Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: delia fischer

Delia Fischer e Ricardo Bacelar dão uma prévia de seu álbum

ricardo bacelar delia fischer 400x Leo Soares

Por Fabian Chacur

Delia Fischer e Ricardo Bacelar são cantores, tecladistas e compositores, e nutrem uma amizade ligada por muitas afinidades musicais. Após lançarem um single em 2020, ficou no ar a vontade de um álbum em dupla. E esse desejo se concretizou. Está previsto para sair no dia 27 de janeiro Andar com Gil, no qual esses dois artistas talentosíssimos investem na obra de Gilberto Gil.

Eles acabam de divulgar uma das faixas, A Paz, célebre parceria do astro baiano com João Donato. O resultado ficou encantador, especialmente pela ótima integração das vozes dos dois. Delia dá uma prévia do álbum:

“Nos pareceu interessante fazer um recorte da obra genial e tão extensa do Gil, por isso pensamos em falar de espiritualidade. Todas as canções, de uma forma ou de outra, se relacionam ao tema”.

Por sua vez, Bacelar fala especificamente sobre a faixa que acaba de ser divulgada. “Delia e eu gravamos vozes e piano ao vivo, para capturar a emoção e o clima intimista do projeto. A Paz não só sintetiza a espiritualidade das letras do Gil, como o sentimento de todos nós, nesse momento. Paz é tudo o que o mundo precisa”, define Ricardo Bacelar.

Além de A Paz, Andar com Gil trará clássicos do songbook de Gilberto Gil como Andar com Fé, Se Eu Quiser Falar Com Deus, Oriente e Aqui e Agora. O lançamento será através do selo Jasmim Music, de Bacelar, e as gravações foram realizadas no seu estúdio, situado em Fortaleza (CE).

A Paz (clipe)- Delia Fischer e Ricardo Bacelar:

Delia Fischer e Ney Matogrosso juntos na bela Blues de Acabar

blues de acabar delia fischer e ney matogrosso

Por Fabian Chacur

Uma das gravações mais tocantes do ano acaba de ser disponibilizada nas plataformas digitais. Trata-se de Blues de Acabar, que reúne a cantora, compositora, pianista e diretora musical Delia Fischer com o astro da nossa música Ney Matogrosso. A balada com traços eruditos e uma melodia delicada de autoria de Delia traz uma letra cortante, escrita por Marcio Moreira, que retrata como poucas os atos finais de uma relação amorosa que, pensava-se, poderia durar mais do que de fato durou. Arrepiante, para dizer o mínimo.

Aliás, a gravação segue uma orientação minimalista, pois reúne apenas a artista carioca (cantando e tocando um piano encantador) e esse grande craque da canção cuja voz parece vinho, cada vez melhor mesmo após cinco décadas em atividade. Blues de Acabar integrará o álbum digital Hoje, previsto para ser lançado no dia 21 de maio. Em press release enviado à imprensa, Delia fala sobre essa composição inspiradíssima:

“A letra me chegou em meio a pandemia com o título original de Samba de Acabar. Confesso que tentei enquadrá-la nesse formato, mas a melodia que nasceu tinha muita influência do blues. Propus manter como uma bossa, mas de tanto tocá-la, o samba e a bossa deram lugar ao blues, reforçando ainda mais o discurso da canção, que fala das dores do amor, tema clássico e recorrente no cancioneiro da antiga e também atual MPB”.

Na ativa desde os anos 1980, Delia Fischer integrou o Duo Fenix ao lado de Claudio Dauelsberg, com quem gravou um álbum em 1988. Depois, lançou trabalhos-solo, atuou com artistas como Toninho Horta, Erasmo Carlos, Ana Carolina, Bob Baldwin (EUA) e Lisa Nilsson (Suécia) e foi diretora musical de musicais como Beatles Num Céu Com Diamantes, Milton Nascimento- Nada Será Como Antes e Elis, A Musical, entre outros.

Blues de Acabar (clipe)- Delia Fischer e Ney Matogrosso:

Ricardo Bacelar e Delia Fischer releem Nada Será Como Antes

ricardo bacelar delia fischer

Por Fabian Chacur

Graças à qualidade de seu trabalho, Ricardo Bacelar é presença constante em Mondo Pop (leia mais sobre ele aqui). Desta vez, a motivação é o lançamento do clipe de Nada Será Como Antes, clássico de Milton Nascimento e Ronaldo Bastos que o tecladista, arranjador, compositor e eventual cantor releu ao lado da consagrada cantora, compositora e musicista Delia Fischer.

A belíssima canção lançada por Milton em 1972 no seu antológico álbum Clube da Esquina traz uma letra que se mantém mais atual do que nunca. O dueto de Bacelar e Delia é delicioso, com eles se alternando nos vocais e, em um determinado momento, tocando o piano a quatro mãos. A releitura traz um tempero jazzístico à música, sem no entanto tirar dela a sua essência pop.

A faixa traz, além da dupla, os músicos João Castilho (guitarra), Danilo Sina (sax e flauta), Renato Endrigo (bateria), Alexandre Katatau (baixo) e André Siqueira (percussão). A gravação foi feita durante show que Ricardo realizou em maio de 2018 no Blue Note Rio, no Rio de Janeiro.

Nada Será Como Antes integra o álbum Ricardo Bacelar- Ao Vivo No Rio, já disponível nas plataformas digitais e com boa repercussão nos EUA, Europa e Japão, onde o público fã de jazz e fusion está ouvindo de forma intensa essa geral que o artista brasileiro deu em seu repertório.

Nada Será Como Antes (ao vivo)– Ricardo Bacelar e Delia Fischer:

© 2023 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑