Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: toninho spessoto

O genial Burt Bacharach volta a SP em abril

Por Fabian Chacur

A palavra gênio nunca é usada de forma exagerada quando o nome em questão é Burt Bacharach. O maestro, compositor e músico americano, autor de um caminhão de clássicos da música pop, voltará a São Paulo no dia 20 de abril, quando fará um show com sua orquestra no HSBC Brasil, com ingressos de R$ 150,00 a R$ 400, 00 (www.hsbcbrasil.com.br).

Nascido em 12 de maio de 1928 em Kansas, nos EUA, Burt Bacharach iniciou sua carreira nos anos 50, e encontrou sua cara metade em termos artísticos ao conhecer o saudoso letrista Hal David, morto em setembro de 2012 (leia mais sobre ele aqui).

Juntos, Bacharach e David compuseram inúmeros sucessos do mais alto quilate, entre os quais Anyone Who Had a Heart, Mexican Divorce, (They Long To Be) Close To You, Walk On By, Raindrops Keep Falling On My Head, Reach Out For Me, Baby It’s You e I Saw a Little Prayer, só para citar alguns, gravadas por Deus e o mundo.

Com melodias insinuantes, arranjos sempre classudos e as letras sempre inspiradas e originais, a dupla Bacharach/David entrou para os anais da música pop graças às suas criações dos anos 60 e 70. As gravações dessas canções com a orquestra de Burt também são certeiras, com aqueles vocais doces e orquestrações que fogem do brega e do convencional.

Bacharach voltou às paradas de sucesso nos anos 90 ao gravar o álbum Painted From Memory (1998) em parceria com o roqueiro britânico Elvis Costelo, álbum que inclui uma de suas mais inspiradas canções, God Give Me Strenght. Alias, a dupla prepara um espetáculo para a Broadway com o ator Mike Myers, enquanto Burt promete ainda para este ano sua autobiografia, Anyone Who Had a Heart, que será lançada pela editora Harper-Collins.

*obs.: essa matéria é dedicada a você, saudoso Toninho Spessoto, o maior fã e especialista em Burt Bacharach que conheci na minha vida!

God Give Me Strengh – Elvis Costello e Burt Bacharach:

Mexican Divorce, com Burt Bacharach:

Morre Toninho Spessoto, um amigo musical

por Fabian Chacur

Antonio Helcio Spessoto fez a sua última trajetória no plano terreno na manhã do último dia 23 de dezembro (quarta-feira). Tinha apenas 52 anos. Ele completaria 53 em 25 de janeiro. Não era para ser.

Conheci o Toninho, como era conhecido pelos amigos, lá pelos idos de 1986, quando entrei no meio do jornalismo musical.

De um contato inicialmente superficial, fomos nos tornando amigos, processo que ganhou força no início dos anos 90.

Descobri uma pessoa extremamente bem humorada, inteligente e com um conhecimento enciclopédico em termos musicais.

Um cara para o qual a expressão “boa praça” parece ter sido talhada sob medida. Grande papo, e não só sobre música.

Com o decorrer dos anos, tivemos a oportunidade de partilhar diversas experiências no meio musical. A coletiva do Tim Maia que eu descrevi em um post recente contava com a presença dele, também.

De quebra, o cara tinha uma ótima voz, talhada para rádio e TV

Em 1996, quando passava por uma fase difícil em minha vida pessoal (tinha acabado de perder a minha mãe) e profissional, ele me convidou para ser colaborador da revista Shopping Music.

Tivemos a oportunidade de trabalhar diversas vezes juntos, e só essa porta que ele me abriu na citada revista, da qual fui editor anos depois, em 2006/2007, já valeria o meu reconhecimento eterno.

Vimos muitos shows, estivemos em muitas entrevistas coletivas e partilhamos inúmeros momentos juntos, alguns maravilhosos, outros nem tanto.

Quis o destino que, nos últimos cinco ou mais anos, a gente se afastasse um pouco.

Mas em 2007 tive a oportunidade de participar do programa que ele apresentava na TV via internet Alltv.

A primeira foto que ilustra esse post mostra ele (o primeiro à esquerda) comandando uma das edições da citada atração.

A cantora Gisele di Santi e Toninho Spessoto

Foi uma oportunidade única de eu poder expressar publicamente minha gratidão a ele por tudo. Mal sabia que seria uma espécie de despedida antecipada.

Toninho trabalhou em órgãos de imprensa como a extinta Folha da Tarde, as revistas Shopping Music, Sucesso, Bizz/Showbizz, Rolling Stone, o site Usina do Som e muitas outras coisas.

Nos últimos anos, apresentava na rádio USP os programas Fora de Série e Papo de Músico, além de tocar com categoria o blog Acordes.

Além de grande conhecedor dos mais distintos estilos musicais, ele também era dono de uma generosidade sem limites, sempre dando espaços a novos talentos nos espaços que possuiu/possuía na mídia.

Uma perda irreparável, sem sombra de quaisquer dúvidas.

Descanse em paz, amigo. E lá vai o vídeo de uma música de seu amado Burt Bacharach, provavelmente seu artista favorito, na interpretação de um grupo que você também adorava, os Carpenters. Descanse em paz!

© 2022 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑