Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: rock americano anos 1990

Losing My Religion, do R.E.M., vira EDM nas mãos de Steve Aoki

steve aoki losing my religion 400x

Por Fabian Chacur

O DJ americano Steve Aoki, um dos mais bem-sucedidos mundialmente na música eletrônica, mais especificamente em uma de suas tendências mais populares, a EDM (electronic dance music), acaba de lançar uma releitura que irá surpreender a muita gente. Trata-se de Losing My Religion, maior hit do R.E.M. lançado há exatos 30 anos. A nova versão, com uma batida fortemente dançante e timbragem eletrônica com sabor de anos 1990, traz os vocais da cantora canadense MLKA e também os DJs Gattuso e Aukoustics.

MKLA é conhecida no cenário dance por ter participado em 2019 do single Save Me, do brasileiro Vintage Culture, enquanto o americano Gattuso já havia também transformado outro clássico roqueiro dos anos 1990, Creep, do grupo britânico Radiohead, e Aukoustics é talento da nova geração.

Em texto enviado à imprensa, Aoki, de 43 anos, explica a motivação desse remake sonoro, gravado em seu estúdio situado em Las Vegas a partir de uma demo criada por Gattuso:

“Losing My Religion é a minha favorita do R.E.M., eu a amava quando criança. Era hora de trazer de volta e fazer uma versão 2021 para as pistas, e as pessoas não esperariam. Nós a fizemos especial.”

Losing My Religion– Steve Aoki, Gattuso, Aukoustics, MKLA:

Sheryl Crow e Emmilou Harris em single que antecede disco ao vivo

sheryl crow li.ve from the ryman and more

Por Fabian Chacur

Desde que iniciou sua carreira-solo há mais de 30 anos, Sheryl Crow não só emplacou diversos hits e vendeu milhões de discos como também se firmou como uma incrível artista no quesito shows. Para quem por ventura ainda tem alguma dúvida disso, no dia 13 de agosto sairá, em CD duplo, LP de vinil quádruplo e nas plataformas digitais, Live From The Ryman And More, um novo registro flagrando essa incrível cantora, compositora e musicista americana em seu habitat natural, os palcos mundo afora.

O repertório traz 27 faixas que dão uma geral no repertório da artista, extraído de shows realizados no Ryman Auditorium, em Nashville, The Ace Theatre, em Los Angeles e o New York Folk Festival, em Rhode Island. Além de sua afiadíssima banda de apoio, ela conta com participações especiais de nomes do calibre de Emmilou Harrys, Brandi Carlile, Jason Isbell, Lucius, Maren Morris, Natalie Hemby, Amanda Shires e Stevie Nicks.

Eis as faixas de Live From The Ryman & More:

1- Steve McQueen
2- A Change Would Do You Good
3- All I Wanna Do
4- My Favorite Mistake
5- Tell Me When It’s Over
6- Everything Is Broken (featuring Jason Isbell)
7- Can’t Cry Anymore
8- Prove You Wrong (featuring Stevie Nicks, Maren Morris, Waddy Wachtel, Steve Jordan)
9- Run, Baby, Run (featuring Lucius)
10- Don’t (featuring Lucius)
11- Strong Enough (featuring Lucius)
12. Leaving Las Vegas
13- It Don’t Hurt
14- Still The Good Old Days
15- Cross Creek Road
16- Nobody’s Perfect (featuring Emmylou Harris)
17- Home
18- Maybe Angels
19- Real Gone
20- Wouldn’t Want To Be Like You/Na Na Song
21- Beware Of Darkness (featuring Brandi Carlile)
22- The First Cut Is The Deepest
23- Best Of Times
24- If It Makes You Happy
25- Soak Up The Sun
26- Everyday Is A Winding Road
27- I Shall Believe (featuring Lucius)

Nobody’s Perfect (Live From Ryman)– Sheryl Crow & Emmilou Harris:

Garbage se inspira nos protestos no Chile para criar novo single

Garbage por Joseph Cultice 1

Por Fabian Chacur

Shirley Manson, carismática cantora do Garbage, presenciou no Chile parte dos protestos da população local que tiveram início em 2019 e foram motivadas por atos do governo que desrespeitavam os direitos dos mais necessitados. Nascia ali a inspiração para No Gods No Masters, faixa que acaba de ser disponibilizada pela banda americana e que dará nome ao 7º álbum deles, que a gravadora BMG promete lançar no dia 11 de junho.

Em declaração divulgada por um press release enviado à imprensa, Manson dá mais detalhes sobre essa canção, um rock energético e com tempero eletrônico que lembra os anos 1980:

“Estava em Santiago durante os protestos ali, que foram muito emocionantes. Andávamos pela cidade e ela estava coberta de pichações, em todos os antigos museus e palácios. E eu fiquei chocada. Foi nesse momento que as pessoas incríveis com quem eu estava disseram: ‘Mas por que você está tão chocada? Estamos protestando contra a violência a vidas humanas e as propriedades, e são os edifícios e monumentos que foram danificados aqui que te chocaram?’. E, de fato, os seres humanos estão sendo massacrados, e é nisso que você deve se concentrar. Isso foi como um tapa na cara”.

No Gods No Masters (clipe)- Garbage:

Counting Crows volta à tona com single e EP inédito sai em maio

Counting Crows - Butter Miracle, Suite One

Por Fabian Chacur

Desde o lançamento do álbum Somewhere Under Wonderland (2014), o ótimo grupo americano Counting Crows deu uma certa sumida de cena. Depois desses sete longos anos, eles finalmente nos proporcionam um novo single. Trata-se da deliciosa balada Elevator Boots, com fortes ecos de The Band e Van Morrison e pontuada pelos vocais emocionados de Adam Duritz. Trata-se da primeira prévia do EP Butter Miracle Suite One, que a BMG promete disponibilizar nas indefectiveis plataformas digitais no dia 21 de maio.

Elevator Boots equivale à segunda parte do que Duritz define como uma suíte. Ele explica, em press release enviado à imprensa:

“Enquanto escrevia o final da 1ª faixa, fiquei tocando os dois principais acordes para frente e para trás por um tempo, apenas curtindo a maneira como a música terminava em um loop. Por capricho, mudei os acordes e me vi cantando uma melodia diferente. As palavras simplesmente vieram direto à minha cabeça e percebi imediatamente que era o começo de uma música diferente. Foi quando me ocorreu que eu poderia escrever uma série de músicas diferentes, cada uma tocando perfeitamente a anterior e fluindo juntas como uma longa música. Uma suíte. Depois que pensei nisso, era tudo o que eu queria fazer”.

Com três décadas de estrada, os Counting Crows estouraram logo com seu álbum de estreia, August And Everything After (1993), que inclui seu hit-assinatura Mr. Jones. O CD seguinte, Recovering The Sattelites (1996), atingiu o topo da parada americana. Desde então, foram várias turnês e hits, incluindo a deliciosa Accidentally In Love (2004), tema de Shrek 2.

Elevator Boots– Counting Crows:

Weezer lança álbum com forte participação de uma orquestra

weezer 400x

Por Fabian Chacur

O projeto do Weezer para 2020 era um álbum cujo título seria Van Weezer, uma homenagem ao hard rock dos anos 1980. No entanto, o advento da pandemia do novo coronavírus fez com que a banda californiana mudasse de rumos. O fruto desse novo projeto, intitulado OK Human, será lançado nestsa sexta (29) pelo selo Crush Music/Atlantic (distribuído no Brasil pela Warner Music).

A primeira faixa a ser divulgada nas plataformas digitais é a deliciosa All My Favorite Songs, que serve como uma boa amostra do conteúdo do 14º álbum do grupo do cantor e guitarrista Rivers Cuomo. O clipe é bem divertido, e brinca com aquela fantasia de você entrar e sair de computadores e celulares, além de ressaltar o tema da letra, de as pessoas costumeiramente gostarem mais daquilo que as prejudica de alguma forma.

A grande novidade do projeto fica por conta da utilização de uma orquestra composta por 38 músicos, algo que o grupo aponta como inédito em suas três décadas de carreira. As inspirações são álbuns dos Beach Boys (em especial Pet Sounds), Harry Nilsson, Randy Newman e The Carpenters. A produção ficou a cargo de Jake Sinclair, que já trabalhou com Panic! A The Disco, Train, Pink e Fall Out Boy, enquanto os arranjos são assinados por Rob Mathes, que trabalhou com Sting, Bruce Springsteen, Sade, Panic! At The Disco e Train.

Eis as faixas de OK Human:

1. All My Favorite Songs
2. Aloo Gobi
3. Grapes of Wrath
4. Numbers
5. Playing My Piano
6. Mirror Image
7. Screens
8. Bird With A Broken Wing
9. Dead Roses
10. Everything Happens For A Reason
11. Here Comes The Rain
12. La Brea Tar Pits

All My Favorite Songs (clipe)- Weezer:

Billie Joe Armstrong, do Green Day, lançará álbum solo de covers

billie joe armstrong no fun mondays 400x

Por Fabian Chacur

Surpreendido pela pandemia do novo coronavírus, Billie Joe Armstrong viu a turnê que faria este ano com o Green Day suspensa por tempo indeterminado. Como forma de aproveitar seu tempo na inevitável quarentena, ele resolveu gravar um álbum solo de covers, cujas músicas foi lançando uma faixa por semana. Agora, chegou a vez de colocar no mercado no próximo dia 27 o pacote completo, com o título No Fun Mondays. No exterior, teremos formatos físicos, mas no Brasil a Warner Music não prevê ir além das plataformas digitais, ao menos por enquanto.

Ele deu mais detalhes em comunicado enviado à imprensa. “Enquanto nós todos estivemos em quarentena, eu estive refletindo sobre as coisas que mais importam na minha vida: família, amigos e, claro, música. Eu descobri que, se nós temos que passar este tempo em isolamento, no mínimo, nós podemos ser solitários juntos”, filosofa o punk rocker.

O álbum reúne 14 releituras de clássicos dos repertórios de John Lennon, Billy Bragg, Johnny Thunders, Tommy James And The Shondels, Dead Boys, Eric Carmem, Stiv Bators, The Clash e Adam Schlesinger, entre outros.

Na faixa Manic Mondays, escrita por Prince com o pseudônimo Christophe e sucesso com as Bangles nos anos 1980, ele conta no vídeo feito via internet com a participação especial de uma das integrantes dessa banda, a talentosíssima cantora e guitarrista americana Suzanna Hoffs.

Eis as faixas de No Fun Mondays:

I Think We’re Alone Now
War Stories
Manic Monday
Corpus Christi
That Thing You Do!
Amico
You Can’t Put Your Arms Round A Memory
Kids in America
Not That Way Anymore
That’s Rock ‘N’ Roll
Gimme Some Truth
Whole Wide World
Police On My Back
A New England

Manic Mondays– Billie Joe Armstrong e Suzanna Hoffs:

Green Day tem o ator Gaten Matarazzo em seu novo clipe

green day 2020-400x

Por Fabian Chacur

O Green Day está a mil por hora. O trio americano já havia lançado dois videoclipes como forma de antecipar o lançamento de seu novo álbum (leia mais aqui). Agora, com Mother Of All Motherfuckers já devidamente disponível, eles nos oferecem um novo clipe, desta vez para divulgar a faixa Meet Me On The Roof, outro petardo deste trabalho.

O clipe tem como trama um adolescente gordinho e feioso que tenta uma estratégia para ficar bem na fita com a garota pela qual está apaixonado. O papel é vivido pelo ator americano Gaten Matarazzo, conhecido por atuar na série Stranger Things e ser portador de displasia cleidocraniana. Lógico que ele se dá bem, no fim das contas, com direito ao Green Day tocando no teto da escola.

Meet Me On The Roof (videoclipe)- Green Day:

© 2021 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑