Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: rock britânico anos 1990

The Cult mostra pique e força em seu bom single A Cut Inside

the cult 2022 400x

Por Fabian Chacur

Depois de Give Me Mercy (veja o clipe aqui), o The Cult divulga mais uma faixa do álbum Under The Midnight Sun, que lançará no dia 7 de outubro pela gravadora Black Hill Records. Trata-se de A Cut Inside, um hard rock repleto de riffs certeiros de guitarra de Billy Duffy e com o vocal sempre poderoso do grande Ian Astbury. A expectativa em torno do novo trabalho é grande.

Sobre o disco, que traz oito faixas inéditas e conta com a produção de Tom Dalgety (que trabalhou com Pixies, Royal Blood e Ghost, entre outros), Ian Astbury comentou, em press release enviado à imprensa:

“No centro de tudo, a música contém a frequência vibracional de como nos comunicávamos antes mesmo de podermos falar. Cantos de pássaros, chamados de animais, teoria das cordas, física quântica, psicodélicos. O disco, em última análise, é sobre encontrar e unir a beleza naqueles momentos estranhamente naturais.”

A Cut Inside (clipe)- The Cult:

Johnny Marr divulga seu novo álbum com o single Ghoster

johnny marr 400x

Por Fabian Chacur

Após o fim dos Smiths, grupo que o lançou na cena musical nos anos 1980, Johnny Marr mergulhou em uma série de colaborações com outros artistas, incluindo novas bandas próprias, como a célebre Electronic. Foi apenas em 2013, com The Messenger, que ele resolveu investir em uma efetiva carreira-solo. E parece que gostou, pois ele acaba de lançar seu quarto trabalho individual pela gravadora Warner Music, Fever Dreams Pts. 1-4, que no exterior saiu em CD, LP duplo de vinil em várias cores e também em fita-cassete.

Para impulsionar a divulgação do álbum, o cantor, compositor e guitarrista britânico escolheu divulgar a faixa Ghoster, rock com pegada dance que traz ecos de seus tempos de Electronic nos anos 1990, banda que criou ao lado de Bernard Sumner (New Order) e que contou com participação especial de Neil Tennant (Pet Shop Boys). Um baita de um single, desde já uma das grandes faixas lançadas neste conturbado 2022. Marr fala sobre a inspiração da mesma:

“A canção é a história das crianças do futuro que causam uma revolução usando filosofias orientais e Situacionistas”.

Marr conta, no álbum. com o apoio dos músicos que andam participando de forma constante de suas turnês :Doviak (guitarra e coprodução), Iwan Gronow (baixo) e Jack Mitchell (bateria), com backing vocals (vocais de apoio) do cantor e compositor baseado em Massachusetts Meredith Sheldon, além de três faixas com participação especial no baixo de Simone Marie, do grupo Primal Scream.

Eis as faixas de Fever Dreams Pts 1-4:

1. Spirit Power and Soul
2. Receiver
3. All These Days
4. Ariel
5. Lightning People
6. Hideaway Girl
7. Sensory Street
8. Tenement Time
9. The Speed of Love
10. Night and Day
11. Counter Clock World
12. Rubicon
13. God’s Gift
14. Ghoster
15. The Whirl
16. Human

Ghoster– Johnny Marr:

Liam Gallagher lança single em parceria com o amigo Dave Grohl

liam gallagher single 400x

Por Fabian Chacur

Parcerias entre amigos famosos sempre costumam ter boa repercussão, e a que reúne Liam Gallagher e Dave Grohl não foge ao figurino. O ex-cantor do Oasis acaba de divulgar o primeiro single do que será o seu terceiro álbum-solo gravado em estúdio, C’mon You Know, previsto para sair no dia 27 de maio via Warner Music. A canção em questão, Everything’s Electric, foi escrita por Liam com Dave Grohl, do Foo Fighters, e também leva a assinatura do premiado produtor Greg Kurstin, que já trabalhou com Paul McCartney, Adele e Kelly Clarkson, entre outros.

Everything’s Electric, que conta com Grohl na bateria, é um rock vigoroso que lembra um pouco D’You Know What I Mean?, hit gravado pelo Oasis em 1997 no seu álbum Be Here Now. O roqueiro britânico disse que buscou elementos de duas canções alheias, Sabotage, dos Beastie Boys, e Gimme Shelter, dos Rolling Stones. Ele apresentará seu potencial novo hit na próxima terça-feira (8) durante a cerimônia de entrega dos badalados Brit Awards, em Londres.

Liam conheceu o ex-baterista do Nirvana durante uma turnê conjunta do Oasis e do Foo Fighters há uns bons anos, e desde então nunca esconderam a admiração mútua, deixando no ar a possibilidade de realizarem algo em conjunto, o que finalmente se concretizou agora.

Everything’s Electric (lyric video)- Liam Gallagher:

Placebo lança Beautiful James, primeiro single após cinco anos

placebo single 400x

Por Fabian Chacur

Foram cinco anos sem material inédito do Placebo. Esse período se encerrou nesta sexta (17) com a divulgação nas plataformas digitais de Beautiful James, um rock melódico com tempero eletrônico no qual Brian Molko (vocal e guitarra) e Stefan Olsdal (baixo e guitarra) se mostram mais afiados do que nunca. Ainda não se sabe se teremos um novo álbum em breve ou coisa que o valha, mas o duo britânico nos deixa animados.

Inspirado nos tempos atuais sem cair na tentação de comentar temas mais específicos, o novo single do duo britânico é explicado por Molko em declaração divulgada em press release endereçado à imprensa: “Se a música serve para irritar os quadrados e os tensos, que seja alegre. Mas continua sendo imperativo para mim que cada ouvinte descubra sua própria história pessoal dentro dela – eu realmente não quero dizer a você como se sentir. ”

Com mais de 25 anos de estrada, o Placebo se firmou como um dos mais consistentes grupos do rock britânico dito alternativo, emplacando cinco de seus álbuns no Top 10 da parada britânica e fazendo shows nos quatro cantos do mundo, Brasil incluso. Isso, além de colaborações bacanas com nomes do porte de David Bowie, Robert Smith (The Cure), Alison Mosshart e Michael Stipe (R.E.M.), sempre com uma sonoridade vigorosa, soturna e com elementos pop.

Beautiful James– Placebo:

Sharon Corr divulga duas musicas do CD The Fool & The Scorpion

sharon corr 400x

Por Fabian Chacur

A carreira solo de Sharon Corr, integrante do excelente grupo irlandês The Corrs, vai de vento em popa. Após o lançamento de dois álbuns e um DVD, Live in São Paulo (2015), que registrou sua primeira passagem pelo Brasil (leia mais sobre esse trabalho aqui), a cantora, compositora e multi-instrumentista irlandesa nos proporcionará seu 3º CD individual, The Fool & The Scorpion, no dia 24 de setembro. Como forma de atiçar a curiosidade dos fãs, duas faixas já estão nas plataformas digitais.

As amostras são bem atraentes. A faixa-título é uma balada rock envolvente, enquanto Freefall (ouça aqui) cativa como um pop rock certeiro. A produção ficou a cargo de Larry Klein, conhecido por seus trabalhos ao lado de Joni Mitchell. Em press-release enviado à imprensa, Sharon fala do álbum como um todo:

“Minha intenção é que você goste de ouvir os frutos de The Fool and The Scorpion como um álbum inteiro. Como Albert Camus disse: ‘No meio do inverno, achei que houvesse, dentro de mim, um verão invencível’. E isso me faz feliz. Pois significa que não importa o quão forte o mundo vá contra mim, dentro de mim, há algo mais forte – algo melhor, me trazendo de volta.”

The Fool & The Scorpion (clipe)- Sharon Corr:

Del Amitri faz prévia de futuro álbum com o seu novo single

del amitri 400x

Por Fabian Chacur

A banda escocesa Del Amitri disponibiliza seu primeiro single com uma música inédita nos últimos 18 anos. Trata-se da deliciosa balada rock Close Your Eyes & Think Of England, amostra inicial do álbum Fatal Mistakes, que a gravadora britânica Cooking Vynil promete lançar em 30 de abril de 2021 em diversos formatos, incluindo CD, vinil colorido, fita cassete, vinil standard e nas plataformas digitais.

Entre 1985 e 2002, o grupo liderado por Justin Currie (vocal) e Ian Harvie (guitarra) lançou seis álbuns de estúdio, sendo que quatro deles atingiram o Top 10 da parada do Reino Unido, vendendo algo em torno de seis milhões de cópias. Uma coletânea com seus hits também atingiu o Top 10, trazendo faixas como Nothing Ever Happens, Always The Last To Know e Roll To Me. Esta última atingiu o Top 10 americano no formato single.

O som do Del Amitri é um rock melódico com elementos do folk britânico e forte vocação para criar canções épicas e muito boas de se ouvir. Conheci o som deles graças a uma seleção feita em fita-cassete pelo meu amigo Maurício Noriega, na época meu colega de Diario Popular e hoje comentarista do canal a cabo SporTV. Eles participaram do Woodstock ’94 e marcaram presença no então badalado programa de David Letterman.

Além de Currie e Harvie, a formação atual do Del Amitri também traz Andy Alston (teclados e percussão), Kris Dollimore (guitarra) e Ash Soan (bateria). Após saírem de cena em 2002, eles voltaram para realizar pequenas turnês em 2014 e 2018, com boa repercussão. O novo álbum foi produzido por Dan Austin, conhecido por seus trabalhos com as bandas Biffy Clyro e You Me At Six.

Close Your Eyes & Think Of England (clipe)- Del Amitri:

David Bowie terá dois álbuns ao vivo lançados em streaming

david bowie something in the air-400x

Por Fabian Chacur

Os lançamentos póstumos envolvendo David Bowie não param. Em agosto, serão mais dois. Nesta sexta (7), teremos nas plataformas digitais em áudio e vídeo Drive-In Saturday (Live At The Elysée Montmartre Paris 14th October 1999). No dia 14 (sexta), será a vez de Something In The Air (Live Paris 99), exclusivamente em áudio. Ambos flagram o saudoso astro do rock em show na França em 1999.

Nesta época, Bowie estava lançando o álbum hours…, e o repertório dos shows trazia diversas faixas deste trabalho, como Something In The Air, Seven e The Pretty Things Are Going To Hell, somadas a outras de fases diversas de sua fantástica carreira, incluindo duas bem raras em seus set lists ao vivo, as excelentes Can’t Help Thinking About Me (lançada por ele em 1966) e Word On a Wing (do álbum Station To Station, de 1976).

Das gravações incluídas em Something In The Air, três foram lançadas originalmente como lados B de singles extraídos de hours…, sendo as outras 12 inéditas. Algumas horas antes de realizar este show, Bowie foi agraciado com o Commandeurs Of The Ordre des Artists et des Lettres, a maior honraria oferecida a um artista na França.

As faixas de Something In The Air (Live Paris 99):

Life On Mars? (David Bowie)
Thursday’s Child (David Bowie/Reeves Gabrels)
Something In The Air (David Bowie/Reeves Gabrels)
Word On A Wing (David Bowie)
Can’t Help Thinking About Me (David Bowie)
China Girl (David Bowie/Iggy Pop)
Always Crashing In The Same Car (David Bowie)
Survive (David Bowie/Reeves Gabrels)
Drive-In Saturday (David Bowie)
Changes (David Bowie)
Seven (David Bowie/Reeves Gabrels)
Repetition (David Bowie)
I Can’t Read (David Bowie/Reeves Gabrels)
The Pretty Things Are Going To Hell (David Bowie/Reeves Gabrels)
Rebel Rebel (David Bowie)

Can’t Help Thinking About Me (live 99)- David Bowie:

David Bowie ao vivo em 1995 nos EUA em um novo álbum digital

david bowie ouvrez le chien capa 400x

Por Fabian Chacur

No próximo dia 3 de julho (que será uma sexta-feira), chegará às plataformas digitais através da Warner Music um novo álbum de David Bowie. Trata-se de Ouvrez Le Chien (Live Dallas ’95), gravado ao vivo no dia 13 de outubro de 1995 em show realizado no Starplex Amphitheatre em Dallas, Texas (EUA), durante a turnê que divulgou o seu álbum Outside (1995). Uma amostra já está disponível, a faixa Teenage Wildlife.

O repertório do show mescla canções de Outside com alguns clássicos de seu repertório. Como bônus, foram incluídas Moonage Daydream e Under Pressure, gravadas ao vivo em 13 de dezembro de 1995 no National Exhibition Centre em Birmingham e lançadas anteriormente no CD single Hallo Spaceboy.

A frase ouvrez le chien (abra o cão, em francês) foi utilizada por Bowie em sua música All The Madmen, do álbum The Man Who Sold The World (1970), e depois em uma das faixas do álbum Buddha Of Suburbia (1993). A foto da capa foi feita pela esposa do saudoso roqueiro, Iman.

Nos shows, Bowie teve a seu lado uma banda afiadíssima integrada por ele próprio (vocais e saxofone), Carlos Alomar (guitarra base), Reeves Gabrels (guitarra-solo e vocais), Gail Ann Dorsey (baixo e vocais), Zachary Alford (bateria), Peter Schwartz (teclados e sintetizadores), George Simms (vocais) e Mike Garson (piano e teclados).

Eis as faixas de Ouvrez Le Chien:

– Look Back In Anger (David Bowie/Brian Eno)
– The Hearts Filthy Lesson (David Bowie/Brian Eno/Michael Garson/Sterling Campbell/Erdal Kizilcay/Reeves Gabrels)
– The Voyeur Of Utter Destruction (As Beauty) (David Bowie/Brian Eno/Reeves Gabrels)
– I Have Not Been To Oxford Town (David Bowie/Brian Eno)
– Outside (David Bowie/Kevin Armstrong)
– Andy Warhol (David Bowie)
– Breaking Glass (David Bowie/George Murray/Dennis Davis)
– The Man Who Sold The World (David Bowie)
– We Prick You (David Bowie/Brian Eno)
– I’m Deranged (David Bowie/Brian Eno)
– Joe The Lion (David Bowie)
– Nite Flights (Scott Engel)
– Under Pressure (David Bowie/Freddie Mercury/Roger Taylor/John Deacon/Brian May)
– Teenage Wildlife (David Bowie)
– Moonage Daydream* (David Bowie)
– Under Pressure (David Bowie/Freddie Mercury/Roger Taylor/John Deacon/Brian May)

Teenage Wildlife (Life Dallas ’95)– David Bowie:

© 2022 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑