Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: rock americano anos 2000 (page 1 of 2)

The Beatles tem um raro single de natal relido pela banda Spoon

spoon single capa 2021-400x

Por Fabian Chacur

Em 1967, os Beatles lançaram uma canção de natal em single enviado exclusivamente aos membros de seu fã-clube. A música, Christmas Time (Is Here Again), só seria lançada para o grande público em 1995 como lado B do single Free As a Bird. Assinada pelos quatro integrantes da banda, a despretensiosa canção natalina é agora regravada pelo grupo americano Spoon para a série Spotify Singles: Holyday Edition, exclusiva da plataforma de streaming (ouça aqui).

Com mais de 25 anos de estrada, o quinteto oriundo de Austin, Texas, prepara-se para lançar seu 10º álbum, Lucifer On The Sofa, programado para o dia 11 de fevereiro de 2022. Como forma de dar uma prévia deste trabalho, o time do vocalista Britt Daniel nos oferece a faixa The Hardest Cut, um rockão sacudido com tempero de anos 1970 divulgado por um clipe com tempero tarantinesco. Pela ótima amostra, o trabalho promete.

The Hardest Cut (clipe)- Spoon:

Kiefer Sutherland, o ator, também é um bom roqueiro

kiefer sutherland 400x

Por Fabian Chacur

Dá para acreditar que Jack Bauer também é cantor de rock? E não se trata de filme ou coisa que o valha, é na vida real mesmo. O consagrado ator Kiefer Sutherland, conhecido por inúmeros filmes de sucesso desde os anos 1980 e também por protagonizar a série televisiva 24 Horas, iniciou em 2016 uma carreira discográfica com o álbum Down in a Hole. Em 2019, veio Reckless & Me. E tem outro filhote musical a caminho.

Bloor Street, o 3º álbum do canadense nascido no Reino Unido e filho do brilhante ator Donald Sutherland, está programado para sair no dia 21 de janeiro, nas plataformas digitais e no exterior em formatos físicos como CD,vinil preto, vinil laranja transparente e fita-cassete laranja.

Duas músicas já foram divulgadas, como forma de atiçar a curiosidade do público. A 1ª foi a faixa-título (veja o clipe aqui), uma bela canção de teor country. A segunda foi disponibilizada nesta sexta (5), e é um rockão com tempero tipicamente americano a la Bruce Springsteen, a ótima Two Stepping In Time, também com direito a clipe.

Em press release enviado à imprensa, Kiefer explica a inspiração que gerou Two Stepping in Time:‘Two Stepping In Time’ é uma das canções mais esperançosas que já escrevi. Uma canção de amor honesta do fundo do meu coração.”

Two Stepping in Time (clipe)- Kiefer Sutherland:

Real Estate celebra aniversário de CD com releitura do Television

real state days single 400x

Por Fabian Chacur

Em 2011, o Real State buscava um nome para o que seria o seu 2º CD. Aí, um de seus integrantes leu um livro sobre o álbum Marquee Moon (1977), do seminal grupo americano Television, e viu na sua introdução o autor, Bryan Waterman, comentar sobre uma faixa que saiu no disco posterior, Adventures (1978). A faixa era Days, e foi esse o batismo para o disco, que celebra dez anos de seu lançamento com duas ações bem legais. Mas vale um pouco mais de explicação nos dois próximos parágrafos.

Waterman definiu Days, a música, como “a faixa que forneceu uma identidade para todo o indie rock baseado em guitarra melódica que logo seguiria o seu rastro”. Ele se referia a R.E.M., The Smiths etc. E os integrantes do Real Estate se encaram como seguidores dessa linha musical. Embora tenha dado nome ao disco, só agora a música do Television foi gravada por seus seguidores, em uma releitura muito boa que segue os passos da impecável versão original.

Para completar a efeméride, o grupo americano fará shows em breve nos quais tocará o conteúdo completo do CD Days, certamente incluindo a releitura da música escrita por Tom Verlaine e Richard Lloyd. Com 13 anos na estrada, o Real Estate lançou em março o EP Half a Human, sendo que seu álbum mais recente, o 5º em sua discografia, The Main Thing, é de 2020.

Days (single)- Real Estate:

Lana Del Rey divulga clipe e lançará mais um álbum em 2021

lana del rey 400x

Por Fabian Chacur

Lana Del Rey é uma das artistas mais produtivas da sua geração. Desde o lançamento de seu autointitulado álbum de estreia em 2010, a cantora e compositora americana não tem deixado seus inúmeros fãs sem material novo por um prazo muito grande. Desta vez, então, ela caprichou na encomenda. Em 19 de março, a moça de cabelos longos lançou com sucesso o álbum Chemtrails Over The Country Club. Agora, surpreendendo a muitos, anuncia outro, Blue Banisters, para o dia 22 de outubro, em vários formatos físico e nas plataformas digitais. O clipe de mais uma de suas faixas, a bela e melancólica Arcadia, acaba de ser disponibilizado.

Além de Arcadia, cujo clipe introspectivo tem tudo a ver com o momento atual vivido por todos nós, já tivemos três outras faixas do que será o 8º álbum de estúdio de Lana devidamente disponibilizadas nas plataformas digitais: Wildflower Wildfire, Blue Banisters e Text Book.

Com visual fortemente inspirado nos anos 1950 e 1960 e explorando sonoridades mais sofisticadas e densas daquele período, a cantora americana surpreende pelo fato de conseguir um resultado comercial excelente com seus álbuns, sendo que cinco deles atingiram o topo da parada britânica e dois nos EUA, sendo que todos (com a exceção do 1º, lançado de forma independente) atingiram ao menos o nº3 nas paradas de sucesso citadas.

Eis as faixas de Blue Banisters:

1. Textbook

2. Blue Banisters

3. Arcadia

4. Interlude – The Trio

5. Black Bathing Suit

6. If You Lie Down With Me

7. Beautiful

8. Violets for Roses

9. Dealer

10. Thunder

11. Wildflower Wildfire

12. Nectar of the Gods

13. Living Legend

14. Cherry Blossom

15. Sweet Carolina

Arcadia (clipe)- Lana Del Rey:

My Morning Jacket anuncia novo álbum de inéditas e um videoclipe

my morning jacket 400x

Por Fabian Chacur

Após lançar The Waterfall em 2015, o grupo americano The Morning Jacket deu uma certa reduzida em sua produção, dando espaço para trabalhos paralelos de seus integrantes e com shows eventuais. Até lançaram The Waterfall II (2020), com faixas que sobraram do trabalho anterior. Agora, no entanto, a volta do quinteto é pra valer. Eles acabam de divulgar um novo single, e o 9º álbum de estúdio, My Morning Jacket, sairá em 22 de outubro nas plataformas digitais e em diversos formatos físicos, incluindo vinil duplo e CD.

O single divulgado pelo clipe é a ótima balada rock Regularly Scheduled, com um clipe que ilustra bem a temática da letra, como explica o líder do grupo, Jim James, também codiretor do clipe ao lado de George Mays:

“Esta música me atingiu depois do que passamos com a pandemia. Mas, mesmo antes disso, parecia que muitos de nós estávamos trocando a vida real pelas redes sociais, trocando nossas próprias histórias pelos enredos da TV, trocando nossa consciência por drogas. Precisamos ajudar um ao outro a despertar para o amor verdadeiro antes que seja tarde demais.”

Na estrada há 23 anos, The Morning Jacket faz uma mistura bem dosada de rock, country e psicodelia que conquistou um público fiel. Seus álbuns de maior sucesso são Evil Urges (2008, nº 9 nos EUA) e Circuital (2011, nº 5 nos EUA), e seus shows são sempre intensos, o que explica já terem lotado o mitológico Madison Square Garden, só para citar um dos itens invejáveis de seu currículo.

Regularly Scheduled Programming (clipe)- My Morning Jacket:

The War On Drugs lança clipe e promete álbum para outubro

the war on drugs capa 400x

Por Fabian Chacur

Em uma era na qual os artistas parecem surgir do dia para a noite, não deixa de ser legal ver alguém que está galgando aos poucos e de forma mais segura os degraus da fama. O alguém em questão é o cantor, compositor e guitarrista norte-americano Adam Granduciel. Ele, ao lado de alguns amigos, criou em 2005 na mítica Filadélfia a banda The War On Drugs. E foram bons anos até o sucesso chegar. Celebrando os frutos desses tempos de luz, ele, aos 42 anos, lança novo single, Living Proof, e anuncia que seu 5º álbum de inéditas sairá em 29 de outubro.

Fascinado por Bob Dylan e um assumido seguidor do autor de Like a Rolling Stone, Granduciel e seus asseclas lançaram três álbuns pelo selo independente Secretly Canadian- Wagonwheel Blues (2008), Slave Ambient (2011) e Lost In The Dream (2014), cativando aos poucos os fãs do rock alternativo com uma sonoridade mesclando folk, rock e country com um quê de psicodelia no meio.

Um convite da Atlantic Records os levou à gravadora multinacional, que lançou seu 4º álbum, A Deeper Understanding (2017). E esse trabalho os alçou ao estrelato, atingindo o 10º posto na parada americana e faturando, em 2018, o Grammy na categoria melhor álbum de rock. Com singles como a extensa e densa Thinking Of a Place (ouça aqui), o álbum enfim os trouxe ao grande público.

Foram quase três anos desde então, com passagens por sete estúdios diferentes, entre os quais o mitológico Electric Lady, até Granduciel enfim surgir com um novo trabalho. I Don’t Live Here Anymore trará 10 faixas, sendo que a primeira delas acaba de ser divulgada. Living Proof, com seu clima introspectivo e clipe com forte tom solitário, poderia estar em Oh Mercy, álbum de 1989 de Bob Dylan. Sim, a influência do bardo é grande, mas não temos aqui o caso de um copiador barato. Não mesmo!

Além do álbum, o The War On Drugs também anuncia uma extensa turnê pela América do Norte e Europa prevista para durar de novembro deste ano a abril de 2022, com direito até a um show no dia 29 de janeiro no lendário Madison Square Garden. Fica a torcida para que a pandemia do novo coronavírus não atrapalhe essa programação. Mas o álbum certamente sairá, um dos discos de rock mais aguardados do ano.

Living Proof (clipe)- The War On Drugs:

Lenny Kravitz lança single com videoclipe filmado nas Bahamas

lenny kravitz raise vibration 400x

Por Fabian Chacur

Desde o começo da pandemia do novo coronavírus, Lenny Kravitz está isolado nas Bahamas, um dos paraísos naturais do planeta. Isolado, mas não parado. Ele acaba de lançar um novo single, Raise Vibration, um rock com pegada hard, influências de John Lennon e Jimi Hendrix e com arranjo trazendo algumas pausas estratégicas de efeito garantido em termos de empolgação. O clipe para divulgá-la tem a direção do badalado fotógrafo e diretor americano Mark Selinger.

Em texto enviado à imprensa, o autor de Are You Gonna Go My Way e It Ain’t Over ‘Til It’s Over explica a motivação básica por trás de sua nova canção:

“Essa música é muito especial para mim. É tudo uma questão de esperança, união e permanência sem medo na busca de sua paixão e propósito. Mark e eu guardamos esta mensagem no coração. Queríamos celebrar a beleza das Bahamas no vídeo e tentar capturar o espírito de inspiração sinônimo das ilhas. É algo que quero compartilhar quando voltar para a estrada. ”

Raise Vibration (clipe)- Lenny Kravitz:

Surf Curse, o duo americano que surpreende com um hit básico

surf curse 400x

Por Fabian Chacur

Pode uma música extraída de um álbum lançado há 8 anos por um obscuro selo indie de repente gerar mais de 85 milhões de streams mundo afora? Pois isso é o que está ocorrendo neste exato momento com Freaks, single do duo americano Surf Curse, que também marca presença nas paradas US Rock (nº 17), UK Singles (nº 64) e UK Indie (nº 10). Outra faixa bacana deles, Disco (ouça aqui), também está fazendo barulho. Mas quem são eles?

Criado em 2013 em Reno, Nevada (EUA) e atualmente radicado em Los Angeles, Califórnia (EUA), o Surf Curse é integrado por Nick Rattigan (vocal e bateria) e Jacob Rubeck (guitarra), com caras de nerds e totalmente desencanados. Apesar do nome, o som deles tem mais a ver com a ala mais básica da new wave do final dos anos 1970, com direito a riffs básicos de guitarra e levada energética de bateria, além de letras concisas e sem firulas.

Até o momento, eles lançaram os álbuns Buds (2013, aquele que inclui o single Freaks), Nothing Yet (2017) e Heaven Surrounds You (2019, que traz Disco entre as suas faixas), além de dois EPs. Se não trazem nada de tão inovador em sua música, eles esbanjam garra e personalidade, o que se reflete em seus shows, normalmente lotados (antes da pandemia, obviamente).

Freaks– Surf Curse:

Wolfgang Van Halen anuncia data de lançamento de seu novo álbum

mammoth wvh capa 400x

Por Fabian Chacur

Em novembro de 2020, Wolfgang Van Halen lançou o emocionante vídeo de Distance, em homenagem a seu saudoso pai, o genial guitarrista Eddie Van Halen (veja o clipe e saiba mais aqui). Agora, ele anuncia a data de lançamento do primeiro álbum de seu projeto solo, o Mammoth WVH. Autointitulado, ele chegará às plataformas digitais e também será disponibilizado em diversos formatos físicos no exterior no dia 11 de junho via Explore1 Music Group-EX1 Records.

Além de Distance, mais uma faixa do álbum já está disponibilizada. Trata-se do consistente hard rock You’re To Blame. O trabalho traz 14 músicas e flagra o ex-baixista do Van Halen entre 2006 e 2020 se desdobrando em todos os instrumentos. Mammoth é um nome usado previamente pela banda do pai de Wolfgang antes de se definir por Van Halen como batismo certeiro e definitivo.

Para divulgar o futuro álbum em programas na TV americana como Jimmy Kimmel Live! e NBC News Today, Wolfgang reuniu um time de músicos que inclui, além dele próprio nos vocais e guitarra, os seguintes músicos: Ronnie Ficarro (baixo e vocais), Jon Jourdan (guitarra e vocais), Frank Sidoris (guitarra) e Garret Whitlock (bateria).

Eis as faixas de Mammoth WVH:
1. Mr. Ed
2. Horribly Right
3. Epiphany
4. Don’t Back Down
5. Resolve
6. You’ll Be The One
7. Mammoth
8. Circles
9. The Big Picture
10. Think It Over
11. You’re To Blame
12. Feel
13. Stone
14. Distance (Bonus Track)

You’re To Blame– Mammoth WVH:

Billie Joe Armstrong, do Green Day, lançará álbum solo de covers

billie joe armstrong no fun mondays 400x

Por Fabian Chacur

Surpreendido pela pandemia do novo coronavírus, Billie Joe Armstrong viu a turnê que faria este ano com o Green Day suspensa por tempo indeterminado. Como forma de aproveitar seu tempo na inevitável quarentena, ele resolveu gravar um álbum solo de covers, cujas músicas foi lançando uma faixa por semana. Agora, chegou a vez de colocar no mercado no próximo dia 27 o pacote completo, com o título No Fun Mondays. No exterior, teremos formatos físicos, mas no Brasil a Warner Music não prevê ir além das plataformas digitais, ao menos por enquanto.

Ele deu mais detalhes em comunicado enviado à imprensa. “Enquanto nós todos estivemos em quarentena, eu estive refletindo sobre as coisas que mais importam na minha vida: família, amigos e, claro, música. Eu descobri que, se nós temos que passar este tempo em isolamento, no mínimo, nós podemos ser solitários juntos”, filosofa o punk rocker.

O álbum reúne 14 releituras de clássicos dos repertórios de John Lennon, Billy Bragg, Johnny Thunders, Tommy James And The Shondels, Dead Boys, Eric Carmem, Stiv Bators, The Clash e Adam Schlesinger, entre outros.

Na faixa Manic Mondays, escrita por Prince com o pseudônimo Christophe e sucesso com as Bangles nos anos 1980, ele conta no vídeo feito via internet com a participação especial de uma das integrantes dessa banda, a talentosíssima cantora e guitarrista americana Suzanna Hoffs.

Eis as faixas de No Fun Mondays:

I Think We’re Alone Now
War Stories
Manic Monday
Corpus Christi
That Thing You Do!
Amico
You Can’t Put Your Arms Round A Memory
Kids in America
Not That Way Anymore
That’s Rock ‘N’ Roll
Gimme Some Truth
Whole Wide World
Police On My Back
A New England

Manic Mondays– Billie Joe Armstrong e Suzanna Hoffs:

Older posts

© 2021 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑