Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: setevidas

Pitty volta a SP com show do álbum rock and roll Setevidas

Pitty - SETEVIDAS - credito do fotografo Daryan Dornelles 6-400x

Por Fabian Chacur

Há quase um ano, Pitty iniciou a turnê de lançamento do álbum Setevidas (2014), que marcou o seu retorno ao rock and roll mais ardido após se dedicar durante um bom tempo ao projeto folk e acústico Agridoce. Ela volta a São Paulo para show neste sábado (4/7) às 23h no Áudio Club (avenida Francisco Matarazzo, 694-Barra Funda- fones (0xx11) 3862-8279 e (0xx11) 3862-8224, com ingressos a R$ 100,00 e R$ 50,00.

A cantora e compositora baiana lançou há pouco o DVD Pela Fresta, no qual mostra os bastidores das gravações de Setevidas, além de performances ao vivo em estúdio das músicas do CD (leia a resenha do DVD aqui). O repertório do disco traz petardos como Boca Aberta, Pouco, Setevidas e Serpente (veja o clipe desta última aqui ).

Mesclando músicas de Setevidas com sucessos de seus mais de dez anos de estrada, Pitty estará no palco do Audio Club acompanhada por Martin Mendonça (guitarra), Duda Machado (bateria), Gui Almeida (baixo) e Paulo Kishimoto (lap steel, moog e percussão), um time afiado que atua como uma banda de rock coesa e repleta de pique e sutilezas.

Setevidas– Pitty (videoclipe):

Pela Fresta traz bastidores do ótimo CD Setevidas, de Pitty

pitty pela fresta dvd 400x

Por Fabian Chacur

De 2011 a 2013, Pitty deixou sua faceta rocker de lado para investir em um duo acústico e folk, o Agridoce, com seu guitarrista Martin. Lançado em 2014, o CD Setevidas é o primeiro de inéditas da roqueira baiana desde 2009 (Chiaroscuro) em seu modo rock and roll. Belo disco, cujos bastidores surgem no também muito bacana DVD Pela Fresta, lançado pela Deck.

O DVD registra todo o processo de criação de Setevidas, abrangendo desde os ensaios iniciais até as gravações, em um processo definido pelos músicos como “orgânico, natural e rápido”. No melhor estilo “som na caixa”, mas sem avacalhação. Os arranjos são bacanas, os detalhes são sempre caprichados e o resultado final soa visceral.

Aliás, fica claro que Pitty, na verdade, funciona como uma banda de verdade, na qual a cantora e guitarrista Pitty Leone é a líder, mas na qual seus parceiros- Martin (guitarra e vocais), Duda (bateria), Guilherme (baixo) e Paulo Kishimoto (percussão, teclados e vocais)- tem voz ativa e possibilidade de expressão artística.

Um ponto ressaltado durante o documentário é o fato de os músicos se reencontrarem renovados e com novas ideias, após participarem de outros projetos. Boa parte do processo de criação e gravações rolou com todos tocando juntos ao mesmo tempo, no melhor espírito ao vivo, o que deu ao resultado final um pique muito grande e uma unidade sonora altamente apreciável.

O trabalho com o produtor Rafael Ramos, com Pitty desde o começo na Deck há mais de dez anos, e com o engenheiro americano de mixagem Tim Palmer, em Austin, Texas, é bem apresentado, assim como detalhes das canções, explicitando as raízes baianas da música Serpente ou as versões diferentes de Setevidas até chegar ao resultado final.

De quebra, temos Pitty e sua turma tocando ao vivo no estúdio nove das dez músicas de Setevidas, com direito a efeitos de iluminação que tornam a apresentação muito atrativa em termos sonoros e visuais. Setevidas é um álbum ao mesmo tempo pesado e repleto de sutilezas, mais uma prova do talento de Pitty, que voltou com tudo ao rock and roll. E Pela Fresta registra bem a concepção deste CD.

Um Leão (clipe)- Pitty:

Veja o DVD Pela Fresta em streaming :

Pitty lança clipe para a música Serpente, do novo CD; confira

pitty por pitty - 400x divulgacao

Por Fabian Chacur

Pitty acaba de disponibilizar o segundo clipe para divulgar seu mais recente álbum, Setevidas, lançado pela gravadora Deck e que marca o seu retorno ao rock após um bom período dedicado ao trabalho paralelo Agridoce, de canções folk e acústicas e feito em duo ao lado do guitarrista Martin Mendonça, o mesmo da sua banda habitual.

A faixa que está sendo divulgada é Serpente, a décima e última do CD, e teve o clipe dirigido por Charly Coombes, tecladista da extinta banda Supergrass, aquela que estourou nos anos 1990 com o single Alright. Ele atualmente lidera o próprio grupo, o Charly Coombes And The New Breed, do qual tem sido o diretor dos clipes que divulgam suas músicas.

Serpente é um rock percussivo com influências de Bo Diddley e direito a refrão intenso e quase messiânico em sua parte final. As filmagens rolaram em duas locações diferentes, no estado de São Paulo, e representam os membros de uma seita durante um ritual. Participam do mesmo Pitty e os integrantes de sua banda: Duda Machado (bateria e percussão), Guilherme Almeida (baixo), Martin Mendonça (guitarra) e Paulo Kishimoto (teclados).

Veja o clipe de Serpente, com Pitty:

Pitty volta ao rock com álbum Setevidas

Por Fabian Chacur

Pitty lançará em breve seu primeiro álbum solo em cinco anos (o anterior foi Chiaroscuro, de 2009). Nesse meio, tempo, a cantora e compositora baiana se dedicou ao projeto paralelo acústico e melódico Agridoce. Setevidas sai via Deck e terá sua pré-venda no iTunes iniciada a partir desta terça-feira (13), e chegará ao mercado no dia 27 de maio (formato digital) e 3 de junho (CD). O lançamento em vinil deverá ocorrer em um futuro não muito distante.

A faixa-título, cujo clipe já pode ser conferido na rede, foi filmado no Bom Retiro, em São Paulo, e é basicamente uma performance ao vivo da cantora com seus músicos de apoio usando máscaras. Trata-se de um rock pesado com refrão certeiro. Essa representação tem a ver com o espírito do álbum, que foi gravado com todos os instrumentos sendo tocados simultaneamente, no estúdio Madeira (SP).

A produção ficou a cargo de Rafael Ramos, sendo que o inglês Tim Palmer, conhecido por seus trabalhos com Pearl Jam, U2, David Bowie, Robert Plant e Ozzy Osbourne, incumbiu-se da mixagem. “O resultado é um som grande, mas garageiro, era a linguagem que queríamos”, afirma a roqueira, na estrada há mais de dez anos e uma das figuras femininas mais emblemáticas do rock brasileiro.

Setevidas é definido por Pitty como um álbum contendo rock cru, direto e com elementos psicodélicos em sua sonoridade, além de trazer instrumentos normalmente associados aos ritmos africanos como agogô e caxixi e outras experiências que marcam seus trabalhos mais recentes. Os shows específicos de lançamento devem ocorrer a partir de agosto.

Veja o clipe de Setevidas, com Pitty:

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑