Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: vespas mandarinas

Vespas Mandarinas traz boas parcerias em seu novo álbum

Vespas Mandarinas por Rui Mendes 400x

Por Fabian Chacur

Daqui Pro Futuro, segundo álbum do grupo paulistano Vespas Mandarinas, já tem data para chegar ao mercado. Será a partir do dia 10 de março, quando o trabalho será disponibilizado em formato digital nas principais plataformas disponíveis. Depois, também teremos o disco nos formatos CD, LP de vinil e, acredite, fita K7! Um dos apelos interessantes fica por conta de diversas parcerias bacanas da banda com músicos famosos.

A ótima faixa-título, por exemplo, com forte influência do tecnopop dos anos 1980 e já com clipe disponível, conta com Samuel Rosa, do Skank, nos vocais, e Leoni na coautoria. Edgard Scandurra, do Ira!, marca presença em diversas faixas com sua guitarra diferenciada. Ex-integrante da banda O Rappa, Marcelo Yuka é um dos autores das músicas Fica Comigo e Que Esse Dia Seja Meu.

Hoje um duo formado por Thadeu Meneghini e Chuck Hipolitho, o grupo Vespas Mandarinas traz outro parceiro importante em seu novo álbum. Trata-se de Adalberto Rabelo, que trabalha com eles desde sempre e é o coautor de 11 das 14 faixas do disco. Destacado na cena indie brasileira, Fabio Cascadura assina junto com os integrantes da banda Lambe-lambe. A expectativa em torno de Daqui Pro Futuro é muito grande.

Daqui Pro Futuro– Vespas Mandarinas:

Vespas Mandarinas lançarão Daqui Pro Futuro em março

Vespas Mandarinas por Rui Mendes 400x

Por Fabian Chacur

Está previsto para sair em breve o segundo álbum do grupo paulistano Vespas Mandarinas. Daqui Pro Futuro, do agora duo, chegará ao mercado a partir do dia 10 de março, e com uma diversidade de formatos das mais elogiáveis. O trabalho estará disponível nas principais plataformas de streaming e também em CD, vinil e, acredite, fita K7!

Daqui Pro Futuro é o sucessor de Animal Nacional (2013), um dos melhores álbuns de estreia de uma banda de rock brasileira, bastante elogiado pela crítica e incluindo faixas ótimas como Cobra de Vidro, Santa Sampa, A Prova e O Vício e o Verso, entre outras. Eles também lançaram, em 2015, o excelente e vibrante DVD Animal Nacional Ao Vivo, uma aula de rock básico e melódico (leia a resenha aqui).

O repertório do novo trabalho do grupo atualmente integrado por Chuck Hipolitho (vocal e guitarra) e Thadeu Meneghini (vocal e baixo) traz 14 composições inéditas que seguem a fórmula do rock básico com influências de Legião Urbana, Ira! e outras bandas dos anos 1980.

As faixas Só Se Vive Uma Vez e E Não Sobrou Ninguém contam com a participação especialíssima de Edgard Scandurra. A produção ficou a cargo de Michel Kuaker, Rafael Ramos e Thadeu Meneghini (voz), e o lançamento é da Deck, mesmo selo do anterior.

Animal Nacional– Vespas Mandarinas (ouça em streaming):

Vespas Mandarinas esbanjam pique em ótimo DVD ao vivo

Vespas Mandarinas - Animal Nacional Ao Vivo-400x

Por Fabian Chacur

Após o lançamento de seu álbum de estreia, o ótimo Animal Nacional, a banda Vespas Mandarinas nos oferece agora o registro de um visceral show realizado no palco do Centro Cultural São Paulo em 27 de julho de 2013. Animal Nacional Ao Vivo é um DVD necessário para quem por ventura ainda tem dúvidas em relação ao futuro do rock nacional. A depender desse quarteto aqui, será de glórias, riffs e pura emoção. Coisa finíssima!

Desde o seu início, há quase cinco anos, esse grupo vem dignificando o rock brazuca. Suas armas: dois ótimos vocalistas e guitarristas que se alternam, os ótimos e carismáticos Chuck Hipolitho e Thadeu Meneghini, e uma sólida cozinha rítmica formada por André Dea (bateria e vocais) e Flávio Guarnieri (baixo). Não são músicos do tipo virtuoses. Eles jogam a favor do trabalho em grupo e das boas canções que compõem. Bela aposta, vencida com categoria.

Animal Nacional Ao Vivo aproveita bem o mitológico espaço do Centro Cultural São Paulo e flagra os músicos bem próximos do público, com direito a belos closes e entrada na intimidade das performances deles. Nada além de alguns poucos efeitos de iluminação são usados. O que vale aqui é a visceralidade dos quatro caras, sem rodeios nem frescuras.

O repertório traz as músicas do CD de estreia mais Sasha Grey, lançada em um EP em 2011. Adalberto Rabelo Filho, parceiro dos integrantes da banda na maior parte de suas composições, marca presença no show, assim como os integrantes da banda baiana Vivendo do Ócio. Não Sei o Que Fazer Comigo, Santa Sampa, Antes que Você Conte Até Dez, Cobra de Vidro, O Inimigo, é uma bala atrás da outra.

Como forma de dar um tom apocalíptico à parte final do show, ninguém menos do que Edgard Scandurra entra em cena para tocar e cantar com as Vespas Mandarinas três clássicos do Ira!, as eternas Gritos na Multidão, Dias de Luta e Núcleo Base, encerrando de forma brilhante um show que mostra uma banda promissora em belíssimo momento de sua ainda curta trajetória. Vem mais coisa boa por aí.

De quebra, o DVD nos proporciona os cinco clipes que divulgaram faixas de Animal Nacional, todos muito legais, com destaque para os de Santa Sampa (ambientado no histórico Bar Riviera) e Não Sei o que Fazer Comigo. Animal Nacional Ao Vivo é a prova concreta de que as grandes bandas do rock brasileiro dos anos 1980 enfim tem seguidores à altura.

Não Sei o Que Fazer Comigo (clipe)- Vespas Mandarinas:

Gritos na Multidão (ao vivo)- Vespas Mandarinas e Edgard Scandurra:

Núcleo Base (ao vivo)- Vespas Mandarinas e Edgard Scandurra:

Vespas Mandarinas continua divulgando Animal Nacional

Vespas_Mandarinas_por_Luca_Bori_-_400x

Por Fabian Chacur

O grupo Vespas Mandarinas, uma das boas revelações do rock brasileiro nos últimos tempos, continua a turnê de lançamento de seu ótimo álbum Animal Nacional, que saiu em 2013 pela gravadora Deck. O show será desta vez nesta sexta-feira (27) às 21h no Sesc Santo Amaro (rua Amador Bueno, 505-fone 0xx11-5541-4000), com ingressos custando de R$7,50 a R$ 25,00.

O quarteto tem como integrantes o ex-Forgotten Boys e ex-VJ da MTV Chuck Hipolitho (guitarra e vocal), Thadeu Meneghini (vocal e guitarra), André Dea (bateria) e Flávio Guarnieri (baixo), e investe em um rock and roll energético, básico e com boas influências da geração anos 80 do pop rock brasileiro, digeridas com originalidade e competência.

No repertório do show, faixas de Animal Nacional, entre as quais as ótimas Cobra de Vidro, Não Sei o Que Fazer Comigo, Santa Sampa e Um Homem Sem Qualidades, além de algumas inéditas que poderão estar em seu próximo trabalho, entre as quais Que Esse Dia Seja Meu (com letra de Marcelo Yuka, ex-O Rappa), Daqui Pro Futuro e Cada Um Sabe De Si.

Cobra de Vidro– Vespas Mandarinas:

Santa Sampa -Vespas Mandarinas:

O Inimigo– Vespas Mandarinas:

Vespas Mandarinas no Grammy Latino

Por Fabian Chacur

O grupo paulistano Vespas Mandarinas recebeu uma notícia bem bacana esta semana. Seu disco de estreia, Animal Nacional, foi indicado ao Grammy Latino na categoria Melhor Disco de Rock Brasileiro. O álbum do quarteto concorrerá com álbuns de Jota Quest, Nevilton, Nando Reis e Os Infernais e Vowe. Um belo feito para quem não tem nem cinco anos de estrada e atua pela via independente.

Chuck Hipolitho (vocal e guitarra) é o nome mais conhecido do grupo. Ex-integrante de outra formação marcante do rock paulistano, os Forgotten Boys, ele também ganhou notoriedade trabalhando na extinta MTV Brasil na produção e como VJ. Ao seu lado, ele conta com os também talentosos Thadeu Meneghini (guitarra e vocal), Flavio Guarnieri (baixo) e André Dea (bateria), um time bem entrosado e ágil.

Os rapazes definem seu som como “bebendo na tradição e seguindo em frente”. Suas influências são basicamente bandas brasileiras dos anos 80, entre as quais Ira!, Titãs e Legião Urbana, com letras em português, ao contrário dos Forgotten Boys, cujas canções investiam em inglês como idioma básico. Seu som é básico, bem concatenado e repleto de energia, sem frescuras e com uma pegada vibrante.

Ouça Animal Nacional, das Vespas Mandarinas, na íntegra:

Selvagens e Vespas atacam Hangar 110 em SP

Por Fabian Chacur

Não, caros leitores de Mondo Pop. Seu blog musical não caiu na seara das tragédias ambientais ou mané-infestações urbanas. Este post fala apenas e tão somente de boas bandas de rock brasileiras, no caso Selvagens à Procura de Lei e Vespas Mandarinas, que irão se apresentar nesta sexta-feira (23) no Hangar 110 (rua Rodolfo Miranda, 110), com ingressos a R$ 20 (antecipados) e R$ 30 (porta).

Vespas Mandarinas é o grupo que o cantor, guitarrista e VJ da MTV Chuck Hipolitho montou após sair dos Forgotten Boys. Hoje, o rocker nota mil tem a seu lado Thadeu Meneghini (vocal e guitarra), André Dea (bateria) e Flávio Guarnieri (baixo). Eles já lançaram dois EPS, e agora divulgam o primeiro álbum completo, Animal Nacional, lançado pela Deck Disc. Rock na veia sem frescuras e repleto de pique e energia. Leia mais sobre eles aqui.

Agora radicados em São Paulo, os Selvagens à Procura de Lei (foto) surgiram em Fortaleza, Ceará, e fazem um rock and roll sólido, repleto de boas influências bem digeridas e com direito a letras consistentes. Eles acabam de lançar seu primeiro álbum por uma gravadora major, a Universal Music, intitulado Selvagens à Procura de Lei, e pintam como uma das formações mais consistentes do rock brazuca atual. Leia entrevista com eles aqui.

A programação roqueira terá a abertura, às 20h desta sexta, a cargo de outra banda paulistana da novíssima geração, a Sheila Cretina (belo nome!), que lançou em 2011 seu primeiro álbum, Vol.1, e cuja sonoridade também aposta no rock básico e bem feito. Os Selvagens à Procura de Lei entram às 21h, com os Vespas Mandarinas de Hipolitho fechando a festa a partir das 23h.

Mais informações sobre os shows: www.hangar110.com.br .

Ouça na íntegra em streaming Animal Nacional, dos Vespas Mandarinas:

Veja o clipe de Brasileiro, dos Selvagens à Procura de Lei:

Vespas Mandarinas finalizam seu 1º álbum

Por Fabian Chacur

Após lançar dois EPs, o grupo Vespas Mandarinas promete ainda para o primeiro semestre de 2013 o seu primeiro álbum completo, que será lançado pela gravadora DeckDisc. O nome ainda não foi divulgado, mas já se sabe que o trabalho incluirá 11 faixas, gravadas nos estúdios Tambor (Rio) e Costella (SP).

Vespas Mandarinas é um projeto que reúne nomes já bastante conhecidos do universo roqueiro brasileiro. Chuck Hipolitho (guitarra e voz) integrou durante dez anos o Forgotten Boys, uma das bandas mais bacanas do rock brazuca. Thadeu Meneghini (guitarra e voz) tem no currículo os elogiados grupos Banzé e Vazio.

Já a cozinha rítmica formada por Flávio Guarnieri (baixo) e André Dea (bateria) veio do grupo de rock alternativo Sugar Kane, que surgiu no Paraná na segunda metade dos anos 90 e conseguiu cativar uma legião de fãs Brasil afora, tendo até um DVD gravado ao vivo em seu currículo.

Se levarmos em conta a qualidade dos EPs Da Doo Ron Ron e Sasha Gray, a expectativa em torno do primeiro álbum completo do quarteto Vespas Mandarinas é certamente das melhores, para aqueles que, como eu, curtem um rock and roll básico bem feito, com bons riffs de guitarra e levadas rítmicas simples e bacanas.

Sem Nome – Vespas Mandarinas:

Sasha Grey – Vespas Mandarinas:

Pesadilla Blues – Vespas Mandarinas:

© 2022 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑