Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: nasi

Ira! chega ao Rio para show único em sua bela versão folk e acústica

ira credito carina zaratin 1 (1)-400x

Por Fabian Chacur

No finalzinho de 2013, Edgard Scandurra e Nasi encerraram um longo período de inimizade e distância com o retorno da parceria que iniciaram nos tempos de escola e que gerou o Ira!, um dos grupos mais bem-sucedidos da história do rock brasileiro. Como se essa boa notícia não bastasse, eles ainda criaram, no início de 2016, um projeto paralelo, o Ira! Folk, investindo em versões acústicas de seus grandes hits.

É com essa formação que esses bons e velhos amigos se apresentam no Rio de Janeiro neste sábado (27) às 22h no Teatro VillageMall (avenida das Américas, nº 3.900- loja 160 do Shopping VillageMall- Barra da Tijuca- fone 0xx21-3431-0100), com ingressos custando de R$ 40,00 a R$ 150,00.

A encarnação folk do Ira! traz apenas a essência da banda, com Nasi nos vocais e Edgard Scandurra nos vocais e violão. Os shows da dupla nesse formato se mostraram tão bacanas que geraram em 2017 o DVD e CD Ira! Folk Ao Vivo Em Sâo Paulo, lançado em parceria com o Canal Brasil. Esse registro conta com as participações especiais de Yamandu Costa e Fernanda Takai.

Neste show único no Rio de Janeiro, Scandurra e seu fiel parceiro de Vila Mariana (SP) mergulham em uma deliciosa geral em momentos muito significativos de sua trajetória, com direito a maravilhas perenes do cancioneiro rocker brasileiro do porte de Flores em Você, Dias de Luta, Envelheço na Cidade, Eu Quero Sempre Mais, Tolices, Tarde Vazia e Núcleo Base.

Ouça o álbum Ira! Folk ao vivo em streaming:

Ira! relê ao vivo em São Paulo seu LP Psicoacústica (1988)

ira! 2018-400x

Por Fabian Chacur

Em 1988, o Ira! lançou o seu álbum mais experimental. Após dois trabalhos de muito sucesso, o grupo paulistano mostrou no LP Psicoacústica uma disposição de explorar novos rumos sonoros que a capa em 3-D (com direito a um óculos especial de brinde) já indicava. A banda comemora os 30 anos desse trabalho com dois show em São Paulo, nesta sexta (14) e sábado (15), sempre às 21h30, no Sesc Belenzinho- Comedoria (rua Padre Adelino, nº 1.000- Belenzinho- fone 0xx11-2076-9700), com ingressos custando de R$ 9,00 a R$ 30,00.

O set list dos shows do grupo paulistano trará na íntegra o repertório de seu terceiro álbum, do qual fazem parte músicas marcantes como Rubro Zorro, Poder, Sorriso, Fama, Receita Para Se Fazer Um Herói, Pegue Essa Arma e Farto de Rock ‘N’ Roll, que nem sempre costumam ser tocados ao vivo nos seus shows. Essa mistura de psicodelia, hard rock e até elementos de rap não vendeu muito na época, mas lhes proporcionou um CD influente e relembrado com carinho em sua discografia.

De volta à ativa desde 2014, após alguns anos fora de cena, o Ira! mantém de sua formação clássica Nasi (vocal) e Edgard Scandurra (guitarra e vocal), que hoje tem a seu lado Evaristo Pádua (bateria), Johnny Boy (teclados e violão) e Daniel Rocha (baixo). Além das músicas de Psicoacústica, haverá espaço para hits como Flores Em Você, Dias de Luta, Núcleo Base, Envelheço Na Cidade e Tarde Vazia.

Psicoacústica- Ira! (ouça em streaming):

Edgard Scandurra/Nasi: segue na estrada a turnê Ira! Folk

IRA_FOLK_2016 - credito Carina Zaratin-400x

Por Fabian Chacur

Tudo começou quando Edgard Scandurra e Nasi cantavam canções no melhor esquema voz e violão, lá na segunda metade dos anos 1970. Quase quatro décadas depois, o círculo de certa forma se fecha quando os velhos amigos iniciam a turnê Ira! Folk, na qual releem grandes sucessos da banda que os tornou conhecidos nacionalmente, o Ira!, em um formato voz e violão, despido de eletricidade e trazendo à frente as melodias e também os acordes acústicos dos violões.

O primeiro show do novo projeto ocorreu no último dia 13 de maio no Teatro Positivo, em Curitiba, perante 2.450 pessoas, ou seja, a lotação completa do local. E a boa notícia é que Scandurra e Nasi anunciaram mais 16 datas pelo Brasil, sendo que a primeira será realizada nesta sexta-feira (10) na cidade de Pato Branco (PR). A última confirmada até o momento rolará no dia 15 de outubro em Fortaleza (CE).

O repertório inclui canções bastante queridas pelos fãs da banda, como por exemplo Tolices, que Nasi recorda ter sido composta por Edgard Scandurra ainda nos seus tempos de colégio, em uma versão instrumental inicialmente intitulada São Patrício que pouco depois ganharia letra, e apareceria no primeiro álbum da banda, Mudança de Comportamento (1985). Tarde Vazia e Boneca de Cera também fazem parte do set list, que certamente virará DVD/CD.

As datas da turnê Ira! Folk confirmadas até o momento:

10.06.2016 PATO BRANCO/PR

11.06.2016 CASCAVEL/PR

02.07.2016 BELO HORIZONTE/MG

16.07.2016 SÃO CAETANO DO SUL/SP

12.08.2016 SÃO PAULO/SP

13.08.2016 SÃO PAULO/SP

18.08.2016 FLORIANÓPOLIS/SC

19.08.2016 JOINVILLE/SC

20.08.2016 BLUMENAU/SC

21.08.2016 JARAGUÁ DO SUL/SC

06.09.2016 NOVO HAMBURGO/RS

07.09.2016 PORTO ALEGRE/RS

08.08.2016 PELOTAS/RS

13.10.2016 RECIFE/PE

14.10.2016 NATAL/RN

15.10.2016 FORTALEZA/CE

Tolices (ao vivo)- Ira! Acústico:

Tarde Vazia (ao vivo)- Ira! Acústico:

Bonecas de Cera (ao vivo)- Ira! Acústico:

Caroline Negrão, aposta segura na nova MPB

Por Fabian Chacur

No meio da enorme quantidade de cantoras surgidas no cenário musical brasileiro dos últimos anos, escolho Caroline Negrão como uma das apostas mais seguras para desenvolver uma carreira sólida, instigante e de muito sucesso. Se já achava isso após ouvir seu recém-lançado CD de estreia, agora uma certeza contagiante tomou conta de mim.

Na noite desta terça-feira (6), a jovem cantora fez no Kia Ora Pub, na Barra Funda (SP), o show de lançamento do seu primeiro álbum, restrito a convidados. Nele, a jovem intérprete paulistana, acompanhada por uma impecável banda de apoio comandada por seu marido, o talentoso e seguro guitarrista Luiz Paraná, mostrou suas armas com total desenvoltura.

E quais seriam essas armas? Logo de cara, a belíssima voz, que Caroline domina com a classe e a segurança de uma veterana. Suas interpretações são dignas de alguém que, claramente, leu com calma cada letra de cada canção, incorporou seus significados mais ocultos e os pôs para fora, compartilhando-os com o público. Que dicção impecável!

Valendo-se de um visual clean e repleto de estilo, no qual se destaca seu cabelo adoravelmente curto, a moça mostra uma presença cênica econômica, sem exageros e pontuada por uma classe típica das grandes intérpretes, quando um fechar de olhos ou um passar de mãos nos cabelos dizem mais do que arroubos exagerados ou pulos sem medidas.

Assumidamente intérprete (compôs apenas Paredes em seu CD), Caroline deu um banho de bom gosto ao escolher seu repertório, buscando canções menos conhecidas (mas não menos belas, pelo contrário!) de autores consagrados como Paulinho Moska, Lenine, Arnaldo Antunes e Nasi, incorporando a cada uma delas sua personalidade forte, inteligência e sentimento.

Se nas músicas de seu ótimo CD, entre as quais as matadores Sem Você (Arnaldo Antunes-Carlinhos Brown), Acredito No Amor (Nasi-Kim Kehl) e Antes de Começar (Paulinho Moska), ela cativa o ouvinte logo de cara, é nos covers selecionados para o show que sua ousadia e bom gosto são testadas. E o resultado é fantástico.

Não é qualquer profissional do canto que pega hits como Malandragem (Frejat/ Cazuza, sucesso com Cássia Eller), Crazy (hit com Seal) e Back To Black (de Amy Winehouse) e nos proporciona releituras que concretizam a proeza de não fugir dos registros originais e ao mesmo tempo apresentar muita originalidade, sem cair ou na imitação pura ou em um distanciamento excessivo da canção original. Caroline usou a medida certa.

Poucas cantoras da nova geração da MPB demonstram tanta maturidade, personalidade e bom gosto como Caroline Negrão. Se com vinte e poucos anos ela já está nesse patamar, tremo de emoção só de pensar no que está por vir. Se tiver paciência e souber trilhar os caminhos certos, essa moça tem tudo para atingir o primeiro escalão da MPB. Ou da MPB com pimenta, como ela de forma feliz define seu próprio estilo.

Veja o clipe de Sem Você, com Caroline Negrão:

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑