Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Anitta não cabia em um show de total excelência artística

anitta-400x

Por Fabian Chacur

Repercute e ainda repercutirá por muito tempo a participação da cantora carioca Anitta no show de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016, realizado na noite desta sexta-feira (6) no estádio do Maracanã. Uns dizem que ela não poderia estar presente no show. Outros, que ela representa o que há de mais moderno e popular na música brasileira atual. Os fãs vibraram; os detratores baixaram a lenha. E aí, qual seria a posição mais sensata para essa análise?

Para mim, o xis da questão reside no fato de que a abertura de um evento de proporções mundiais e visto por bilhões de pessoa via TV pelo mundo afora só deveria comportar a excelência do país em todos os aspectos. Incluindo a parte artística. E é aí que a coisa pega em relação à escalação da jovem cantora e compositora de 23 anos para atuar ao lado de dois gênios da arte brasileira, Caetano Veloso e Gilberto Gil.

É preciso respeitar Anitta, antes de tudo. Não é fácil chegar ao topo das paradas de sucesso e se manter por lá por tipo três anos, como a intérprete de Bang e Show das Poderosas está conseguindo. Isso é fruto do trabalho da gravadora Warner e de quem gerencia a sua carreira, claro, mas se ela não tivesse talento algum, obviamente não daria certo por tanto tempo. E para quem acha três anos pouco, isso é uma eternidade no mundo do show business, no qual reputações e carreiras começam e terminam mais rápido que o tempo para ler este parágrafo.

No entanto, é nítido que Anitta é ainda uma artista em formação. Não se trata de uma espécie de talento inato que surgiu de forma rápida e se consolidou a jato. São raríssimos os artistas com esse dom. E não há problemas em relação a isso, pois cada um amadurece no seu tempo. No entanto, quando se trata de escolher alguém que represente não só uma nação, mas uma cultura que é repleta de grandes talentos, não dá para escolher alguém com esse status.

Para vestir a camisa de um elenco de cantoras que já teve Elis Regina, Elizeth Cardoso, Dalva de Oliveira e tantos outros talentos absurdos, não dá para se colocar uma novata promissora. Era missão para Gal Costa, Ivete Sangalo, Maria Bethânia, alguém com essa estatura. Ou, se fosse o caso de colocar alguém mais jovem cronologicamente, que se optasse por Vanessa da Mata, Céu ou Maria Rita, essas, sim, novas, mas já com trajetórias sólidas.

Anitta não se saiu mal interpretando Isso Aqui o Que É, clássico de Ary Barroso, ao lado de Caetano e Gil. Não desafinou, não errou letra, nada desse gênero. Merecia uma nota seis, seis e meio, algo assim. Mas, pelo amor de Deus, esse show era coisa para nota dez! Se você tem quem possa ganhar a medalha de ouro, pra que apostar em alguém que só pode nos proporcionar a de bronze, ou nem isso? É simples assim. Valeu, Anitta, mas não deu pra você, com todo o respeito.

Isso Aqui o Que É– Caetano Veloso:

Isso Aqui o Que É– Joyce Moreno:

Isso Aqui o Que É– Emilio Santiago:

10 Comments

  1. Fabian, concordo com você. Maria Bethânia ou Gal Costa deveriam ter sido escaladas. Mas nada pode ser perfeito, não é mesmo.
    Só discordo deste ponto. “..mas se ela não tivesse talento algum, obviamente não daria certo por tanto tempo.”. Nós que passamos dos 40 lembramos muito bem de Milli Vanilli. Dupla que fez grande sucesso e por muito tempo e foi desmascarada depois. Anitta não é uma fraude, mas há pelo menos outras 100 cantores que cantam melhor que ela.
    Em uma festa com Elza Soares, Paulinho da Viola, Caetano e Gil, Anita estava no lugar errada e na hora errada. Isso sem falar em Ludimila. Mas ela pelo menos ficou restrita ao núcleo funk da festa. Abraços e parabéns pelo texto.

  2. Adorei sua posição, ponderada e sem agessividade, nao curti a apresentação dela e acredito que Maria Rita ou Ivete trariam nossa medalha de ouro!

  3. Paulo Henrique Pizza

    August 8, 2016 at 12:11 am

    Sem contar que foi playback…
    Mas sinto falta mesmo é da voz de Clara Nunes!
    Abraço, Fabian!

  4. admin

    August 9, 2016 at 7:50 pm

    Clara Nunes seria demais, mesmo, Pizza!!! Aquela cantava muito, e não só samba, como alguns pensam. Grande abraço e tudo de bom!

  5. admin

    August 9, 2016 at 7:51 pm

    Muito obrigado pele elogio, Alê!!! Bjs e tudo de bom!!!

  6. admin

    August 9, 2016 at 7:52 pm

    Muito obrigado pelo elogio e pela audiência qualificada, Emerson. Grande abraço e tudo de bom!

  7. E eu não queria ver a cerimônia de abertura das Olimpíadas 2016 justamente por causa da Anitta!

  8. A Ludmilla também avacalhou a cerimônia, como eu disse, não queria assistir por causa das duas, já que eu não gosto das duas.

  9. Eu não vejo diferença entre Anitta e Ivete,estão no mesmo nível.Dizem que a escolha foi do Caetano que adora provocar.Sem contar que o Rio de Janeiro não é só a terra da bossa-nova,tem o samba do morro e o hip-hop,representado pela cantora.E querendo aprofundar,a tropicália de Gil e Caetano tinha justamente este propósito de unir todas as tendências musicais

  10. Colocar a Ivete no patamar das outras Divas…

Leave a Reply

Your email address will not be published.

*

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑