Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: rock americano anos 2000

Billie Joe Armstrong, do Green Day, lançará álbum solo de covers

billie joe armstrong no fun mondays 400x

Por Fabian Chacur

Surpreendido pela pandemia do novo coronavírus, Billie Joe Armstrong viu a turnê que faria este ano com o Green Day suspensa por tempo indeterminado. Como forma de aproveitar seu tempo na inevitável quarentena, ele resolveu gravar um álbum solo de covers, cujas músicas foi lançando uma faixa por semana. Agora, chegou a vez de colocar no mercado no próximo dia 27 o pacote completo, com o título No Fun Mondays. No exterior, teremos formatos físicos, mas no Brasil a Warner Music não prevê ir além das plataformas digitais, ao menos por enquanto.

Ele deu mais detalhes em comunicado enviado à imprensa. “Enquanto nós todos estivemos em quarentena, eu estive refletindo sobre as coisas que mais importam na minha vida: família, amigos e, claro, música. Eu descobri que, se nós temos que passar este tempo em isolamento, no mínimo, nós podemos ser solitários juntos”, filosofa o punk rocker.

O álbum reúne 14 releituras de clássicos dos repertórios de John Lennon, Billy Bragg, Johnny Thunders, Tommy James And The Shondels, Dead Boys, Eric Carmem, Stiv Bators, The Clash e Adam Schlesinger, entre outros.

Na faixa Manic Mondays, escrita por Prince com o pseudônimo Christophe e sucesso com as Bangles nos anos 1980, ele conta no vídeo feito via internet com a participação especial de uma das integrantes dessa banda, a talentosíssima cantora e guitarrista americana Suzanna Hoffs.

Eis as faixas de No Fun Mondays:

I Think We’re Alone Now
War Stories
Manic Monday
Corpus Christi
That Thing You Do!
Amico
You Can’t Put Your Arms Round A Memory
Kids in America
Not That Way Anymore
That’s Rock ‘N’ Roll
Gimme Some Truth
Whole Wide World
Police On My Back
A New England

Manic Mondays– Billie Joe Armstrong e Suzanna Hoffs:

Corey Taylor, dos grupos Slipknot e Stone Sour, vem de álbum solo

corey taylor 400x

Por Fabian Chacur

Corey Taylor é um grande cantor. O roqueiro americano de 46 anos já havia comprovado isso em suas duas bandas de imenso sucesso, os mascarados e headbangers radicais Slipnkot e o hard rock intenso Stone Sour. Agora, o cara resolveu mostrar que também sabe se virar sozinho. Seu primeiro álbum solo, intitulado CMFT (sigla para Corey Mother Fucking Taylor), será lançado no dia 2 de outubro pela gravadora Roadrunner, com distribuição em nosso país pela Warner Music Brasil (tomara que também em versão física).

A se levar em conta as duas primeiras amostras do álbum desse artista oriundo da cidade americana de Des Moines (Iowa), vem coisa boa por aí. O primeiro single, CMFT Must Be Stopped (veja o clipe aqui), é uma espécie de rap metal, com participações especiais dos rappers Tech N9ne e Kid Bookie e de 25 amigos famosos do cantor, entre eles Lars Ulrich (Metallica), Rob Halford (Judas Priest), Scott Ian (Anthrax), Marilyn Manson e Nikki Sixx (Motley Crue).

O novo single, que acabou de ser disponibilizado, é a deliciosa Black Eyes Blue, rock energético com tempero pop que poderia estar em um disco do Matchbox Twenty, e esse é um baita de um elogio. Ambas mostram a diversidade de rumos do álbum, que também trará elementos de hard rock, punk, hip hop e classic rock, segundo afirma o material de divulgação. O cara tem pegada e jogo de cintura suficientes para enveredar bem por esses rumos.

A carreira de Corey é repleta de sucessos, incluindo seis álbuns de estúdio e dois ao vivo com o Stone Sour e seis discos de estúdio e dois ao vivo com o Slipknot, nos quais o vozeirão desse sujeito carismático sempre teve muito destaque. A produção de seu CD solo ficou a cargo de Jay Ruston, conhecido por seus trabalhos como produtor e mixador para gente como Anthrax, Diana Ross, Wilson Phillips, Stone Sour, Meat Loaf e Bowling For Soup.

Eis as faixas de CMFT:

HWY 666
Black Eyes Blue
Samantha’s Gone
Meine Lux
Halfway Down
Silverfish
Kansas
Culture Head
Everybody Dies On My Birthday
The Maria Fire
Home
CMFT Must Be Stopped [Feat. Tech N9ne & Kid Bookie]
European Tour Bus Bathroom Song

Black Eyes Blue (clipe)- Corey Taylor:

Adam Levine fuma marijuana no clipe da canção Nobody’s Love

maroon 5 single julho 2020-400x

Por Fabian Chacur

Tem single novo do Maroon 5 no pedaço. E não se trata de qualquer um. Pena que esse destaque não seja em termos musicais, porque Nobody’s Love é bem inferior ao que de melhor a banda americana já nos proporcionou, sendo um eletroreggae pop bem derivativo e sem muito pique. Mas, em seu clipe, o vocalista Adam Levine aparece durante todo o tempo fumando um cigarro daquela famosa e cultuada erva proibida que tanta polêmica traz sempre que entra em pauta.

Com direção a cargo de David Dobkin, que já trabalhou anteriormente com a banda em diversos outros clipes, a filmagem foi feita valendo-se apenas de um iPhone. Nela, Levine é flagrado em uma espécie de sala de estar ao ar livre, com direito a um abajur descolado e um sofá confortável, no qual o cantor permanece mandando bala no seu baseado.

Ao fim da música, que dura pouco mais do que três minutos, aparece um texto na tela com uma mensagem que defende o fim da “guerra contra a marijuana”, que, segundo o texto, “fracassa em reduzir o seu uso e disponibilidade e desvia recursos que poderiam ser melhor investidos em nossas comunidades”.

A banda também promete fazer uma doação à ACLU (American Civil Liberties Union, união americana pelas liberdades civis), que entre outras causas abraça a do fim da guerra contra a marijuana.

Este é o segundo single inédito lançado pelo Maroon 5 nos últimos meses. O primeiro apareceu nas plataformas digitais em setembro de 2019, o também mediano Memories (veja o clipe aqui). Não se sabe se ambos estarão no próximo álbum do grupo americano, que será o sucessor de Red Pill Blues (2017).

Nobody’s Love (clipe)- Maroon 5:

© 2020 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑