Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: novo cd (page 1 of 2)

Nelly Furtado lança seu novo trabalho no dia 31 de março

nelly furtado-400x

Por Fabian Chacur

Já tem data para ser lançado o novo trabalho de Nelly Furtado. The Ride, CD da cantora e compositora canadense descendente de portugueses, chegará ao mercado no dia 31 de março pelo seu selo, o Nelstar, criado em 2009. Agora com os cabelos adoravelmente curtinhos, Furtado nos oferece o sexto trabalho de sua bem-sucedida carreira, cinco anos após The Spirit Indestructible (2012).

The Ride conta com a produção de John Congleton, conhecido por ter trabalhado com nomes do porte de St.Vincent, Blondie, Franz Ferdinand e Erykah Badu. A cantora comenta a química da parceria dos dois neste novo álbum: “foi muito legal, porque sou super pop – eu realmente gravito em direção a melodias pop quando escrevo – mas John é realmente interessante e pode reorganizar minha música pop em um arranjo mais punk, nada como o que eu faria”.

Nelly estourou no cenário pop logo com seu disco de estreia, Whoa, Nelly (2000), que traz os hits I’m Like a Bird e Turn Off The Light e lhe rendeu um troféu Grammy. Folklore (2003) tem como destaque Island Of Wonder, seu dueto com Caetano Veloso. Loose (2006) atingiu o primeiro lugar na parada americana, enquanto Mi Plan (2009) foi seu primeiro trabalho em castelhano. Pipe Dreams, do novo CD, já conta com um belo clipe, e é uma das 12 faixas autorais do disco.

Pipe Dreams (clipe)- Nelly Furtado:

Hyldon lançará o seu novo CD só de inéditas em novembro

DIGIPACK_CD_HYLDON_COISASSIMPLES

Por Fabian Chacur

Boa notícia para os fãs da soul music à moda brasileira. Está previsto para sair em novembro, ou seja, no próximo mês, o novo trabalho do cantor, compositor e músico Hyldon. O título já está definido, As Coisas Simples do Mundo, assim como a gravadora, a Deck. A capa e o trabalho gráfico do CD ficaram por conta com designer Flavio Albino e do fotógrafo Daryan Dornelles.

Gravado em estúdio com a banda que o acompanha em shows, o disco traz dez composições de autoria do artista, sendo todas as letras escritas por ele e algumas melodias assinadas por Cris Delano, Alex Moreira, Luiz Otávio e Alex Malheiros. Hyldon adianta que as músicas tem como tema família, amizade, memórias afetivas e paixões, e que será um prazer sair para uma turnê com os mesmos músicos que gravaram com ele este álbum.

Com mais de 40 anos de estrada, Hyldon é conhecido como um dos mestres da soul music tupiniquim, ao lado de Tim Maia, Cassiano e Claudio Zoli. Em seu repertório, temos canções sublimes do porte de Na Rua Na Chuva Na Fazenda (Casinha de Sapê), As Dores do Mundo e Na Sombra de Uma Árvore, todas de 1976. Sempre na ativa, continua lançando novos trabalhos e feito shows pelos quatro cantos do país.

Ouça o CD Na Rua, Na Chuva, Na Fazenda, do Hyldon, na íntegra:

The Monkees estão de volta à parada dos EUA com novo CD

the-monkees-good-times-400x

Por Fabian Chacur

No ano em que completa 50 anos de carreira, os Monkees comemoram tal efeméride com um feito elogiável. Good Times!, seu novo álbum de inéditas e primeiro desde Justus, de 1996, chegou à parada da revista Billboard, a bíblia da indústria fonográfica mundial, direto na 14ª posição em sua semana de lançamento. É a sua melhor performance desde 1968, quando The Birds, The Bees And The Monkees atingiu o 3º posto.

Nada mais justo para um álbum que foi concebido de forma bastante feliz. Ele conta com a produção de Adam Schlesinger, líder da banda Fountains Of Wayne, e mescla faixas gravadas originalmente entre 1967 e 1968 e que só foram completadas agora com gravações absolutamente inédita de canções feitas para eles por autores de gerações mais recentes, como Andy Partridge, do XTC, Rivers Cuomo, do Weezer, Noel Gallagher, do Oasis, e Paul Weller, do The Jam.

Nele, temos a participação dos quatro integrantes originais da banda criada em 1966 pelos produtores Bob Rafelson e Bert Schneider e coordenado musicalmente por Don Kirschner para estrelar uma série televisiva. O programa fez tanto sucesso que o grupo, originalmente feito para ser um tipo de xerox dos Beatles em sua fase Help!, tornou-se um grande sucesso no mundo real, com quatro álbuns e três singles no número um nos EUA e milhões de cópias vendidas em todo o planeta.

Davy Jones, o único inglês do grupo e que nos deixou em fevereiro de 2012, marca presença no álbum com a faixa Love To Love (de Neil Diamond), gravada originalmente nos anos 1960. Harry Nilsson (1941-1994) é outro que marca presença de forma póstuma no CD, tocando piano na ótima faixa-título do CD, que é de sua autoria. Outro autor bacana que marca presença no disco é Bem Gibbard, da banda alternativa Death Cab For Cutie.

A sonoridade do álbum em suas 13 faixas (existem outras quatro distribuídas como bônus em versões diferentes do disco para vários países) é bem próxima da dos anos de ouro do grupo, uma mistura de rock melódico, folk e pop com aquelas melodias mágicas e vocalizações muito legais, especialmente as feitas por Micky Dolenz. A performance de Peter Tork e Mike Nesmith é também muito legal, em faixas ótimas como You Bring The Summer (Andy Partridge), She Makes Me Laugh (Rivers Cuomo) e I Wasn’t Born To Follow (Gerry Goffin e Carole King).

You Bring The Summer– The Monkees:

She Makes Me Laugh– The Monkees:

Wasn’t Born To Follow– The Monkees:

The Corrs anunciam quando o seu novo CD chegará às lojas

the corrs 2015-400x

Por Fabian Chacur

O grupo irlandês The Corrs anunciou o seu retorno à ativa em junho, como você ficou sabendo em Mondo Pop em primeiríssima mão no Brasil (leia de novo a matéria aqui). Só faltava saber o nome do novo CD e quando teria início a comeback tour. Agora não falta mais. White Light sairá no dia 27 de novembro nos formatos físico e digital, e a turnê começa em janeiro de 2016.

White Light será o primeiro álbum só de composições inéditas lançado pela banda desde Home (2005), e marca a volta dos irmãos Andrea (vocal e flauta), Sharon (vocal e violino), Caroline (vocal, bateria, piano e bodhran) e James (guitarra, piano e acordeon) após quase dez anos longe de cena. Eles participaram neste mês do Festival BBC Radio 2 Live, realizado no Hyde Park, em Londres.

O novo álbum ainda não teve músicas divulgadas, e também marca os 20 anos do lançamento do primeiro álbum do quarteto, Forgiven Not Forgotten (1995). Nos últimos dez anos, os irmãos se dedicaram a suas famílias e também a carreiras-solo. Sharon Corr nos visitou em duas ocasiões, e até gravou um DVD ao vivo por aqui (saiba mais aqui).

A turnê de divulgação do novo trabalho dos Corrs terá início em janeiro de 2016, e por enquanto só foram divulgadas datas no Reino Unido. Ficamos no aguardo de novidades em relação a mais shows, especialmente no Brasil, onde o grupo possui um grande fã-clube e que nunca recebeu uma de suas apresentações ao vivo, afora as de Sharon.

The Corrs- Tour White Light:

19/01 – BIRMINGHAM, Genting Arena
20/01 – CARDIFF, Motorpoint Arena
22/01 – LIVERPOOL, Echo Arena
23/01 – LONDON, 02 Arena
24/01 – MANCHESTER, Manchester Arena
26/01 – GLASGOW, Hydro
28/01 – DUBLIN, 3 Arena
29/01 – BELFAST, The SSE Arena

Unplugged MTV (ao Vivo)- The Corrs (veja na íntegra):

Bixiga 70 mostra novo álbum em SP neste domingo (28/6)

Bixiga 70 2015- cred Leco de Souza-400x

Por Fabian Chacur

O Bixiga 70, uma das melhores e mais excitantes bandas brasileiras, acaba de lançar seu terceiro CD, novamente autointitulado. O timaço de músicos radicados no bairro do Bixiga em São Paulo irá mostrar o novo repertório em sua cidade natal em show neste domingo (28) às 18h no Centro Cultural São Paulo (rua Vergueiro, 1.000), com ingressos a R$ 20,00 e R$ 10,00 (foto: Leco de Souza/Divulgação).

Gravado em agosto de 2014 com apoio do Petrobrás Cultural, o álbum foi produzido por Victor Rice e masterizado pelo francês Grant Phabao, integrante do coletivo Paris DJs. Pela primeira vez em sua carreira, o grupo criou as composições e os arranjos das músicas totalmente durante as gravações, em democrático processo de criação coletiva.

São nove músicas, entre as quais Ventania, 7 Pancadas, Mil Vidas e Di Dancer, nas quais a mistura de várias tendências das músicas africana e brasileira, jazz, soul e muito mais se mostra afiadíssima e irresistível em termos rítmicos. O Bixiga 70 é integrado por Décio 7 (bateria), Marcelo Dworecki (baixo), Cris Scabello (guitarra), Mauricio Fleury (teclado e guitarra), Rômulo Nardes e Gustávo Cék (percussão), Cuca Ferreira (sax barítono), Daniel Nogueira (sax tenor), Douglas Antunes (trombone) e Daniel Gralha (trompete).

Bixiga 70 (2015)- CD completo em streaming:

Grupo Fundo de Quintal lança novo CD de inéditas em breve

grupo fundo de quintal 2014-400x

Por Fabian Chacur

Foram oito longos anos de espera, mais precisamente desde o álbum Pela Hora. Mas finalmente chegou a hora de ouvirmos um novo trabalho de composições inéditas e gravado em estúdio do Grupo Fundo de Quintal. Um dos mais importantes grupos da história do samba, o time promete esse CD de inéditas para dezembro, com 14 faixas inéditas e lançamento pela gravadora LGK Music. O estúdio é o Cia dos Técnicos (RJ).

O disco marca o retorno de Mário Sérgio (cavaquinho e vocal) ao grupo, ele que havia saído há cerca de uma década para se dedicar a projetos individuais. O cara volta a ficar ao lado de Ronaldinho (banjo e voz), Ademir Batera (bateria), Bira Presidente (pandeiro e voz), Ubirany (repique de mão e voz) e Sereno (tantã e voz), uma das formações mais consistentes dos 35 anos de carreira do Grupo Fundo de Quintal.

Além de canções dos integrantes Mário Sérgio, Sereno e Ronaldinho, o novo trabalho também trará músicas de autoria de nomes bacanas das novas gerações do samba, como Mauro Júnior (do grupo Revelação), Leandro Fab, Renan Pereira, Picolé e Pretinho, entre outros. Nem é preciso dizer que o samba solto e consistente será a marca desse trabalho. O produtor é o genial Rildo Hora, outro guru do samba.

De quebra, o Fundo de Quintal também fará parte do Samba Book de Dona Ivone Lara com uma releitura da música Preá Comeu. Considerados inovadores do samba ao introduzir novos instrumentos nesse ritmo, a banda mantém três integrantes de sua formação original, os mestres Ubirany, Sereno e Bira Presidente, verdadeiras sumidades da música brasileira e simpáticos até a medula.

Ouça na íntegra O Mapa da Mina (1986), do Grupo Fundo de Quintal:

Novo CD do Maroon 5 é aula de pop rock simples e direto

maroon5-v-400x400

Por Fabian Chacur

Desde o seu estouro com o álbum de estreia, Songs About Jane (2003), a banda americana Maroon 5 conseguiu se firmar no cenário da música pop graças a um trabalho despretensioso, bem construído e sem vanguardismos ou intenções mais profundas. Seu novo álbum, V, que acaba de sair no Brasil via Universal Music, é a nova prova de sua eficiência.

As armas do grupo ianque são o vocal e o carisma do também guitarrista-base Adam Levine, e a competência de seus músicos, cuja escalação atual inclui Mickey Madden (baixo), Matt Flynn (bateria), James Valentine (guitarra), Jesse Carmichael (teclados, de volta após rápida saída em 2012) e PJ Morton (teclados). Um ótimo time, que provou sua competência em shows ao vivo no Brasil.

Com produção novamente a cargo do experiente Max Martin, conhecido por seus trabalhos com Backstreet Boys, Britney Spears, N Sync, Katy Perry e Taylor Swift, o grupo não largou mão de sua mistura de rock, soul, rhythm and blues e pop, investindo em um repertório repleto de canções grudentas que escapam do banal.

Levine, que desde 2011 se tornou um dos coachs (treinadores) da versão americana do reality show musical The Voice e ficou ainda mais popular, sabe se valer do falsete como elemento de diferencial vocal, e aos 35 anos de idade se mostra em plena maturidade artística, com boas interpretações e muito bom gosto.

V é daqueles álbuns para você ouvir de ponta a ponta. Não traz inovações e não tenta ser um novo Sgt Pepper’s, mas dá ao ouvinte uma sensação gostosa de bom entretenimento e alto astral, variando entre canções dançantes como Maps, Animals e a deliciosa Sugar a baladas matadoras como My Heart Is Open (dueto com Gwen Stefani, do grupo No Doubt) e a fantástica Lost Stars, uma das três faixas-bônus da Deluxe Edition do CD.

Outro momento excelente do álbum é a ótima releitura de Sex And Candy, único hit (em 1998) do hoje esquecido grupo americano Marcy Playground, que com o Maroon 5 tem tudo para voltar às paradas de sucesso. Quer ouvir um CD pop, descontraído, consistente e sem medo de ser feliz? Esse V aqui é uma boa dica.

Sugar– Maroon 5:

Sex And Candy– Maroon 5:

Franz Ferdinand divulga capa de seu novo CD

Por Fabian Chacur

O grupo escocês Franz Ferdinand divulgou a capa de seu novo CD. O álbum, intitulado Right Thoughts, Right Words, Right Action, deverá chegar às lojas físicas e virtuais no dia 27 de agosto, pelo selo Domino. Trata-se do quarto álbum da banda, que sairá quatro longos anos após o anterior, Tonight (2009), que atingiu o nono lugar na parada americana no seu lançamento.

Quem comprar a versão física standard do CD levará como brinde um disco adicional gravado ao vivo e intitulado Right Notes Right Words Wrong Order. A gravadora também promete uma edição de luxo, intitulada Passport Edition, que inclui um CD, um LP de vinil e também faixas adicionais e conteúdo exclusivo em relação aos outros formatos.

O quarto álbum do quarteto escocês liderado pelo carismático cantor e guitarrista Alex Kapranos foi gravado em sessões realizadas em estúdios situados na Escócia, Londres, Estocolmo e Oslo. O grupo também promete divulgar em breve em seu site oficial algumas parcerias que teriam ocorrido em faixas deste álbum.

Algumas das novas músicas do Franz Ferdinand (como Fresh Strawberries) fizeram parte do set list apresentado por eles em Sâo Paulo no dia 30 de março de 2013, no Jockey Club, durante sua participação no Lollapaloza Brasil 2013, festival do qual foram um dos destaques em termos de repercussão e reação do público presente.

Eis as músicas da edição standard do novo álbum do Franz Ferdinand:

1. Right Action
2. Evil Eye
3. Love Illumination

4. Stand On The Horizon
5. Fresh Strawberries

6. Bullet

7. Treason! Animals.

8. The Universe Expanded
9. Brief Encounters
10. Goodbye Lovers & Friends

Veja o show do Franz Ferdinand no Lollapalooza Brasil 2013:

Lucila Novaes lança novo CD no Café Paon

Por Fabian Chacur

A cantora paulista Lucila Novaes irá mostrar o repertório de seu novo álbum, É…, lançado pela gravadora Lua Music, em show no dia 24 de maio (sexta-feira) às 22h30 que terá como palco o Café Paon (avenida Pavão, 950- fone 0xx11-95348-662). Os ingressos custam R$ 35, e o show contará com a participação especial do compositor Paulo Novaes, destaque da nova geração da MPB.

É.. figura entre os lançamentos mais legais da MPB recente, e conta com músicas de autores como Gonzaguinha, Chico Buarque de Hollanda, Jean e Paulo Garfunkel, Dani Black e Juca Novaes, entre outros, abrangendo desde pioneiros da MPB até importantes revelações da nova geração da nossa música. Leia a crítica do CD aqui

A cantora oriunda da cidade de Avaré e cujo primeiro álbum solo (Frestas do Céu) saiu em 1998 será acompanhada neste espetáculo por Cláudio Duarte (violão), Pichu Borrelli (baixo e direção musical), Michel Freidenson (teclados) e Jorge Saavedra (bateria), com direção a cargo de Cris Ferri. No repertório, canções como Quem Viver Verá, É…, Ao Ligar a TV, Contrato de Separação e Sing (sucesso dos Carpenters nos anos 70).

Veja Lucila Novaes no Programa Em Cartaz, de Atílio Bari:

Veja Lucila Novaes no programa Senhor Brasil, de Rolando Boldrin:

Patrícia Marx lança novo CD em SP e no Rio

Por Fabian Chacur

Embora com apenas 38 anos de idade (fará 39 no próximo dia 20 de junho), Patrícia Marx está completando três décadas de carreira profissional. Como forma de celebrar essa importante efeméride em sua vida, a cantora está lançando o álbum Trinta, cujos shows de lançamento serão realizados em São Paulo e no Rio.

Em Sampa City, Patrícia cantará nesta terça-feira (19) no Bourbon Street (rua dos Chanés, 127-Moema), com ingressos a R$ 35,00. Na Cidade Maravilhosa, ela marcará presença no Teatro Net Rio (rua Siqueira Campos, 143- Copacabana) no dia 26 de março, sendo que os ingressos custam R$ 110,00 (mais informações sobre os dois shows podem ser obtidos no www.ingressorapido.com.br ).

Trinta mistura canções nunca antes gravadas pela intérprete com releituras de alguns dos mais importantes sucessos de sua trajetória. O álbum tem como destaque Espelhos D’Água, dueto com Seu Jorge, e Menino (com Diego Oliveira), além de canções marcantes em sua voz doce e afinadíssima, como Cedo Ou Tarde e Ficar Com Você.

Patrícia Marx ficou conhecida no cenário musical ainda criança, integrando o grupo infantil Trem da Alegria ao lado de Juninho Bill e Luciano Nassó. Em 1987, iniciou a carreira solo com o álbum Paty e o sucesso de Festa do Amor. A partir do início dos anos 90, deixou de lado o público adolescente e passou a investir em um pop mais maduro e criativo.

Misturando de forma bastante eficiente bossa nova, r&b moderno, soul, música eletrônica, dance music e pop, Patrícia conseguiu se consolidar como uma das boas intérpretes pop nacionais, com direito a shows e discos gravados especialmente para o mercado internacional, e a trabalhar com o badalado Nelson Motta.

Veja o clipe de Espelhos D’Água, com Patrícia Marx e Seu Jorge:

Older posts

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑