Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: brasil (page 1 of 10)

Curved Air e Renaissance tocam juntos no Brasil em março/2020

Sonja-Kristina4-400x

Por Fabian Chacur

Se você é daqueles que perdeu a oportunidade de ver o show do grupo britânico Renaissance no Brasil em 2017 e se arrepende amargamente, uma ótima notícia. Boa mesmo. A banda da cultuada vocalista Annie Haslam não só irá voltar ao nosso pais como de quebra ainda terá como parceira uma banda também britânica que nunca se apresentou por aqui, a Curved Air, capitaneada por outra diva do canto roqueiro progressivo, Sonja Kristina (FOTO). Os shows serão realizados em março de 2020, em São Paulo (Espaço das Américas), Rio de Janeiro (Vivo Rio) e Belo Horizonte (Palácio das Artes). Veja o serviço no fim deste post.

A união dessas duas bandas em uma mesma turnê é bem pertinente, por razões de estilo e mesmo de época. A Renaissance surgiu em 1969 formada por dois ex-integrantes da célebre banda Yardbirds, o cantor Keith Relf e o baterista e compositor Jim McCarthy. A fase inicial teve como marca várias mudanças de formação, mas o time se consolidou a partir da entrada de Annie Haslam em 1971, com McCarthy se restringindo às composições por mais alguns anos.

Os dois primeiros álbuns do grupo com Haslam, Prologue (1972) e Ashes Are Burning (1973), tornaram-se clássicos do rock progressivo de pegada folk britânica, e um de seus pontos altos passou a ser o guitarrista e compositor Michael Dunford, efetivado no time a partir do álbum Turn Of The Cards (1974). Em 1978, emplacaram seu maior hit no formato single, Northern Lights, também faixa de seu oitavo álbum, A Song For All Seasons.

Em 1987, o Renaissance saiu de cena, ensaiando rápidos retornos e só voltando a ativa de vez em 2009, mantendo Haslam e Michael Dumford, que infelizmente nos deixou em novembro de 2012, na parte final das gravações do álbum Grandine Il Vento (Symphony Of Light), lançado em 2013. A cantora resolveu seguir adiante com a banda, em constantes turnês.

Por sua vez, o grupo Curved Air iniciou as suas atividades em 1970, também centrado em bem concatenada fusão de música folk britânica, rock progressivo, jazz fusion e música erudita. Seus três primeiros álbuns, respectivamente Air Conditioning (1970), Second Album (1971) e Phantasmagoria (1972) atingiram os primeiros postos da parada britânica.

Em 1975, entrou no time um jovem baterista que durante 16 anos foi o marido de Sonja Kristina: ninguém menos do que Stewart Copeland, que participou dos álbuns Midnight Wire (1975) e Airbone (1976), este último sua estreia como compositor. Com a separação da banda, em 1976, Copeland iniciou uma efêmera carreira-solo com o pseudônimo Klark Kent e a seguir entrou em uma banda com um certo Sting, uma tal de The Police…

A Curved Air ensaiou um retorno nos anos 1980, mas saiu de cena totalmente entre 1990 e 2008, com Sonja se tornando artista solo. O grupo voltou com nova formação a partir de 2008, e lançou um novo álbum, North Star (2014). Além da voz deliciosa de Sonja, que rendeu hits como Back Street Luv, a banda britânica foi uma das pioneiras no intuito de ter em sua formação o violino elétrico.

Serviço dos shows:

19 de Marco de 2020 (quinta feira)– 21h30

Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo –fone 0xx11- 3868-5860

Site www.espacodasamericas.com.br

Realização Top Cat Produções Artísticas & Espaço Das Americas

PREÇOS:

Setor Platinum R$ 360,00 e R$ 180,00

Setor Azul Premium R$ 240,00 e R$ 120,00

Setor Azul R$ 200,00 e R$ 100,00

Setores A,B,C & D R$ 180,00 e R$ 90,00

Setores E,F,G & H R$ 140,00 e R$ 70,00

Setores PCD R$ 70,00

21 de Marco de 2020 (sábado)– 21h

Local Vivo Rio (Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo, Rio de Janeiro, RJ fone 0xx21-2272-2901

Site www.vivorio.com.br

Realização Top Cat Produções Artísticas & Vivo Rio

Atenção: para setores com mesa, a compra de um ingresso garante um assento na mesa selecionada, mas não em uma cadeira específica. Os assentos são ocupados por ordem de chegada.

Camarote A R$ 400,00

Camarote B R$ 380,00

Camarote C R$ 300,00

Frisa R$ 360,00

Setor 1 R$ 400,00

Setor 2 R$ 380,00

Setor 3 R$ 360,00

Setor 4 R$ 300,00

Setor 5 R$ 280,00

22 de Marco de 2020 (domingo)- 21h

Teatro Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1537 – Centro, Belo Horizonte 0xx31- 3236.7400

Site fcs.mg.gov.br

Realização Top Cat Produções Artísticas & Malab Produções

Plateia 1 R$ 380,00

Plateia 2 R$ 340,00

Plateia 3 R$ 300,00

Back Street Luv– Curved Air:

Musical sobre o Fleetwood Mac será encenado em SP, RJ e BH

fleetwood mac musical-400x

Por Fabian Chacur

Um de meus sonhos era ver o Fleetwood Mac ao vivo no Brasil com sua formação mais bem-sucedida. Como isso parece ser praticamente impossível, após a saída de Lindsey Buckingham (que de quebra luta contra sérios problemas de saúde), o mais próximo disso parece ser a turnê que a banda cover britânica Rumours Of Fleetwood Mac fará pelo Brasil, com shows dias 15 de Agosto de 2019 em São Paulo (Espaco das Américas), 16 de Agosto no Rio de Janeiro (Vivo Rio) e 17 de Agosto em Belo Horizonte (Teatro Palácio das Artes). Trata-se, no mínimo, de uma banda cover com um belíssimo pedigree.

Não é por acaso que intitulei esse post como se fosse a encenação de um musical sobre a banda. Porque, na prática, é isso mesmo que se passa nas apresentações do Rumours Of Fleetwood Mac. Criado em 1999 e com mais de 700 shows no currículo, o grupo tem o aval de ninguém menos do que Mick Fleetwood, o baterista que criou a seminal banda, e de Stevie Nicks, a cantora que entrou no time em 1975 e ajudou a elevá-lo ao topo do pop rock mundial. Além disso, Mick já participou de shows dessa banda-tributo, assim como o guitarrista Rick Vito, que substituiu Lindsey Buckingham no FM entre 1987 e 1991.

O grupo é integrado por Jess Harwood (vocal, interpreta as músicas de Stevie Nicks)), James Harrison (guitarra e vocal, faz as vezes de Lindsey Buckingham), Scott Poley (guitarra e vocal), Alan Cosgrove (bateria, até o visual lembra o de Mick Fleetwood), Emily Gervers (teclados e vocal, veste a pele de Christine McVie), Etienne Girard (baixo) e Dave Goldberg (teclados, guitarra e os vocais do primeiro cantor do grupo em sua fase de blues rock, Peter Green). Um time afiadíssimo, que replica com muito detalhismo e energia as canções do FM.

O repertório traz Dreams, Don’t Stop, You Make Loving Fun e todas as outras músicas do mitológico álbum Rumours (1977), um dos mais vendidos da história, e os hits mais importantes dos 50 anos de estrada da banda, entre os quais Black Magic Woman, Albatross, Sarah, Gypsy, Little Lies, Seven Wonders e Everywhere.

O show é aberto com um vídeo no qual Mick Fleetwood dá um depoimento sobre a banda, sendo que outros vídeos e textos são usados durante a apresentação para ilustrar a trajetória de uma das melhores bandas de rock de todos os tempos. Veja trechos de músicas com o grupo aqui .

Seven Wonders (ao vivo)- Rumours Of Fleetwood Mac:

Rita Coolidge virá ao Brasil pela primeira vez em abril de 2019

rita coolidge 1-400x

Por Fabian Chacur

Uma belíssima notícia para os fãs de pop-rock de veia romântica. Rita Coolidge, uma das intérpretes de maior sucesso dos anos 1970 nessa área, com direito a cinco hits certeiros incluídos em trilhas de novelas globais, finalmente fará shows no Brasil. Ela se apresentará em Vitória (ES) no dia 10 de abril, no Estacionamento do Shopping Vitória, em São Paulo no dia 12 de abril, no Tom Brasil, e no dia 13 de abril no Rio de Janeiro, no Vivo Rio.

A estrela do pop-rock vive um momento importante de sua carreira. Em maio de 2018, lançou o álbum Safe In The Arms Of Time, o primeiro em 13 anos, que conta com as participações de nomes importantes como Graham Nash, Keb’ Mo’, Stan Lynch e Chris Stapleton. Ela define o momento atual de sua carreira e vida de forma muito sábia:
“É tudo sobre a jornada. Às vezes, o caminho é cercado por arco-íris e às vezes está enterrado na lama. Ainda estou aqui e ainda tenho muita gratidão por todo o processo de poder fazer música. ”

Em plena turnê de divulgação desse novo trabalho, ela trará músicas deste álbum e vários de seus maiores sucessos no repertório, com uma energia que prova que ela conseguiu superar o trauma da trágica morte de sua irmã Priscilla, com a qual integrou um trio vocal, o Walela.

Em 2015, lançou uma autobiografia, Delta Lady, título que extraiu da música homônima feita em sua homenagem pelo músico Leon Russell e sucesso mundial na voz de Joe Cocker nos anos 1970.

Rita Coolidge nasceu em Lafayetteville, Tenessee (EUA), em 1º de maio de 1945. Sua iniciação musical teve como base a música gospel. Enquanto cursava a universidade, gravava jingles para conseguir pagar os estudos. O trabalho virou uma paixão, e a levou a se decidir por mergulhar na carreira musical.

Ela foi convidada a participar do grupo Delaney & Bonnie and Friends no final dos anos 1960, e foi com eles que conheceu nomes importantes do rock com os quais gravaria backing vocals, entre eles Eric Clapton (no grande hit After Midnight) e Stephen Stills (Love The One You’re With, outro clássico do rock). Também trabalhou com Jimi Hendrix, Graham Nash, Leon Russel e Joe Cocker.

Ela participou da lendária turnê Mad Dogs And Englishmen, liderada pelo cantor britânico Joe Cocker, e no álbum ao vivo gravado durante os shows brilhou ao interpretar Superstar, de Leon Russell. Também inspirou uma das personagens do incrível rock Cowboy Movie, um dos destaques do primeiro álbum solo de David Crosby, If I Could Only Remember My Name (1971).

De 1973 a 1980, foi casada com o também consagrado ator, cantor e compositor Kris Kristofferson, com quem lançou três álbuns- Full Moon (1973), Breakaway (1974) e Natural Act (1978), que proporcionaram a eles dois troféus Grammy, o Oscar da música.

A carreira-solo, que mantinha paralelamente aos outros trabalhos, teve início em 1971 com o lançamento de um elogiado álbum autointitulado. Versátil, ela nunca se ateve a um único estilo musical, misturando rock, soul, pop, country, gospel, jazz, blues e até reggae em sua sonoridade.

Em 1977, ao lançar seu sexto trabalho individual, Anytime…Anywhere, enfim fez sucesso por conta própria, com o estouro da sua releitura para o clássico de Jackie Wilson, (Your Love Has Lifted) Higher and Higher. Logo a seguir, o álbum Love Me Again (1978) a ajudou a se firmar de vez como uma das vozes mais populares da cena pop mundial.

Nessa época, Rita virou uma espécie de presença obrigatória em trilhas de novelas globais, sempre com músicas que se tornavam grandes hits no Brasil. Fizeram muito sucesso por aqui We’re All Alone (O Astro, 1977), You (Pecado Rasgado, 1978), Love Me Again (Sinal de Alerta, 1978), I’d Rather Leave While I’m In Love (Chega Mais, 1980) e All Time High (Eu Prometo, 1983).

Por sinal, All Time High foi gravada, escrita e lançada originalmente como tema principal do filme Octopussy (1983), da franquia James Bond, tarefa para a qual só são escolhidos nomes do porte de Paul McCartney, Carly Simon, Shirley Bassey, Duran Duran, A-ha e Adelle. Bem acompanhada a moça, heim?

Em 1983, mostrando sua versatilidade e abertura para novos trabalhos alheios, ela lançou o álbum Never Let You Go, no qual releu com grande categoria hits então recentes de nomes da nova geração como Culture Club (Do You Really Want To Hurt Me), Squeeze (Tempted), Joe Jackson (Fools In Love) e Ian Dury (Stop Wasting Your Time).

You– Rita Coolidge:

Slash voltará ao Brasil para shows com The Conspirators em 2019

slash e banda-400x

Por Fabian Chacur

Para quem é fã do guitarrista Slash, uma notícia das melhores. O músico americano, após ter passado por aqui com a turnê Not In This Lifetime, que marcou seu retorno ao Guns N’ Roses, anuncia que voltará ao Brasil em breve. Será para uma turnê com oito datas que se desenvolverá entre 21 de maio e 3 de junho de 2019. Desta vez, ele estará ao lado da banda Myles Kennedy And The Conspirators, com a qual já lançou três álbuns e cujo som investe no hard rock e seus desdobramentos.

Slash (guitarra e vocais) terá a seu lado Myles Kennedy (vocal principal), Brent Fitz (bateria), Todd Kerns (baixo e vocais) e Frank Sidoris (guitarra-base e vocais). Eles terão como base de seus shows o repertório do álbum Living The Dream, lançado em setembro pelo selo do artista, o Snakepit Records, em parceria com a Warner Music, que traz músicas como The Great Pretender, Driving Rain, The Call Of The Wild, Mind Your Manners e Sugar Cane, entre outras.

Nascido em 23 de junho de 1965, Slash se tornou mundialmente conhecido como integrante do Guns N’Roses. Ele também gravou e fez shows com outras bandas capitaneadas por ele, como Snakepit, Velvet Revolver e agora The Conspirators, com quem já lançou os álbuns Apocalyptic Love (2012) e World On Fire (2014), além do mais recente. Ele marcou presença em trabalhos de artistas como Michael Jackson, Carole King, o grupo Chic e inúmeros outros, sempre com destaque, versatilidade e muita categoria.

Saiba as datas e locais dos shows de Slash no Brasil em 2019:

Data: 21 de maio (terça-feira)
Local/Cidade: Pepsi on Stage – Porto Alegre

Data: 22 de maio (quarta-feira)
Local/Cidade: Stage Music Park / Florianópolis

Data: 24 de maio (sexta-feira)
Local/Cidade: Live Curitiba / Curitiba

Data: 25 de maio (sábado)
Local/Cidade: Espaço das Américas / São Paulo

Data: 27 de maio (segunda-feira)
Local/Cidade: Arena Sabiazinho / Uberlândia

Data: 29 de maio (quarta-feira)
Local/Cidade: local a confirmar / Brasília

Data: 01 de junho (sábado)
Local/Cidade: Classic Hall / Recife

Data: 03 de junho (segunda-feira)
Local/Cidade: Centro de Convenções do Ceará / Fortaleza

The Great Pretender (clipe)- Slash:

Fito Paes faz turnê no Brasil e divulga o seu novo trabalho

fito paes 2018-400x

Por Fabian Chacur

Fito Paez, um dos maiores nomes do rock latino, voltará ao Brasil em dezembro para três shows, nos quais cantará seus sucessos e divulgará por aqui seu mais recente álbum, La Ciudad Liberada (2017- ouça aqui ). O início será no dia 2/12 (domingo) às 21h em Porto Alegre, no Auditório Araújo Vianna (av. Osvaldo Aranha, nº 685- fone 0xx51-3268-6664), com ingressos de R$ 55,00 a R$ 280,00. Em São Paulo será em 3/12(segunda-feira) às 21h no Teatro Bradesco (av. Palestra Itália, nº 500-3º piso- Bourbon Shopping SP-fone 0xx11-3670-4100), com ingressos de R$ 80,00 a R$ 280,00.

No Rio, será dia 5/12 (quarta-feira) às 21 no Teatro Bradesco Rio (av. das Américas, nº 3.900- loja 160-Shopping Village Mall- Barra da Tijuca- fone 0xx21-3431-0100), com ingressos de R$ 110,00 a R$ 280,00.

Com 55 anos e oriundo de Rosário, Argentina, Fito é cantor, compositor, músico, cineasta, roteirista e escritor. Ele lançou seu primeiro trabalho solo, Del 63 (1984), quando ainda integrava a banda de apoio de um de seu ídolos, o ícone do rock portenho Charly Garcia. Em 1986, passou a se dedicar apenas à trajetória individual, fazendo uma irrequieta e inteligente fusão de rock, pop, jazz, soul e latinidades mil.

Em 1992, seu álbum El Amor Después Del Amor se tornou o mais bem-sucedido da história do rock argentino. Hits como Dar Es Dar, Mariposa Technicolor, Y Dale Alegria A Mi Corazón e Ciudad de Pobres Corazones o impulsionaram a fazer shows pela América Latina e outros países, sempre com ótima repercussão por parte do público. Seu CD Abre (1996) foi produzido pelo lendário Phil Ramone (que trabalhou com Paul McCartney, Billy Joel, Frank Sinatra, George Michael etc)

A ligação de Fito Paes com o Brasil vem desde os anos 1980, quando participou do filme Rock Estrela (1986) e gravou com Caetano Veloso. Desde então, gravou com Paralamas do Sucesso (é de sua autoria a música Trac Trac, grande hit do trio), Chico Buarque, Rita Lee e Titãs, além de ter lançado em 2015 o elogiado álbum Loucura Total, gravado em dupla com Paulinho Moska.

La Ciudad Liberada (clipe)- Fito Paez:

Callas in Concert adiado para 2019 por razões logísticas

callas the hologram tour-400x

Por Fabian Chacur

Duas notícias para os fãs brasileiros da saudosa cantora lírica Maria Callas (1923-1977). Primeiro, a má: o show tributo Callas in Concert- The Hologram Tour (saiba mais sobre esse espetáculo aqui), que seria realizado em São Paulo na próxima quarta-feira (16) foi adiado por razões logísticas.

A boa nova fica por conta de que o espetáculo já tem uma nova data confirmada. Será no dia 27 e março de 2017, no mesmo Espaço das Américas. Saiba mais no comunicado oficial sobre o adiamento enviado pelos organizadores do evento e reproduzido abaixo:

Adiamento do espetáculo Callas in Concert – The Hologram Tour

O espetáculo Callas in Concert – The Hologram Tour, que aconteceria no próximo dia 16 de outubro, no Espaço das Américas, em São Paulo, foi adiado por questões logísticas.

A apresentação foi remarcada para o dia 27 de março de 2019 (quarta-feira) e o local e horário do evento permanecem inalterados.

Os ingressos adquiridos para a data anterior serão válidos para a nova data, não sendo necessária a troca dos mesmos.

Caso não possa comparecer ao evento no dia 27/03/2019 (quarta-feira), será possível solicitar o cancelamento através do nosso atendimento até 01/12/2018 (sábado).

Sobre o reembolso
Caso opte pelo cancelamento, o procedimento de estorno seguirá conforme descrito abaixo:
Os valores estornados incluirão: Valor de face do ingresso, taxa de conveniência e taxa de entrega (se houve a cobrança). Esclarecemos que ingressos cortesia não serão restituídos.
As compras realizadas via Site, Aplicativo e Contact Center da Ingresso Rápido serão estornadas através do cartão de crédito utilizado e constarão na próxima fatura ou subsequente do mesmo cartão. O prazo passará a contar a partir do recebimento do e-mail de confirmação do cancelamento.
As compras parceladas no cartão de crédito (com ou sem juros) serão estornadas em única vez e se houver parcelas a vencer serão antecipadas na mesma fatura em que ocorrer a devolução.
Se você adquiriu ingressos nos Pontos de Vendas Oficiais da Ingresso Rápido utilizando cartão de débito, o valor será estornado diretamente na conta vinculada ao cartão utilizado e o valor ficará disponível na conta em até 15 (quinze) dias úteis após a data do cancelamento em sistema. Este prazo poderá ser alterado de acordo com o banco emissor e tem validade a partir da data de confirmação do cancelamento, através do canal oficial de atendimento, callas@ingressorapido.com.br.
Para as compras realizadas em dinheiro nos Pontos de Vendas Oficiais da Ingresso Rápido, será necessário enviar um e-mail para callas@ingressorapido.com.br, contendo todas as informações abaixo:
· Nome Completo;

· Telefone de contato;

· CPF do Titular da Compra;

· Senha de compra (sequência de 7 números que estão no canhoto do ingresso);

· Nome do Banco;

· Agência (com digito);

· Conta Corrente (com digito) – se for conta poupança, especificar na mensagem;

· Foto do Ingresso (OBRIGATÓRIO)

O crédito na conta especificada será realizado em até 15 (quinze) dias úteis a contar do envio do e-mail de confirmação de cancelamento.
ATENÇÃO: Não nos responsabilizamos por ingressos adquiridos fora dos canais de venda citados neste comunicado.
Em caso de dúvidas envie um e-mail para callas@ingressorapido.com.br. O atendimento será realizado exclusivamente por este canal.

Mirco Patarini faz show único e com entrada franca em SP

mirco patarini 2-400x

Por Fabian Chacur

O acordeon costuma ser imediatamente associado à música sertaneja/caipira no Brasil. No entanto, trata-se de um instrumento musical versátil e utilizado em diversos contextos musicais, inclusive na música erudita. E um dos grandes nomes do acordeon erudito mundial, o italiano Mirco Patarini, fará em São Paulo neste domingo (19) às 11h uma apresentação no Circolo Italiano San Paolo (avenida Ipiranga, nº 344- República- fone 0xx11-3154-2908), com entrada gratuita. Boa chance de se ver um mestre em ação.

Nascido na cidade italiana de Spoleto, Patarini começou a estudar o acordeon aos 12 anos de idade. Com o tempo, tornou-se um dos craques em seu país. Ele foi o mais jovem músico a vencer a Copa Mundial do Acordeon, maior competição mundial dedicada a esse instrumento e promovida pela CIA- Confederação Internacional do Acordeon. Com o tempo, amealhou mais de 50 vitórias em certames desse tipo.

O repertório desse músico de 52 anos é essencialmente composto por composições de autores eruditos, mas também possui espaço para outros de viés popular. Entre outros, ele interpreta obras de nomes como Johannes Brahms, Niccolò Paganini, Viacheslav Semjonov, Astor Piazzola e até mesmo dos brasileiros Oswaldinho do Acordeon e Sivuca.

Mirco Patarini já tocou em países como França, Suíça, Portugal, Venezuela, EUA, Rússia, China, Alemanha, Reino Unido, Egito, Japão, Austrália e Brasil. Hoje, além de suas apresentações pelo mundo, algumas delas acompanhado por orquestras, ele também é o presidente da Confederação Internacional do Acordeon e da Scandalli, esta última a maior e mais prestigiada fábrica de acordeons do mundo, além de ser o diretor artístico do Strumenti & Musica Festival.

Programa do espetáculo de Mirco Patarini em SP:

1. Corale in Strofe Variate (Guido Farina)

2. Balletomania (Vittorio Melocchi)

3. Finale della Sonata 1 (Nikolaj Tschaikin)

4. Danza Espanola n°2 Oriental (Enrique Granados)

5. Capriccio °24 in La minore (Niccolò Paganini)

6. La Cumparsita (Geraldo Matos Rodriguez) – arranjo de Luciano Fancelli

7. Um Tom Para Jobim – (Oswaldinho do Acordeon/ Sivuca)

8. Don Rhapsody – (Viachelsav Semjonov)

Um Tom Para Jobim (ao vivo)- Mirco Patarini:

Mixed Up, do The Cure, sai no Brasil em formato remaster

mixed up the cure cover-400x

Por Fabian Chacur

Em 1990, Robert Smith surpreendeu muita gente ao lançar o álbum duplo em vinil e simples em CD Mixed Up, que trazia remixes com pegada mais dançante e eletrônica de algumas das canções mais conhecidas de seu grupo, o The Cure. Atualmente revisando itens de seu extenso catálogo, o cantor, compositor e músico britânico nos oferece uma versão remasterizada desse trabalho, que chega às lojas brasileiras em CD simples.

Mixed Up continha em sua versão original 12 faixas no LP de vinil e 11 no CD, com direito a hits como Lullaby, Hot Hot Hot!, Close To Me e Lovesong com roupagens totalmente diferentes, além de uma faixa inédita, a ótima mezzo pesadona mezzo dançante Never Enough, que teve direito a clipe e fez um sucesso considerável.

Além do formato standard, que é o disponibilizado no Brasil, também sairá no exterior uma deluxe edition com três álbuns: o CD original remasterizado, um segundo com raros remixes lançados originalmente entre 1982 e 1990 e um terceiro, intitulado Torn Down, com 16 novas remixagens feitas pelo próprio Robert Smith de outras músicas do The Cure, como Shake Dog Shake, Cut Here e A Night Light This.

Never Enough– The Cure:

Laura Pausini lança videoclipe e volta ao Brasil em agosto

laura pausini clipe janeiro 2018-400x

Por Fabian Chacur

Boas notícias para os fãs de Laura Pausini. A estrela pop italiana acaba de lançar um novo clipe, cuja função é divulgar o single Non è Detto, primeira faixa a ser divulgada de seu próximo álbum, intitulado Fatti Sentire e previsto para sair nas versões física e digital no dia 16 de março pela gravadora Warner. O CD será divulgado com uma turnê mundial que estreará na Itália nos dias 21 e 22 de julho no Circus Maximus.

Non è Detto é uma balada pop típica de Laura, e foi composta por ela em parceria com Niccolò Agliardi, Gianluigi Fazio e Edwin Roberts. O clipe teve como cenário a paradisíaca Praia Preta de Maratea, e possui uma produção caprichada que ressalta o teor romântico da letra, centrado em uma relação afetiva. Temos até uma cama na areia, em plena praia.

A turnê do álbum Fatti Sentire passará pelos EUA, Europa e América Latina. No Brasil, foram divulgadas datas em agosto nas cidades de São Paulo (dias 20 e 21, no Citibank Hall), Brasília (dia 23, no Teatro Guimarães) e Recife (dia 25, no Classic Hall). No dia 31 de agosto, a cantora que estourou na década de 1990 cantará no mitológico Radio City Music Hall, em Nova York, local destinado apenas às grandes estrelas da música. Ela merece.

Non È Detto (clipe)- Laura Pausini:

A trilha de Star Wars-The Last Jedi sai em CD em nosso país

star wars the last jedi cd cover-400x

Por Fabian Chacur

Para quem é fã de trilhas de filmes e do formato físico, uma ótima notícia. A Universal Music acaba de lançar no Brasil em CD o álbum com o score (trilha sonora instrumental e incidental) de Star Wars- The Last Jedi (Stars Wars- Os Últimos Jedi), novo capítulo da franquia que se iniciou em 1977. O autor é o mesmo dos capítulos anteriores, o genial e consagrado compositor, maestro e pianista americano John Williams.

O repertório de temas instrumentais do novo Star Wars traz um total de 20 faixas, todas com aquele clima quase erudito que marca o trabalho de Williams. Entre outros, destacam-se os temas Main Title And Scape (com 7m25 e uma variação do tema do filme que deu origem à saga), The Rebellion Is Reborn (com 3m59) e The Fathiers (2m42). Trabalho orquestral impecável e ótimo de se ouvir.

Nascido em 8 de fevereiro de 1932, John Williams iniciou sua carreira no meio musical na década de 1950, trabalhando em estúdios e junto com o maestro Henri Mancini. Nos anos 1960, tornou-se conhecido ao assinar as trilhas de séries de TV como Perdidos no Espaço e Terra de Gigantes, entre outras. Em 1971, ganhou o primeiro dos cinco Oscars que faturou até hoje com a trilha para a versão cinematográfica do espetáculo teatral Um Violinista no Telhado.

Em 1974, iniciou uma parceria com o cineasta Steven Spielberg que rendeu trabalhos antológicos como as trilhas de Tubarão (1975), Contatos Imediatos do Terceiro Grau (1977), ET- O Extraterrestre (1983) e das sagas Indiana Jones e Jurassic Park. No seu incrível currículo, também constam 24 troféus Grammy e 4 Globos de Ouro.

Star Wars- The Last Jedi- ouça a trilha em streaming:

Older posts

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑