Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Black Sabbath desfalcado virá ao Brasil

Por Fabian Chacur

Uma grande produtora de shows anunciou oficialmente nesta quarta-feira (3) que em outubro o Black Sabbath fará três shows no Brasil. As cidades que receberão a lendária banda de heavy metal serão Rio, São Paulo e Porto Alegre. O mesmo comunicado informou que maiores informações sobre os shows- preços, locais etc- serão divulgados em maio.

Mais uma vez veremos esta seminal banda britânica sem a sua formação original. Será, como diria o amigo de fé, irmão, camarada (e grande jornalista e biógrafo) Ayrton Mugnaini Jr., um “Black Sabbath à prestação”. A explicação para a genial expressão virá logo a seguir. Ele a criou nos anos 80 devido a uma situação vivida por mim.

Nunca tive a honra de ver o Police ao vivo. Não consegui ir aos shows que a banda realizou apenas no Rio em 1982 e 2007. No entanto, vi o Sting mais de uma vez (a primeira em 1987) e estava no show de abertura da segunda encarnação do Projeto SP, inaugurado com um show que reuniu a cantora Debra Holland (quem?) e os monstros sagrados Stanley Clarke (baixo) e os outros integrantes do The Police, Stewart Copeland (bateria) e Andy Summers (guitarra).

Diante desse fato, Mugnaini me soltou a pérola: “bem, no fim das contas você viu o The Police à prestação, pois teve a chance de ver seus três integrantes ao vivo em ocasiões diferentes”. É o mesmo que alguns fãs do Black Sabbath mais velhos (ou mais experientes, you name it) poderão dizer se os shows de outubro de fato se concretizarem.

A segunda visita do Black Sabbath ao Brasil ocorreu em agosto de 1994 no festival Philips Monsters Of Rock. Naquela ocasião, a banda trouxe o vocalista Tony Martin, acompanhado por Iommy, Butler e o baterista original do time, Bill Ward.

Ozzy Osbourne, como todos sabem, cantou aqui pela primeira vez em janeiro de 1985, no primeiro Rock in Rio, e voltou em outras ocasiões, incluindo uma na edição de 1995 do mesmo Philips Monsters Of Rock. Como tive a oportunidade de ver esses dois shows, eu também vi a formação original da banda que criou clássicos como Iron Man a prestação. Eita!

Desta vez, será Bill Ward quem não marcará presença nos shows da nova turnê do Sabbath. Ele saiu fora do time em 2012, alegando discordâcias em relação aos valores que seriam pagos por sua participação na turnê. Para substituí-lo, entrou no time Brad Wilk, baterista da banda de metal alternativo Rage Against The Machine.

Vale lembrar que uma outra encarnação do Black Sabbath também tocou duas vezes por aqui, desta vez com o lendário e saudoso Ronnie James Dio nos vocais. Em 1992, usaram o nome Black Sabbath mesmo (eu estava lá!), e em 2009, em seu retorno, o nome do álbum mais cultuado dessa fase da banda, Heaven And Hell. Ufa!!!

Veja o clipe de Iron Man, com o Black Sabbath:

4 Comments

  1. Gosto muito de Bill Ward (vide “The Wizard”, “Children of the Grave”, “Wheels of Confusion” e várias outras músicas com bateria de primeira). Mas a ausência de um dos outros três seria mais sentida…. Oportunidade histórica para os fãs brasileiros. Só me preocupa a saúde de Tony Iommi, The Riff Lord…

  2. Concordo com você, Neder. Se um deles tivesse de ficar de fora, seria mesmo o Bill Ward. O show tem tudo para ser ótimo, e torçamos para que a saúde do Tony Iommi continue em ordem. Grande abraço e obrigado pela visita qualificada!!!

  3. Sensacional texto, Fabian!
    Mas com R. J. DIO nos vocais é algo esplendoroso.

    Prestação ficou ótima! hahahahaha

  4. admin

    April 7, 2013 at 10:29 pm

    Muito obrigado pelo elogio, Ruy, ainda mais vindo de um cara como você, que entende de música. O Ronnie James Dio, além de cantar absurdamente bem, era gente finíssima. Tive a honra de entrevistá-lo via telefone lá pelos idos de 1995, e o cara foi de uma gentileza e simpatia a toda prova. Vi o Sabbath com ele nos vocais em 1992, e amei!!! Sua morte gerou uma grande perda para o rock and roll, sem sombra de dúvidas!!! Grande abraço e obrigado pela visita qualificada!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑