Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

King Animal é Soundgarden em boa forma

Por Fabian Chacur

Na explosão do grunge ocorrida em 1991 e liderada pelo Nirvana de Kurt Cobain, uma das bandas que mais se destacou foi a Soundgarden. O quarteto de Seattle lançou naquela época o impactante Badmotorfinger, e até 1996 atingiu o topo das paradas ianques, com os ótimos Superunknown (1994) e Down On The Upside (1996). Em 1997, no entanto, o quarteto se desfez.

Durante os 13 anos seguintes, o vocalista Chris Cornell lançou CDs solo e integrou o supergrupo Audioslave ao lado de três integrantes do Rage Against The Machine, enquanto os ex-colegas atuaram de maneira low profile. Em 2010, no entanto, Cornell (vocal e guitarra), Matt Cameron (bateria), Kim Thayil (guitarra líder) e Ben Shepherd (baixo) voltaram à ativa.

Agora, é a vez do álbum que finalmente sucede Down On The Upside. E felizmente os 16 anos de espera valeram a pena para os fãs da banda. King Animal, que entrou na parada ianque direto no quinto lugar na semana de seu lançamento, é Soundgarden em boa forma.

Quem curte a banda encontrará em suas 13 faixas o que eles habitualmente fazem em seus trabalhos. Trata-se de uma mistura de hard/heavy rock pontuada por elementos de psicodelismo, folk e pop que remetem a Black Sabbath, Led Zeppelin e outras bandas do gênero. O vozeirão de Cornell está em plena forma, assim como os riffs pesados e a batida energética do time, que também sabe ser sutil aqui e ali.

Been Away Too Long, que abre o álbum, traz o grupo com a faca entre os dentes. A fantástica e bem psicodélica A Thousand Days Before pega o ouvinte e o envolve logo de cara, enquanto Blood On The Valley Floor, Black Saturday e Worse Dreams não deixam margem a dúvidas: uma grande banda está de volta disposta a não sujar sua boa reputação.

Clipe de Been Away Too Long, do Soundgarden:

3 Comments

  1. Muito bom ver bandas como Soundgarden e Alice in Chains ainda soarem relevantes após a derrocada do grunge, isso mostra a qualidade de ambas.

  2. Essa banda é super bacana, tê-la de volta compondo material inédito é muito legal!

  3. Concordo com você, Hector. Isso não é tarefa fácil de se concretizar, e essas bandas merecem parabéns pela qualidade de seus trabalhos mais recentes. Grande abraço e obrigado pela visita a Mondo Pop!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*

© 2022 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑