Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: black music americana

Tito Jackson segue a trilha de sucesso de seus oito irmãos

tito jackson no rio-400x

Por Fabian Chacur

Quando se pensa na célebre família Jackson americana, o nome de Michael, o eterno Rei do Pop, é o primeiro a ser lembrado. Mas todos os nove irmãos e irmãs conseguiram algum sucesso comercial. Na verdade, só faltava um obter êxito sozinho. Agora, não falta mais. Trata-se de Tito, que era o guitarrista do Jackson 5/The Jacksons e que nunca havia lançado um trabalho solo. Seu single Get It Baby, com participação do rapper Big Daddy Kane, entrou esta semana em duas paradas da Billboard, a bíblia da indústria fonográfica mundial.

Get It Baby é a primeira canção a ser divulgada do álbum Tito Time, o primeiro CD solo do também cantor e compositor nascido em 15 de outubro de 1953, previsto para ser lançado em outubro pelo selo Spectra Music Group. O single atingiu o nº30 na parada Billboard + Twitter e nº26 na Adult R&B Songs. As informações foram divulgadas esta semana na versão online da Billboard americana, e mostram que o álbum tem tudo para obter boa repercussão quando chegar ao mercado.

E essa não é a única notícia envolvendo Tito. No mês de maio, ele esteve no Rio de Janeiro gravando um clipe ao lado de Mart’nália no Morro Dona Marta, no lugar onde seu irmão gravou cenas do clipe da música They Don’t Care About Us e onde hoje temos uma estátua do autor de Billie Jean. Ele também gravou cenas na Bahia. A canção, intitulada Winning By Giving, renderá fundos para uma fundação beneficente.

A história de sucesso dos Jacksons nas paradas de sucesso começou em 1969, quando o single I Want You Back saiu e em pouco tempo atingiu o primeiro lugar nos EUA, fato que outros três compactos do Jackson 5 repetiriam. O legal é que eles obteriam também sucesso em suas tentativas individuais. Michael, o líder do clã, teve 29 hits nos EUA, sendo que 13 deles abocanharam o primeiro lugar nos charts.

Logo a seguir vem Janet, com 27 hits, sendo 10 primeiros lugares. Jermaine, que era o segundo na hierarquia do Jackson 5, conseguiu 17 hits pop, sendo dois deles top 10. A maluquete Latoya obteve 9 na parada r&b/hip hop. A irmã mais tímida Rebbie obteve 7. Randy teve 3, enquanto Marlon e Jackie obtiveram 2 cada. E, agora, Tito pode se gabar de também ter o seu. Será o primeiro de uma série? Veremos, pois tudo é possível nesta família Jackson.

Veja entrevista com Tito sobre Get It Baby:

Ouça um trecho de Get It Baby, ao vivo:

Morre Louis Johnson, um dos melhores baixistas do mundo

louis johnson-400x

Por Fabian Chacur

Morreu nesta quinta-feira (21) de causas ainda não divulgadas o baixista, cantor e compositor americano Louis Johnson. Ele havia completado 60 anos de idade em abril. Trata-se de um ex-integrante da banda funk The Brothers Johnson, e um dos mais influentes músicos da história da música pop, com um currículo enorme como uma lista telefônica.

E que currículo. Em sua carreira, Louis participou de discos de sucesso e importância artística. Tipo Off The Wall e Thriller, de Michael Jackson, Give Me The Night, de George Benson, e Rise, de Herb Alpert, só para citar alguns fundamentais. Cria do maestro e produtor Quincy Jones, ele também gravou com artistas distintos entre si como Sergio Mendes, Bjork, The Carpenters, Stanley Clarke, Paul McCartney e John Mellencamp, entre um caminhão de outros.

Mas ele também teve sucesso por via própria, como integrante do duo The Brothers Johnson, incumbindo-se dos vocais e baixo e tendo a seu lado o irmão George Johnson na guitarra e vocais. Eles começaram atuando como banda de apoio de astros como Bobby Womack, The Supremes e Billy Preston, até que atraíram as atenções de Quincy Jones.

O primeiro álbum do duo, Lookin’ Out For #1 (1976) chegou ao top 10 americano e emplacou o single I’ll Be Good To You. Até 1980, lançaram outros três álbuns de sucesso e empolgaram os fãs da funk music com balaços do naipe de Ain’t We Funky Now, Strawberry Letter 23, Ride O Rocket e Stomp, sendo esta última seu maior hit, lançada em 1980. A seu lado, só músicos do primeiríssimo time.

O som dos Brothers Johnson conseguia unir grande sofisticação musical a um balanço irresistível e pesado, dividido entre funks sacudidos, baladas certeiras e até um tema instrumental aqui e ali. O estilo de Louis de tocar, valendo-se de um recurso técnico desenvolvido por ele e chamado slap bass (apelidado de estilingada no Brasil) se mostrou muito influente e lhe valeu o apelido de Thunder Thumbs.

Após uma primeira separação em 1982, os irmãos Louis e George gravaram mais dois álbuns, mas sem o mesmo sucesso, e se dedicaram à carreira como badalados músicos de estúdio. A participação de Louis em I Keep Forgettin’ (Every Time You Near), de Michael McDonald, por exemplo, foi sampleada e usada por vários rappers em seus trabalhos.

Ain’t We Funkin’ Now – The Brothers Johnson:

Ride O Rocket– The Brothers Johnson:

Stomp– The Brothers Johnson:

Strawberry Letter 23– The Brothers Johnson:

I keep Forgettin’– Michael McDonald (1983):

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑