Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: seu jorge

Zeca Pagodinho/Seu Jorge em um show único em São Paulo

zeca e seu jorge 2-400x

Por Fabian Chacur

Dois grandes nomes da música popular brasileira estarão em São Paulo nesta sexta-feira (30) a partir das 23h30 no Espaço das Américas (rua Tagipuru, nº 795- Barra Funda- call center 0xx11-2027-0777), com ingressos de R$ 40,00 a R$ 250,00. São eles Zeca Pagodinho e Seu Jorge. Uma união repleta de ritmo, malemolência, inúmeros hits e uma amizade bacana mantida há um bom tempo por esses dois sambistas de primeira linha.

Zeca Pagodinho tornou-se conhecido inicialmente como compositor de hits para artistas do porte de Beth Carvalho. A partir de 1986, ganhou fama nacional graças a seus sambas bem-humorados, românticos e inspirados nas raízes do gênero, embora sem nunca se furtar a elementos inovadores. Em seu repertório, hits do porte de Judia de Mim, Vai Vadiar, Coração em Desalinho, Verdade e Deixa a Vida Me Levar, que o tornaram o nome mais popular do samba atualmente.

Já Seu Jorge fez fama inicial cantando no grupo Farofa Carioca, para, logo a seguir, investir em carreira solo que o tornou conhecido no Brasil e também internacionalmente. Versátil, ele vai de samba, samba-rock, soul, pop e outros elementos musicais, além de ter uma sólida carreira como ator. O seu set list de sucessos também vai longe, incluindo Burguesinha, Carolina, Amiga da Minha Mulher e muitos outros.

A noitada no Espaço das Américas promete ser das boas. Primeiro, teremos os shows individuais de cada artista, repletos de músicas legais. Depois, eles se unirão no palco para uma seleção musical não divulgada previamente, mas que certamente terá o bom gosto e a categoria dos dois a garantir a festança. Tem tudo para varar a noite… Vale lembrar que o evento faz parte do projeto Versão Brasileira, que viabiliza parceria do naipe desta aqui.

Meu Parceiro– Seu Jorge e Zeca Pagodinho:

Seu Jorge lança novo CD com um show no Citibank Hall (SP)

seujorge-400x

Por Fabian Chacur

O swing, o pique e o carisma de Seu Jorge serão a atração deste sábado (20) às 22h em São Paulo. O palco será o do Citibank Hall (avenida das Nações Unidas, 17.955), com ingressos custando entre R$ 40,00 a R$ 280,00 (mais informações em www.ticketsforfun.com.br). O cantor e compositor carioca está lançando seu novo CD, o ótimo Música Para Churrascos Vol.2 , que chegou às lojas em março deste ano.

O álbum dá continuidade a uma trilogia iniciada em 2011 com Música Para Churrascos Vol.1 (leia entrevista de Seu Jorge para Mondo Pop sobre esse trabalho aqui). O trabalho teve ótima repercussão, e é exatamente o que está conseguindo o seu segundo volume (leia entrevista de Seu Jorge sobre esse novo CD aqui ).

Música Para Churrascos Vol.II vai além do samba e do samba rock contidos no trabalho inicial, mergulhando em outras sonoridades, notadamente disco music, soul e funk music, mas sem perder a assinatura própria do som do artista, cuja marca registrada é um vozeirão facilmente identificável pelo ouvinte. Músicas como Motoboy, Ela é Bipolar e Papo Reto se destacam.

O repertório do show traz músicas do novo trabalho e também sucessos de seus quase 20 anos de carreira discográfica, entre os quais Burguesinha, Mina do Condomínio e Amiga da Minha Mulher. Vale lembrar que a arte de capa do novo CD leva a assinatura de um amigo ilustre do astro, o artista plástico Vik Muniz.

Ela é Bipolar– Seu Jorge:

Motoboy– Seu Jorge:

Burguesinha– Seu Jorge:

Seu Jorge vai além do samba e faz nova trilha de churrascos

seu jorge-400x

Por Fabian Chacur

Em 2011, Seu Jorge lançou o CD Música Para Churrascos, uma espécie de “trilha para churrascos” em sua própria definição. Um grande sucesso de vendas e execução, o álbum seria o primeiro de uma trilogia, segundo revelou o artista na época. Pois agora chega a vez de Música Para Churrascos II, e o cantor, compositor e músico carioca oferece novidades aos fãs na continuação dessa história.

Em entrevista coletiva realizada em São Paulo no seu bar Karavelle, Seu Jorge explica a ampliação do espectro sonoro do novo CD, que foi além do samba contido no volume inicial rumo a soul, disco music e funk music de verdade. “A festa vai evoluindo no decorrer do tempo. Esse CD mostra mais gente doida chegando, mais convidados aparecendo”.

Ele vai além nos detalhes musicais. “Carrego o Rio dentro de mim, onde o samba é o principal elemento musical, mas procuro celebrar a espontaneidade do povo brasileiro no meu trabalho e neste CD, incluindo outros ritmos. E também porque todo churrasco começa mesmo com samba, e depois vai ampliando seus horizontes musicais”.

Com 10 faixas, Música Para Churrascos II traz momentos bastante marcantes e com cara de que farão bastante sucesso, entre os quais Ela é Bipolar, Na Verdade Não Tá, Papo Reto e Moto Boy, sendo esta última a primeira a ser trabalhada na mídia. Ele explica a homenagem. “São Paulo sem motoboy e sem internet fica ruim geral. Gosto de falar do trabalhador nas minhas canções, de mostrar que estou de olho neles, pois gosto muito dessa gente”.

Embora ainda sem uma data fechada, Música Para Churrascos terá uma terceira parte para fechar o pacote, com direito a mais histórias e mais ritmos sacudidos e até românticos na mistura. Seu Jorge arrisca uma definição para o churrasco perfeito. “Alegria, música boa, carne, cerveja e que as pessoas possa aproveitar bem o tempo que passarem juntas. As pessoas é que fazem o churrasco acontecer, sem dúvida”.

Atualmente, Seu Jorge mora em Los Angeles, onde tem feito bons contatos para suas incursões como ator no cinema e também na música. Entre outros, conheceu por lá um dos pioneiros do rap, o mitológico Kurtis Blow (do hit The Breaks). Ele acabou de atuar em um filme feito no exterior sobre a vida de Pelé no qual viveu o papel de Dondinho, pai do maior jogador da história do futebol.

“O filme Cidade de Deus me fez um artista respeitado no mundo todo e me credenciou a morar nos EUA. A possibilidade de educação, de estudar lá, me atraiu e aos meus filhos também. Tive a ajuda de muita gente na minha vida, na minha carreira, e hoje só tem eu do Gogó da Ema morando em Los Angeles”.

A arte da capa do CD e do seu encarte foi concebida pelo consagrado artista plástico Vik Muniz, imitando os caracteres usados por cartazistas de supermercados. “Trabalhamos juntos há dez anos, já fui até capa de um de seus livros”.

Em termos musicais, Seu Jorge afirma que uma das grandes lições que teve na vida ocorreu ao ouvir uma entrevista de Chico Science, de cujo trabalho não gostou logo de cara, mas de quem depois virou fã. “Ele disse que você precisa acreditar no seu regionalismo. E eu vi que o meu era o samba, e aí surgiu a ideia do meu primeiro grupo, o Farofa Carioca”.

Motoboy– Seu Jorge (lyric video):

Patrícia Marx lança novo CD em SP e no Rio

Por Fabian Chacur

Embora com apenas 38 anos de idade (fará 39 no próximo dia 20 de junho), Patrícia Marx está completando três décadas de carreira profissional. Como forma de celebrar essa importante efeméride em sua vida, a cantora está lançando o álbum Trinta, cujos shows de lançamento serão realizados em São Paulo e no Rio.

Em Sampa City, Patrícia cantará nesta terça-feira (19) no Bourbon Street (rua dos Chanés, 127-Moema), com ingressos a R$ 35,00. Na Cidade Maravilhosa, ela marcará presença no Teatro Net Rio (rua Siqueira Campos, 143- Copacabana) no dia 26 de março, sendo que os ingressos custam R$ 110,00 (mais informações sobre os dois shows podem ser obtidos no www.ingressorapido.com.br ).

Trinta mistura canções nunca antes gravadas pela intérprete com releituras de alguns dos mais importantes sucessos de sua trajetória. O álbum tem como destaque Espelhos D’Água, dueto com Seu Jorge, e Menino (com Diego Oliveira), além de canções marcantes em sua voz doce e afinadíssima, como Cedo Ou Tarde e Ficar Com Você.

Patrícia Marx ficou conhecida no cenário musical ainda criança, integrando o grupo infantil Trem da Alegria ao lado de Juninho Bill e Luciano Nassó. Em 1987, iniciou a carreira solo com o álbum Paty e o sucesso de Festa do Amor. A partir do início dos anos 90, deixou de lado o público adolescente e passou a investir em um pop mais maduro e criativo.

Misturando de forma bastante eficiente bossa nova, r&b moderno, soul, música eletrônica, dance music e pop, Patrícia conseguiu se consolidar como uma das boas intérpretes pop nacionais, com direito a shows e discos gravados especialmente para o mercado internacional, e a trabalhar com o badalado Nelson Motta.

Veja o clipe de Espelhos D’Água, com Patrícia Marx e Seu Jorge:

Conheça os CDs mais vendidos no Brasil

Por Fabian Chacur

Em um cenário no qual os discos sertanejos, pops e evangélicos continuam dando as cartas, é bem saudável e animador ver o bom desempenho de Música Para Churrascos Vol.1, de Seu Jorge.

Com alguns meses no mercado, o mais recente álbum do excelente cantor, compositor e músico carioca tem conseguido se manter entre os mais vendidos, ocupando atualmente a quarta posição. Uma boa aposta em uma maior diversidade dos gêneros musicais nos charts brazucas.

De resto, a pesquisa feita pela Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD) em parceria com a empresa de pesquisas Nielsen entre os dias 10 e 16 de outubro traz novamente os nomes de Padre Marcelo Rossi, Paula Fernandes e os outros de sempre neste 2011.

Veja a relação dos 10 discos mais vendidos no Brasil:

01 PADRE MARCELO ROSSI ÁGAPE MUSICAL SONY MUSIC

02 PAULA FERNANDES AO VIVO UNIVERSAL MUSIC

03 REBELDES REBELDES 2011 EMI MUSIC

04 SEU JORGE MÚSICAS PARA CHURRASCO VOL. 1 UNIVERSAL MUSIC

05 SHAKIRA SALE EL SOL  SONY MUSIC

06 ADELE 21 SONY MUSIC

07 KATY PERRY  TEENAGE DREAM  EMI MUSIC

08 GUSTTAVO LIMA E VOCÊ – AO VIVO SOM LIVRE

09 LUDMILA FERBER O PODER DA ALIANÇA SOM LIVRE

10 LUAN SANTANA AO VIVO NO RIO  SOM LIVRE

Conheça os CDs mais vendidos no Brasil

Por Fabian Chacur

A aposta de Seu Jorge em um repertório conciliando qualidade artística e apelo popular em seu novo CD, Música Para Churrascos Vol. 1, está dando super certo.

O novo trabalho do cantor, compositor e músico carioca está no segundo lugar entre os CDs mais vendidos no Brasil, na mais recente pesquisa feita pela Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD) e pela empresa Nielsen no período entre 15 a 21 de agosto.

Ele só não conseguiu superar ainda a mineira Paula Fernandes, que se mantém no topo com seu Ao Vivo.

Outro destaque fica por conta de Katy Perry, que será uma das atrações no Rock in Rio, no próximo dia 24/9. Seu Teenage Dream entrou no top 10, ocupando a posição de número 7.

E temos também Diogo Nogueira, que com seu samba renovado se mostra cada vez mais popular. O novo CD do cara, Poder da Criação, já está em 9º lugar na parada.

OS DEZ CDS MAIS VENDIDOS NO BRASIL

01         PAULA FERNANDES AO VIVO     UNIVERSAL MUSIC

02         SEU JORGE     MÚSICAS PARA CHURRASCO VOL. 1     UNIVERSAL MUSIC

03         AMY WINEHOUSE     BACK TO BLACK     UNIVERSAL MUSIC

04         LUAN SANTANA     AO VIVO NO RIO     SOM LIVRE

05         EXALTASAMBA     25 ANOS AO VIVO RADAR RECORDS

06         ZEZE DI CAMARGO & LUCIANO     20 ANOS DE SUCESSO     SONY MUSIC

07         KATY PERRY     TEENAGE DREAM     EMI MUSIC

08         CAETANO E MARIA GADÚ     MULTISHOW AO VIVO (CD + DVD)  UNIVERSAL MUSIC

09         DIOGO NOGUEIRA     PODER DA CRIAÇÃO     EMI MUSIC

10         ADELE     21     SONY MUSIC

Seu Jorge, o cara que agrada a todos

Por Fabian Chacur

Quando entrevistei Zeca Pagodinho pela primeira vez, em 1988 ou 1989, no escritório da gravadora BMG em São Paulo (ficava na rua Dona Veridiana), ele me falou uma frase marcante:

“Sei falar com o povão e sei falar com os bacanas”.

Essa frase se encaixa feito luva para definir como encarei a primeira entrevista que tive a oportunidade de fazer com Seu Jorge nesta quarta (20), para falar de seu novo CD, Música Para Churrascos Vol.1, primeiro de sua associação com a Universal Music.

Simples e simpático, o cantor, compositor e músico carioca é daquele tipo de pessoa que cativa pela impressionante capacidade que tem de expressar suas ideias de um jeito que qualquer um pode entender.

Alie-se essa característica ao fato de ele ser um ótimo músico e um ótimo ator, e temos aí um astro de verdade, desses que não precisa de mil seguranças, um milhão de assessores e muita marra para se impor por aí. Sua presença basta para segurar a onda.

Isso explica o porque esse cara é um nome conhecido mundialmente e também o porque se tornou extremamente popular aqui no Brasil nos últimos tempos.

Seu novo projeto inclui dez músicas e é o primeiro de uma trilogia dedicada ao tema.

“Esse título para o projeto surgiu quando pensei no que um churrasco no Rio na verdade é, que é mais a coisa do mutirão, palavra que vi que nem existe em outra língua, quando pesquisei no google. O pessoal se reúne no fim de semana para dar uma relaxada, aí um traz a carne, outro a cerveja, outro o gelo…”

As canções retratam personagens como o do casal de velhos que tinha tudo para se dar bem, mas cuja mulher fica viciada em bingos e gasta uma grana.

Tem a boazuda doida que acaba ficando com o cara errado, a amiga da mulher que enlouquece o pobre maridão, e por aí vai.

“Retratei situações que ocorrem nesses encontros. O disco traz temas para a gente se divertir, um bom começo para a trilha sonoro dessas reuniões, onde Zeca Pagodinho e Fundo de Quintal nunca podem faltar”.

O artista carioca vê apenas um elemento constante em seus trabalhos, desde os tempos em que foi vocalista do grupo Farofa Carioca, no final dos anos 90.

“O cavaquinho no centro do som é o que une esse trabalho aos outros. Acho que o cavaquinho pode entrar em qualquer contexto musical, não só no samba. O repertório e cada disco são diferentes entre si, pois tem o tempo, as minhas experiências, o amadurecimento”.

Com cinco músicas já prontas para o segundo volume da trilogia, Seu Jorge pensa em gravar esse próximo disco em Los Angeles, com o mesmo elenco de músicos.

“Tenho uma parceria forte com o produtor Mario Caldato Jr. (que mixou o novo CD, n.da r.), e ele tem um belo estúdio lá, com muitos instrumentos bacanas que teríamos dificuldades para trazer para o Brasil. Vamos visitar outras sonoridades, com o mesmo time”.

Música Para Churrasco tem toda a cara de virar projeto multimídia, e Seu Jorge não descarta essa possibilidade.

“Pode virar um roteiro para cinema e TV, sim, mas não comigo escrevendo, pegaria gente competente dessa área para fazer, alguns amigos, como o Lázaro Ramos. Gostaria de explorar a diversão e o drama. Pode ser como o Ó, Paí, Ó, que tem esses dois lados. Chamo essa ideia de Rua X”.

Após belas e bem-sucedidas experiências de gravar ao lado de Ivete Sangalo e Alexandre Pires, Seu Jorge se diz mais aberto do que nunca a experiências com outros gêneros musicais.

“É preciso haver intercâmbios sempre, pois informação e inovação empurram o mundo para a frente. Não tenho problemas com nenhum outro estilo musical, sou a favor da aproximação dos generos musicais”.

Além de ter participado com sucesso de Tropa de Elite 2, maior bilheteria da história do cinema nacional, Seu Jorge também teve uma coletânea na série Perfil, da Som Livre, que só aborda artistas do primeiríssimo time.

Ele aproveita para fazer um elogio ao universo da música sertaneja.

“Acho que o Chitãozinho & Xororó, o Zezé Di Camargo & Luciano e o Leonardo souberam se organizar, plantaram um cenário exemplar, e hoje Luan Santana e Paula Fernandes, entre outros, colhem esses frutos, também”.

© 2020 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑