Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: cantoras americanas anos 2000 (page 1 of 2)

Remi Wolf lança um clipe de Michael feito em Buenos Aires

remi wolf cantora-400x

Por Fabian Chacur

Saber aproveitar o seu tempo é uma qualidade das mais valiosas. A jovem cantora e compositora americana Remi Wolf deu provas de que tem um bom controle nessa área. Ela esteve em março na América do Sul para shows, incluindo uma elogiada participação no Lollapalooza Brasil 2022. E, já que teve um tempinho entre um show e outro, gravou um clipe (tendo Buenos Aires como pano de fundo) para um novo e sensacional single, Michael, que já está nas plataformas digitais.

Michael é o que se pode classificar como um pop com atitude, nervoso, intenso, com muita personalidade. Aos 26 anos de idade, essa garota californiana está lançando também uma versão deluxe de seu álbum de estreia, June. A canção foi escrita com Jack Demeo e Aaron Maine (da banda Porches), com produção adicional a cargo de Solomophonic.

Com boa voz e swing, Remi possui outras faixas bem legais, como a ótima Street You (ouça aqui) e também a divertida e sacudida Anthony Kiedis (ouça aqui), intitulada com o nome do vocalista e líder de uma das bandas preferidas dela, os icônicos Red Hot Chili Peppers.

Michael (clipe)- Remi Wolf:

Maggie Rogers esbanja energia no single That’s Where I Am

maggie rogers 400x

Por Fabian Chacur

Em 2016, o consagrado cantor, compositor e produtor americano Pharell Williams participou de um seminário de música em uma escola e ficou de queixo caído ao ouvir a música Alaska (ouça aqui), de uma então ainda desconhecida artista chamada Maggie Rogers. A surpresa ficou registrada em um vídeo que viralizou na internet. Pois a carreira dela vai de vento em popa, e ela está de single novo na área, o poderoso rock com elementos eletrônicos That’s Where I Am.

O novo e ótimo single dessa promissora cantora, compositora e musicista americana que completa 28 anos nesta segunda-feira (25) é a primeira amostra de Surrender, seu 4º álbum, que sairá no dia 29 de julho com distribuição a cargo da Universal Music. O clipe foi filmado em Nova York, tem participação relâmpago de David Byrne, e é definida assim por Maggie:

“A música e a atitude da cidade (de Nova York) foram uma grande fonte de inspiração para o disco. Por todas essas razões, havia apenas um lugar onde poderíamos gravar o vídeo. NY é um personagem principal, é um amigo, um amante, um inimigo às vezes. De muitas maneiras, o videoclipe é sobre essa história de amor com Nova York”.

Maggie Rogers nasceu em 25 de abril de 1994 em Easton, Maryland, e estudou na Berklee School Of Music e também no Clive Davis Institute Of Recorded Music, tendo se formado nesta última em engenharia musical, produção musical e inglês. Ela lançou dois álbuns independentes, The Echo (2012) e Blood Ballet (2014), antes de ser descoberta por Pharrell Williams.

O seu álbum de estreia por uma gravadora major, Heart It In a Past Life (2019), atingiu o 2º posto na parada americana e lhe valeu uma indicação como artista revelação no Grammy. Ela já participou de diversos festivais nos EUA, Reino Unido e Europa. Outra novidade: Maggie cortou os cabelos bem curtinhos, e é assim que aparece no clipe de That’s Where I Am.

That’s Where I Am (clipe)- Maggie Rogers:

Rozzi lança Consequences, com a participação de Nile Rodgers

rozzi foto-400x

Por Fabian Chacur

Rozzi é uma cantora e compositora norte-americana que aos poucos vai crescendo no cenário musical pop. Tem vários atrativos: é muito bonita, tem presença cênica, bagagem musical e, melhor de tudo, canta que é uma maravilha. A nova amostra fica por conta de Consequences, single dançante com tempero rocker que conta com a participação mais do que especial do grande Nile Rodgers na guitarra.

Com formação musical formal, Rozzi Crane (nascida em San Francisco, California, em 2 de maio de 1991) foi backing vocal para artistas como Don Henley e Sergio Mendes ainda nova. Em 2012, foi contratada pelo vocalista do grupo Maroon 5, Adam Levine, para o selo da banda, no qual lançou EPs. Ela também abriu e participou de shows da banda e também de Come Away To The Water (ouça aqui), faixa da banda incluída em 2012 em um dos filmes da franquia de filmes Jogos Vorazes.

Seu primeiro álbum completo, Bad Together, saiu em 2028, quando seu relacionamento com Levine já havia acabado. Ela também trabalhou com astros da música atual do porte de Kendrick Lamar e Pusha T., entre outros. Consequences é uma das seis faixas de seu novo EP, Berry, que inclui também a faixa Fflow, balada vigorosa que tem clipe disponível (veja aqui). Outra faixa bacana da moça é I Can’t Go To The Party (ouça aqui).

Consequences– Rozzi e Nile Rodgers:

Ashe mostra lado dançante no seu single Another Man’s Jeans

ashe cantora foto 400x

Por Fabian Chacur

Em um momento no qual várias artistas muito novinhas são alardeadas como a salvação do pop, chega a ser curioso citar como revelação uma garota que completará 29 anos no próximo dia 24 de abril. Estamos falando da cantora e compositora americana Ashe, que demorou um pouquinho mais do que colegas como Billie Eilish e Olivia Rodrigo para ganhar os holofotes, mas que aos poucos obtém bons e merecidos espaços na mídia. Ela acaba de lançar um novo single, Another Man’s Jeans, que pode ser o prenúncio do que virá a ser o seu 2º álbum. E a amostra é bem bacana.

Ao contrário da maioria de seus hits, a nova faixa de Ashlyn Rae Wilson (seu nome de batismo) aponta para uma batida mais dançante, com levada rítmica deliciosa que possui ecos de All I Wanna Do, o 1º hit da carreira da grande Sheryl Crow. Vale destacar o clipe, bem divertido, com coreografias espertas e gravado em um luxuoso hotel no México. Detalhe: teve de ser refeito a toque de caixa, pois o material original foi danificado, mas ficou bom assim mesmo.

Ashe possui formação teórica, pois cursou música na Berklee College Of Music, em Boston. Ela inicialmente fez músicas para outros artistas, e começou a ficar mais conhecida com o sucesso de duas canções gravadas com nomes importantes do pop atual: Moral Of The Story, com o ex-integrante do grupo One Direction Niall Horan (ouça aqui) e FINNEAS, irmão e parceiro artístico de Billie Eilish, em Till Forever Falls Apart (ouça aqui).

Essas faixas, assim como a também envolvente Not Mad Anymore (ouça aqui), que traz um clipe incluindo ótima coreografia de sapateado (tap dancing), são destaques do belo álbum de estreia de Ashe, intitulado Ashlyn. A moçoila tem alguns fãs célebres, entre os quais Brian Wilson (dos Beach Boys) e a atriz Diane Keaton. A moça mostra muita categoria nas baladas românticas, mas agora também apresenta seu lado mais upbeat. Fiquem de olho nela!

Another Man’s Jeans (clipe)- Ashe:

Norah Jones lançará edição de 20 anos de Come Away With Me

norah jones come away with me 400x

Por Fabian Chacur

Em 26 de fevereiro de 2002, chegava ao mercado discográfico Come Away With Me, álbum de estreia da cantora, compositora e pianista americana Norah Jones. Depois de um início tímido em termos comerciais, esse trabalho foi aos poucos caindo nas graças do público. No fim das contas, virou um dos grandes fenômenos do século XXI na área musical, vendendo quase 30 milhões de cópias, liderando as paradas de sucesso em 20 países e proporcionando 8 troféus Grammy, o Oscar da música. No dia 29 de abril, será lançada uma edição especial para celebrar os 20 anos do lançamento deste celebrado trabalho.

Come Away With Me 20th Anniversary Super Deluxe Edition será lançado pelo selo Blue Note, hoje da Universal Music, nas plataformas digitais e também em 3 CDs e 4 LPs de vinil, com direito a um belo encarte com fotos inéditas e textos informativos. Além das 14 faixas remasterizadas do álbum original, temos também 30 faixas adicionais, sendo 22 delas inéditas, incluindo versões demo e outras raridades. Veja o trailler com os formatos aqui.

Colocado na prateleira de jazz, Come Away With Me é na verdade um álbum pop por excelência, pois apresenta elementos de country, folk, r&b e soul mesclados em sua realização. Várias faixas conseguiram boa execução em rádios, com destaque para a faixa título e à icônica Don’t Know Why, sendo que esta última virou uma espécie de cartão de apresentações da bela e talentosíssima estrela americana, que completará 43 anos no dia 30 de março.

Come Away With Me (demo version)- Norah Jones:

Billie Eilish lança o clipe dirigido por ela para a faixa Male Fantasy

billie eilish-400x

Por Fabian Chacur

Com apenas 20 anos de idade (completados no último dia 18 de dezembro), Billie Eilish se firma cada vez mais como um dos nomes mais importantes da música pop no momento. No dia 31 de janeiro, por exemplo, ela concorrerá a sete troféus Grammy, sendo cinco deles nas principais categorias: Gravação do Ano, Álbum do Ano, Música do Ano, Melhor Álbum Pop Vocal e Melhor Performance Solo. Ela é a artista mais jovem a ser indicada duas vezes nessas mesmas categorias em um mesmo ano, desta vez graças a seu segundo álbum, Happier Than Ever.

Mais uma prova da sua versatilidade: Billie Eilish é a diretora de seu novo clipe, que divulga uma das faixas mais densas do seu mais recente trabalho, a bela e melancólica Male Fantasy. As cenas se passam dentro de um apartamento, e as imagens ilustram bem o conteúdo da letra. Vale registrar que ela também assinou, com o irmão Finneas (seu parceiro musical), a música-tema do mais recente filme da franquia James Bond, No Time To Die (veja o clipe aqui).

Male Fantasy (clipe)- Billie Eilish:

Cat Power divulga mais duas músicas de seu álbum Covers

cat power 2 400x

Por Fabian Chacur

Chan Marshall, cantora, compositora e produtora americana mais conhecida pelo nome artístico Cat Power, lança seu novo álbum no dia 22 de janeiro pelo selo Domino. Ela acaba de antecipar mais duas faixas desse trabalho. Uma é I’ll Be Seeing You, composição de Fain Sammy e Kahal Irving que ficou famosa na gravação feita por Billie Holiday em 1944. A outra é Unhate (ouça aqui), versão repaginada de uma canção da própria artista, Hate, lançada por ela em seu álbum The Greatest (2006).

O clipe de I’ll Be Seeing You, dirigido por Greg Hunt, flagra Cat Power em um night club intimista estilo anos 1940. Ela explica o que a motivou a reler essa canção: “Quando pessoas que você ama foram tiradas de você, sempre há uma música que guarda a memória delas em sua mente. É uma conversa com aqueles do outro lado e é muito importante para mim alcançar as pessoas dessa forma.”

Covers traz basicamente releituras de músicas dos repertórios de Billie Holiday, Frank Ocean, The Pogues, Dead Man’s Bones e The Rolling Stones, entre outros. O disco será disponibilizado em CD, LP de vinil e também nas plataformas digitais. Também teremos uma versão limitada em vinil prateado que trará como brinde um compacto simples com You Got The Silver, cover dos Rolling Stones.

I’ll Be Seeing You (clipe)- Cat Power:

Brandi Carlile, vencedora de seis Grammys, lança um novo álbum

brandi carlile

Por Fabian Chacur

Grande representante da música country dos anos 2000, Brandi Carlile acaba de lançar o seu 7º álbum de estúdio. Trata-se de In These Silent Days, lançado pela Low Country Sound/Elektra Records, selos ligados à Warner Music. Uma das faixas mais impactantes é a espetacular Broken Horses, que saiu também no formato single e tem o mesmo título do livro de memórias que a cantora, compositora e musicista americana lançou recentemente.

Composto e gravado durante a pandemia do novo coronavírus, o álbum mostra Brandi cantando e tocando violão e piano, tendo como acompanhantes básicos os irmãos Tim (vocal e baixo) e Phil Hanseroth (vocal e violão), seus parceiros há um bom tempo. O som feito por ela parte do country e acrescenta elementos de rock, folk e pop com muita categoria. A moça completou 40 anos de idade em junho, e possui nada menos do que 6 troféus Grammy em seu currículo. Elton John é outro de seus fãs célebres.

Além do novo álbum, Brandi oferecerá duas boas novidades aos fãs em breve. No dia 6 de novembro, tocará na íntegra o repertório do álbum Blue (1971), de sua amiga e fã Joni Mitchell. E em fevereiro de 2022, será a vez do festival Girls Just Wanna Weekend, no México, liderado por ela e com participações de Sheryl Crow, KT Tunstall, Tanya Tucker, Indigo Girls, Yola e outras. Seu 1º CD saiu em 2005, e desde então a moça invadiu as paradas de sucesso nos EUA, crescendo de álbum a álbum em termos de popularidade e qualidade artística.

Broken Horses– Brandi Carlile:

Lana Del Rey divulga clipe e lançará mais um álbum em 2021

lana del rey 400x

Por Fabian Chacur

Lana Del Rey é uma das artistas mais produtivas da sua geração. Desde o lançamento de seu autointitulado álbum de estreia em 2010, a cantora e compositora americana não tem deixado seus inúmeros fãs sem material novo por um prazo muito grande. Desta vez, então, ela caprichou na encomenda. Em 19 de março, a moça de cabelos longos lançou com sucesso o álbum Chemtrails Over The Country Club. Agora, surpreendendo a muitos, anuncia outro, Blue Banisters, para o dia 22 de outubro, em vários formatos físico e nas plataformas digitais. O clipe de mais uma de suas faixas, a bela e melancólica Arcadia, acaba de ser disponibilizado.

Além de Arcadia, cujo clipe introspectivo tem tudo a ver com o momento atual vivido por todos nós, já tivemos três outras faixas do que será o 8º álbum de estúdio de Lana devidamente disponibilizadas nas plataformas digitais: Wildflower Wildfire, Blue Banisters e Text Book.

Com visual fortemente inspirado nos anos 1950 e 1960 e explorando sonoridades mais sofisticadas e densas daquele período, a cantora americana surpreende pelo fato de conseguir um resultado comercial excelente com seus álbuns, sendo que cinco deles atingiram o topo da parada britânica e dois nos EUA, sendo que todos (com a exceção do 1º, lançado de forma independente) atingiram ao menos o nº3 nas paradas de sucesso citadas.

Eis as faixas de Blue Banisters:

1. Textbook

2. Blue Banisters

3. Arcadia

4. Interlude – The Trio

5. Black Bathing Suit

6. If You Lie Down With Me

7. Beautiful

8. Violets for Roses

9. Dealer

10. Thunder

11. Wildflower Wildfire

12. Nectar of the Gods

13. Living Legend

14. Cherry Blossom

15. Sweet Carolina

Arcadia (clipe)- Lana Del Rey:

Billie Eilish aparece loiríssima, sensual e ousada em novo clipe

billie eilish lost cause

Por Fabian Chacur

No início de maio, Billie Eilish apresentou a faixa Your Power, uma amostra de seu 2º álbum, Happier Than Ever (leia mais sobre single e álbum aqui), que será lançado em 30 de julho pela Universal Music. Para atiçar ainda mais o apetite de seus fãs, a agora loiríssima garota de 19 anos nos oferece Lost Cause, r&b com batida midtempo e envolvente que traz outras novidades.

Em mais uma aposta na auto suficiência, a cantora e compositora americana ataca de diretora do clipe que divulgar sua nova canção. Agora loiríssima, ela surge ao lado de seis outras garotas passeando por uma mansão, com direito a coreografias, ingestão de batatas fritas e brincadeiras sensuais que de certa forma lembram um pouco os vídeos iniciais de outra estrela pop que começou novinha, a cantora americana Britney Spears.

Lost Cause (clipe)- Billie Eilish:

Older posts

© 2022 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑