fãs brasileiros.

Mahmundi é o nome artístico que a promissora e talentosa cantora, compositora e mucisista carioca Marcela Vale adotou em 2012. Desde então, lançou dois EPs e os álbuns Mahmundi (2016) e Para Dias Ruins (2018). Em seu dueto com Tom Speight, ela se divide em versos em inglês e em português, mostrando bom entrosamento com o artista britânico.

Willow Tree (acoustic)- Tom Speight e Mahmundi:

James Blunt divulga o single Cold e promete álbum para outubro

james blunt-400x

Por Fabian Chacur

O cantor, compositor e músico britânico James Blunt disponibilizou nesta sexta-feira (30) nas principais plataformas digitais o single Cold. Trata-se da primeira canção a ser divulgada do álbum Once Upon a Mind, seu sexto trabalho gravado em estúdio, que a Warner Music Brasil (com o Selo Atlantic Records) deve lançar no dia 25 de outubro.

Ao contrário de seu CD anterior, The Afterlove (2017), com fortes influências da música eletrônica, este novo lançamento apresenta Blunt em seu ambiente natural, com as baladas românticas e as canções pop contagiantes. Cold é um bom cartão de apresentações, com sua levada pra cima e uma interpretação com a categoria habitual desse ótimo artista. Ele explica a concepção desta nova fornada de composições, em declaração divulgada por sua gravadora:

Back To Bedlam foi parecido com Once Upon a Mind no fato de eu ter escrito as músicas por um tempo, falando sobre as minhas experiências de vida naquela época e elas se juntaram na minha estreia. E todas as músicas deste álbum representam algo que eu estou passando atualmente ou que experimentei recentemente. É um álbum muito pessoal e eu estou orgulhoso dele”.

Com 45 anos de idade, James Blunt estourou mundialmente com seu disco de estréia, Back To Bedlam (2004), atingiu o topo da parada britânica e o segundo lugar nos EUA, vendendo mundialmente mais de 11 milhões de cópias.

A faixa que impulsionou esse sucesso todo foi a balada You’re Beautiful, que liderou os charts ingleses e ianques. Ele já fez alguns shows por aqui, sempre com boa repercussão por parte do público brasileiro

Eis as faixas de Once Upon A Mind:

The Truth
Cold
Champions
Monsters
Youngster
5 Miles
How It Feels To Be Alive
I Told You
Halfway
Stop The Clock
The Greatest

Cold– James Blunt:

© 2022 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑