Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: baby do brasil

Novos Baianos tem caixa com dois CDs lançada pela Warner

FACA Nr 361 LUVA 283X167

Por Fabian Chacur

Boa notícia para os fãs dos Novos Baianos que também curtem lançamentos em formato físico. A gravadora Warner Music está disponibilizando a partir desta sexta (22) Os Anos Continental- 1973-1974, caixa com dois CDs que reúne todas as faixas lançadas oficialmente pelo seminal grupo baiano durante os dois anos em que se manteve sob contrato com a extinta gravadora paulistana Continental, cujo acervo pertence desde a década de 1990 à Warner. O curioso é que a empresa anunciou o lançamento apenas no formato físico, deixando as plataformas digitais de lado, ao menos por enquanto.

O grupo integrado por Moraes Moreira, Baby do Brasil (naquela época, ainda usando o nome artístico Baby Consuelo), Pepeu Gomes, Galvão e Paulinho Boca de Cantor vinha do lançamento de Acabou Chorare (1972- Som Livre). Na Continental, eles lançaram dois álbuns. Novos Baianos F.C. (1973) é considerado um dos melhores de sua carreira, trazendo faixas bem bacanas como O Samba da Minha Terra, Sorrir e Cantar Como Bahia e Dagmar.

O trabalho seguinte, Novos Baianos (1974), tem em Linguagem do Alunte e Isabel (Bebel) os destaques. O primeiro CD da caixa inclui o LP de 1973 na íntegra, trazendo como faixas bônus Minha Profundidade e O Prato e a Mesa. O segundo CD reúne as nove faixas do álbum de 1974, além das bônus Boas Festas (clássica composição de Assis Valente, com o famoso refrão “eu pensei que todo mundo fosse filho de Papai Noel”) e No Tcheco Tcheco.

As quatro músicas adicionais incluídas neste projeto foram lançadas originalmente em dois compactos de vinil, ambos em 1973. A caixa também nos oferece encartes com as letras das músicas e textos sobre os álbuns, além das artes gráficas usadas originalmente nas capas dos discos.

Saiba quais são as músicas incluídas na box set:

CD 1

Sorrir e Cantar Como Bahia (Moraes Moreira/ Galvão)
Só Se Não For Brasileiro Nessa Hora (Moraes Moreira/Galvão)
Cosmos E Damião (Moraes Moreira/Galvão
O Samba Da Minha Terra (Dorival Caymmi)
Vagabundo Não É Fácil (Moraes Moreira/Galvão)
Como Qualquer Dois Mil Réis (Moraes Moreira/ Pepeu Gomes/Galvão)
Os Pingos Da Chuva (Moraes Moreira/Pepeu Gomes/Galvão)
Quando Você Chegar (Moraes Moreira/Galvão)
Alimente (Jorginho Gomes/Pepeu Gomes)
Dagmar (Moraes Moreira)
Minha Profundidade (Moraes Moreira/Galvão/ Paulinho)
O Prato E A Mesa (Moraes Moreira/Galvão)

CD 2

Fala Tamborim (Moraes Moreira/Galvão)
Ladeira Da Praça (Moraes Moreira/Galvão)
Eu Sou O Caso Deles (Moraes Moreira/Galvão)
Miragem (Moraes Moreira/Galvão)
Isabel (Bebel) (João Gilberto)
Linguagem Do Alunte (Moraes Moreira/Pepeu Gomes /Galvão)
Ao Poeta (Moraes Moreira/Pepeu Gomes /Galvão)
Reis Da Bola (Moraes Moreira/Pepeu Gomes /Galvão)
Bolado (Pepeu Gomes)
Boas Festas (Assis Valente)
No Tcheco Tcheco (Moraes Moreira/Galvão/Paulinho)

Ouça Novos Baianos FC em streaming:

Baby do Brasil traz o seu show Música Extravagante para SP

baby do brasil foto 1-400x

Por Fabian Chacur

Com o lançamento em 2015 do DVD/CD Baby Sucessos- A Menina Ainda Dança, gravado ao vivo, Baby Consuelo voltou ao mundo da chamada “música secular” após muitos anos nos quais se dedicou apenas à música evangélica. Um retorno triunfal, com ótima repercussão perante público e crítica. A cantora volta a São Paulo nesta sexta-feira (23) às 22h30 com um novo show, Música Extravagante, no Espaço das Américas (rua Tagipuru, nº 795- Barra Funda- fone 0xx11-3829-4899), com ingressos custando de R$ 60,00 a R$ 240,00.

Para acompanhar a cantora oriunda de Niterói (RJ), teremos uma banda composta só por craques. A escalação: Frank Solari (guitarra), Schwab (guitarra), Rafael Garrido (guitarra), André Gomes (baixo), Jorginho Gomes (bateria), Luciano Lopes (teclados), Dudu Trentim (teclados) e Marcos Suzano (percussão), todos músicos com altíssimo pedigree artístico. No repertório, sucessos e três músicas inéditas.

Nascida em 18 de julho de 1952, Baby iniciou sua carreira aos 17 anos, ao se mudar, sem lenço nem documento, para Salvador. Lá, acabou entrando em um grupo que iniciava a sua trajetória, Os Novos Baianos, e que se tornaria um dos mais bem-sucedidos e influentes da história da nossa música. Seu estilo único incorpora desde o choro de Ademilde Fonseca até o rock/blues de Janis Joplin, tudo com uma voz deliciosa, potente e repleta de carisma.

Em 1978, iniciou, com o álbum O Que Vier Eu Traço, uma carreira solo que atingiria seu auge durante a década de 1980. Também fez parcerias com o guitarrista do grupo, um certo Pepeu Gomes, com quem viveu entre 1970 e 1988, em casamento que também rendeu seis filhos, vários deles também músicos. Baby se divide entre a trajetória individual e eventuais reuniões do grupo que a revelou, sempre encantando fãs que vão aumentando e se renovando a cada ano que passa.

A Menina Dança (ao vivo)- Baby do Brasil:

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑