Mondo Pop

O pop de ontem, hoje, e amanhã...

Tag: adele (page 2 of 4)

Usher lidera a parada americana

Por Fabian Chacur

Usher, um dos grandes nomes da black music americana, está de volta ao topo das paradas de sucesso de seu país natal. Looking 4 Myself, seu novo álbum, é o líder da parada americana esta semana, atingindo a marca de 128 mil cópias vendidas em sua semana de lançamento. O cara merece!

Trata-se da quarta vez em que o excelente cantor e compositor americano consegue tal façanha. A ótima Climax, canção que puxa a divulgação do álbum, está há nove semanas em primeiro lugar na parada de singles de R&B. Dá-lhe, garoto!

Com quase 20 anos na estrada, Usher é fera tanto nas canções balançadas como nas baladas swingadas, e tem no currículo maravilhas como Yeah! e My Confessions, entre outras. Além de cantar e compor bem, ele também arrebenta nos shows, dançando com desenvoltura.

Outra novidade bacana na parada americana desta semana é o novo álbum de estúdio do Rush. O trio canadense, há mais de 40 anos na estrada, larga na segunda posição com Clockwork Angels, que vendeu 103 mil exemplares em sua largada.

Trata-se do segundo trabalho dos roqueiros a atingir esse posto. O primeiro foi Counterparts, em 1993. O Rush nunca chegou ao posto mais alto dos charts ianques, mas sempre vende muitos discos por lá, prova de que possui público fiel.

Adele, que na semana passada emplacou sua 24ª semana não consecutiva na liderança das listas de sucessos americanas, agora se encontra no posto de número 3 com o seu 21, que vendeu 63 mil cópias nesta semana.

O astro country Josh Turner, com seu álbum Punching Baby (45 mil cópias vendidas) ficou na quarta posição, enquando o cantor e compositor britânico Ed Sheeran completa o Top 5 com seu álbum + (42 mil cópias vendidas).

A boy band britânica One Direction continua vendendo bem no país presidido por Barack Obama, ocupando a sexta posição ao atingir 39 mil cópias vendidas esta semana de seu álbum Up All Night. O álbum que reuniu novamente o veterano Neil Young com a banda Crazy Horse, Americana, está no sétimo lugar em sua segunda semana nos charts, tendo vendido 37 mil cópias. O CD traz releituras de clásicos do folk americano.

Outro astro country, Alan Jackson, perdeu por questão de poucas cópias para Neil Young, ocupando o posto de número 8 com o seu mais recente lançamento, Thirty Miles West. A trilha do filme Rock Of Ages (36 mil cópias comercializadas) e o novo álbum do rapper Waka Flocka Flame, Triple F Life (33 mil cópias), estão respectivamente em nono e décimo lugar.

Veja o clipe de Climax, de Usher:

Adele volta ao nº1 nos EUA após três meses

Por Fabian Chacur

A disputa foi boa, mas no fim das contas, ganhou quem já estava em cena. Após três meses, o álbum 21, de Adele, retorna ao topo da parada americana, completando 24 semanas não consecutivas na posição. Com isso, o álbum se iguala a duas trilhas clássicas, as dos filmes Purple Rain (1984), de Prince, e Saturday Night Fever (1977), com músicas dos Bee Gees e de outros astros pops.

O álbum da inglesinha mais popular no cenário pop atual vendeu mais de 9 milhões de cópias nos EUA até o momento. O disco se mantém desde o seu lançamento, ocorrido a 68 semanas, sempre no top 10. Sua pior posição até hoje foi em dezembro de 2011, quando esteve no sétimo posto. 21 é, até agora, também o álbum mais vendido na terra de Barack Obama em 2012.

Se acabou tendo de se contentar com o segundo posto em sua semana de lançamento, Thirty Miles West, de Alan Jackson, perdeu por pouco, pois conseguiu vender em torno de 73 mil cópias nesse período, segundo dados compilados para a Billboard pela empresa de pesquisar Soundscan. Uma ótima performance do astro country.

Os Beach Boys também podem comemorar bastante a marca obtida pelo CD que marca o seu retorno, That’s Why God Made The Radio, que com 61 mil cópias comercializadas atingiu o terceiro posto nos EUA esta semana. Trata-se do melhor resultado obtido pelo grupo desde 1974, quando a coletânea Endless Summer atingiu o primeiro lugar.

Se o critério for álbuns de estúdio de inéditas, a coisa vai mais longe, remetendo a 1965, quando Summer Days (And Summer Nights!) ocupou o segundo posto. E também é o primeiro top 10 álbum de Brian Wilson e sua turma desde Big Ones. Ufa!

E outro veterano se deu bem nos charts ianques. Trata-se de Neil Young, que largou na quarta posição com seu Americana, álbum de covers do folk americano, que vendeu 44 mil cópias nesta semana e marca o primeiro trabalho do cantor, compositor e músico canadense com o Crazy Horse desde 2003, quando chegou às lojas Greendale.

Ouça Chasing Pavements, com Adele:

Beach Boys, Adele e Alan Jackson: a disputa

Por Fabian Chacur

Três grandes nomes de diferentes épocas da música disputam esta semana o primeiro lugar na parada americana de álbuns mais vendidos da revista americana Billboard. Um verdadeiro duelo de feras!

Segundo os analistas da revista, o provável, ou melhor, a provável vencedora será a sensação da nova geração da música pop. O álbum 21, da inglesinha Adele, deve vender entre 70 a 73 mil cópias. Se isso se confirmar, o segundo trabalho da cantora completará sua 24ª semana não consecutiva no topo dos charts ianques. Isso, mesmo com o CD há mais de um ano nas lojas.

Por sua vez, Thirty Miles West, do astro country Alan Jackson, poderá atingir um número entre 67 a 70 mil cópias comercializadas, o que pode proporcionar ao astro que se tornou conhecido a partir dos anos 90 o seu quinto álbum no topo da lista de vendas mais importante.

Correndo por fora, temos That’s Why God Made The Radio, primeiro trabalho de inéditas em décadas dos Beach Boys. O grupo traz Brian Wilson, Al Jardine, Mike Love e Bruce Johnston de sua formação clássica, e poderá atingir entre 60 a 65 mil cópias, sendo, mais provavelmente, candidato forte para encarar o terceiro posto.

Se isso ocorrer, será o melhor resultado de vendas de um disco do célebre grupo de rock americano desde 1974, quando sua coletânea Endless Summer passou uma semana no primeiro lugar nos EUA. O disco, 29º de estúdio dos Beach Boys, é um dos marcos das comemorações de seus 50 anos de carreira.

Veja matéria da TV americana sobre os 50 anos de carreira dos Beach Boys:

Adele vende 9 milhões de álbuns nos EUA

Por Fabian Chacur

A cantora Adele parece não se cansar de quebrar recordes e atingir novas marcas invejáveis no mundo da música pop. Nesta semana, a jovem intérprete ultrapassou o patamar de nove milhões de cópias vendidas de seu álbum 21 nos EUA.

Ela conseguiu concretizar esse invejável desempenho após completar 64 semanas no Top 10 da parada ianque, performance equivalente entre as mulheres ao de Forever Your Girl (1988), da cantora/jurada Paula Abdul, e só inferior ao desempenho de Jagged Little Pill (1995), de Alanis Morissette, que ficou 72 semanas nos charts.

O bacana é saber que a expectativa de sua gravadora era de que o segundo álbum da moçoila conseguisse vender entre cinco e seis milhões de cópias até março de 2012. Como 21 ocupa o segundo posto nas listas de sucessos nos EUA esta semana, dá para esperar novos futuros recordes por parte da simpática gordinha de vozeirão.

O atual single do álbum, Rumour Has It, está tocando bastante nas rádios. Até o fim do ano, uma nova canção de Adele deve chegar às lojas. Será provavelmente o tema do novo filme da franquia James Bond, Sky Fall, previsto para ser lançado no dia 9 de novembro.

Ouça Rumour Has It, novo single de Adele e faixa do álbum 21:

Carrie Underwood barra volta de Adele ao topo

Por Fabian Chacur

Carrie Underwood conseguiu vencer Adele, que pretendia comemorar sua 24ª semana no topo da parada americana. Com seu mais recente álbum, Blown Away, a vencedora do reality show American Idol em 2005 conseguiu emplacar a segunda semana consecutiva no primeiro lugar na parada da Billboard, com 120 mil cópias vendidas na última semana.

Adele até que tentou, mas seu álbum 21 atingiu a marca de 101 mil cópias vendidas durante o mesmo período, o que lhe proporcionou um honroso segundo lugar. Vale lembrar que o disco de Adele já saiu há mais de um ano, o que torna o seu desempenho realmente impressionante.

Por sua vez, a simpática loirinha Carrie Underwood consegue pela primeira vez ter um álbum por mais de uma semana no primeiro lugar em seu país. Sua mistura de country, rock e pop se mostra mais eficiente do que nunca. E ela tem um vozeirão.

O álbum de Adele teve um aumento de vendas em função do Dia das Mães. Outro álbum beneficiado pela efeméride foi Tuskegee, de Lionel Richie, que vendeu na última semana 71 mil cópias e voltou a subir na parada, ocupando o terceiro lugar.

A quarta posição nas listas ianques ficou nas mãos da coletânea de sucessos atuais Now 42, que teve 65 mil exemplares adquiridos no mesmo período.

O bloco dos cinco primeiros é completado por Little Broken Hearts, mais recente trabalho da cantora, compositora e tecladista americana Norah Jones, que vendeu 60 mil cópias em sua segunda semana nos charts. O álbum da gata do jazz/country/pop estreou nos charts ianques no segundo posto.

Ouça Good Girl, novo single de Carrie Underwood e faixa do álbum Blown Away:

Carrie Underwood lidera a parada dos EUA

Por Fabian Chacur

A cantora Carrie Underwood desbancou o ex-White Stripes Jack White do topo da parada americana. Blown Away, seu quarto álbum, estreou nos charts ianques direto no primeiro lugar, vendendo 267 mil cópias na última semana.

Carrie venceu a quinta edição do reality show American Idol, realizada em 2005, e rapidamente se consolidou como uma das grandes estrelas da música country americana.

Esta é a terceira vez que a louríssima intérprete abocanha a liderança da parada do seu país. Os trabalhos anteriores que conseguiram essa façanha foram Carnival Ride (2007) e Play On (2009). A moça completou 29 anos no dia 10 de março.

O segundo posto da parada da Billboard ficou nas mãos de Little Broken Hearts, da cantora e compositora Norah Jones, com 110 mil cópias comercializadas. A coletânea Now 42, que inclui hits atuais dos principais nomes da música pop, estreou em terceiro lugar, com 95 mil cópias vendidas.

Adele, com seu álbum 21, ocupa agora a quarta posição, com 77 mil cópias. No entanto, os analistas da Billboard preveem que a estrelinha britânica pode voltar ao número 1 na próxima semana, devido ao fato de não estar previsto o lançamento de nenhum álbum novo de campeões de vendas.

Se isso ocorrer, será a semana de número 24 da intérprete de Someone Like You no comando da parada da terra de Barack Obama.

Completam o top 10 dos EUA nesta semana: 5Strange Clouds – B.o.B (76 mil cópias), 6Tuskegee – Lionel Richie (64 mil cópias), 7- Blunderbluss – Jack White (56 mil cópias), 8-Up All Night – One Direction (45 mil cópias), 9 Smash – Original Soundtrack (39 mil cópias) e 10Born Villain – Marilyn Manson (38 mil cópias).

Ouça Blown Away, com Carrie Underwood:

One Direction bate Springsteen nos EUA

Por Fabian Chacur

Durou apenas uma semana a alegria de Bruce Springsteen como líder da parada de sucessos americana. Wrecking Ball, novo álbum do The Boss, acaba de ser superado por Up All Night, do quinteto One Direction.

Para quem não conhece, este grupo britânico, também conhecido como 1D, surgiu em 2010 durante a edição daquele ano do programa The X Factor (criado por Simon Cowell, o jurado bravo de American Idol), durante a qual acabou emplacando a terceira posição.

Up All Night, álbum de estreia do quinteto, vendeu durante a última semana 176 mil cópias, que lhe garantiram o primeiro posto nos EUA e mais a quebra de uma importante marca.

Eles são o primeiro grupo britânico a ver seu CD de estreia entrar na parada americana direto na liderança.

O melhor resultado anterior de uma banda conterrânea havia sido obtido em 1996 por Spice, primeiro disco das Spice Girls, que estreou na parada ianque no sexto lugar e chegou ao primeiro posto após 14 semanas na disputa.

O One Direction é formado por Niall Horan (o único irlandês), Zayn Malik, Liam Payne, Harry Stiles e Lous Tomlinson. Eles tem entre 18 e 20 anos de idade, e fazem um pop rock bem acessível e dançante.

Uma típica boy band, portanto, que vem para preencher o espaço ocupado em gerações anteriores por New Kids On The Block, N Sync, Backstreet Boys e tantos outros.

O grupo, que recentemente abriu shows para a banda Big Time Rush, irá iniciar sua turnê como atração principal na América do Norte a partir do dia 24 de maio. No dia 12 deste mês, mais de 10 mil fãs viram o quinteto no programa Today, da rede de TV ABC, e eles irão participar no dia 7 de abril do icônico programa Saturday Night Live.

Curiosamente, o One Direction ainda não conseguiu chegar ao primeiro lugar na parada do Reino Unido. Por lá, eles já emplacaram três singles entre os 3 mais, enquanto Up All Night chegou ao segundo lugar em novembro de 2011, quando saiu naquele mercado.

What Makes You Beautiful, maior sucesso até o momento do grupo, saiu curiosamente no Reino Unido no dia 11 de setembro de 2011, quando o terrível atentado ao World Trade Center, em Nova York, completava 10 anos.

Outro dado interessante e mais leve: Liam Payne nasceu em 29 de agosto de 1993, data em que Michael Jackson completava 35 anos.

Up All Night ficou à frente na última semana nos EUA de 21, de Adele, que vendeu no mesmo período 148 mil cópias e se manteve na vice-liderança.

A coletânea Greatest Hits, do Guns N’ Roses, beneficiou-se de uma megaoferta e vendeu 85 mil cópias, ficando em terceiro, enquanto Springsteen e seu Wrecking Ball atingiram o quarto posto, com 57 mil cópias comercializadas. Os dados foram divulgados pela revista americana Billboard, a bíblia da indústria fonográfica mundial.

Veja o clipe de What Makes You Beautiful, com o One Direction:

21 x Dark Side Of The Moon, a disputa pop

Por Fabian Chacur

O mundo da música pop vive uma disputa improvável no momento. Bem improvável, por sinal. De um lado, 21, segundo álbum do fenômeno Adele. Do outro, Dark Side Of The Moon, trabalho clássico do Pink Floyd.

Esta semana, notícia no site da revista New Musical Express informa que o mais recente CD de Adele ultrapassou Dark Side Of The Moon em termos de vendagens.

Com 4.14 milhões de cópias vendidas, o álbum da jovem intérprete agora é o sexto mais vendido na história da indústria fonográfica do Reino Unido. Se vender mais 21 mil cópias, ultrapassará Brothers In Arms (1985), do Dire Straits, assumindo assim o quinto posto. Os analistas prevêem que isso ocorrerá até o fim deste mês.

Se Adele vence no Reino Unido, em termos de EUA Dark Side Of The Moon é imbatível nos quesitos permanência nas paradas e vendas, algo que só mesmo o tempo poderá proporcionar a 21. Se proporcionar…

Lançado em 17 de março de 1973, Dark Side Of The Moon é de longe o recordista de permanência na parada americana, onde se mantém há absurdas 800 semanas.

Como forma de medir tal força, vale lembrar que o segundo álbum que se manteve por mais tempo nas listas de lá, Johnny’s Greatest Hits, de Johnny Mathis (1958), ficou nos charts por “apenas” 490 semanas.

Em termos de vendas, o emblemático trabalho do Pink Floyd vendeu até hoje na terra de Barack Obama em torno de 15 milhões de cópias, enquanto 21 ultrapassou até o momento 7 milhões de exemplares comercializados.

Uma curiosidade: mesmo tendo vendido tanto e permanecido por tanto tempo nas paradas, Dark Side Of The Moon só se manteve no primeiro lugar nos EUA por uma única semana, no mês de abril de 1973.

Veja Speak To Me/Breathe, com o Pink Floyd, em 2005:

Conheça os CDs mais vendidos no Brasil

Por Fabian Chacur

A nova lista com os CDs mais vendidos no Brasil, compilada em parceria da Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD) e a empresa de pesquisas Nielsen e com dados apurados entre os dias 20 e 26 de fevereiro traz como destaque a trilha internacional de Fina Estampa.

Logo em sua semana de estreia no chart, o CD emplaca o terceiro lugar, ficando atrás dos poderosos Ágape Musical, do Padre Marcelo Rossi, que continua na ponta, e 21, de Adele, o segundo álbum mais vendido.

Com 16 faixas, a trilha da novela global inclui entre outras Someone Like You (Adele), Brighter Than The Sun (Colbie Caillat), Paradise (Coldplay), Just a Kiss Goodnight (Lady Antebellum) e 1+1 (Beyoncé).

Michel Teló e seu Na Balada, que inclui o megahit Ai Se Eu Te Pego, caiu duas posições, mas se mantém em um respeitável quarto lugar, enquanto os mais recentes trabalhos de Marisa Monte, Coldplay e Maria Gadú recuperam suas posições entre os 10 mais.

E vale lembrar: Adele também emplacou o seu álbum de estreia, 19, na quinta posição, caso raro de artista que consegue ter dois álbuns simultâneos entre os cinco mais vendidos no Brasil.

Confira quais são os 10 CDs mais vendidos no Brasil atualmente:

01 PADRE MARCELO ROSSI ÁGAPE MUSICAL SONY MUSIC
02 ADELE 21 SONY MUSIC
03 VÁRIOS FINA ESTAMPA INTERNACIONAL SOM LIVRE
04 MICHEL TELÓ NA BALADA SOM LIVRE
05 ADELE 19 SONY MUSIC
06 REBELDES (BRASIL) REBELDES 2011 EMI MUSIC
07 VÁRIOS SUMMER ELETROHITS VOL.8 SOM LIVRE
08 MARISA MONTE O QUE VOCÊ QUER SABER DE VERDADE EMI MUSIC
09 COLDPLAY MYLO XYLOTO EMI MUSIC
10 MARIA GADÚ MAIS UMA PÁGINA SOM LIVRE

Springsteen tira Adele do nº1 nos EUA

Por Fabian Chacur

Ninguém é apelidado The Boss por acaso. Coube a Bruce Springsteen a façanha de tirar do primeiro lugar da parada de sucessos da revista Billboard, a bíblia da indústria fonográfica mundial, o fenômeno Adele. A disputa foi ferrenha, e o roqueiro levou por pouco.

Em sua semana de lançamento, Wrecking Ball, novo álbum do “Chefão”, vendeu 196 mil cópias, segundo a Billboard, enquanto 21, da diva britãnica, atingiu 195 mil exemplares comercializados no mesmo período.

A nova obra de Springsteen marca a décima vez em que um CD do roqueiro americano consegue atingir o topo da parada de seu país, e o 17º a atingir o top 10.

O primeiro álbum top 10 de Springsteen foi Born To Run (1975), que atingiu o terceiro posto, enquanto The River (1980) marcou sua estreia no primeiro lugar da parada americana.

Com esse feito, ele iguala o total de números 1 obtido por um de seus grandes heróis, Elvis Presley, e só está atrás de Jay-Z (12 vezes) e dos Beatles (19 vezes) no ranking americano de maior número de álbuns a atingir o número 1.

Os fãs de Adele, no entanto, podem continuar esfregando as mãos, pois não será surpresa se, na próxima semana, 21 retomar a liderança da parada ianque, que ela manteve durante 23 semanas não consecutivas desde que chegou às lojas, há um ano.

Ouça We Take Care Of Our Own, novo hit de Bruce Springsteen:

Older posts Newer posts

© 2019 Mondo Pop

Theme by Anders NorenUp ↑